Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Celpe alerta para riscos de acidentes e interrupções de energia provocados por pipas

(Foto: Ilustração)

Mês de férias escolares, em julho já são registrados ventos de maior intensidade. Nesse período, as brincadeiras com pipas são mais comuns. No entanto, a atividade recreativa pode se tornar perigosa, especialmente se ocorrer próxima à rede elétrica. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) reforça o alerta para os riscos de acidentes e interrupções no fornecimento de energia.

O perigo de empinar pipas próximo de rede elétricas é acentuado pelo uso do cerol aplicado à linha, que se torna um condutor por conter raspas de vidro e pó metálico adicionado à cola. O produto aumenta o risco de choque elétrico. Por ser condutor de energia, o cerol acaba energizando a linha em contato com a rede elétrica. As pipas também, ao se enroscarem nos fios elétricos, podem provocar curto-circuito, ocasionando, inclusive, o rompimento de cabos.

LEIA MAIS

Celpe identifica mais de 65 mil ligações irregulares no primeiro semestre

(Foto: Divulgação)

A intensificação das ações de combate ao furto de energia promovidas pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) tem apresentado resultados recordes. Durante o primeiro semestre de 2019, a concessionária realizou cerca de 107 mil inspeções em Pernambuco, identificando 65.706 ligações irregulares. A energia recuperada nessas ações seria capaz de abastecer, por exemplo, a cidade do Cabo de Santo Agostinho durante três meses consecutivos.

Nos primeiros seis meses do ano, a Celpe realizou quase 20 mil inspeções a mais que o mesmo período em 2018, quando 88.182 inspeções foram executadas. Como consequência da intensificação das ações e da modernização do setor de inteligência, a quantidade de ligações clandestinas identificadas foi 73% maior em relação ao primeiro semestre do ano passado.

A Celpe atua de forma preventiva no combate às ligações irregulares e conta com uma equipe de inteligência que trabalha ativamente para identificar e retirar essas ligações. A concessionária reforça, ainda, que a ligação clandestina é crime com pena prevista no Código Penal Brasileiro e ressalta que a população pode realizar denúncias de forma anônima através dos canais de atendimento da empresa.

Férias escolares: Celpe alerta para prevenção de acidentes domésticos envolvendo energia elétrica

(Foto: Ilustração)

A curiosidade das crianças pode levá-las a algumas situações perigosas, principalmente no período de férias escolares, quando elas ficam mais tempo em casa. Para minimizar os riscos com a energia elétrica, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa da Neoenergia, recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis para prevenir e evitar acidentes domésticos, e também alerta para alguns cuidados que garantem a segurança dos pequenos e tranquilidade dos adultos.

Mais expostas ao uso da energia elétrica e contato com aparelhos eletroeletrônicos, as crianças não tem como avaliar os riscos na hora de recarregar celulares, tablets e notebooks. Sendo assim, a primeira ação, e a mais básica, é mantê-las longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. No caso de tomadas, devem ser utilizados protetores para que não sejam introduzidos objetos metálicos, caso muito comum devido à curiosidade das crianças. Usar o “T” (benjamim) e extensões de maneira definitiva também é perigoso, além de sobrecarregar as tomadas, pode causar curtos circuitos e incêndios.

Equipamentos eletrônicos como videogames e computadores somente devem ser ligados ou desligados da tomada por um adulto, sempre utilizando o plugue e jamais puxando diretamente o fio. A fiação, inclusive, deve estar em perfeitas condições. Se o cabo apresentar algum desgaste no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomado, caso contrário pode representar perigo de choque elétrico.

LEIA MAIS

Celpe lamenta morte de eletricista em Araripina; empresa investiga as causas do acidente

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um funcionário da CGB, empresa que presta serviços à Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), morreu no fim da manhã deste sábado (15), na Vila Três Vaqueiros, em Araripina, no Sertão Pernambucano.Testemunhas afirmam que o eletricista foi atingido por uma descarga elétrica de um poste.

Alexsandro Pedro da Silva, residia em Araripina. De acordo com informações preliminares, no local ainda foi realizado um procedimento médico, mas ele não resistiu. O corpo de Alexsandro deve ser levado para o Instituto de Medicina Legal de Petrolina (PE).

Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, a Celpe lamentou a morte do eletricista, e afirmou que as causas do acidente estão sendo apuradas: “A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) lamenta o falecimento do eletricista Alexsandro Pedro da Silva, colaborador da CGB, empresa que presta serviços à Celpe, na manhã deste sábado. A concessionária informa que está apurando as causas do acidente e prestará o auxílio necessário.”

Celpe alerta para riscos envolvendo energia elétrica neste São João

Os bocais de lâmpadas, por exemplo, jamais devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites como balões e bandeiras.

Com a proximidade dos festejos juninos, os cuidados com a rede elétrica devem ser redobrados. A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) alerta para os riscos envolvendo energia elétrica desde a instalação da decoração nas casas e nas ruas até a realização de comemorações no período do São João.

Manter distância de fios elétricos e não soltar fogos de artifício na direção de postes e condutores de energia são cuidados indispensáveis. Da mesma forma, as fogueiras somente devem ser montadas e acesas longe da rede de distribuição de energia. O calor pode provocar curtos-circuitos e partir a fiação.

A decoração de ruas e praças também exige atenção. A Celpe adverte para que nunca se utilize postes ou fios elétricos na instalação das tradicionais bandeirinhas ou qualquer outro enfeite. Mesmo pendurados distante dos fios elétricos, a recomendação da Celpe é que os adereços sejam confeccionados com materiais isolantes para evitar que conduzam energia, em eventual contato com a rede.

LEIA MAIS

Moradores do Vale das Esmeraldas reclamam de demora nas ligações de postes de iluminação por parte da Celpe

(Foto: Ilustração)

Segundo relato dos moradores do Vale das Esmeradas, zona leste de Petrolina (PE), os cinco anos de luta para conseguir a tão sonhada iluminação do bairro, perdura até hoje, já que a Celpe ainda não realizou a ligação das luminárias dos postes de iluminação.

Na Rua 1 e Avenida 1, contempladas com braços de luz, os moradores esperam há mais de um mês pela ligação das luminárias, na esperança de que o problema da falta de iluminação seja finalmente resolvido. O moradores ainda contam que em algumas ruas os postes ainda não foram nem instalados.

LEIA MAIS

Celpe combate mais de 40 mil furtos de energia e cinco pessoas são presas no primeiro quadrimestre de 2019 

(Foto: Ascom)

Mais de 70 mil inspeções, com foco no combate ao furto de energia, foram realizadas em todo o Estado de Pernambuco, no primeiro quadrimestre de 2019, pelos técnicos da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). Desse montante, em cerca de 40 mil pontos foi encontrada alguma irregularidade, seja como furto de energia por ligação direta na rede elétrica ou até mesmo como desvio no registro de consumo do medidor. O que é comum, em todos os casos, é o risco de segurança dos chamados ‘gatos’ que, além de prejudicarem o fornecimento de energia elétrica, podem causar acidentes fatais como choques elétricos ou incêndios. Nesse período, contando com o apoio da Polícia Civil de Pernambuco e de peritos do Instituto de Criminalística, 14 pessoas foram conduzidas para prestar esclarecimentos e cinco foram autuadas em flagrante.

Por serem ligações de energia realizadas sem qualquer padrão técnico e de segurança, as irregularidades causam instabilidade no fornecimento para todo o entorno, além de representarem um risco coletivo. Desde a instalação, que não possui qualquer proteção, até o fornecimento, que comumente utiliza materiais de baixa qualidade, a ‘gambiarra’, como também é popularmente conhecida, pode trazer graves prejuízos para toda a comunidade. Os riscos vão desde a oscilação no fornecimento de energia até, mais gravemente, o perigo de um acidente fatal, por contato de alguma pessoa com a ligação irregular ou incêndios.

LEIA MAIS

Celpe dá dicas de como economizar energia em períodos de calor

(Foto: Arquivo)

Com o aumento das temperaturas e o uso prolongado de equipamentos como o ventilador ou ar-condicionado nas residências pernambucanas, e o anúncio da Bandeira Amarela para o mês de maio, determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) dá dicas para evitar o desperdício de energia elétrica e contribuir para redução do valor da conta. Confira:

Estabeleça horários para uso de eletroeletrônicos

Controlar o uso exagerado de eletroeletrônicos como televisão, videogames e computadores é um dos principais desafios encontrados pelos adultos com crianças em casa. Estabelecer limites de horários para a utilização dos equipamentos e estimular a realização de atividades externas, além de fazer bem para a saúde, traz economia na conta de energia. Do mesmo modo, leituras em dispositivos eletrônicos podem ser substituídas pelos tradicionais livros, revistas e jornais.

LEIA MAIS

Escola de Eletricistas da Celpe é inaugurada em Serra Talhada 

(Foto: Ascom)

Foi inaugurada na última quarta-feira (24), em Serra Talhada (PE), a Escola de Eletricistas da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), que terá mão de obra e ensino técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Inicialmente, a unidade deve formar duas turmas de eletricistas de linhas e redes, mas segundo o presidente da concessionária, Antônio Carlos Sanches, outros cursos serão oferecidos no novo espaço.

A escola funcionará no Centro Tecnológico do Pajeú, instalação cedida pelo Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), que também é parceiro do projeto. Com a iniciativa, os 50 alunos selecionados para estas primeiras turmas farão parte do banco de oportunidades da Celpe. De acordo com gestor do Sistema FIEPE e diretor do SENAI Petrolina, Flávio Guimarães, os estudantes vão receber capacitações sobre eletricidade básica, redes de distribuição de energia, segurança do trabalho, dentre outras.

LEIA MAIS

Celpe cobra fatura em duplicidade e irrita morador de Petrolina

(Foto: Arquivo)

Um leitor do Blog entrou em contato com a nossa produção, através do WhatsApp, para denunciar uma cobrança em duplicidade aplicada pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) referente ao mês de março. As duas faturas têm vencimento para 19 de março desse ano, no entanto, para uma única contra contrato.

Para não ter sua energia cortada, ele pagou uma das faturas e está tentando negociar com a Celpe, sem sucesso. “Pra mostrar todo desprezo que a Celpe tem pelo consumidor, a companhia energética resolveu enviar duas contas com a mesma data de vencimento. De manhã, o atendente diz uma coisa, à tarde a explicação é outra”, desabafou o leitor que preferiu ser mantido em sigilo.

Nossa produção entrou em contato com a Celpe, para saber qual o motivo para a cobrança em duplicidade e o que pode ser feito para o consumidor não ser prejudicado. Contudo, até o momento não obtivemos retorno.

Sem luz em casa há 12 horas, leitora reclama de demora no atendimento da Celpe

(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A leitora que preferiu não se identificar é moradora de um condomínio, localizado no bairro Atrás da Banca em Petrolina (PE). Segundo ela, a falta de energia no apartamento onde mora foi provocada por um problema no disjuntor geral do prédio. Dos 32 apartamentos do bloco onde reside, apenas o dela está sem energia.

Segundo o relato da leitora, por volta das 15h de ontem (30), aconteceu a primeira queda de energia. A Celpe foi acionada, e à meia-noite compareceu ao local para fazer o reparo. Durante a visita, os técnicos informaram que o disjuntor estava folgado e precisaria ser trocado. 4h da manhã de hoje (31), mais uma queda de energia. A Celpe foi acionada novamente, o disjuntor foi comprado, mas até o momento o reparo não foi feito.

LEIA MAIS

Conta de energia em Pernambuco será reajustada em abril

(Foto: Ilustrativa)

A conta de energia em Pernambuco será reajustada em 29 de abril. A redução nas contas da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) será definida pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). O reajuste é reflexo da amortização de empréstimos contraídos pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CEE) em 2014.

Na amortização estima-se um impacto de redução média de 3,7% nas tarifas de energia que serão pagas em 2019 pelo consumidor brasileiro; e de 1,2% em 2020. De acordo com a Aneel, cada distribuidora terá esse abatimento nas datas de seus reajustes e o impacto pode variar conforme a empresa.

Segundo diretor-geral da Aneel, Andre Pepitone R$ 6,4 bilhões serão retirados da tarifa de energia paga pelos consumidores em 2019 e outros R$ 2 bilhões sairão da tarifa em 2020. “A materialização dessa decisão irá repercutir no processo tarifário de cada distribuidora de energia em seu aniversário contratual, ou seja, na data de reajuste de cada distribuidora de energia”, disse.

Compesa afirma que quedas de energia têm provocado falta d’água em Petrolina

Após nosso blog receber diversas reclamações sobre falta de água em vários bairros de Petrolina (PE), além da redução da vazão nos finais de semana em algumas localidades, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa)esclareceu alguns pontos sobre a interrupção no abastecimento.

De acordo com a Compesa, a falta de água tem acontecido devido a “sucessivas quedas de energia que estão prejudicando a operação do sistema”. “Além disso, com as fortes chuvas que atingem a região, paradas para limpeza da captação de água estão sendo necessárias para retirar a vegetação que é arrastada pelas chuvas e sugada pelas bombas, reduzindo a vazão”.

Na nota, a Companhia informou que já acionou a Celpe sobre o problema e que fez nessa terça-feira (26) o “reforço das grades das unidades com o objetivo de minimizar os problemas causados pela vegetação”.

Celpe investe R$ 7 milhões na preparação da rede elétrica para o carnaval 2019

(Foto: Divulgação/Celpe)

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) investiu R$ 7 milhões em obras de expansão, modernização e preparação da rede de distribuição de energia elétrica em todo o estado de Pernambuco. As frentes de atuação, no Litoral e Interior, tiveram como objetivo o Carnaval 2019, período onde é registrado um aumento na demanda por energia. Atuando preventivamente, a concessionária realizou, além de inspeções técnicas, serviços de manutenção em todo o sistema, como forma de garantir o perfeito abastecimento nos principais polos de folia. Os investimentos foram realizados, sobretudo, na rede que atende as principais cidades em atrações para o Carnaval, mas devem impactar positivamente todo o sistema de distribuição.

Na Região Metropolitana, Olinda e Recife concentraram os principais esforços de investimentos e melhorias. Nas cidades, foram investidos cerca de R$ 5 milhões em ações que vão desde as mais de três mil podas – que previnem o contato de vegetação com a rede, reduzindo assim as chances de ocorrências, até a substituição de 60 postes, além de transformadores e equipamentos da rede elétrica. Mais de 300 quilômetros da rede elétrica foi inspecionada, com carros de termovisão e equipes especializadas, em paralelo, bandeirolas e faixas de sinalização foram instaladas – reforçando os alertas de segurança com a rede de distribuição de energia.

LEIA MAIS

Celpe ressalta parcelamento de faturas de energia no cartão de crédito como opção para primeiros meses do ano

(Foto: Ilustração)

Para facilitar a vida dos clientes, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa do Grupo Neoenergia, reforça que a conta de energia elétrica pode ser parcelada em até 12 vezes no cartão de crédito. A facilidade é oferecida aos clientes que possuem duas ou mais faturas vencidas. Entre os meses de dezembro de 2018 e janeiro deste ano, a Celpe identificou um aumento superior a 50% na procura pela modalidade de quitação. O pagamento pode ser efetuado por meio do site da empresa, assegurando mais comodidade aos consumidores.

O parcelamento das faturas em atraso é uma das estratégias da distribuidora para contribuir com o processo de adimplência. Na nova modalidade de quitação são aceitos os cartões das bandeiras Visa, Mastercard e Hiper. Os clientes podem recorrer ao parcelamento desde que a prestação mínima seja de R$ 5,00, incluindo a taxa da operadora do cartão. A transação foi possível a partir de uma parceria da Celpe com a Flexpag, empresa especializada em pagamento por meio de cartões de crédito e débito.

LEIA MAIS
123