Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Conta de luz terá bandeira verde em dezembro

A bandeira tarifária na cor verde significa que não terá custo extra para os consumidores de energia elétrica. (Foto: Ilustração)

A bandeira tarifária da conta de luz para o mês de dezembro será verde, ou seja, sem custo extra para os consumidores de energia elétrica. Desde maio deste ano, a bandeira estava nos níveis amarelo ou vermelho. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde (sem cobrança extra), amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. 

LEIA MAIS

Governo libera hoje abono salarial de 2016 para nascidos em dezembro

(Foto: Internet)

O Ministério do Trabalho liberou nesta quarta-feira (14) o pagamento do abono salarial do PIS/ Pasep ano-base 2016 para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos no mês de dezembro.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, lembra que existe um calendário de pagamento, baseado no mês de nascimento do trabalhador, que precisa ser observado. “Trabalhador, não deixe de ficar de olho no calendário para não correr o risco de deixar de receber esse dinheiro que é tão importante. É um benefício e um direito do trabalhador brasileiro”, destaca.

O abono salarial de 2016 começou a ser pago em 27 de julho deste ano e estará disponível para saque a todos os trabalhadores até 29 de junho de 2018. Depois dessa data, os valores que não forem sacados retornarão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para pagamento do abono salarial do próximo ano e do seguro-desemprego.,

Com informações do EBC

Caixa antecipa saque de conta inativa do FGTS para quem nasceu em dezembro

Pagamento antecipado acontecerá a partir deste sábado, 8

A Caixa Econômica Federal antecipou para o próximo sábado, 8, a liberação do último lote de recursos das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nesta etapa, antes prevista para 14 de julho, poderão sacar os trabalhadores nascidos no mês de dezembro que possuam saldo em suas contas.

Nos correspondentes Caixa Aqui e nas Lotéricas, será permitido sacar até R$ 3 mil. Para isso, será preciso apresentar documento de identificação, Cartão do Cidadão e senha.

Valores acima de R$ 3 mil serão sacados exclusivamente nas agências, sendo que, no caso de valores superiores a R$ 10 mil, o trabalhador precisará apresentar carteira de trabalho ou documento que comprove a extinção do vínculo com a empresa.

Para os brasileiros que vivem no exterior, o dinheiro pode ser liberado pela Caixa em até 15 dias após o envio da solicitação de saque, que acontece via serviço consular.

O processo exigido pelo banco no exterior é mais burocrático que no Brasil e envolve agendar uma visita aos consulados do governo brasileiro e seguir uma série de orientações.

Inep deve divulgar locais de prova da segunda aplicação do Enem na terça

 (Foto: Internet)

Os locais de prova serão todos alterados. (Foto: Internet)

Os estudantes que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 3 e 4 de dezembro saberão os locais de prova na semana que vem, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A intenção é que a informação sobre os locais seja divulgada na próxima terça-feira (22).

Os 271.033 candidatos que tiveram a prova adiada poderão consultar os novos locais na internet, na página do Participante e também no aplicativo do Enem, nas plataformas Android, iOS e Windows Phone.

O Enem foi aplicado nos dias 5 e 6 de novembro para 5,8 milhões de candidatos. Devido a ocupações de escolas, universidades e institutos federais, o Ministério da Educação (MEC) adiou o exame para um grupo de estudantes que faria a prova em 405 locais de diferentes estados. Esses estudantes receberam um aviso do Inep por mensagem no celular e e-mail.

LEIA MAIS

Último “Programa do Jô” será exibido no dia 16 de dezembro, diz colunista

oie_28124020yna5igb1

Destino do apresentador após o encerramento da atração ainda não foi definido

O último “Programa do Jô” já tem data definida para acontecer na TV Globo. De acordo com o colunista Flávio Ricco, do UOL, a atração vai ao ar pela última vez no dia 16 de dezembro.

Ainda não se sabe quem será o convidado para o programa final, mas a ideia é fechar com alguém especial. Aliás, o próprio Jô tem se empenhado no assunto.

Outra incógnita que permanece é saber qual o destino do apresentador ao término da temporada, já que ele não pretende parar. Dentre os canais especulados estão Globosat ou o SBT.

Motoristas do transporte escolar dizem que ainda não receberam o pagamento da prefeitura de Petrolina

foto-transporte-escolar

Um motorista que prefere anonimato por medo de represália da secretaria da educação de Petrolina (SEDUC), denunciou a reportagem do blog que a categoria teme viver o mesmo dilema do ano passado, “ficar sem receber o pagamento da prefeitura de Petrolina, que não debitou o mês de dezembro de 2014”, afirma o motorista.

Ainda de acordo com ele em 2015 o calote pode ser maior, pois, até o dia (29) o município não efetuou o pagamento dos meses novembro e dezembro.

Questionado sobre o motivo do atraso ele diz que o secretário da educação, Heitor Leite, argumentou que está faltando enviar uma lista com os nomes dos motoristas escolares para liberar o pagamento.

 A nossa reportagem tentou por diversas vezes contato com a assessoria de imprensa da Seduc, mas a assessoria ainda não respondeu aos nossos questionamentos sobre o motivo do atraso.

Prepare o bolso: Tarifa de energia continuará com bandeira vermelha em dezembro

download

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou ontem, que a bandeira tarifária válida para o mês de dezembro continuará sendo de cor vermelha. A bandeira vermelha implica em um acréscimo de R$ 4,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) de energia consumidos em todos os Estados do País, exceto Amapá e Roraima, que ainda não estão conectados ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

O consumidor está pagando mais caro pela energia desde o início do ano. A bandeira vermelha representa a existência de condições mais adversas para a geração elétrica no País. Há ainda a bandeira amarela, quando a cobrança adicional é de R$ 2,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, e a verde, sem custo adicional para o consumidor. Desde janeiro, contudo, foi mantida a cor vermelha.

O sistema de bandeiras tarifárias, implementado com o intuito de alertar o consumidor a respeito do custo corrente de geração, além de dividir com ele esse custo, já passou por duas correções de valores desde janeiro, quando foi implementado. O valor adicional cobrado na bandeira vermelha foi estabelecido inicialmente em R$ 3 para cada 100 kWh. A partir de março, três meses depois do início da cobrança, o preço foi elevado para R$ 5,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos com bandeira vermelha. Em setembro, o valor implícito na bandeira vermelha caiu para R$ 4,50 por cada 100 kWh consumidos.