Luto: vítima de câncer, vereador de Juazeiro vem a óbito

O Blog Waldiney Passos lamenta a morte do parlamentar e presta seus pêsames à família e amigos de Joseilson.

Faleceu na noite dessa quarta-feira (09), o vereador de Juazeiro (BA) Joseilson Marcelino (PTB), de 58 anos, vítima de câncer. A informação foi confirmada pela assessoria da Câmara de Vereadores do município.

O parlamentar estava internado há cerca de uma semana devido a complicações da doença. Joseilson foi eleito no último pleito com 1.533 votos, sendo o 16º mais votado. De acordo com a assessoria da Câmara, em seu lugar assume o Pastor Roberto (PSC).

LEIA MAIS

Dulcicleide Amorim alerta para aumento na incidência de câncer no Brasil

O aumento no número dos casos de câncer no Brasil, bem como da mortalidade em consequência dessa doença, preocupa a deputada Dulcicleide Amorim (PT). Em pronunciamento na Reunião Plenária desta terça (13), a parlamentar citou dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) segundo os quais o País registrou quase 600 mil ocorrências em 2018 e mais de 200 mil óbitos em 2017. Na tribuna, ela defendeu políticas públicas específicas para a enfermidade.

“É a segunda causa de morte no País, atrás apenas das doenças cardiovasculares, de acordo com dados do Datasus”, informou a petista. “Ações que visam ao controle e à redução do impacto do câncer sobre a população são de grande interesse da saúde pública, pois buscam incentivar a sociedade a procurar hábitos mais saudáveis. Tanto a idade quanto fatores de risco associados ao estilo de vida afetam os indicadores de morbidade e mortalidade.”

Como exemplo de medidas para barrar o crescimento dos índices, Dulcicleide mencionou o termo de cooperação firmado entre o Governo do Estado e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) em julho deste ano, a fim de ampliar a cobertura vacinal contra o HPV, vírus que prejudica o colo uterino. “Na pesquisa realizada pelo Inca, Pernambuco aparece com 121.630 óbitos de 1997 a 2016, representando 16% dos casos em todo o País”, registrou.

A deputada ressaltou o aumento das neoplasias malignas entre a população idosa, mas pontuou o crescimento entre pessoas com menos de 50 anos nas últimas duas décadas. A alta na mortalidade entre as mulheres também chama a atenção. “Os resultados desse estudo evidenciam uma necessidade de estabelecermos políticas públicas de prevenção e controle de câncer no Brasil”, alertou.

Dulcicleide ainda fez críticas à proposta de Reforma da Previdência do Governo Federal. “Quando as pessoas chegarem na idade de se aposentar, vão receber R$ 400 para se manter. O risco de morte delas será bem maior”, lamentou. “Além disso, as políticas públicas para a saúde estão sendo cada vez mais reduzidas. Outro fator importante é o da educação: para ter um estilo de vida adequado, preciso primeiro ter conhecimento e saber o que é melhor para mim.”

Em aparte, o deputado João Paulo (PCdoB) reforçou o comentário. “Queria parabenizar pela precisão e pelo conteúdo. Mas de Bolsonaro a gente não pode exigir nem bom senso nem sensibilidade. É lamentável ver a situação do povo brasileiro hoje e a total insensibilidade desse governante para as questões estratégicas e o sofrimento do nosso povo”, afirmou.

HRJ inicia Campanha de Prevenção e Conscientização do câncer de cabeça e pescoço

Em torno de 75% dos cânceres de CP são atribuíveis a uma combinação de cigarro e álcool.

O Hospital Regional de Juazeiro deu início à Campanha de Prevenção e Conscientização do câncer de cabeça e pescoço (CP) com o objetivo de orientar e alertar a população. No mês de julho, o hospital realiza diversas atividades para debater sobre esse tema, além de fornecer atendimento à população com o intuito de realizar diagnóstico precoce desse tipo de patologia, e tratamento com a realização de cirurgias, quando indicado.

A especialista em cirurgia de CP da unidade, Cibele Coelho, informa que a campanha faz um alerta que é importante procurar um médico se a pessoa apresentar os seguintes sintomas: ferida na boca que não melhora em três semanas; nódulos no pescoço que não regridem em 21 dias; dificuldade para comer, engasgos e perda de peso; alteração da voz, rouquidão por mais de 21 dias e falta de ar; obstrução e sangramento nasal; alteração da simetria da face devido ao crescimento de massas tumorais e lesões de pele.

O câncer de CP abrange um grupo de doenças malignas que surgem, em sua maioria, nas superfícies mucosas do trato aerodigestivo superior, incluindo a cavidade oral, a faringe, laringe, cavidades nasais e seios paranasais, além dos tumores das glândulas salivares, tireoide e pele.

LEIA MAIS

Câmara Municipal de Juazeiro aprova lei que garante atendimento prioritário a portadores de CA

Projeto de Lei foi aprovado na última segunda. (Foto: ASCOM)

Pessoas com câncer em Juazeiro (BA) agora tem a garantia legal ao atendimento prioritário. O Projeto de Lei Nº 3.508/2019, de autoria dos vereadores Neguinha da Santa Casa (MDB) e Allan Jones (PTC), foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Juazeiro na segunda-feira (17).

A Lei obriga o atendimento prioritário às pessoas portadoras de câncer quando estiverem em uso de guichês dos órgãos e repartições públicas municipais, nas instituições financeiras e casas lotéricas no município.

A pessoa portadora da doença deverá apresentar a devida identificação para receber o tratamento prioritário.

Vítima de câncer, morador de Cabrobó lança campanha para realizar exame

Júlio César. (Foto: Arquivo/ Família)

Júlio César, 41 anos, é morador do município de Cabrobó (PE) e desde janeiro desse ano enfrenta a batalha contra um câncer. No dia 29 de outubro, Júlio fez uma consulta e durante a avaliação o médico solicitou a realização de um exame chamado “Pet Scan”. Segundo a esposa dele, Maria Dionice, para o tipo de câncer de Júlio o SUS não realiza o exame, e pela rede privada o procedimento custa R$ 4 mil.

Sem condições financeiras para pagar, a família está promovendo uma campanha para custear o exame. Angustiado, Júlio fala sobre a necessidade urgente de conseguir a quantia. “Estamos muito preocupados, pois a suspeita é de que a doença esteja se espalhando para meus ossos silenciosamente, e isso me deixa cada dia mais aflito, pois sou pai e sempre cuidei de minha família com o suor do meu trabalho, porém, agora estou dependente até vencer essa doença”, disse.

Os médicos que acompanham o caso de Júlio, deram o prazo de 20 dias para que ele retorne ao consultório e apresente o exame. De acordo com Maria Dionice, o exame será realizado no Hospital Português em Recife (PE).

A doação deve ser feita via depósito bancário através da Conta Poupança: 8295-4/ Agência: 3491/ Op: 013/ Caixa Econômica Federal/ Titular: Maria Dionice Alves da Silva. Para maiores informações (87) 99657-2809.

Família de Petrolina lança campanha na internet para custear tratamento de jovem

Para comprar a medicação, a família precisa de R$ 12000 (Foto: Arquivo da família)

No dia 20 de dezembro de 2017, Robson Rayan Oliveira Alves, de 18 anos, descobriu a doença Sarcoma, um tipo de câncer que se desenvolve a partir de certos tecidos, como osso ou músculo. Os tumores podem ser encontrados em qualquer parte do corpo, mas a maioria se apresenta nos braços ou pernas.

Robson mora no Projeto Maria Tereza Km 25 em Petrolina (PE). Segundo informações de familiares, o jovem está fazendo o tratamento, que infelizmente não está evoluindo e por isso não pode ser submetido a quimioterapia.

O médico que acompanha o caso de Robson, receitou um medicamento que custa R$12.000 para o seu tratamento. Como a família não tem condições de arcar com a medicação, a saída foi criar uma campanha na internet para sensibilizar as pessoas, e assim conseguir o valor necessário para a compra do remédio.

Para doar é muito simples, basta acessar o site da campanha conhecida como “vaquinha” e clicar no botão ‘contribua’. No site você vai saber maiores detalhes sobre o caso de Robson e sobre a campanha, e ainda vai ter acesso sobre dados como, a quantia que pretende ser arrecada e quanto já foi doado.

Outubro Rosa: em combate ao câncer de mama, prefeitura realiza programação especial em Petrolina

Prefeitura intensificará combate ao câncer de mama. (Foto: Internet)

O mês de combate ao câncer de mama – conhecido como ‘Outubro Rosa’ – chegou, e com ele, uma programação especial da prefeitura de Petrolina que visa conscientizar sobre a prevenção ao câncer mais frequente em mulheres.

As ações serão desenvolvidas pelas equipes das unidades de saúde do município, que devem realizar palestras, rodas de conversa, exames preventivos (papanicolau), testes rápidos para HIV e sífilis e atividades físicas. De acordo com a gerente do Núcleo de Educação e Saúde, Lorena Ferraz, os eventos irão destacar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce.

“Quando o câncer de mama é descoberto no início, as chances de cura são grandes. Por isso, é importante que as mulheres façam o autoexame das mamas e procurem cuidar da saúde. Com os eventos nas unidades, temos o objetivo de chegar a um número maior de mulheres da comunidade, então, convidamos a todas a participar das ações que são momentos de esclarecimento”, disse.

Confira o cronograma

  • 5/10 – Unidade de Saúde Amália Granja de Alencar – Vila Mocó
  • 11/10 – Unidade de Saúde Josefa Bispo – João de Deus
  • 13/10 – Unidade de Saúde do KM 25
  • 17 e 22/10 – Unidade de Saúde do bairro Terras do Sul
  • 19/10 – Unidade de Saúde do Bebedouro
  • 20/10 – Unidade de Saúde do bairro Santa Luzia
  • 20/10 – Unidade de Saúde Anália Batista – Cosme e Damião
  • 25 e 31/10 – Unidade de Saúde Álvaro Rocha – João de Deus

Morador de Juazeiro, com câncer no esôfago, espera há mais de quinze dias autorização da Secretaria de Saúde para fazer exames

Homem tem câncer no esôfago e precisa de tratamento de quimioterapia.

O Blog Waldiney Passos recebeu uma denúncia de um leitor sobre um senhor de Juazeiro (BA), chamado Ronaldo, mais conhecido como “Sonso”, que espera há mais de 15 dias por uma autorização da Secretaria de Saúde da cidade para realizar exames e iniciar tratamento de quimioterapia.

De acordo com uma amiga e ex-patroa de Ronaldo, conhecida como Fabiana, ele tem câncer no esôfago e não tem como arcar com os custos dos exames. Rnaldo trabalhava de carregador no Mercado do Produtor de Juazeiro, mas a doença o deixou debilitado e ‘Sonso’ não pode mais desenvolver atividades trabalhistas.

Ainda segundo Fabiana, os exames feitos em clínicas particulares custam cerca de R$ 1.500,00. Preocupados com a demora na autorização por parte da Secretaria de Saúde para que os exames sejam feitos pelo SUS, ela e um grupo de amigos organizaram nesse domingo (08) uma feijoada para ajudar na arrecadação do dinheiro. A ação arrecadou R$ 700,00.

Quem puder ajudar com qualquer doação, pode entregar na casa de Fabiana da Igreja, que fica na Rua 8, bairro Alto da Aliança, nº 250-A ou entrar em contato através do telefone (74) 9 9118 2776.

O Blog Waldiney Passos está em contato com a Secretaria de Saúde de Juazeiro para saber o motivo da demora na marcação dos exames.

Hospital Universitário de Petrolina inicia mutirão de atendimentos para prevenção e combate ao câncer de cabeça e pescoço

(Foto: ASCOM)

O Hospital da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf) aderiu à campanha nacional Julho Verde e oferecerá durante todo este mês consultas e cirurgias de cabeça e pescoço. Serão oferecidas 120 consultas e 15 cirurgias e ainda existem vagas disponíveis para agendamento.

Os serviços são destinados aos pacientes que possuem nódulos ou tumores e estão aguardando na fila de espera do Sistema Único de Saúde (SUS) para passar por uma avaliação de um especialista ou realizar o procedimento cirúrgico.

Os interessados deverão comparecer à Policlínica do HU (Rua André Vidal de Negreiros, Maria Auxiliadora, Petrolina-PE), das 9h às 13h, para fazer o agendamento.

LEIA MAIS

Hospital Regional de Juazeiro promove evento para alertar pacientes por ocasião do Dia Mundial de Combate ao Câncer

(Foto: ASCOM)

O Dia Mundial de Combate ao Câncer é celebrado no dia 8 de abril, próximo domingo, mas o Hospital Regional de Juazeiro (BA) se antecipou e realizou na manhã desta sexta-feira (6), um evento para lembrar a data.  O evento organizado pela Comissão de Humanização, em parceria com a equipe da oncologia objetivou principalmente informar aos participantes sobre a prevenção e tratamento do câncer.

A data, instituída pela Organização Mundial da Saúde, tem o objetivo de conscientizar a população e os governos das várias nações sobre a necessidade de políticas de prevenção, de medidas para o rápido diagnóstico da doença e, ainda, de acesso aos tratamentos existentes, como forma de reduzir o grande número de mortes causadas pelo câncer em todo o mundo.

A psicóloca do Hospital, Lais Campos, falou da importância do evento: “As ações desenvolvidas  buscam  esclarecer e desmistificar  estigmas atrelados ao diagnóstico do câncer, possibilitando reflexão e busca do cuidado mostrando as formas de evitar o desenvolvimento da doença. É um espaço de troca de informação entre a comunidade e o hospital. Enriquece o trabalho da equipe pois agrega conhecimentos empíricos”.

João Henrique Araújo, enfermeiro da Comissão de Humanização, destacou que, “durante as palestras são abordados  não só a questão do diagnóstico, mas o direito deles ao tratamento. O câncer tem chances de cura, e neste dia nós procuramos mostrar isso, surgiram muitas perguntas e dúvidas, algumas pessoas ainda questionam se o câncer passa pelo contato e nós sabemos que o contato, o abraço, o afeto, hoje faz parte do tratamento”.

Brasil deve ter 600 mil novos casos de câncer em 2018

Incidência do câncer de pele deve aumentar (Foto: Internet)

600 mil novos casos de câncer devem ser registrados em 2018 e 2019 no Brasil. A informação foi divulgada pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) nessa semana e serve de alerta para os brasileiros se prevenirem contra a doença.

Entre os tipos mais comuns da doença no país estão o câncer de pele não melanoma, seguido pelo de próstata e mama. Menos letal, o câncer de pele deve ser responsável pelo registro de 165 mil novos casos neste ano.

Doença por sexo

Entre as mulheres o câncer de mama, intestino e colo do útero serão juntos, responsáveis por 84 mil novos casos. Já entre os homens os tipos mais esperados são próstata, pulmão e intestino, somando 103 mil registros.

Segundo o Inca, os homens devem apresentar mais casos de câncer que as mulheres neste ano, com cerca de 300 mil casos, enquanto elas devem ter 282 mil novos registros.

Mapa nacional

A incidência do câncer varia de região. No Sul e Sudeste os casos mais comuns são tumores no intestino. No Norte e Nordeste, o câncer de colo de útero e estômago são mais registrados.

Com informações do Jornal do Brasil

APAMI voltou a funcionar nesta segunda-feira, mas de forma parcial

Hospital Dom Tomás/ APAMI. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Associação de Amparo à Maternidade e a Infância (APAMI), de Petrolina (PE), entidade que gerencia o Hospital Dom Tomás, referência no tratamento de câncer no Vale do São Francisco, voltou a atender os pacientes nesta segunda-feira (15).

“Graças a Deus. Agora estamos mais aliviadas”, disse Dona Ednalva Ferreira Xavier, que tem um filho em tratamento na unidade.

O funcionamento, porém, ainda é de forma parcial, explicou por telefone ao blog, o diretor-presidente da APAMI, Dr. Augusto Coelho.

Segundo ele, o dinheiro repassado pelo o governo de Pernambuco, como pagamento de parte da dívida que acumulou desde outubro, não foi suficiente para pagar todos os fornecedores, prestadores de serviço e repor todo o estoque de medicamentos.

“Nós tivemos que regularizar a folha de pagamento que também estava atrasada e recebemos um voto de confiança de alguns credores, por isso voltamos a funcionar, mas ainda não estamos com nossa carga máxima”, explicou Dr. Augusto.

Ele informou também, que todas as pessoas que já são pacientes do hospital serão atendidas. Mas os novos pacientes que surgirem apenas os casos mais graves serão encaminhados para atendimento.

APAMI recebeu R$ 1 milhão 175 mil do governo do estado como parte da dívida do repasse do SUS que está atrasado e espera receber outro montante em igual valor até o dia 25 de janeiro para o atendimento voltar ao normal. A instituição recebeu também R$ 186 mil, referente a um programa do Governo Federal chamado leitos de retaguarda, que vem via Prefeitura de Petrolina.

Campanha “Dezembro Laranja” chama a atenção para o risco do câncer de pele

(Foto: divulgação)

Desde o ano de 2014, que a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) realiza a campanha “Dezembro Laranja”. O objetivo é falar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer de pele. Desde então, a cor que também remete ao sol e ao bronzeado de verão, passou a ser símbolo da luta contra a doença.

Esse ano, a campanha traz como tema “Se exponha, mas não se queime”, fazendo um alerta claro à falta de cuidados do brasileiro com a pele. De acordo com dados da SBD, 63% da população não usa protetor solar no seu dia a dia e 6 milhões de pessoas não se protegem durante as atividades praticadas ao ar livre.

O câncer de pele atinge principalmente as pessoas de pele branca, que se queimam com facilidade e nunca se bronzeiam ou se bronzeiam com dificuldade. Cerca de 90% das lesões localizam-se nas áreas da pele que ficam expostas ao sol, o que mostra a importância da exposição solar para o surgimento do tumor. Portanto, a proteção solar é a principal forma de prevenção da doença.

“De forma simples e direta, o que as pessoas precisam inicialmente saber sobre o assunto é que quanto mais cedo o câncer de pele for detectado maior é a chance de cura. É o dermatologista que está à frente na prevenção, diagnóstico, tratamento e acompanhamento do problema. Portanto, ao primeiro sinal de dúvida é preciso consultar um especialista”, ressalta o coordenador médico da UPAE/IMIP de Petrolina, Elson Marques.

As pessoas com fatores de risco devem ser acompanhadas por um dermatologista. Em casos mais arriscados, a recomendação do médico pode ser a prevenção absoluta contra a exposição solar. Para pacientes que já sofreram com o câncer de pele e foram tratados, é ainda mais importante o acompanhamento.

“Examinar a pele periodicamente é uma maneira simples e fácil de detectar precocemente o câncer. Com a ajuda de um espelho, o paciente pode enxergar áreas que raramente consegue visualizar. É importante observar se há manchas que coçam, descamam ou sangram e que não conseguem cicatrizar, além de perceber se há pintas que mudaram de tamanho, forma ou cor”, orienta o médico.

Estatuto da Pessoa com Câncer de PE será lançado nesta segunda

(Foto: Internet)

Esta segunda-feira (27) é o Dia Nacional de Combate ao Câncer, data criada pelo Ministério da Saúde em 1988 com o objetivo de alertar a população sobre a enfermidade.

O dia foi escolhido pela Comissão Especial de Elaboração do Estatuto da Pessoa com Câncer para a apresentação do relatório final dos trabalhos realizados pelo colegiado. A divulgação será feita às 13h30, na Assembleia Legislativa, no Plenarinho 2 do edifício Miguel Arraes de Alencar.

Além da confecção do estatuto, o grupo parlamentar também irá apresentar o Projeto de Lei que reúne e estabelece diretrizes, normas e critérios básicos que garantam amparo legal para pessoas com câncer, atendidas no Sistema Único de Saúde (SUS), no âmbito do Estado de Pernambuco.

Nos últimos seis meses, a comissão elaborou o estatuto com base em demandas, sugestões, reivindicações e problemas detectados em instituições governamentais e não governamentais, nos hospitais e centros médicos do Recife.

A pesquisadora da Fiocruz Pernambuco e mestra em Saúde Pública, Rosalva Raimundo da Silva, já havia identificado, em levantamento nos últimos dois anos, vários gargalos na assistência. Quase 60% das pernambucanas não começam o tratamento contra o câncer de mama dentro dos 60 dias preconizados pela Lei Federal nº 12.732, por exemplo.

Fonte FolhaPE

Poeta Manuca Almeida morre em São Paulo vítima de câncer

O Vale do São Francisco perdeu neste sábado (11), o poeta e compositor Emanuel Almeida (Manuca Almeida), que faleceu em São Paulo, onde estava fazendo o tratamento de um câncer.

Manuca nasceu em Aracaju-SE, mas passou grande parte de sua vida em Juazeiro, onde constituiu família e fez muitas amizades. O poeta era uma pessoa querida e tinha grande influência no mundo artístico. Em parceria com Targino Gondim e Raimundinho do Acordeon, compôs a música “esperando na janela”, que fez sucesso na voz de Gilberto Gil.

123