Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Saiba como ser uma doadora de leite materno do Biama, em Petrolina

O leite materno é o único alimento que o bebê precisa até os 6 meses de vida.

Além de simples e fácil, a doação de leite materno tem salvado vidas em Petrolina. Um pequeno pote de leite doado ao Banco de Leite Materno do Hospital Dom Malan/IMIP (Biama) é suficiente para até 10 recém-nascidos por dia.

Para ser uma doadora, basta entrar em contato com o Biama e preencher alguns requisitos. Caso a puérpera esteja com o cartão da gestante e os exames em dia, melhor ainda para realizar a doação.

“O Biama irá fazer a avaliação do perfil da doadora, se ela obedece aos critérios de seleção, assim como poderá fazer a coleta de sangue para exames e orientações. Então, não há empecilhos”, garante a enfermeira gerente do Biama, Kaliane Medeiros.

O leite doado ao Biama é direcionado às crianças prematuras e de baixo peso, que estão internadas nas unidades neonatais do serviço e que não podem ser amamentadas diretamente no seio das suas mães.

Não podem doar

Ficam fora da lista de possíveis doadoras apenas mulheres que fazem consumo de álcool e drogas, que fumam mais de 10 cigarros por dia, que bebem mais de sete xícaras de café diariamente, que realizaram transfusão de sangue há menos de cinco anos e que fazem uso de medicações incompatíveis com a amamentação.

LEIA MAIS

Prefeitura de Casa Nova distribui 10 mil quilos de peixe para famílias cadastradas no Bolsa Família

(Foto: Ascom)

Desde a manhã de quarta-feira (17) até hoje (18), a prefeitura de Casa Nova realiza distribuição de 10 mil quilos de peixe à famílias carentes do município. A entrega está sendo feita na sede e na zona rural da cidade.

“É nossa lembrança da Semana Santa, da crucificação e da alegria da ressurreição e a festa da Páscoa” – comentou na manhã de hoje o prefeito Wilker Torres ao ajudar na distribuição  Colônia de Pescadores, local escolhido para a distribuição na sede do município.

“Feliz Páscoa a todos! Que os peixes de hoje não sejam apenas o alimento da sexta-feira, mas que se multipliquem em cada casa, em cada lar, durante todo o ano”, encerra o gestor.

LEIA MAIS

Hospital Dom Malan de Petrolina realiza campanha de doação de leite materno em prol de quadrigêmeos; estoque do Biama está praticamente zerado

(Foto: Arquivo)

Os quadrigêmeos de Riqueline de Brito Macêdo, nascidos em 24 de março no Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina (PE), estão precisando da doação de leite materno. Em função da imaturidade do trato gastrointestinal dos prematuros e da falta de reflexos de sucção e deglutição, eles ainda precisam ser alimentados por sonda nasogástrica, mas a produção de Riqueline é insuficiente para supri-los.

LEIA TAMBÉM:

Paciente de Dormentes dá à luz quadrigêmeos no Hospital Dom Malan/IMIP em Petrolina

O Banco de Incentivo e Apoio ao Aleitamento Materno do HDM (Biama) está fornecendo o complemento de leite aos bebês, mas está com o estoque baixo. De acordo com a enfermeira gerente do banco, Kaliane Gomes, hoje (2) o Biama tem apenas 3 litros armazenados, quando o necessário é de 2 a 3 litros por dia para o hospital.

LEIA MAIS

Após publicação de matéria, moradora de Juazeiro rebe doação de cadeira de rodas

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

No último dia 9, o Blog Waldiney Passos publicou uma matéria sobre a situação de uma moradora do bairro João Paulo II em Juazeiro (BA). Pedrina Delmondes Santana foi atropelada em janeiro deste ano, e desde então necessitava de uma cadeira de rodas para se locomover.

Além da cadeira, ela também  precisava de alimentos e material de higiene pessoal. O drama vivido por Pedrina foi relatado ao Blog por Nazaré Delmondes, irmã da acidentada, através do WhatsApp. No vídeo enviado por Nazaré, é possível identificar a precariedade da situação.

Agora, a notícia que chega a nossa Redação é de solidariedade e gratidão. Mais uma vez, por meio do WhatsApp, Nazaré escreveu para nossa equipe e contou que graças a publicação da matéria, um grupo de pessoas e instituições doaram a tão esperada cadeira de rodas, donativos e um colchão.

LEIA TAMBÉM:

Moradora de Juazeiro lança vídeo nas redes sociais para ajudar irmã que necessita de uma cadeira de rodas

No texto, Nazaré faz questão de citar o nome de cada um dos envolvidos nesta ação que a cada dia vem transformando o sofrimento de Pedrina e sua família em coragem; são eles: Grupo de ciclismo de Juazeiro, Leandro City e o SAF de Petrolina.

LEIA MAIS

Lar Cantinho do Aconchego recebe doação obtida durante Baile Municipal 2019

(Foto: Ascom/PMP)

O carnaval de Petrolina não foi marcado só por festa. Durante o Baile Municipal que abriu oficialmente as festividades momescas no mês passado, foram arrecadados R$ 5 mil reais e mais mil fraldas geriátricas, material recebido pelo Lar Cantinho do Aconchego.

A entrega das doações foi feita pelo prefeito Miguel Coelho (PSB) na quinta-feira (14). Ele também aproveitou o momento para conversar com alguns idosos assistidos pela instituição. “O Baile Municipal foi um sucesso e essa doação é talvez o momento mais importante desse evento. Esperamos que a divulgação do evento e esse ato simbólico ajudem a atrair mais pessoas para colaborar com o Cantinho do Aconchego, que faz um trabalho tão bonito, mas que precisa de toda ajuda possível”, disse o gestor.

A diretora e fundadora do lar, Edvânia Nascimento agradeceu a doação. “O lar ‘Cantinho do Aconchego’ sobrevive unicamente de doações e do benefício daquelas pessoas idosas que possuem. Atualmente, contamos com apenas 15 idosos com família presente. Fazemos, de certa forma, uma mágica para cobrir os custos e necessidades de todos os acolhidos”, disse.

Hoje 27 pessoas que trabalham voluntariamente na unidade. Quem quiser contribuir com doações pode entrar em contato através do telefone (87) 3863-3731.

Fotos: Alexandre Justino

HDM/IMIP entrega 3,7 toneladas de alimentos e materiais de higiene à Casa de Apoio Santo Expedito

(Foto: ASCOM)

O Natal Solidário 2018 do Hospital Dom Malan/IMIP de Petrolina (PE) foi um sucesso. A equipe da unidade materno infantil arrecadou 3, 7 toneladas de alimentos não perecíveis e materiais de higiene, que foram doados à Casa de Apoio Santo Expedito, no dia 21 de dezembro.

Para tornar esse momento real, a comissão organizadora começou ainda em novembro a mobilizar as pessoas. “Esse já é o nosso quinto ano de campanha e nós percebemos que teríamos que inovar. Então, além da nossa arrecadação voluntária tivemos a ideia de fazer uma rifa entre os profissionais. Para acirrar a competição oferecemos um prêmio à equipe vencedora”, esclarece a supervisora do Serviço Social, Kátia Silene Carreiro.

Dona Léa (Leodete Pires) agradeceu: “Mantenho essa casa há 17 anos com muito esforço e oração. Deus, em sua infinita bondade, não nos deixa faltar nada. Quando estamos em situação difícil sempre aparecem anjos para nos ajudarem”.

LEIA MAIS

Famosos se unem a corrente de solidariedade e pedem doações para jovem Arthur

(Foto: Reprodução/Internet)

A história de Arthur Brandão, garoto de Petrolina que está internado no Recife (PE) realizando tratamento contra leucemia ganhou as redes sociais nos últimos dias. Familiares e amigos se uniram em uma corrente de solidariedade e estão pedindo doações de sangue para o menino.

Arthur foi diagnosticado com Leucemia Promielocítica Aguda (LPA) e está em tratamento desde o dia 11, por isso a necessidade de doação de sangue. Famosos como o cantor Batista Lima e o jogador de futebol Daniel Alves se uniram a campanha e utilizaram suas redes sociais para pedir doações.

Daniel que está na região de férias fez um vídeo e pediu ajuda. “Estou fazendo a minha parte, convido a todos vocês para fazer a sua também. A gente está aqui para ajudar”, disse no vídeo.

As doações podem ser feitas no HIENE, na Rua Tabira, nº 54, Boa Vista, Recife, de segunda a sábado. Basta fornecer o nome completo do paciente: Arthur Augusto Amorim Brandão e fornecer o nome do hospital no qual ele se encontra, UTI Pediátrica do Hospital Real Português.

Solidariedade: mães da Casa de Apoio do Hospital Dom Malan recebem doações

(Foto: ASCOM)

Sabe aquela correria do dia a dia e a falta de tempo que a maioria das pessoas reclama? Há quem diga que o segredo é estabelecer prioridades. E foi acreditando nisso que a jornalista e mãe da pequena Joana, Lara Cavalcanti, encontrou espaço na agenda para o trabalho voluntário.

Tudo começou com a vitória de Joana ao vencer a prematuridade e a superação de uma mulher, mãe e guerreira que encontrou força na luta. “Eu, Joana e toda a família passamos por dias muito difíceis. Foi preciso, sobretudo, fé para alcançar a graça de comemorar o seu primeiro aninho no início de dezembro”, relata.

“Desde que ela voltou para casa pensei que deveria haver um jeito de agradecer a Deus e através de duas amigas cheguei ao Dom Malan. Conheci todo o mundo do prematuro e me encantei. Claro que também foi autoidentificação. Mas, achei ali o meu jeito de retribuir”, esclarece. 

LEIA MAIS

Torcida Organizada do Carrancas realiza campanha para ajudar instituições de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O final de ano é marcado por campanhas de arrecadação em várias cidades e em Petrolina não seria diferente. O bom exemplo da vez é da Torcida Organizada do Carrancas Futebol Americano que está pedindo doações de leite em pó.

Segundo a idealizadora da campanha, Chris Joy, os pacotes de leite podem ser entregues até o dia 28 de dezembro. Quem tiver interesse em ajudar nessa corrente de solidariedade deve entrar em contato com a Torcida Organizada nas redes sociais que a diretoria irá coletar a doação.

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e a Creche Jesus Pequeno, localizada no bairro Jardim Petrópolis serão contempladas com o material arrecadado. Ainda segundo Chris, a ideia é realizar essa ação anualmente.

“A Apae já ajudamos e essa creche estamos querendo começar a ajudar. Acho que como família Carrancas há propósito em estarmos juntos e vamos sim ajudar a sociedade”, disse à nossa produção.

Sobradinho: família pede ajuda para custear cirurgia da filha recém-nascida

(Foto: Arquivo Pessoal)

Os pais da pequena Dulce Maria de apenas um mês de 22 dias estão angustiados com a situação da filha. Com apenas 20 dias Pedrina Katielly e Marcio Alves descobriram um cisto no braço direito da pequena, em seguida a situação piorou.

A família reside na Loteamento Paulo Pacheco, em Sobradinho (BA), mas o procedimento cirúrgico cujo valor é de R$ 10 mil é realizado apenas nas capitais Salvador e Recife (PE). “Descobrimos com 20 dias o primeiro cisto e o segundo com 1 mês”, disse a mãe da menina à nossa produção.

O casal está desempregado e não tem condições de custear a operação. Familiares e amigos se mobilizaram nas redes sociais e estão buscando apoio com rifas, na tentativa de arrecadar o valor.  Quem puder contribuir pode doar qualquer valor nas seguintes contas:

Bradesco

Agência: 3584-0
Conta corrente: 1012-0
Marcia Maria de Moura Santos (tia de Dulce Maria)

Banco do Brasil

Agência: 4623-x
Conta poupança: 9964-3
Variação: 51
Marcia Maria de Moura Santos

Servidores da Univasf, IFBA e IF-Sertão arrecadam alimentos para instituições de Juazeiro e Petrolina

(Foto: Ascom)

Cinco instituições de Juazeiro (BA) e Petrolina foram contemplados em uma ação promovida pelos servidores da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), do IF-BA e IF-Sertão. O “V Integrar pra Construir” teve início em 2014 e nesse ano conseguiu arrecadar 430 kg de alimentos.

Foram beneficiados com a ação o Lar Maria Nazaré, a Fundação Lar Feliz, ambos de Juazeiro (BA), o Grupo Raros, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e o Projeto Social Fazendo com Caridade, os três de Petrolina (PE).

Kilma Matos, uma das organizadoras da ação falou sobre a iniciativa. “A cada ano a gente busca fortalecer esse espírito de solidariedade e ajudar cada vez mais essas pessoas que tanto precisam das doações”, diz.

SAMU faz doação de alimentos arrecadados durante curso em Petrolina

(Foto: ASCOM)

A manhã desta quinta-feira (29) foi marcada pela alegria das crianças atendidas pelo ‘Projeto Vida’, que receberam alimentos arrecadados durante o curso de Primeiros Socorros, ministrado pelo SAMU e pela Secretaria de Saúde de Petrolina durante o último mês de novembro.

A equipe do SAMU entregou quase 200 quilos de alimentos não perecíveis para a manutenção do local. “O curso de primeiros socorros foi um sucesso, muita gente participou, e a prova está aqui, na quantidade de produtos que pudemos doar a essa instituição que desenvolve um trabalho tão bonito e solidário”, salienta a coordenadora do SAMU, Laís Cabral.

O ‘Projeto Vida’ tem 16 anos de funcionamento e atende crianças de 3 a 8 anos, que sejam oriundas de famílias de baixa renda com pais que precisam de alguém para cuidar da criança enquanto trabalham, pais desempregados ou ainda crianças com histórico de abandono emocional e psicológico pela família.

LEIA MAIS

CAPS infantil de Petrolina promove campanha e incentiva doação de brinquedos durante o Natal

(Foto: ASCOM)

De olho na alegria das crianças na época natalina, o Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil, vinculado à Secretaria de Saúde de Petrolina, está realizando uma campanha de arrecadação de brinquedos. Até o próximo dia 15 de dezembro, a instituição receberá doações na própria sede, ou ainda, através do telefone da unidade, para que um profissional da unidade possa combinar a entrega das doações.

As crianças e adolescentes que precisam de acompanhamento do CAPSi possuem diferentes tipos de transtorno mental, e, em sua grande maioria, vêm de famílias carentes e/ou desestruturadas. A doação de presentes de Natal é uma forma de valorizá-las e fazê-las sentir-se crianças inseridas na sociedade.

“Essas crianças e suas famílias estão habituadas a receber sempre de portas fechadas no meio social e muito preconceito. Aqui temos a missão de acolhê-los e acompanhá-los através de uma equipe multiprofissional. A arrecadação destes brinquedos será de fundamental importância para elas”, frisa a coordenadora do CAPSi, Maria do Carmo.

LEIA MAIS

Dia Nacional do Doador de sangue: UPAE/IMIP de Petrolina reforça o apelo por doações

(Foto: Internet)

Para reforçar a importância da doação de sangue, sensibilizar novos doadores e fidelizar os que já existem, a data de 25 de novembro ficou instituída no Brasil como Dia do Doador Voluntário de Sangue. E, neste dia, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) chama a atenção da população para esse gesto de amor, que pode salvar muitas vidas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o percentual ideal de doadores para um país esteja entre 3,5% e 5% de sua população. No Brasil, esse número é preocupante, pois não chega a 2%. Esta quantidade ainda sofre uma queda alarmante durante os feriados e as férias, períodos em que os hemocentros operam com menos do mínimo necessário.

LEIA MAIS

Paraciclista de Petrolina pode desistir de participar de Campeonato Brasileiro por falta de recursos

José Nildo precisa de $1500 para custear a viagem para o Campeonato Brasileiro de Paraciclismo (Foto: Arquivo Pessoal)

José Nildo de Souza, de 46 anos é paraciclista de Petrolina (PE), e representa a cidade em todas as competições que disputa. O paratleta é um verdadeiro guerreiro. Aos três anos de idade foi diagnosticado com paralisia infantil, a doença comprometeu o desenvolvimento de seus membros inferiores e hoje o ciclismo é uma ferramenta de superação.

Nestes 14 anos dedicados ao esporte, já são 20 medalhas acumuladas. Em 2017, José Nildo foi medalha de bronze na prova de resistência do Campeonato Brasileiro de Paraciclismo. Com o resultado do ano passado, o atleta treinou arduamente desde então, em preparação para este ano, mas infelizmente o sonho de disputar o brasileiro que será realizado entre os dias 24 e 25 deste mês, na cidade de São Carlos (SP), está cada dia mais longe.

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, Nildo falou sobre a dedicação ao esporte e o quão está sendo difícil encarar o fato de não poder participar da competição. “Ir para o brasileiro é a certeza de ter medalhas, por que eu treino para isso. Toda competição que vou eu trago uma ou duas medalhas. Nós treinamos, nós investimos em suplementos, e quando você se ver sem patrocínio, o desânimo é grande, eu fico triste”, disse.

LEIA MAIS
123