Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Chapa 1 é declarada vencedora em nova apuração do SINDSEMP

Com resultado, Walber Lins se mantém no cargo (Foto: Blog Waldiney Passos)

A apuração da eleição no Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINSEMP) foi concluída na quarta-feira (27), meses após uma celeuma iniciada em agosto de 2018, que foi parar na Justiça. Por decisão do Judiciário os votos foram recontados e com a decisão de ontem a Chapa 1 foi declarada vitoriosa.

Dessa forma o atual presidente Walber Lins se mantém no cargo no quadriênio 2018/2021. Representantes das duas chapas acompanharam a votação realizada pela Comissão Eleitoral do pleito, cujo presidente é Adjones Fernandes.

LEIA TAMBÉM:

Justiça determina recontagem de votos na eleição do SINDSEMP

Sindsemp emite nota confirmando Walber Lins como presidente do sindicato

Apuração de votos na eleição do Sindsemp continua indefinida

Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil de Petrolina (OAB-PE), Agrinaldo Sidrônio de Santana e o oficial de Justiça, Cleido Rodrigues da Silva também acompanharam o o processo. A Chapa 1 foi eleita com 665 votos, contra 635 da chapa 2.

Os votos brancos foram 18 e os nulos 15, totalizando 1.333 votos válidos. As seis com irregularidades comprovadas, foram anuladas. A ata da apuração, segundo o SINDSEMP foi aprovada e assinada por todos os envolvidos na apuração.

Decisão da Justiça de Petrolina constata prejuízo a Chapa 1 do Sindsemp, afirma nota

Pleito do dia 14 foi anulado por falhas no processo eleitoral (Foto: Arquivo)

A eleição da nova mesa diretora do Sindicado dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP) chegou até a Justiça de Petrolina. Ontem (22) uma decisão solicitou o recolhimento das 31 urnas utilizadas no pleito, após pedido da Chapa 2, cuja candidata a presidente é Magda Mangabeira.

A Chapa 1, do atual presidente Walber Lins emitiu uma nota nessa manhã (23), onde esclareceu alguns pontos da decisão do Juiz de Direito Cesar Fernando Arias, da 3ª Vara Cível de Petrolina. Segundo a nota, “o Juiz reconhece que, ante a anulação, a Chapa 1 também foi prejudicada”.

LEIA TAMBÉM:

Justiça de Petrolina determina apreensão de urnas utilizadas na eleição do Sindsemp

No documento, o Juiz Arias também determina a anulação de qualquer outro pleito organizado pela Comissão Eleitoral. Para a Chapa 1 a “divergência entre o número de votos e de votantes” foi determinante para não haver vencedores.

Confira a seguir a nota da Chapa 1:

LEIA MAIS

Justiça de Petrolina determina apreensão de urnas utilizadas na eleição do Sindsemp

(Foto: Ascom/SINDSEMP)

A celeuma na eleição de presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) ganhou mais um capítulo. Nessa quarta-feira (22) a 3ª Vara Cível da Comarca de Petrolina determinou a apreensão das 31 urnas utilizadas na votação da semana passada.

LEIA TAMBÉM:

Presidente da Comissão Eleitoral confirma anulação de eleição do Sindsemp

O processo número 0006548-85.2018.8.17.3130 foi apresentado pela candidata da Chapa 2, Magda Mangabeira. Segundo a decisão pelo Juiz de Direito, Carlos Fernando Arias, a apreensão das urnas se faz necessária tendo em vista que “a comissão eleitoral decidiu por anular o certame, após requerimento da Chapa 1 [Walber Lins, atual presidente], sem sequer ter concedido prazo para manifestação da Chapa 2”.

LEIA MAIS

Presidente da Comissão Eleitoral confirma anulação de eleição do Sindsemp

Pleito do dia 14 foi anulado por falhas no processo eleitoral (Foto: Arquivo)

A celeuma na eleição da nova mesa diretora do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) ganhou mais um episódio com a anulação da votação dessa semana, que aconteceu na terça-feira (14).

Ontem o Blog mostrou o impasse ocasionado pela apuração de alguns votos de urnas, cujos servidores participantes ou não votaram em sua zona ou as cédulas utilizadas não estavam dentro do padrão.

LEIA TAMBÉM:

Apuração de votos na eleição do Sindsemp continua indefinida

Na madrugada nessa sexta-feira (17) a Comissão Eleitoral decidiu anular a votação, para evitar mais problemas no futuro. Os representantes das Chapa 1 e 2 já foram comunicados do fato, através de ofício.

“Nós tomamos [a decisão] pensando no servidor. Nós não fizemos esse ato na intenção de prejudicar A nem B. Não havia um quadro definido de quem seria o vencedor, havia uma chapa que estava à frente, mas não havia decisão. Diante disso, de que não havia um vencedor, a Comissão tomou esse posicionamento”, explicou o presidente da Comissão Eleitoral, Adjones Fernandes ao programa Nossa Voz.

A íntegra da decisão tomada pela Comissão pode ser conferida no Blog. A expectativa do presidente é que o novo pleito seja realizado antes do dia 8 de outubro.

Chapa 01 vence as eleições da Facape

arte-eleicoes-facape-tag
Com 67,44% dos votos válidos, a Chapa 1, composta pelos professores Antonio Habib, Vânia Lassalvia, Chirley Vianna e José Alberto Gonçalves, venceu ontem (4) as eleições para direção da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape).  Ao todo foram 2.319 eleitores – 2.139 estudantes, 131 professores e 49 servidores técnicos.

A Chapa 2, formada pelos professores Celson Franca, Edimilson Melo, George Mourão e Deise do Nascimento, teve 32,56% dos votos válidos. A votação aconteceu das 8h às 22h, tendo o resultado divulgado a meia-noite. As chapas tiveram 10 dias de campanha eleitoral, que foram finalizados com o debate, promovido pelos Diretórios Acadêmicos (DAs) e Diretório Central Estudantil (DCE) da Facape na noite da quinta-feira (3).

Os estudantes e professores da autarquia também elegeram as novas coordenações dos colegiados:

Administração – Florisvaldo Cavalcanti dos Santos

LEIA MAIS