Em resposta ao Blog, Compesa afirma que pressões ainda estão sendo normalizadas em Petrolina

Compesa explica motivo da demora na normalização do abastecimento (Foto: Ilustração)

O Blog Waldiney Passos mostrou mais cedo, nessa segunda-feira (2), a situação dos petrolinenses que há quase uma semana não têm água nas torneiras. Em nota, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que o sistema foi religado na madrugada do último sábado (30).

LEIA TAMBÉM:

Sem água nas torneiras de casa, leitor critica Compesa

Contudo, diversos bairros passaram o final de semana sem água e permanecem na mesma situação, em decorrência de um serviço executado na Avenida da Integração. Segundo a nota, o problema está acontecendo porque “as pressões ainda estão sendo normalizadas, em especial nos bairros mais distantes do Centro”.

Confira a resposta da Compesa:

LEIA MAIS

Em nota, Compesa afirma que troca emergencial na tubulação de esgoto provocou interdição no Centro de Petrolina

Serviço foi iniciado no final de semana (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Ontem o Blog Waldiney Passos mostrou um serviço da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), realizado no cruzamento da Avenida Souza Filho com a Avenida Fernando Góes. Hoje (25), em nota, a Compesa afirmou que precisou realizar a obra de forma emergencial para substituir uma rede de esgoto.

LEIA TAMBÉM:

Equipe da Compesa interdita vias do Centro e leitor reclama

Segundo a Companhia, o serviço teve início no sábado (23) e foi necessário interditar a via por completo. “As equipes seguem trabalhando e a previsão é de que até o final do dia de hoje (25) sejam finalizados os serviços de escavação e assentamento de tubulação”, informou a nota.

Após essa etapa, as equipes deverão liberar o tráfego em uma das vias e a reposição do asfalto, apenas em dezembro. Confira a resposta da Compesa:

LEIA MAIS

Compesa afirma não ter responsabilidade sobre esgoto no Serrote do Urubu

Problema segue sem solução (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na semana passada o Blog Waldiney Passos mostrou a demanda de um leitor, sobre esgotamento sanitário no Serrote do Urubu, interior de Petrolina. Nossa equipe procurou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que afirmou não ter responsabilidade sobre o problema.

LEIA TAMBÉM:

Esgoto no Serrote do Urubu, em Petrolina, incomoda comunidade

Segundo a Companhia, ela “não opera o sistema de esgotamento sanitário de Serrote do Urubu”. A Prefeitura de Petrolina também disse não ser de sua competência o reparo na localidade e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) ainda não se manifestou sobre o reparo.

Enquanto isso a comunidade é obrigada a conviver com o esgoto escorrendo pela Rua Principal, próximo à uma escola municipal e à associação do Serrote.

Em nota, Adagro rebate produtores rurais sobre “morosidade” na emissão do PTV

(Foto: Reprodução/Google Maps)

No dia 17 de outubro o Blog publicou uma matéria sobre a queixa do Sindicato dos Produtores Rurais (SPR) de Petrolina sobre as dificuldades na emissão da Permissão de Trânsito de Vegetais (PTV), cuja competência é da Agência de Defesa Agropecuária (Adagro).

LEIA TAMBÉM:

Produtores Rurais de Petrolina cobram implantação do sistema eletrônico para emissão da Permissão de Trânsito de Vegetais

Em nota, a Adagro afirmou que segue as normas impostas pela legislação federal a todos os Estados. Segundo a Agência, o PTV pode ser emitido de forma eletrônica desde 2010- como solicita do SPR – “desde que a certificação fitossanitária de origem seja fiscalizada permanentemente e homologada pelo RT habilitado para emissão de PTV”.

Criticada pela morosidade, a Adagro disse ainda que “vem atuando para evitar qualquer prejuízo aos produtores, inclusive abrindo o escritório aos sábados pela manhã para atender as empresas que solicitam o serviço”.

Confira a seguir a resposta da Agência sobre a queixa do Sindicato:

LEIA MAIS

DNIT afirma que responsabilidade sobre BR-122 é do Estado

Problema foi apresentado por leitor (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na quarta-feira (23) o Blog mostrou a situação da BR-122, no trecho entre Lagoa Grande (PE) e Santa Cruz (PE). Segundo um leitor, os buracos na pista colocam em risco a segurança dos motoristas. Nossa Produção procurou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Através de nota, o órgão afirmou não ter competência sobre o problema e que a recuperação da BR-122 é do Governo do Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

LEIA TAMBÉM:

Buracos na BR-122 preocupam motoristas de Lagoa Grande

“O DNIT informa que a BR-122/PE foi transferida ao governo estadual em 2002, por meio da MP 82/02, encontrando-se desde então sob responsabilidade do DER-PE, com a denominação de PE-555“, destaca em nota.

DER responde

Em nota, o DER afirmou que a BR-122, hoje a PE-555, é dividida em dois trechos e já estão recebendo os serviços de manutenção por parte do Governo do Estado. Confira a seguir a resposta:

LEIA MAIS

Wilker Torres afirma que denúncia sobre terreno é “fake”

O prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres enviou uma nota ao Blog para rebater as acusações feitas contra sua gestão. Um advogado denunciou na imprensa que a Prefeitura falsificou uma lei para garantir benefícios da venda de um terreno no centro da cidade.

Na nota, Wilker alega que sancionou a Lei 259/2017 autorizando a venda de um terreno após a mesma não ter qualquer indício de ilegalidade, pois não passou pelas comissões competentes e foi aprovada pelos edis. O prefeito classificou como fake a denúncia e subiu o tom contra o denunciante.

“Essa turma sabe que vai perder e se une na inconsequência de intentar um golpe que foi desmoralizado hoje na Câmara e será sepultado pela Justiça“, destacou o gestor.

Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Caso Beatriz: família emite nota contra Câmara de Vereadores; Osório afirma que Legislativo está de portas abertas ao povo

Em nota, família critica espaço cedido à defesa de Allinson (Foto: Blog Waldiney Passos)

A participação do advogado que representa Allinson Henrique da Cunha – apontado pela Polícia Civil de Pernambuco como responsável por apagar imagens das câmeras de monitoramento do Colégio Auxiliadora no dia em que Beatriz Angélica Mota foi assassinada – na Câmara de Vereadores ainda repercute entre os edis de Petrolina.

LEIA TAMBÉM:

Caso Beatriz: Lucinha Mota protesta contra presença de advogado de Alisson na Câmara de Vereadores

Nessa quinta-feira (10) Lucinha Mota e Sandro Romilton publicaram uma nota de repúdio ao Poder Legislativo, por ter cedido espaço a Wank Medrado, representante legal de Allinson, que foi inocentado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Os pais da garota criticaram a Câmara por chancelar a participação de Medrado, que tinha “a simples intenção de defender seu cliente”.

LEIA MAIS

Diretor do SAAE é denunciado pelo MP por assassinato; Joaquim Neto se diz vítima de armação política

Joaquim Neto afirma que acusação partiu de boato na imprensa (Foto: Reprodução)

O diretor do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) de Juazeiro (BA), Joaquim Neto foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) por envolvimento no assassinato de Adalberto Gonzaga, ex-coordenador da Defesa Civil. O crime aconteceu em 2017 e a denúncia foi feita no dia 25/09, quarta-feira.

Além de Neto outras duas pessoas foram denunciadas: Davir Paixão Reis e Gabriel Amaral apontados como executores do crime. Em nota, o diretor do SAAE afirmou estar sendo vítima de armação política e que a acusação se baseia num boato espalhado na imprensa juazeirense.

Na nota o Neto destaca que “a viúva e o irmão de Adalberto afirmam que a morte dele deve estar ligada a um processo que ele respondia desde 2009, por tentativa de assassinato”. Nós solicitamos mais detalhes da investigação juntamente à Polícia Civil de Juazeiro, ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) e ao próprio MP. Estamos aguardando novas informações.

Confira a seguir a íntegra da resposta do diretor:

LEIA MAIS

SEDES emite nota sobre vistoria do MP nos Centros de Referência de Juazeiro

(Foto: Ascom/PMJ)

A Prefeitura de Juazeiro (BA) enviou uma nota ao Blog sobre a vistoria realizada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) nos Centros de Referência em Assistência Social da cidade. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), o município tem “melhorado ao longo dos últimos anos e hoje tem o melhor Índice de Desenvolvimento dos CRAS”.

LEIA TAMBÉM:

MP-BA identifica problemas nos Centros de Referência de Juazeiro

Segundo a nota, a Prefeitura não foi “notificado” em relação à vistoria realizada e afirma que, apesar da falda de recursos federais do atual governo, “tem mantido a Política de Assistência Social funcionando satisfatoriamente”.

Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Após denúncia de leitor, Celpe emite nota sobre acessibilidade na unidade de Petrolina

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na segunda-feira (16) o Blog mostrou a queixa do leitor Tadeu Plínio sobre a falta de acessibilidade na unidade da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), localizada no Centro de Petrolina. Hoje (17) a Celpe encaminhou uma nota comentando o fato.

LEIA TAMBÉM:

Leitor denuncia Celpe por dificultar acesso de deficientes na unidade de Petrolina

De acordo com a Companhia, o cliente deficiente ou com dificuldade de locomoção “tem a sua disposição dois acessos à Loja Celpe Petrolina, sendo um deles adaptado para acessibilidade” e que há “um profissional para facilitar a acessibilidade, caso necessário”.

Leia a seguir a resposta da Celpe:

LEIA MAIS

Juazeiro: Hospital Regional afirma que paciente filmada por filha teve piora súbita e veio a óbito

Hospital emite nota após denúncia feita por filha de paciente (Foto: Ascom)

O Hospital Regional de Juazeiro (BA) emitiu hoje (16) uma nota na qual comenta o caso da paciente Joana da Conceição Santos. A filha dela divulgou um vídeo nas redes sociais no último domingo (15), mostrando a mãe recebendo atendimento em uma cama, sem a presença de um médico de urgência.

LEIA TAMBÉM:

“Minha mãe acaba de falecer por negligência médica no hospital Regional de Juazeiro”, relata filha nas redes sociais

De acordo com a unidade, a paciente tinha 77 anos e era “portadora de múltiplas patologias” e “vinha sendo acompanhada pela equipe multidisciplinar” desde quando deu entrada na unidade, em 02 de setembro.

A nota esclarece ainda que ontem dona Joana “apresentou uma piora súbita, foram feitas manobras de ressuscitação”, mas ela não respondeu e veio a óbito. Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Após vídeo de mães criticando UPA de Juazeiro, SESAU emite nota sobre atendimento infantil

(Foto: Divulgação)

No sábado (14) o Blog publicou uma matéria mostrando mães na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Juazeiro (BA) reclamando do atendimento na unidade. Em um vídeo elas reclamavam da estrutura e denunciavam o descaso da gestão municipal.

LEIA TAMBÉM:

Indignadas, mães divulgam vídeo reclamando de condições e atendimento da urgência pediátrica na UPA de Juazeiro

A Secretaria de Saúde (SESAU) respondeu em nota que o próprio vídeo mostra “acomodações para todos que estão na Ala infantil e profissionais prestando assistência às crianças” e rebateu a notícia de um suposto fechamento do Hospital da Criança.

Confira a seguir a nota da SESAU:

LEIA MAIS

Empresa rebate comentário de leitora sobre Terminal Rodoviário de Petrolina

Na quinta-feira (12) publicamos no Blog uma matéria sobre o Terminal Rodoviário de Petrolina. Nele, uma leitora criticava a infraestrutura do local e segurança. Na ocasião nós não conseguimos contato com a Socicam, empresa responsável pela rodoviária.

LEIA TAMBÉM:

Leitora se queixa das condições do Terminal Rodoviário de Petrolina

Em nota a Socicam rebateu as colocações da leitora. De acordo com a empresa, “o Terminal Rodoviário de Petrolina (PE) passou, recentemente, por uma  reforma geral que incluiu todos os banheiros, a construção de um fraldário, pintura interna e externa, reparo na cobertura da plataforma e a retirada do balcão de uma lanchonete para expansão da área de espera”.

Sobre a segurança, a Socicam afirmou que “existe uma rigorosa rotina de limpeza e higienização do espaço e que possui uma equipe de segurança no local para garantir o bem-estar dos usuários nas dependências do Terminal”, concluiu.

CPI do Dom Malan: Direção do hospital afirma não ter recebido relatório da Câmara

(Foto: Arquivo)

Na sessão da última quinta-feira (29) os vereadores de Petrolina apresentaram o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Hospital Dom Malan/IMIP. Os membros da Comissão fizeram um balanço das ações e comentaram como foi o trabalho.

Ainda ontem nossa produção buscou o HDM para saber se a instituição já havia tido acesso ao documento. “O Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina informa que não foi notificado oficialmente a respeito do relatório citado, então, não conhece o seu conteúdo”, informou através de nota.

LEIA TAMBÉM:

Vereadores de Petrolina apresentam relatório sobre CPI do Dom Malan

A CPI foi instaurada no ano passado, após a morte da jovem Millian Carvalho. O hospital reiterou que “sempre foi colaborativa com a Comissão de Saúde. Inclusive, em junho do ano passado, o superintendente do hospital esteve na Câmara de Vereadores para prestar esclarecimentos”.

Por fim o HDM reforça que está “à disposição das autoridades competentes, pois não há nada a esconder. Todos os dados do hospital estão no Portal da Transparência”. De acordo com os membros da Comissão, o relatório seria protocolado no Ministério Público Federal (MPF) nessa sexta-feira (30).

Em nota, HU afirma que denúncia de família de paciente transferido ao Hospital da Restauração é “inverídica” 

(Foto: Internet)

Mais cedo o Blog mostrou a denúncia de familiares do paciente Everton de Lima Oliveira, que teria sido transferido ao Hospital da Restauração, no Recife (PE) sem regulação do Hospital Universitário de Petrolina. Em nota encaminhada à nossa produção, o HU rebateu as afirmações da família.

Segundo o HU, o que foi repassado pelos parentes de Everton é “informação inverídica” e o paciente, morador de Izacolândia, foi “devidamente regulado”, numa ação “respaldada e de acordo com os parâmetros de referenciamento da REDE-PEBA”.

LEIA TAMBÉM:

Família de paciente denuncia descaso do Hospital Universitário

De acordo com a família do paciente, Everton chegou à Restauração sem ter sem nome na lista de regulação e foi obrigado a aguardar no corredor da unidade. No entanto, o HU alega que “o hospital sempre preza pela lisura e institucionalidade dos processos”.

Confira a seguir a resposta do HU:

LEIA MAIS
12