Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Em dia de manifestação nacional, Petrolina realiza ato contra cortes na educação

Estudantes levaram cartazes e criticaram cortes (Foto: Blog Waldiney Passos)

A quarta-feira (15) é um dia de manifestação nacional pela educação. Estudantes, professores e servidores técnicos administrativos das universidades públicas e instituições federais se reúnem em capitais e cidades do interior, para denunciar a defasagem nas instituições e protestar contra os cortes anunciados pelo Ministério da Educação (MEC).

Petrolina não ficou de fora e a Praça do Bambuzinho recebe o ato público que conta com a participação de alunos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Universidade de Pernambuco (UPE) e IF-Sertão, além de estudantes do ensino médio, prestes a ingressar na academia.

“Estamos todos contra o corte na educação”, dizia uma dos cartazes levantado por uma aluna, acompanhada de sua mãe na manifestação. De acordo com o presidente do Sindicato dos Docentes da Univasf, SindUnivasf, Adalton Marques, a paralisação de hoje é um chamamento para a greve geral de 14 de junho.

LEIA MAIS

Bancada de oposição: vereadores de Petrolina participam de ato em defesa da educação e contra a Reforma da Previdência

Bancada de oposição. (Foto: Ascom)

Esta quarta-feira (15) será marcada por mobilizações em todo o Brasil. Intitulado como Greve Geral, o movimento contra os cortes na educação realizados pelo governo federal e contra a reforma da previdência também acontecerá em Petrolina. De acordo com a coordenação do ato, a concentração está marcada para ás 8h30, na Praça do Bambuzinho.

Juntamente com a população, movimentos sociais e diversos segmentos da sociedade civil, os vereadores de Oposição de Petrolina, Cristina Costa (PT), Domingos de Cristália (PSL), Elismar Gonçalves (MDB), Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (MDB), estarão presentes e convocam todos, inclusive as entidades do setor, para a paralisação nacional.

LEIA MAIS

Bancários de Juazeiro aderem à manifestação nacional da educação

Nesta quarta-feira (15) estudantes universitários, professores e servidores técnico administrativos paralisarão suas atividades em um ato nacional contra os cortes na educação, anunciado pelo Governo Federal no final de abril. Em Juazeiro (BA) a manifestação terá adesão dos bancários.

LEIA TAMBÉM:

Univasf realiza ato contra cortes na educação na quarta-feira, em Juazeiro

Em nota, o Sindicato dos Bancários de Juazeiro e Região (Seeb) confirmou adesão à Mobilização Nacional da Educação, cuja concentração será às 08:30h, em frente ao INSS da cidade. Essa não é a primeira vez que o Seeb se mostra contrário às pautas federais.

LEIA MAIS