Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Embrapa traz para Petrolina o debate da pesquisa para o desenvolvimento sustentável

(Foto: Arquivo)

O debate sobre a contribuição da ciência no contexto socioambiental está cada vez mais presente no ambiente educacional, visando sensibilizar os estudantes, considerando o ser humano como parte integrante do meio ambiente. Nessa perspectiva, a Embrapa Semiárido participa, na cidade de Petrolina (PE), das atividades locais da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), promovidas pelo Sesc. O evento acontece no período de 16 a 19 de outubro e tem como tema a “Ciência para a Redução das Desigualdades”.

A programação é voltada para o público infanto-juvenil, e conta com palestras, oficinas e exposições que buscam tratar destas questões, que estão inseridas no cenário das pesquisas. As atividades ficam concentradas no Teatro Dona Amélia, em salas de aulas, espaços diversos e no ginásio do Sesc. Os interessados em participar podem se inscrever gratuitamente no site do evento.

A Embrapa contribui com a Semana mostrando o papel da pesquisa científica para o desenvolvimento sustentável. Para tanto, serão apresentados conteúdos educativos no estande do programa Embrapa & Escola, que ficará disponível durante todos os dias do evento no ginásio do Sesc, com recursos audiovisuais, exposição, distribuição de folders e amostras de trabalhos da empresa especialmente voltados para o tema. Clique aqui, e confira a programação completa.

Programação científica da FENAGRI 2018 começa nesta quinta-feira (12)

Pesquisador da Embrapa comenta programação (Foto: Blog Waldiney Passos)

Logo mais às 18h a Feira Nacional da Agricultura Irrigada (FENAGRI) será aberta no estacionamento do Juá Garden Shopping. Além do espaço dedicado a negociações, a 28ª edição da feira abre espaço também para a formação científica.

Os mini-cursos, fóruns, reuniões e seminários serão ministrados por instituições como a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Senar e Embrapa Semiárido. O pesquisador da Embrapa, Tiago Lima participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos destacou somo será essa formação.

“A gente fica tão preso nos laboratórios e é importante apresentar esses resultados ao produtor, na FENAGRI teremos oportunidade. A partir de amanhã estarão sendo realizadas palestras no prédio do Senar e é necessário fazer uma inscrição prévia”, comenta o pesquisador.

LEIA MAIS

Izacolândia: Polícia abre inquérito para investigar roubo a vigilantes da Embrapa

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O roubo aos vigilantes terceirizados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), no domingo (11), já está sob investigação da Polícia Civil.

O crime foi registrado na madrugada de ontem e segundo a PC, já foram recuperados dois coletes e o veículo Gol Titan. No entanto, as três armas roubadas e as munições não foram recuperadas.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Daniel Moreira, o inquérito já foi aberto para investigar o crime, porém, ainda não há pistas de quem seriam os três homens que roubaram os vigilantes na cidade de Izacolândia.

Parceria entre Embrapa e Chesf fortalece agropecuária em Casa Nova

(Foto: Ascom Embrapa)

Produtores familiares de Casa Nova estão sendo beneficiados por uma ação conjunta da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf).

As atividades do projeto “Ações de desenvolvimento para produtores agropecuários do entorno dos parques eólicos de Casa Nova (BA), têm foco na sustentabilidade da agropecuária na região, envolvendo sistemas de produção de importância econômica, social e ecológica.

LEIA MAIS

IF Sertão-PE marca presença na sétima edição do SemiáridoShow

O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) irá participar da sétima edição do SemiáridoShow, feira voltada para a agricultura familiar do Semiárido brasileiro, que acontece entre os dias 7 e 10 de novembro, na Embrapa, em Petrolina.

Juntos, servidores e estudantes dos campi Petrolina, Petrolina Zona Rural, Salgueiro e Santa Maria da Boa Vista vão expor produtos e serviços e ofertar minicursos e palestras, com a parceria da ONG Chapada.

Entre as oficinas que serão ministradas estão a de Agronegócios e Cooperativismo para agricultores familiares; plantio, beneficiamento e manipulação de plantas medicinais; produtos minimamente processados, dentre outras. Haverá ainda mostras zootécnicas e sobre vermicompostagem, além de mostra de produtos elaborados na Escola do Vinho. Como destaque, ainda, será realizada a distribuição de materiais e orientações técnicas sobre sementes crioulas e feno de espécies forrageiras.

De acordo com a assessora da Pró-Reitoria de Extensão, Ana Rita Leandro, essa é uma oportunidade de divulgar os trabalhos desenvolvidos no instituto e de promover uma maior aproximação com os produtores. “A gente quer mostrar para a comunidade que o IF Sertão-PE está ao lado da agricultura familiar”, afirmou.

O SemiáridoShow acontece em uma área da Embrapa, localizada na BR-428, Km 148, na zona rural de Petrolina, e é aberta à visitação do público no horário das 8h às 17h. O início oficial da programação oficial será marcado pela solenidade de abertura, às 9 horas, no espaço da Vila da Economia Solidária. As inscrições para os minicursos e seminários são gratuitas e feitas na hora, limitadas ao número de vagas de cada sala.

Turismo Rural é tema de seminário nesta quarta-feira em Petrolina

Marcus Pomponet, diretor da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Petrolina (Seculte) (Foto: Blog Waldiney Passos)

Dentro da programação do VII Seminário Show, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Petrolina (Seculte) promove em parceria com a Embrapa, o “Seminário Turismo Rural” na próxima quarta-feira (8). O evento é gratuito e conta com 150 vagas.

A iniciativa é direcionada para pequenos e grandes produtores rurais da região. “O seminário é uma oportunidade de renda através de atividades voltadas para o turismo rural. É uma capacitação, para pequenos e grandes produtores para abrir as portas de suas prioridades para o turismo e incrementar a renda”, explica o diretor da Seculte Marcus Pomponet.

A programação começa às 8h30 e conta com apresentação de casos de sucesso e como desenvolver o turismo rural, com palestras de Andreia Roque, João Roberto Correia, Melânia Vieira e Cynthia Clause. A iniciativa acontece através de uma parceria entre a SECULPE, Embrapa, IF Sertão e a Criatur. O seminário irá ocorrer no auditório Macambira, localizado na Embrapa.

Pesquisa feita pela Univasf e Embrapa apresentam os benefícios do suco de uva do Vale contra hipertensão, colesterol alto e obesidade

(Foto: Divulgação)

Pesquisa equipes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e Embrapa Semiárido, entre abril e julho de 2017, investiga se o consumo habitual de suco integral de uvas plantadas do Vale do São Francisco pode trazer benefícios à saúde de idosos. Entre os possíveis ganhos, estão a redução da pressão arterial, dos níveis de colesterol no sangue e de gordura corporal.

Para a avaliação, foram reunidas 52 pessoas hipertensas com idade acima de 60 anos, residentes no município de Valença do Piauí (PI) – a 200 km de Teresina (PI). “Dividimos a amostra em quatro subgrupos: 16 pessoas tomaram 200 ml de suco de uva integral no lanche da tarde. Dez pessoas fizeram apenas caminhadas moderadas de 50 minutos, três vezes por semana. Outras 15 pessoas tomaram o suco e fizeram os exercícios nos moldes dos outros grupos anteriores. E, por último, 11 pessoas que não passaram por qualquer uma destas intervenções”, explicou a nutricionista Juliane Barroso Leal.

O estudo teve participação de 12 profissionais ao longo de 12 semanas e, ao todo, foram consumidos 555 litros de suco de uva integral doados pela GrandValle, com sede em Casa Nova (BA).

“Outras pesquisas já indicaram altos níveis de antioxidantes nas uvas BRS Isabel Precoce e BRS Violeta – ingredientes do suco elaborado em nossa fazenda. Estamos confiantes nos resultados deste novo estudo e dispostos a colaborar cada vez mais para os avanços científicos em nossa rica região”, indicou a diretora administrativa da Fazenda, Lara Secchi. 

LEIA MAIS

Embrapa Semiárido promove evento para celebrar o Dia da Caatinga em Petrolina

(Foto: Internet)

Na próxima quinta-feira (27) Embrapa Semiárido, em parceria com o 72 BIMtz, realizará, na sede do Batalhão do Exército, um evento comemorativo ao Dia da Caatinga.

O evento conta com uma extensa programação contendo palestras, exposições e visitas ao parque zoobotânico. A abertura do evento será às 08h, no dia 27, se estendendo até às 15h50 e no dia 28/04, a programação seguirá o mesmo roteiro, porém, até às 12 horas.

As instituições IF Sertão, Univasf, Uneb, UPE, IBAMA e a ONG Pró-Carnívoros, também, estarão presentes, apoiando, ministrando palestras e expondo os produtos de suas atividades em prol da conservação do Bioma Caatinga, único ecossistema genuinamente brasileiro.

Prefeitura de Petrolina e Embrapa Semiárido estreitam parceria

(Foto: ASCOM)

Uma visita esta semana deu início a uma nova etapa de parcerias entre a Prefeitura de Petrolina e a Embrapa Semiárido. Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama, e o Secretário Executivo de Desenvolvimento Rural e Irrigação, André Jackson de Holanda, foram recebidos pelo chefe-geral da unidade, Pedro Gama.

Nessa reunião, que também contou com vários técnicos da Embrapa, foram abordados temas que visam retomar e desenvolver ações em parceria com entidades públicas e de classe, com vista à produção de forrageiras nativas ou adaptadas às condições semiáridas. Outro ponto importante, será o incentivo racional da água na produção de quintais produtivos.

LEIA MAIS

Embrapa promove semiárido de convivência produtiva com a seca em Petrolina

O pesquisador e agrônomo Josenildo Moreira (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), promove entre os dias 14 e 15 deste mês o seminário “Convivência produtiva com a seca”. O evento é totalmente gratuito.

Com o objetivo de discutir estratégias produtivas apropriadas a situação de seca prolongada, a Embrapa firmou parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco e Instituto Nacional do Semiárido (INSA) e promove o seminário voltado para agricultores, produtores rurais, gestores, técnicos agrícolas e qualquer pessoa que tenha interesse na temática.

O seminário será dividido em três painéis: Cenário climático, soluções tecnológicas, gestão e uso da água. O evento acontece de 8h30 às 17h30.

“Depois de cinco anos de seca a ideia é saber como tratar as propriedades, depois deste período. O evento está dividido em três painéis, o primeiro será sobre o clima, previsão de chuvas, como fica a caatinga com pouca chuva. No segundo a ideia é falar da pecuária, já que quando não chove para fazer agricultura é muito difícil, então quais são as propostas para você conviver com a seca e salvar o seu rebanho? E no terceiro painel vamos falar sobre como aproveitar pouca água que restou e para finalizar vamos fazer uma grande discussão com todos os participantes”, explica o pesquisador e agrônomo Josenildo Moreira, que está participando da organização do evento.

Para participar do evento as inscrições poderão ser feitas de maneira prévia ou no dia do evento. Outras informações e inscrições através do telefone 3866 3617 ou através do e-mail cpatsa.chtt@embrapa.br

Embrapa promove dia de campo para apresentar novas uvas para vinho, sucos e mesa em Petrolina

(Foto: Paula Teothonio)

(Foto: Paula Teothonio)

A Embrapa Semiárido e Uva e Vinho vai realizar dias de campo, entre os dias  7 e 11 de novembro, para apresentar novas cultivares de uva para vinho, sucos e mesa em Petrolina (PE). O evento é gratuito e voltado para agrônomos, enólogos, estudantes e proprietários de vinícolas.

Os interessados deverão se deslocar até o local, na data e horário indicado na programação e apenas preencher uma lista de presença.Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail cpatsa.nco@embrapa.br ou pelo telefone (87)3861-4442.

Confira a programação completa abaixo:

7 de novembro
Horário: 14h – 18h
Locais: Campo Experimental de Bebedouro e Sede da Embrapa Semiárido
Visita ao parreiral na Embrapa Semiárido – Campo Experimental de Bebedouro
Abertura

LEIA MAIS

Embrapa e Codevasf apostam na maçã nordestina produzida no sertão

dia-campo-mca-embrapa

O experimento dessas novas frutas no semiárido já pode ser considerado uma marca de sucesso./ Foto: Ascom

O uso da tecnologia de irrigação aliado ao trabalho de atuação já tornou o Vale do São Francisco conhecido no mercado internacional, pela produção de uvas. Dessa vez através de uma parceria entre Codevasf e Embrapa, o sertão está colhendo a maçã nordestina. Na área também existe o plantio e colheita das frutas caqui e pera.
A Codevasf-Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba, promoveu nesta terça-feira 25, um Dia de Campo. O superintendente da 3º Regional Petrolina, Aurivalter Cordeiro e um grupo de engenheiros e técnicos visitaram a propriedade de experimento localizado no Projeto de Irrigação Nilo Coelho, Núcleo 5.

LEIA MAIS

Potencial da palma hortaliça para consumo humano será debatido por pesquisadores da Embrapa Semiárido e México

palma-forrageira

Há variedades apropriadas para o consumo dos animais e outras para o consumo humano./ Foto: internet

A Embrapa Semiárido e a Embaixada do México no Brasil vão promover nesta quarta-feira (20), em Petrolina, Sertão de Pernambuco,  o workshop “Uso da palma hortaliça – Nopal – na alimentação humana”.  O objetivo é apresentar a espécie como alternativa de consumo na dieta das pessoas que residem no semi-árido, onde o clima e a vegetação, são propícios para o cultivo desta planta.

O evento acontecerá no Hotel Quality e terá a presença da embaixadora da República do México, Beatriz Paredes, e de especialistas de instituições de pesquisa desse país da América do Norte.

A experiência brasileira de cultivo da espécie é voltada quase que exclusivamente para produção de forragem no abastecimento da criação pecuária nas áreas dependentes de chuva da região Nordeste do Brasil. Entre os mexicanos, além do emprego no alimento dos rebanhos, a planta costuma ter empregos mais diversos: restauração de solos, medicina, indústria de cosméticos e, também, na culinária.

LEIA MAIS

Inscrição para I Simpósio do Bioma Caatinga da Embrapa é realizada até esta segunda

caatinga

O Semiárido brasileiro tem a maior parte de seu território ocupado por uma vegetação chamada Caatinga./ Foto: arquivo

Com a preocupação de preservar e discutir a sustentabilidade é que será realizado dos dias 07 a 09 de junho,no auditório da Embrapa, a primeira edição do Simpósio do Bioma Caatinga reunirá segmentos das áreas pública e privada em um fórum de debates em busca de soluções para desafios ambientais.

A inscrição pode ser feita até hoje (06), no link do evento. A taxa é de R$ 70 para profissionais e R$ 50 para estudantes.

O Semiárido brasileiro tem a maior parte de seu território ocupado por uma vegetação xerófila denominada Caatinga. Este bioma ocupa 11% do território nacional e 70% do Nordeste e abriga 60% da população nordestina.

LEIA MAIS

Vinhovasf lança projeto para conquista da Indicação de Procedência Vinhos do Vale

vinho

Nesta região, estão implantados 400 hectares de uvas viníferas ( para vinhos) e funcionam seis vinícolas que juntas produzem quatro milhões de litros de vinhos finos e espumantes por ano

Já está bem encaminhado o projeto que vai instituir a Indicação de Procedência para os Vinhos do Vale do Submédio São Francisco. A iniciativa vai possibilitar uma maior divulgação e notoriedade dos vinhos da região, melhor reconhecimento pelos consumidores nacionais e estrangeiros, garantia de qualidade, incremento do Enoturismo e a sustentabilidade dos produtores e vinícolas.

Tendo à frente o Vinhovasf – Instituto do Vinho do Vale do São Francisco, em parceria com a Embrapa, UCS – Universidade de Caxias do Sul, UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o IF Sertão – PE, o projeto será implementado na RIDE – Região Integrada de Desenvolvimento, que abrange uma área de 35 mil quilômetros quadrados distribuída em quatro municípios pernambucanos (Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista e Orocó) e quatro baianos (Juazeiro, Sobradinho, Curaçá e Casa Nova).

LEIA MAIS
12