Bolsonaro dá voto de confiança a Fernando Bezerra e afirma: “tem feito um brilhante trabalho para nós”

Senador ganhou apoio do presidente Bolsonaro (Foto: ASCOM)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) não tem intenções de afastar o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) da liderança no Congresso Nacional. A informação foi repassada pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros na quarta-feira (25).

“Sobre esse assunto, em recente entrevista, o presidente disse: ‘é preciso de algo mais concreto. Não posso tirá-lo de lá com uma busca e apreensão de um processo antigo e que nós já sabíamos que existia’“, afirmou o porta-voz.

Na entrevista, Bolsonaro também disse que Bezerra Coelho “tem todo o direito de se defender”. “[Ele] tem feito, até o presente momento, um brilhante trabalho para nós, dentro do Senado. É uma função ingrata, difícil, dá trabalho conversar com parlamentares dos mais diferentes matizes”, disse Bolsonaro ao jornal,

Petrolina: Oposição apresentará novo Requerimento que deve gerar polêmica na sessão dessa quinta-feira

Sessão deve ser marcada por polêmicas (Foto: Blog Waldiney Passos)

A quinta-feira (26) na Casa Plínio Amorim promete ser novamente de clima quente. Assim como na terça-feira (24), os vereadores da Oposição vão apresentar um Requerimento pedindo informações à Prefeitura de Petrolina acerca da investigação da Operação Lava-Jato contra o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

O Requerimento n° 300/2019 tem como autores Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT) e Paulo Valgueiro (MDB) e “esclarecimentos acerca das graves denúncias amplamente divulgadas” onde cita-se uma “possível contratação dessas empresas pela Prefeitura de Petrolina na gestão do atual Prefeito para pagamento de empréstimos ilegais”.

Esse mesmo pedido, mas com nome do vereador Elismar Gonçalves (MDB) foi derrubado por 16×4 na sessão da última terça, depois de um longo e acalorado debate. Na pauta também constam três projetos de Lei do Legislativo para votação. Eles propõem a entrega de Medalhas e Título de Cidadão Petrolinense.

“Não temo as investigações”, afirma Fernando Bezerra Coelho

(Foto: Arquivo/ Waldemir Barreto)

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), líder do Governo se defendeu das acusações de supostos desvios de recursos de obras federais administradas por ele enquanto ministro da Integração Nacional na Região Nordeste. Ele falou na Tribuna do Congresso na terça-feira (24) e criticou o “abuso de uma decisão monocrática”.

“Pela ausência de elementos comprobatórios, terá o mesmo destino de outras acusações que enfrentei: o arquivamento – inclusive por força de decisão do Supremo Tribunal Federal. Que fique claro, senhores parlamentares: não temo as investigações. Digo com veemência que jamais excedi os limites impostos pela lei e pela ética. Mas é estarrecedor o excesso, o abuso de uma decisão monocrática, tomada em completo desacordo com quem está, de fato, na condição de avaliar a necessidade ou não de produção de prova, no caso o Ministério Público Federal, titular da ação, e ainda mais quando exige medida tão invasiva ao direito”, disse.

De acordo com o senador, as investigações têm motivação política. “Me parece, senhores parlamentares, que essa operação é, deliberadamente, uma tentativa de reavivar velhas práticas de intimidação e de criminalização da política, como se não fosse a política o único caminho para solucionar os problemas do País”, afirmou.

Leia na íntegra o discurso do senador Fernando Bezerra Coelho:

LEIA MAIS

Senado adia para próxima terça-feira votação da Previdência

(Foto: Moreira Mariz/Agência Senado)

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) fez um acordo com líderes partidários e adiou a votação do parecer da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. A nova data, segundo Alcolumbre é o dia 1º, próxima terça-feira.

Ele explicou que decidiu pelo adiamento para que senadores possam, junto com ele, participar de uma audiência hoje (24) com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. O grupo vai protocolar um recurso para suspender a decisão do ministro Luís Roberto Barroso que, na semana passada, autorizou buscas e apreensões no gabinete do líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Ainda de acordo com Alcolumbre, o calendário inicial, de aprovar a Previdência no plenário do Senado no dia 10 de outubro está mantido. (Com informações do G1).

Vereadores de Petrolina analisam seis projetos na sessão dessa terça-feira

Todas as matérias são do Legislativo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Seis projetos estão na pauta da sessão dessa terça-feira (24) na Câmara de Vereadores de Petrolina. Todos são do Legislativo e tratam de Título de Cidadão Petrolinense, Medalha de Honra ao Mérito e denominação de espaços públicos.

Sem projetos de grande relevância, o debate deverá ser voltado ao Requerimento nº 297/2019, apresentado pelos vereadores Elismar Gonçalves, Gabriel Menezes e Paulo Valgueiro – da Bancada de Oposição. Eles solicitam informações referentes às citadas na Decisão-AC-4430-STF que trata das investigações da Operação Lava Jato, no qual é citada a possível contratação dessas empresas pela Prefeitura de Petrolina para pagamento de empréstimos ilegais  tomados pelo Senador Fernando Bezerra Coelho.

Além desse pedido estão na pauta 21 Indicações e outros dois Requerimentos. A sessão de hoje começa daqui a pouco, às 9h e é aberta ao público.

FBC atribui investigação da PF à sua atuação política

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o deputado Fernando Filho (DEM), se pronunciaram, através de notas, em resposta a operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã dessa quinta-feira (19), que investiga irregularidades em obras da transposição do Rio São Francisco durante o primeiro governo Dilma Roussef (PT). As informações são da Folha de S.Paulo.

Os mandados de busca e apreensão foram autorizados pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Além dos políticos pernambucanos, outras pessoas são alvo das ordens expedidas por Barroso.

Respostas

Em nota, o senador Fernando Bezerra Coelho, afirmou que a operação acontece em razão da sua atuação política. “Causa estranheza à defesa do senador Fernando Bezerra Coelho que medidas cautelares sejam decretadas em razão de fatos pretéritos que não guardam qualquer razão de contemporaneidade com o objeto da investigação. A única justificativa do pedido seria em razão da atuação política e combativa do senador contra determinados interesses dos órgãos de persecução penal”, afirma a nota.

O deputado Fernando Filho disse, também por meio de sua assessoria, que sua “defesa ainda não teve acesso ao pedido e à decisão do ministro que autorizou as medidas, mas pode armar que as medidas são desnecessárias e extemporâneas.”

Rosarinha estreita laços com FBC e o coloca como líder maior: “Em todos os momentos políticos ele trouxe algo para Dormentes”

Para edil, senador é principal personagem do avanço a cidade (Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de sair do grupo da atual prefeita de Dormentes, Josimara Cavalcanti, a vereadora Rosarinha deixou claro a quem é fiel hoje: o senador Fernando Bezerra Coelho. Aliada do ex-prefeito Geomarco Coelho, que morreu em 2017, a edil colocou seu nome na corrida de 2020 e espera contar com apoio dos aliados petrolinenses no pleito do próximo ano.

LEIA TAMBÉM:

Após rompimento com governo municipal, vereadora Rosarinha não descarta concorrer à Prefeitura de Dormentes

“Eu tenho o maior respeito pelas pessoas, mas não confundam. Eu não estou desrespeitando ninguém por seguir o caminho de Fernando Bezerra Coelho. Eu venho de uma escola que me ensinou que ele é um homem de trabalho. Em todos os momentos políticos ele trouxe algo para Dormentes“, afirmou a vereadora em entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos na última segunda-feira (26).

LEIA MAIS

FBC acompanha Bolsonaro em inauguração e comemora entrega de Usina em Sobradinho

Fernando Bezerra Coelho acompanhou Bolsonaro em evento em Sobradinho.

O senador Fernando Bezerra Coelho esteve em Sobradinho (BA) nessa segunda-feira (05) para acompanhar o presidente da República Jair Bolsonaro durante a entrega da 1ª etapa da Usina Solar Flutuante. Além de outras autoridades, os deputados Fernando Filho e Antônio Coelho também estiveram presentes.

Líder do governo Bolsonaro no Senado Federal, FBC comemorou a inauguração da Usina, que classificou como “o maior projeto de pesquisa e desenvolvimento desse tipo de tecnologia no país”, afirmou.

“Uma conquista ambientalmente sustentável, que ajuda a evitar a desapropriação de terras e que torna o Nordeste pioneiro em inovação na geração de energia. Um marco importante para nossa história, fortalecido com a presença do presidente, e que, sem dúvida, resgatará a credibilidade do setor elétrico brasileiro”, disse Fernando.

Henry é reeleito presidente do MDB em Pernambuco e acena para Fernando Bezerra

Discurso foi de paz na posse da presidência (Foto: Divulgação)

O sábado (6) foi marcado pela recondução do deputado federal Raul Henry ao posto de presidente estadual do MDB em Pernambuco. Porém, o que chamou a atenção no ato político foi o afago de Henry ao senador e líder do Governo Federal, Fernando Bezerra Coelho.

Os dois que até 2018 disputavam o comando da sigla selaram a paz e atuarão juntos até 2021, quando termina o período da presidência de Henry. O acordo foi selado com aval de Jarbas Vasconcelos, primeiro vogal da chapa única.

“Quero dizer que estou muito feliz de me colocar à disposição de Raul, nosso presidente, para que a gente possa fazer o MDB crescer no estado, para que o MDB possa assumir um papel de protagonismo importante em Pernambuco e no Brasil. Os nossos sonhos de um Pernambuco mais fraterno e solidário estão muito vivos, e o MDB será o instrumento da realização desses sonhos”, afirmou Fernando Bezerra.

LEIA MAIS

Fernando Bezerra garante votação da Previdência até 17 de julho

(Foto: Ascom)

Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB) afirmou que a reforma da Previdência será votada nos dois turnos do Plenário da Câmara até 17 desse mês. Ou seja, a matéria deve ser discutida antes do recesso parlamentar.

Durante a sexta-feira (5) o senador participou de um evento junto com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e elogiou o trabalho do colega parlamentar dizendo que ele tem liderado a agenda de reformas na economia.

Publicamente a relação do Governo Federal com o Senado e a Câmara tem sido marcada por atritos, em especial com Maia que já criticou a articulação de Jair Bolsnaro (PSL). No entanto, Fernando Bezerra fez questão de elogiar o trabalho de Paulo Guedes, ministro da Economia e de Rogério Marinho, titular do Trabalho. “Essas duas figuras levaram a cabo conversas e diálogos com os parlamentares na Câmara”, disse.

Fernando Bezerra se reúne com agricultores do Pontal para discutir abastecimento de água no Projeto

(Foto: Ascom)

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) passou a semana em Petrolina e na sexta-feira (21) ele cumpriu agenda com agricultores do Projeto Pontal. O tema do encontro, que contou com a presença do vereador José Batista da Gama (PDT) e do superintendente da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, é o corte no abastecimento de água de 450 famílias no projeto.

De acordo com o Conselho de Usuários da Água do Sistema Perenizado (ConsuPontal), faz 20 dias que a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf alega problemas nas bombas de transmissão. O problema afeta diretamente a produção agrícola no Pontal, em especial o pequeno agricultor.

“Nós prevemos que, se continuar sem o fornecimento, no máximo em 30 dias, algumas propriedades vão ficar sem uma gota de água”, disse o presidente do ConsuPontal, Antônio Averlangem Corcino.

O senador e líder do Governo solicitou ao grupo de agricultores a elaboração de uma proposta que buscasse equilibrar a relação entre os moradores do Pontal e a Codevasf. Bezerra Coelho lembrou que a legislação impede que a 3ª SR forneça água sem outorga.

Pernambuco: Raul Henry deve ser reconduzido à presidência do MDB; chapa contará com Fernando Bezerra

Henry (esq.) e Fernando (dir.) estarão no comando do partido (Foto: JC Imagem)

A disputa pelo comando do MDB em Pernambuco parece ter chegado ao fim. O senador e líder do Governo Federal no Senado, Fernando Bezerra Coelho vai integrar a chapa única da Executiva Estadual, como 2º vogal. Desafeto de FBC, Jarbas Vasconcelos será o 1º vogal.

Raul Henry, outro político envolvido na disputa pelo comando da sigla, será reconduzido ao posto de presidente estadual. De acordo com o Jornal do Commercio, a decisão foi anunciada na quinta-feira (20) após reunião preparatória da Executiva para a Convenção Estadual da sigla, marcada para o próximo dia 6 de julho.

“É uma chapa unica até o momento e que procura contemplar todas as forças do Estado. Temos no senador Fernando Bezerra uma convivência respeitosa. Viramos a página do nosso conflito do passado. Vamos seguir adiante e ele pela sua legitimidade dele com o seu mandato merece ter um assunto na Executiva”, afirmou Raul.

Fernando Dueire, suplente de Jarbas no Senado, Alexandre Ferrer e Marta Guerra ocuparão a 1ª, 2ª e 3ª vice-presidências, respectivamente. Os nomes da chapa foram aprovados por unanimidade.

LEIA MAIS

Ao lado do presidente do Senado, chefe da Caixa anuncia Superintendência Regional em Petrolina

Solenidade contou com participação de Davi Alcolumbre na manhã de hoje (Foto: Blog Waldiney Passos)

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães anunciou na manhã dessa quinta-feira (20), em Petrolina a nova Superintendência do banco na cidade. A solenidade realizada na Fundação Nilo Coelho – que na segunda recebeu o ministro da Educação – também contou com a presença do presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM).

Alcolumbre desembarcou em Petrolina na tarde de ontem (19), para conhecer o São João, numa comitiva formada pelo senador e líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (DEM), o senador Marcos Rogério (RO) e o deputado federal Fernando Filho (DEM).

Superintendência em Petrolina será polo no Sertão

Anfitrião, o prefeito Miguel Coelho saudou a presença do “amigo e presidente do Senado”, bem como de Pedro, que em sua terceira visita “faz um anúncio que há muito tempo Petrolina aguardava”. “Petrolina tem que ter o seu polo, sua referência, não apenas para atender os interesses da Prefeitura que são muitos. A distância e a burocracia muitas vezes gera empecilho”, comemorou o gestor.

LEIA MAIS

Presidente do Senado cumpre agenda oficial nessa quinta-feira, em Petrolina

Alcolumbre (dir.) cumpre agenda oficial nessa quinta-feira (Foto: Ascom)

Depois de receber o ministro da Educação na segunda-feira (17), Petrolina agora tem como visitante o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM). Ele desembarcou na cidade na tarde de ontem (19) e nessa quinta-feira (20) cumpre agenda oficial ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, às 9h.

Turismo

Na quarta-feira Alcolumbre visitou o Museu de Petrolina, a Igreja Catedral, além de conhecer a culinária típica do Sertão. “O Brasil precisa conhecer esse modelo de desenvolvimento voltado para a produção, a gente precisa levar para o Brasil esse sentimento de que o país dá certo“, destacou o presidente.

LEIA MAIS

Para Fernando Bezerra Coelho, Moro foi vítima de graves crimes

(Foto: Divulgação)

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), avalia que o ministro da Justiça, Sergio Moro, foi vítima de graves crimes quando teve o telefone celular invadido e supostas mensagens divulgadas pelo site The Intercept. A avaliação foi feita nesta quarta-feira (19) durante audiência pública na Comissão de Constituição de Justiça do Senado. “Independentemente da autenticidade ou não dessas mensagens, está muito claro que o ministro da Justiça foi vítima de graves crimes, cujos autores precisam ser identificados e punidos, onde quer que se encontrem”, afirmou Fernando Bezerra.

Para o senador, “embargos auriculares” são comuns e de conhecimento do sistema jurídico. “Quem conhece o nosso sistema jurídico sabe que conversas entre procuradores, juízes e advogados acontecem. É comum a expressão embargos auriculares. Eu queria entender que crime haveria nessas trocas de mensagens até aqui divulgadas.”

LEIA MAIS
123