Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrolina: Escola Estadual Simão Amorim Durando é arrombada pela 5ª vez em pouco mais de um ano

As aulas foram suspensas nesta quarta-feira (13) na Escola Simão Amorim Durando, no bairro Rio Corrente, em Petrolina (PE). O motivo: vândalos arrombaram o prédio da instituição pela 5ª vez em menos de um ano. Os invasores quebram o cadeado de um dos portões e entraram na escola.

Bagunçaram armários, dispensa, sala de professores, secretaria e outros cômodos do prédio. Por causa dos transtornos, os alunos foram liberados mas professores estão na escola contabilizando os prejuízos. Em abril de 2017 o colégio foi arrombado durante dois dias seguidos.

LEIA TAMBÉM

Secretaria de Educação de Pernambuco afirma que está buscando meios para combater invasões a escolas

Petrolina: Escola Simão Durando do Rio Corrente é invadida durante Semana Santa

Escola Simão Durando é arrombada novamente e gestão lamenta ‘roubaram a nossa dignidade’

Em junho, também de 2017, nova invasão. Em abril deste ano (2018), os vândalos voltaram a invadir a Simão Durando. E agora, mais um prejuízos para a população.

No dia 2 de maio deste ano, a Secretaria de Educação do Estado informou ao Blog Waldiney Passos que estava buscando meios para combater as invasões nas escolas estaduais, mas não explicou que medidas seriam adotadas.

Secretaria de Educação de Pernambuco afirma que está buscando meios para combater invasões a escolas

(Foto: Reprodução)

Mais cedo publicamos no Blog uma matéria sobre a onda de violência contra duas escolas estaduais em Petrolina. Na segunda-feira (29), vândalos arrombaram Escola Simão Durando, no bairro Rio Corrente e na manhã dessa quarta-feira (2), a direção da Escola Raulino Sampaio, no Vale do Grande Rio registrou mais um Boletim de Ocorrência sobre uma invasão durante o feriado.

LEIA TAMBÉM:

Criminosos arrombam escolas de Petrolina e provocam medo nas comunidades do Rio Corrente e Vale do Grande Rio

A Secretaria de Educação enviou uma nota esclarecendo a situação das duas escolas. De acordo com o Governo de Pernambuco, a ação no bairro Vale do Grande Rio resultou no roubo de equipamentos como ventiladores, micro-ondas, tablets, computadores e aparelhos de televisão. As aulas precisaram ser suspensas hoje.

Já no Rio Corrente, nenhum material foi levado, no entanto os criminosos danificaram materiais utilizados pelas equipes. Segundo a Educação, estratégias de segurança estão sendo elaboradas com a equipe de patrulha escolar. Confira a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Escola Simão Durando é arrombada novamente e gestão lamenta ‘roubaram a nossa dignidade’

(Foto: Ilustração)

Nesta segunda-feira (26) a gestão da Escola Simão Durando, localizada no bairro Rio Corrente, usou uma página em rede social, para divulgar o novo arrombamento enfrentado pela instituição.

Segundo a publicação, criminosos invadiram o local e levaram o dinheiro arrecadado durante a festa de São João da escola, que seria utilizado na climatização de salas de aula. Ainda segundo a publicação, a escola foi invadida três vezes, em menos de três meses. Em abril deste ano, bandidos levaram equipamentos de informática e alguns alimentos da escola.

“Toda a equipe da escola, alunos, professores, gestores, fizeram um grande trabalho organizando e investindo para que a festa fosse um sucesso. E foi. No entanto, em alguns minutos, perdemos tudo. Precisamos de segurança na nossa escola. Em menos de 3 meses, sofremos 3 arrombamentos. Roubaram a nossa dignidade”, diz publicação.