Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Posto policial pode melhorar segurança nas Pedrinhas, destaca Elias Jardim

(Foto: Arquivo)

Na sessão de quinta-feira (6) o vereador Elias Jardim (PHS) apresentou uma Indicação solicitando a implantação de um posto policial nas Pedrinhas. Em entrevista ao Blog o edil afirmou que uma unidade na região visa garantir mais segurança não só aos moradores, mas também a comerciantes e turistas.

Ali é uma região rural com grande número de habitantes não só na Pedrinha e nas comunidades vizinhas. Lá precisa de uma segurança específica e a gente está pedindo ao prefeito para interceder junto ao 5º BPM para levar uma assistência melhor”, disse Elias.

A demanda surgiu de reuniões com lideranças da localidade. “A gente tem vistos reclamações de lá e é preciso que a polícia esteja mais presente. Lá é um ponto turístico, a gente teve uma reunião e citaram que está acontecendo muito furtos e assaltos”, ressaltou.

Apesar de solicitar a implantação do posto, o vereador reconheceu o esforço da Polícia Militar. “É dever do Governo do Estado assegurar a questão da segurança pública. A gente sabe que a polícia anda ali, mas uma base ali, qualquer coisa se desloca de imediato para a ocorrência“, finalizou.

Elias Jardim indica implantação de posto policial nas Pedrinhas, em Petrolina

Vereador Elias Jardim. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta quinta-feira (6), durante sessão na Câmara de Vereadores Municipal, Elias Jardim (PHS) solicitou a implantação de um posto de segurança policial no povoado de Pedrinhas, em Petrolina (PE).

De acordo com o parlamentar, não há segurança para os moradores da comunidade. “Os moradores correm grandes riscos de assaltos, pontos de drogas e outros problemas gerados pela insegurança”, justificou o vereador.

LEIA TAMBÉM
Petrolina registra terceiro homicídio na semana 

Um dos moradores do povoado, que preferiu não se identificar, afirmou que a implantação de um posto policial na localidade melhoraria a segurança da população. “A gente sente falta da polícia mais perto para proteger os cidadãos de bem”, afirmou.

A solicitação de Elias foi direcionada à prefeitura municipal para que interceda junto ao comandante do 5º BPM/PE, Major Marcondes Gonçalves Ferraz.

Câmara aprova Moção de Aplausos a Bolsonarianos pela recepção ao presidente em Petrolina

Por 12 votos Moção foi aprovada (Foto: Blog Waldiney Passos)

Jair Bolsonaro voltou a pauta da sessão dessa terça-feira (28) na Casa Plínio Amorim. Autor do projeto de Decreto Legislativo que propôs o Título de Cidadão Petrolinense, Elias Jardim (PHS) apresentou o Requerimento nº 196/2019, solicitando Moção de Aplausos aos Bolsonarianos.

Elias citou o 5º BPM, 72 BIMTZ, o senador Fernando Bezerra Coelho e o prefeito Miguel Coelho na Moção por terem promovido uma “calorosa recepção” a Bolsonaro. O Requerimento, no entanto, voltou a dividir as bancadas. A Oposição criticou o pedido.

Cristina Costa (PT), Domingos de Cristália (PSL), Gabriel Menezes (PSL) e Gilmar Santos (PT) votaram contra a Moção. Autor do pedido de destaque, Gabriel afirmou que o Requerimento era de “bajulação”, enquanto Gilmar alegou que a Câmara deve trabalhar com pautas de relevância social e Cristina alegou que a solicitação é um “constrangimento” ao Legislativo.

Na defesa da sua Moção, Elias frisou que não se trata de uma homenagem a Bolsonaro e sim a quem o recepcionou e garantiu sua segurança. Ele contou com apoio do líder da Situação, Aero Cruz (PSB) que solicitou aprovação e por 12 votos a favor, quatro contra e duas abstenções (Paulo Valgueiro e Elismar Gonçalves) o Requerimento foi aprovado.

Relatora de projeto, Cristina Costa vê inconstitucionalidade em Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro

Bolsonaro visitou Petrolina na semana passada (Foto: Reprodução/Jornal do Commercio)

A celeuma do título de Cidadão Petrolinense ao presidente Jair Bolsonaro ainda repercute na Câmara de Vereadores. Relatora do projeto de Decreto Legislativo n° 26/2019, Cristina Costa (PT) apontou inconstitucionalidade à matéria, retirada de votação na quinta-feira (23), mas que deverá voltar a discussão futuramente.

De acordo com Costa, a Lei Orgânica Municipal é clara sobre a entrega de títulos. “Conforme o artigo 3 da Lei Orgânica Municipal recebe o Título de Cidadão Petrolinese a pessoa que reconhecidamente tenha prestado serviços relevantes ao município de Petrolina. Diante do artigo coloquei o parecer desfavorável pela inconstitucionalidade”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Elias Jardim justifica retirada de projeto e se mantém firme na decisão de homenagear Bolsonaro

A vereadora viu “incoerência”, já que até o momento o presidente da República ainda não prestou serviços relevantes. É importante destacar que a entrevista foi feita na quinta-feira (23), véspera da vinda de Bolsonaro à Petrolina.

LEIA MAIS

Elias Jardim justifica retirada de projeto e se mantém firme na decisão de homenagear Bolsonaro

Vereador Elias Jardim. (Foto: Blog Waldiney Passos)

“O momento não estava bom para votar”. Foi assim que o vereador Elias Jardim (PHS) justificou sua decisão de retirar da pauta dessa quinta-feira (23) o projeto de Decreto Legislativo n° 026/2019, concedendo Título de Cidadão Petrolinense ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM:

Repercussão negativa faz vereador Elias Jardim retirar Título de Cidadão a Bolsonaro da pauta

O vereador da Situação conversou com o Blog após seu recuo e admitiu ter errado na articulação com seus pares. “[O projeto] vai voltar à pauta, o momento não estava tão bom para votar. Vou articular melhor, acho que falhei na articulação para que seja aprovado. A gente não vai colocar para ser reprovado, em breve esse projeto vai voltar a pauta”, destacou.

LEIA MAIS

Repercussão negativa faz vereador Elias Jardim retirar Título de Cidadão a Bolsonaro da pauta

Grupo anti-Bolsonaro está na Câmara acompanhando sessão (Foto: Blog Waldiney Passos)

A repercussão negativa da proposta de conceder o Título de Cidadão Petrolinense ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez o autor do projeto de Decreto Legislativo n° 026/2019, Elias Jardim (PHS), recuar e pedir a retirada da matéria na sessão dessa quinta-feira (23).

O projeto chegou a ser lido e colocado em pauta, mas foi retirado ao som de tímidas vaias de manifestantes contrários ao título, os quais se fazem presentes na Casa Plínio Amorim, em maior número que os favoráveis e colocaram cartazes mostrando a indignação ao presidente da República.

Nos bastidores da Câmara ventila-se que a falta de apoio de colegas da própria bancada também pesou na decisão de Elias. Até o momento o edil não quis se pronunciar sobre a retirada do projeto, todavia, o item deve voltar à pauta na próxima semana.

Às vésperas da vinda do presidente, Câmara vota Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro

Sessão de quinta-feira (27) foi marcada por votação de matérias do Executivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Anunciado na sessão de terça-feira (21) o Título de Cidadão Petrolinense a Jair Bolsonaro (PSL) será votado pelos vereadores nessa manhã (23). O Projeto de Decreto Legislativo nº 026/2019 foi proposto por Elias Jardim (PHS) e vem dividindo opiniões dos edis e petrolinenses.

LEIA TAMBÉM:

Enquete: Você concorda com Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro?

Na última sessão Elias havia afirmado que a matéria é um projeto importante e cabe à Câmara incentivar o presidente da República a fazer um bom trabalho. Bolsonaro virá a Petrolina nesta sexta-feira (24) para entregar casas populares no bairro Antônio Cassimiro.

Além desse projeto, há ainda uma matéria apresentada por Ronaldo Silva e o PL nº 049/2019, de Gaturiano Cigano (PRB) no qual fica proposto a inserção de placas de atendimento prioritário o Símbolo Mundial do Autismo.

Elias Jardim propõe Título de Cidadão Petrolinense a Jair Bolsonaro

(Foto: Arquivo)

O vereador Elias Jardim (PHS) utilizou seu tempo de justificativa para Indicações e Requerimentos para antecipar um projeto de Decreto de Legislativo que apresentará na Casa Plínio Amorim. O edil propôs conceder Título de Cidadão Petrolinense ao presidente da República.

“Estou apresentando um projeto de decreto Legislativo propondo um título de Cidadão Petrolinense ao presidente da República, o senhor Jair Messias Bolsonaro. Ele está vindo a Petrolina nessa semana, a primeira cidade do Sertão que ele visita”, destacou o edil.

No Plenário os colegas reagiram de forma distinta: alguns criticaram e outros apoiaram. O presidente Osório Siqueira (PSB) lembrou que a matéria não estava na pauta e apenas foi anunciada pelo autor do pedido. Elias aproveitou para classificar o projeto como importante. “É importante a gente incentivar o nosso presidente, é um projeto importante”.

Inclusão de membro LGBT no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Petrolina é vetada em votação apertada

Por 8 votos a 5, emenda foi rejeitada. Projeto passou por unanimidade (Foto: Blog Waldiney Passos)

A emenda aditiva apresentada pelo vereador Gilmar Santos (PT) ao projeto de Lei nº 039/2019, de Maria Elena de Alencar (PRTB), na sessão de quinta-feira (9), na Casa Plínio Amorim foi rejeitada por 8 votos a 5, após um longo debate marcado por declarações polêmicas.

Votado em primeiro lugar, o projeto que amplia o número de integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher para 24 – sendo 12 titulares e 12 suplentes passou por 18 a zero. A emenda de Gilmar – que teve apoio da autora do projeto – acabou rejeitada no plenário em uma votação que durou horas.

“Vamos votar na emenda que garante da mulher lésbica, a presença LGBT no Conselho. Está provado que homens e mulheres, diante de suas opções sexuais não representam nenhum mal, assumir sua preferência sexual e em que isso pode atingir a criação dos nossos filhos e da nossa família? Não precisa ser de esquerda, é uma questão de natureza e nós temos esse compromisso de particularizar os problemas e as dificuldades das pessoas”, disse Elena.

Membros da Situação reforçaram importância da emenda

Autor da emenda, Gilmar lembrou que o voto contrário dos vereadores governistas mostra uma contradição de interesses já que o prefeito Miguel Coelho trabalha com políticas de inclusão dos LGBTs na gestão municipal. “O que a vereadora está propondo é que mais mulheres sejam representadas. A mulher não é igual, existe a mulher rica e a mulher pobre, tem a mulher branca e a negra, assim como tem a mulher hétero e a mulher que se relaciona com mulher. A emenda de minha autoria é para que as mulheres LGBT possam debater seus direitos”, disse.

LEIA MAIS

Emenda que busca incluir lésbicas no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher provoca reação da bancada evangélica de Petrolina

Alguns vereadores usaram Bíblia para criticar emenda (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão de hoje (9) caminhava tranquilamente, até os vereadores de Petrolina iniciarem a votação do Projeto de Lei n° 039/2019, proposto pela vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB). A matéria tinha como proposta alterar a composição do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

LEIA TAMBÉM:

Vereadores analisam projeto que altera número de integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Petrolina

O número de integrantes seria ampliado com a aprovação da matéria, contudo, a emenda aditiva proposta por Gilmar Santos (PT) provocou um alvoroço na bancada evangélica. O motivo: no texto Gilmar buscava a inclusão da mulher lésbica no Conselho, para defender políticas públicas ao grupo.

LEIA MAIS

Elias Jardim pede implantação de placas para identificar bairros e núcleos irrigados de Petrolina

Vereador afirma que identificação é importante, em especial na zona rural (Foto: Blog Waldiney Passos)

Reunidos para mais uma sessão ordinária nessa terça-feira (19), os vereadores de Petrolina apresentam nesse momento as justificativas de suas Indicações. Mais uma vez a infraestrutura da cidade foi destaque, com pedidos de limpeza e pavimentação dos bairros.

Entre as 19 Indicações o pedido de Elias Jardim (PHS) chamou a atenção. A Indicação n° 246/2019 solicita da Prefeitura de Petrolina a implantação de placas de identificação dos bairros e núcleos irrigados. “Petrolina é uma cidade muito grande e falta em muitas entradas e avenidas que não têm identificação, principalmente nas avenidas”, justificou o edil.

Segundo Elias, a sinalização se faz necessária em especial na zona rural, já que nem todos os petrolinenses conhecem a divisão dos núcleos e o município recebe visitantes de outras regiões. “É preciso que se coloque placas nas entradas dos núcleos, as pessoas de fora não tem esse conhecimento, vem de fora visitar os núcleos de irrigação ficam perdidos”, finalizou.

A Indicação de Elias e as demais foram aprovadas por 15 votos a zero. Dos seis projetos anunciados na pauta, apenas cinco serão analisados ainda nessa manhã. Elismar Gonçalves (MDB) retirou o Projeto de Decreto Legislativo n ° 005/2019, que é de sua autoria.

Polêmico áudio de vereador sobre Nova Semente divide Casa Plínio Amorim

Situação “blindou” governo, enquanto situação criticou esquema para favorecer vereadores (Foto: Blog Waldiney Passos)

Um áudio do vereador Elias Jardim (PHS), membro da bancada governista, repercutiu a nível estadual. Tudo porque o edil afirmou que as vagas das funcionárias do Nova Semente passam pelos edis. Elias criticava a postura de uma de suas indicadas, já que a mesma não estava lhe dando satisfação.

Na sessão de terça-feira (26), a primeira após o vazamento do áudio, os membros da Casa Plínio Amorim voltaram ao tema e como era de esperar, a oposição criticou a gestão municipal e o colega de Câmara. Gabriel Menezes (PSL) foi o primeiro a tocar no assunto e direcionou sua fala ao Governo Municipal.

Oposição critica forma de seleção

“As pessoas são tratadas como objetos descartáveis quando não servem para atender os interesses pessoais do grupo. No Estado a imagem de Petrolina hoje é essa”, alfinetou o edil. Cristina Costa (PT) lamentou a ausência de Elias na sessão, se disse preocupada com o teor do áudio vazado e antecipou uma investigação da Câmara.

“A forma como se coloca isso, tá parecendo que está dando emprego numa empresa sua, tão esquecendo que é o público, quem paga os impostos é a população de Petrolina. Nós recebemos uma denúncia sobre o concurso público e vamos nos reunir”, disse a petista.

LEIA MAIS

Melhoria na infraestrutura dos bairros domina sessão na Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Sem projetos de lei para análise, a sessão dessa terça-feira (12) foi marcada por apresentações de pedidos dos edis, seja através de Requerimentos ou de Indicações. Reivindicando limpeza, iluminação, segurança e melhorias no transporte coletivo, os edis apresentaram demandas em diversos bairros.

Membro da base governista, Gaturiano Cigano (PRB) apresentou uma Indicação solicitando da Prefeitura a limpeza nas ruas do bairro Vale do Grande Rio. “É um bairro que foi esquecido pela gestão anterior e a gente espera que não seja esquecido nessa também”, disse o edil.

Pavimentação e recuperação asfáltica

Elias Jardim (PHS) cobrou a pavimentação na estrada que se inicia na Vila Chocolate e termina na Br-428, próximo ao Aeroporto Senador Nilo Coelho. “Aquela estrada é uma estrada longa e uma boa via de acesso pode atender aqueles bairros, o tráfego com certeza vai ser melhor”, justificou.

LEIA MAIS

Programa busca incentivar doação de leite materno em Petrolina

Projeto busca criar campanhas educativas a nível municipal (Foto: iStock.com/Getty Images)

As doações no Banco de Leite Materno (Biama) do Hospital Dom Malan, em Petrolina tendem a cair no mês de janeiro, por isso a unidade intensifica o clamor para que mães possam contribuir com o abastecimento e consequentemente, contribuindo com outros bebês atendidos no hospital.

Na tentativa de fortalecer o trabalho do Biama um projeto de lei foi aprovado em dezembro de 2018 na Câmara de Vereadores de Petrolina. A matéria de autoria do vereador Elias Jardim (PHS) cria o Programa de Doação de Leite Materno.

LEIA TAMBÉM:

Estoque do Banco de Leite do Hospital Dom Malan é considerado crítico, Secretaria Estadual de Saúde reforça importância de doação

O PL nº 105/2018 busca conscientizar a população local, através de campanhas publicitárias e educativas, a importância da doação. É prevista a destinação de orçamento municipal para essa atividade que terá caráter permanente e deve fortalecer o trabalho do Banco de Leite.

LEIA MAIS

Reforma administrativa da Prefeitura entra na pauta da Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O projeto de lei nº 076/2018 que trata da reforma administrativa da Prefeitura de Petrolina é um dos itens em pauta na sessão dessa quinta-feira (13) na Câmara de Vereadores. A matéria foi enviada pelo Poder Executivo e prevê a extinção de algumas secretarias, a exemplo da pasta de Desenvolvimento Agrário, cujo secretário é o vereador licenciado José Batista da Gama (PSB).

Além desse projeto o Executivo tem outros três PLs em pauta: projeto de lei complementar nº 004/2018 que autoriza o Chefe do Poder Executivo Municipal a conceder isenção de ISSQN; PL nº 074/2018 criando cargo na administração pública e está ligado à reforma proposta por Miguel Coelho; o PL nº 077/2018 onde fica criada gratificação por desempenho de função para servidores efetivos que desempenham serviço de retirada e manejo de enxames de abelhas; e o PL nº 075/2018 instituindo o Programa de Crédito Estudantil da FACAPE (PROCEF).

O Legislativo também tem matérias em pauta, as quais propõe denominação de prédio público, praça ou vias públicas. Há ainda o projeto de lei nº 105/2018 de Elias Jardim (PHS) onde fica autorizado a criação do Programa de Doação Leite Materno.

12