Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

CSTT realiza blitz itinerante e apreende duas motocicletas em Juazeiro

(Foto: Ascom)

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte de Juazeiro (CSTT) realizou no último sábado (12) mais uma blitz itinerante com o objetivo de coibir o transporte irregular de passageiro. A ação foi realizada pelos fiscais de trânsito e transporte e a Guarda Municipal em vários bairros e nos Residenciais São Francisco, Praia do Rodeadouro e Juazeiro I, II e III.

Durante a operação, duas motocicletas foram apreendidas, uma no bairro Alto da Maravilha e a outra no bairro Dom José Rodrigues. As motos foram conduzidas para o pátio da CSTT e só serão liberadas mediante pagamento de 23 VRF (Valor de Referência Fiscal), o equivalente a R$ 2.968,15. 

LEIA MAIS

Juazeiro: CSTT inicia vistoria dos transportes escolares na próxima terça-feira (08)

(Foto: ASCOM)

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) de Juazeiro (BA) informa aos condutores de transporte escolar que a partir da próxima terça-feira (08) será iniciado o trabalho de vistoria para regularização dos documentos e manutenção das condições de uso do veículo. As vistorias começam a partir das 8h.

Os interessados devem se dirigir ao local referente à sua região portando a documentação necessária (original e xerox): CNH categoria D ou E, comprovante de residência atual, documentação do veículo atual, antecedentes criminais, 2 fotos 3×4, nada consta na CNH e o curso de condutor de transporte escolar.

O setor de transportes informa que após a vistoria os condutores ainda terão 15 dias para regularizar os veículos que apresentarem alguma irregularidade. “Os condutores que não realizarem as vistorias ficarão proibidos de atuar com o transporte escolar e se estiverem transportando alunos, terão o veículo apreendido”, alerta Francisco Paulo, gerente de Transportes da CSTT.

Programação

LEIA MAIS

Juazeiro: Tarifa da Zona Azul estará mais cara a partir da próxima quarta-feira (02)

(Foto: Divulgação/Ascom)

A partir da próxima quarta-feira (02), o preço da tarifa da Zona Azul de Juazeiro (BA) será mais caro. O anúncio feito pela Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) neste sábado (29), explica que o reajuste atende ao que rege o  contrato com a empresa concessionária do serviço de estacionamento rotativo.

Com a alteração no preço da tarifa, uma hora de utilização passa de R$ 1,50 para R$ 1,70 (carro) e de R$ 0,75 para R$ 0,85 (motocicletas e motonetas).

Ainda segundo a CSTT, desde a instalação, há dois anos e meio, essa é a primeira vez que o serviço, implantado para melhorar o ordenamento do trânsito no Centro da cidade, passa por um reajuste.

CSTT instala dois novos abrigos de ônibus em Juazeiro e anuncia outras ações que serão realizadas ainda este ano

(Foto: ASCOM)

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) retomou a agenda de instalação de novos abrigos de ônibus em Juazeiro (BA). Na última sexta-feira (14), o setor de transporte instalou dois abrigos: um no bairro Jardim Primavera (ao fundo da Quadra Poliesportiva), e outro na Praça localizada na Rua Antônio Conselheiro, no bairro Alto da Aliança.

De acordo com o diretor-presidente da CSTT, Damião Medrado, novos abrigos serão instados ainda esse mês. “Nesta semana nossa equipe irá colocar o abrigo em frente ao Centro de Excelência em Fruticultura de Juazeiro (SENAR). E até o final deste mês, dois novos e modernos abrigos serão instalados na Orla da cidade”, destacou.

Juazeiro: CSTT emite nota sobre reclamação de mototaxistas

Após a publicação da matéria sobre a reclamação dos mototaxistas de Juazeiro (BA) quanto ao prejuízo causado pela atuação dos clandestinos, a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), emitiu uma nota sobre fiscalização, bem como a realização de atividades educativas na cidade. Confira a nota na íntegra:

“A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) informa que a fiscalização vem sendo realizada diariamente. De janeiro a novembro de 2018, 74 motocicletas foram apreendidas por transporte irregular de passageiros. Só esta semana, foram realizadas três blitzes itinerantes e três motocicletas foram apreendidas.

Além da fiscalização, em novembro a CSTT esclarece que iniciou uma campanha educativa para orientar os usuários a identificar o mototaxista legalizado. A campanha educativa acontece duas vezes por semana e já percorreu diversos bairros e residenciais.”

Mototaxistas de Juazeiro reclamam de prejuízo causado pelos clandestinos

(Foto: Ilustração/Internet)

A reclamação dos mototaxistas de Juazeiro (BA) sobre a atuação dos clandestinos não é recente. Esse é um problema que há muito tempo os trabalhadores legalizados enfrentam. Desde que o serviço de mototáxi foi criado, pessoas aproveitaram a oportunidade para atuar de forma ilegal. Uma concorrência desleal.

No último fim de semana, Juazeiro foi sede de dois processos seletivos: o vestibular da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), e o concurso público do Banco do Nordeste. Nestas ocasiões, o prejuízo para os mototaxistas legalizados fica ainda mais evidente, assim como o desrespeito dos clandestinos e a falta de fiscalização, por parte da Companhia de Segurança Trânsito e Transporte (CSTT).

LEIA MAIS

Em combate ao serviço clandestino de mototaxistas CSTT apreende quatro motocicletas irregulares

(Foto: ASCOM)

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte de Juazeiro (BA) (CSTT) continua realizando a campanha educativa para orientar a população sobre como identificar o mototáxi legalizado. Durante a realização de blitz itinerante, a equipe de Fiscalização de Transporte apreendeu quatro motocicletas por serviço de transporte irregular de passageiros na última sexta-feira (30).

A blitz itinerante, que além da fiscalização, conta com uma equipe teatral que faz abordagem aos usuários do serviço de mototáxi para orientá-los, percorreu diversos bairros e residenciais da cidade na semana passada.

Um dos representantes da Central de Mototáxi Legalizado, Anaílton Félix, parabenizou a CSTT pela ação educativa que vem sendo realizada. “Nós, da Central, agradecemos à CSTT por essas blitzes educativas que estão acontecendo na cidade e esperamos que esse trabalho seja frequente. Sabemos que ainda faltam muitas coisas para serem feitas, mas já é uma boa iniciativa do órgão”, destacou Anaílton.

Como identificar o mototaxista legalizado em Juazeiro

LEIA MAIS

CSTT orienta população de Juazeiro a identificar mototaxista legalizado

(Foto: ASCOM)

Ao longo da semana passada, a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) realizou em Juazeiro (BA) uma campanha educativa orientando a população a identificar o mototaxista legalizado. As ações foram realizadas na Praça Pedro Pereira Primo, na Orla, e na Avenida Raul Alves. Além dos fiscais de transporte e de trânsito, a campanha contou com a participação de uma equipe teatral que, de forma bastante descontraída, abordou usuários do serviço de mototáxi.

Raimundo Nonato Carvalho, que sempre utiliza o serviço, parabenizou a ação da CSTT e explicou que só anda com mototáxi legalizado. “É inviável andar com clandestino, pois estaria colocando minha vida em risco. Tenho filhos, tenho uma família que depende de mim. Pela minha segurança e segurança da minha família eu não ando com clandestino”, afirmou Raimundo.

LEIA MAIS

CSTT se manifesta após caso de agressão envolvendo suposto mototaxista de Juazeiro

(Foto: Ilustração/Internet)

A agressão sofrida por uma estudante de Petrolina nessa semana por um suposto mototaxista de Juazeiro (BA) ligou o sinal de alerta da população, que está apreensiva de utilizar os serviços na cidade baiana e em Petrolina. Na quinta-feira (8) o Blog mostrou a situação e também recebemos um posicionamento da Autarquia Municipal de Petrolina (AMMPLA) sobre o fato.

LEIA TAMBÉM:

AMMPLA emite nota sobre caso de estudante agredida por suposto mototaxista

Estudante é agredida por suposto mototaxista de Juazeiro

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transportes (CSST) de Juazeiro se manifestou sobre o caso através de nota. No texto a CSTT garante que os profissionais cadastrados estão cientes do impedimento de circular em Petrolina. Atualmente 700 profissionais estão cadastrados e um dos requisitos para isso é a apresentação de antecedentes criminais.

Confira a seguir a resposta da CSTT:

LEIA MAIS

Estudante é agredida por suposto mototaxista de Juazeiro

(Foto: Internet/Ilustração)

Mais um caso de violência envolvendo supostos mototaxistas foi registrado na noite de quarta-feira (7) em Petrolina. O fato repercutiu nas redes sociais e foi confirmado por uma professora da vítima que conversou com Waldiney Passos durante o programa Super Manhã de hoje (8), na Rádio Jornal.

De acordo com a professora Luana Vieira, a aluna relatou que o suposto mototaxista vestia farda de Juazeiro (BA). A corrida teria como destino a Cohab Massangano, entretanto, o agressor desviou para uma estrada de terra onde aconteceu a agressão.

“Ontem à noite quando ela saiu da aula ela pegou esse mototáxi na Praça da Sementeira com destino pra Cohab Massangano, só que quando eles estavam vindo seguindo o caminho do Distrito [Industrial] ele disse que estava com a documentação da moto atrasada e a Polícia Federal estava na pista da Cohab, ela já desconfiou na hora e começou a tirar o capacete, ele percebeu e segurou na perna dela”, comentou a professora.

LEIA MAIS

CSTT emite nota sobre reclamação de mototaxista

Na quarta-feira (24), o nosso blog publicou uma matéria sobre a reclamação do mototaxista, Cleiton Oliveira de Souza. Segundo ele, a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) de Juazeiro (BA) estaria dificultando o processo de retirada de alvará. Na denúncia, Cleiton contou que por três vezes foi a CSST para obter o alvará, mas até o momento não conseguiu o documento.

De acordo com o mototoxista, ao solicitar o alvará foi informado pelo atendimento da CSTT, que só seria possível a retirada do documento, após o mesmo apresentar o documento do veículo atualizado devidamente, seguindo as normas da Companhia.

LEIA TAMBÉM:

Juazeiro: Mototaxista reclama de dificuldade para obter alvará através da CSST

Em nota, a CSST informou que ao se cadastrar na Companhia, os mototaxistas ficam cientes de todos os procedimentos legais que correspondem a função. Sobre a exigência do documento atualizado, a CSTT explica: “Uma portaria publicada no dia 25 de abril de 2017 – de amplo conhecimento dos mototáxis – determinou que até o dia 31 de dezembro de 2017 todos os mototáxis deveriam cumprir a nova padronização das motocicletas: cor amarela e ano de fabricação superior a 2010.”

O alvará que legitima o trabalho do mototaxistas de Juazeiro precisa ser renovado anualmente. De acordo com a Companhia, o período de vistoria esse ano foi de 1º de março a 27 de abril. Apenas as motocicletas que estavam de acordo com o cumprimento da Portaria citada foram vistoriadas.

Sobre o caso específico de Cleiton, a CSST explicou o motivo da dificuldade que o mesmo vem enfrentado para conseguir o alvará. “O mototaxista Cleiton Oliveira de Souza não cumpriu com sua obrigação e só realizou a vistoria na última terça-feira (23/10). No dia seguinte (24/10), Cleiton retornou a Companhia exigindo o alvará, que não foi e não será entregue enquanto este não apresentar o novo documento do veículo emitido pelo DETRAN”, diz a nota.

Punição

LEIA MAIS

Juazeiro: Mototaxista reclama de dificuldade para obter alvará através da CSTT

(Foto/ Reprodução/WhatsApp)

O mototaxista e Presidente da Associação de Mototaxistas de Juazeiro (AMJ), Cleiton Oliveira de Souza, entrou em contato com o nosso blog para denunciar um problema que ele e os demais colegas estão enfrentando ao buscarem atendimento na Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) em Juazeiro (BA).

Cleiton relatou que já esteve na CSTT três vezes para fazer a retirada do alvará, mas até o momento não conseguiu o documento. Segundo ele, todos os procedimentos foram feitos, e a Companhia não emite o alvará alegando que o mesmo só terá acesso ao documento depois que apresentar o documento do veículo devidamente atualizado constando a mudança de cor da motocicleta utilizada por ele.

Ao nosso blog, o mototaxista explicou que já deu entrada no novo documento do veículo, mas ainda não recebeu. Cleiton e os demais colegas temem pelo o que possa acontecer, já que eles estão sem o alvará. “Disseram-me que só entregariam o alvará provisório quando o documento estivesse em mãos já com a mudança de cor, falei que já tinha feito todo o processo só que não chegou o documento e precisaria de um alvará provisório até a chegada do documento. Aí eu pergunto, onde estão os direitos dos trabalhadores honestos e corretos? ”, disse Cleiton.

Diante da situação, Cleiton disse que vai dar entrada em uma ação no Ministério Público contra o município, na esperança de que alguma providência seja tomada.

Nossa produção entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Juazeiro, mas até o momento não obtivemos resposta.

Zona Azul de Juazeiro não funcionará no feriado prolongado

(Foto: Ascom)

O feriadão que começa nessa sexta-feira (12) e segue até a segunda-feira (15) alterou o funcionamento da Zona Azul de Juazeiro (BA).

De acordo com a Companhia de Segurança, Trânsito e Transportes (CSTT), os estacionamentos pagos espalhados no Centro da cidade não funcionarão hoje, feriado de Nossa Senhora Aparecida e nem no começo da semana.

No dia 15 o comércio terá folga pelo Dia do Comerciário e em decorrência do expediente modificado no Centro da cidade, não haverá funcionamento da Zona Azul. No entanto, amanhã (13) que é dia normal de trabalho, é necessário pagar para estacionar já que a Zona Azul estará funcionando normalmente.

Juazeiro ganha nova área de Zona Azul em outubro

(Foto: Ascom)

A partir do dia 1º de outubro a Rua Dr. Cunha Melo, no Centro de Juazeiro (BA) será área de Zona Azul. A informação foi divulgada pela Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) nessa segunda-feira (17). De hoje até o dia da ativação, equipes estarão no local para instruir os motoristas sobre come emitir o ticket.

Para os moradores da rua que não tenham garagem, a CSTT solicita a emissão do Cartão do Morador. Basta apresentar a cópia de RG, CPF, comprovante de residência, CRLV e do registro do imóvel ou contrato, em caso de residência alugada, no prédio da companhia.

Sentido da Travessa Paulo Afonso no bairro Alto da Maravilha, em Juazeiro, é alterado

Travessa Paulo Afonso passa a ser de mão única. (Foto: ASCOM)

Devido à obra de requalificação da Avenida Adolfo Viana, a travessa Paulo Afonso, que fica no bairro Alto da Maravilha, em Juazeiro (BA), teve seu sentido alterado, passando a ser mão única em direção ao Parque Lagoa de Calu. A Via já está sinalizada e fiscais de trânsito ficarão no local nos próximos dias para orientar os condutores.

O diretor-operacional da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), Marcos Cardoso, explica que a mudança foi necessária para evitar acidentes. “Com as mudanças de tráfego realizadas nesta segunda-feira (03) em decorrência da obra na Adolfo Viana, percebemos que a Travessa Paulo Afonso ganhou um grande fluxo e para evitar a convergência de veículos, foi necessário transformar a via em mão única”.

123