Univasf divulga 15ª lista de remanejamento do Sisu

(Foto: Arquivo)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou a 15ª lista de remanejamento do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019. Os candidatos convocados devem efetuar a matrícula até amanhã (11), nos campi onde deverá estudar.

A matrícula pode ser feita presencialmente ou via procuração, das 8h às 11h e das 14h às 17h. Estão convocados alunos para os cursos de graduação de Engenharia Agronômica.

A matrícula deve ser feita na sala da Secretaria de Registro e Controle Acadêmico (SRCA), no 1º andar do prédio da Reitoria, Campus Sede, em Petrolina.

“A gente está fazendo o máximo possível para que não haja a descontinuidade do atendimento”, afirma reitor da Univasf

(Foto: Arquivo)

Desde o final de abril, quando o Ministério da Educação (MEC) anunciou o chamado “contingenciamento de gastos” nas universidades públicas federais as instituições de ensino superior vivem momentos de incerteza. Aqui na região, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) tem adotado medidas para continuar funcionando.

LEIA TAMBÉM:

Câmara de Vereadores de Petrolina realiza Audiência Pública sobre corte na educação

O reitor da instituição, Julianeli Tolentino participou hoje (8) do programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina e explicou quais medidas são essas. “Foram várias as medidas adotadas para que nós tivéssemos um equilíbrio entre o orçamento previsto a receber, de acordo com o que foi bloqueado e o que nós tínhamos a pagar, especialmente às empresas de serviço continuado e seus contratos“, disse.

LEIA MAIS

Obras em andamento nas unidades de Paulo Afonso e Petrolina vão melhorar a estrutura da Univasf

Prédio de salas de aulas e laboratórios do Campus Paulo Afonso. (Foto: ASCOM)

Com quatro obras em andamento, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), vai melhorar ainda mais sua estrutura em 2018.

Em Petrolina, estão em construção o auditório do Campus Sede; e duas subestações de energia, uma no Hospital Veterinário Universitário (HVU), no Campus Ciências Agrárias (CCA), e outra no Espaço Arte, Ciência e Cultura (EACC), localizado na Orla da cidade.

Em Paulo Afonso, a construção do campus definitivo da Univasf entra na fase de conclusão da infraestrutura do bloco de salas de aulas e laboratórios.

A obra do novo campus, iniciada em novembro de 2017, está em execução conforme o cronograma. A expectativa, segundo a Prefeitura Universitária, é que a estrutura do prédio esteja concluída até sexta-feira (2).

Em seguida, terá início a etapa de execução das instalações elétricas e hidráulicas e de acabamento do prédio. A previsão é que a construção desta primeira edificação do Campus Paulo Afonso seja concluída em novembro de 2018.

O auditório do Campus Sede também segue com o cronograma de execução dentro do programado. A obra foi reiniciada em novembro do ano passado.

Cerca de 70% das estruturas de fundação já estão concluídas e foram iniciados alguns serviços de acabamento, entre eles o assentamento de cerâmica. O término da construção do prédio do novo auditório da Univasf está previsto para o final de julho deste ano.

Na Orla de Petrolina, a Univasf dá continuidade à construção da subestação com gerador de energia para abastecer o prédio do Espaço de Arte, Ciência e Cultura (EACC). A obra, iniciada em março de 2017, está com 90% de sua infraestrutura civil concluída e deverá ser finalizada em março de 2018.

A segunda subestação, cuja obra está em andamento, é a do Hospital Veterinário Universitário, que integra o projeto de ampliação da unidade hospitalar para atendimento de animais de grande porte. A construção da subestação também começou em março do ano passado e deve ser concluída em março próximo.