Foragido da justiça de Pernambuco e Bahia é preso em Santa Maria da Boa Vista-PE

(Foto: Ilustração)

Por volta do meio dia de ontem (01), a equipe Malhas da Lei da 7ª CIPM, em operação conjunta com policiais civis da delegacia de Santa Maria da Boa Vista, prendeu Robson Carlos de Oliveira, vulgo Lelé, de 33 anos, foragido de alta periculosidade que faz parte de uma organização criminosa que praticava crimes nos Estados da Bahia e Pernambuco.

O acusado vinha sendo monitorado pelas polícias dos dois Estados e foi localizado na cidade de Cabrobó-PE, em uma residência no bairro Sem Teto. Após os procedimentos legais, o imputado foi entregue na cadeia pública de Santa Maria da Boa Vista, onde ficará à disposição da Justiça.

Homicida foragido de São Paulo é preso em Petrolina

Um homem foragido da justiça de São Paulo por homicídio foi preso em Petrolina (PE), durante uma ação dos Policiais Civis do Malhas da Lei, sob a coordenação da delegada Isabella Cabral Fonseca.

Segundo informações da Polícia Civil, o mandado de prisão foi cumprido, por volta das 11h de hoje (23), no bairro Pedro Raimundo, em Petrolina.

Após o cumprimento da ação judicial, o imputado foi apresentado na Delegacia de Plantão do Ouro Preto, para a realização dos procedimentos cabíveis, e em seguida será encaminhado à Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes em Petrolina.

“Allinson não vai se entregar porque ele é culpado, quando a pessoa é culpada ela foge, igual um rato”, diz Lucinha Mota

Lucinha Mota, mãe de Betariz Angélica Mota. (Foto: Arquivo da família)

Após a defesa de Allinson Henrique Carvalho Cunha, acusado de apagar as imagens das câmeras de segurança do Caso Beatriz, divulgar uma nota imputando o sumiço das gravações à Polícia Civil, Lucinha Mota, mãe de Beatriz, afirmou que essa atitude “só confirma que ele é culpado”.

Em entrevista ao programa Super Manhã, na rádio Jornal, com Waldiney Passos, Lucinha levantou questionamentos sobre as alegações da defesa Allinson. De acordo com os advogados, o fugitivo não teria se entregado por medo da polícia usar de “mecanismos ilegais e arbitrários a confessar crime que não cometeu”.

LEIA TAMBÉM

Perito afirma que imagens apagadas do Caso Beatriz foi erro da Polícia Civil

No entanto, Lucinha afirmou que o próprio Ministério Público já ofereceu proteção ao suspeito. “O crime que está sendo direcionado a ele é obstrução de justiça e falso testemunho. Ninguém está dizendo que foi Allinson que tirou a vida de minha princesa não. Eu que sou mãe de Beatriz tenho essa consciência. O Ministério Público pode dar proteção a ele. Por que ele não vai? Porque é culpado”, disse.

Lucinha afirmou ainda que os depoimentos de Allinson, Lorailde e Carlos André – que supostamente teriam apagado as imagens das câmeras – são controversos.  “Por tudo que eu já vi e o que foi dito pela própria desembargadora em Recife, quem apagou as imagens foi Allinson, Lorailde e Carlos André. A verdade é uma só, quando você fala a verdade sempre mantém o discurso e não é isso que acontece com esses três”.

A mãe de Beatriz disse pensar que todas as atitudes que se desdobraram do caso foram planejadas. “A imagem que não foi dada à polícia no dia, esse gravador que foi manipulado, esse pedido de dinheiro ao Colégio para mandar um HD para outro estado. Agora eu vou mais além, será que é só isso mesmo que eles querem esconder?”, questionou.

Perito afirma que imagens apagadas do Caso Beatriz foi erro da Polícia Civil

Crime chocou a população de Petrolina e região. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em nota divulgada nessa quarta-feira (24), a defesa de Allinson Henrique Carvalho Cunha, acusado de apagar as imagens do computador do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora no caso Beatriz, apresentou um estudo técnico elaborado por um perito afirmando que um erro da Polícia Civil (PC) foi responsável por apagar as imagens das câmeras de segurança. Vale ressaltar que o perito foi contratado pela defesa para fazer a análise.

No parecer, solicitado pelo advogado Wank Medrado, responsável pela defesa de Allinson, o perito Cássio Thyone Almeida de Rosa afirma que “em desatenção a um preceito basilar de conduta de exames forenses de vestígios digitais (…), servidor(es) da Polícia Civil do Estado de Pernambuco, muito provavelmente, acessaram os discos rígidos originais, em vem de discos rígidos contendo cópias forenses, (…) ocasionando a perda de dados”.

Em nota, a defesa de Allinson afirma que “a falta de atenção da Polícia Civil foi tamanha que um investigador solicitou da funcionária Loraildes backup de imagens que já estavam na posse da própria Polícia Civil, conforme conversas de WhattsApp”.

Além disso, a defesa atribui à PC a responsabilidade pelas falhas na investigação. “A partir do erro da própria Polícia Civil que apagou as imagens em decorrência de ter utilizado programa/sistema incompatível com o HD-DVR que guardava as imagens, a Polícia Civil de Pernambuco iniciou a acusação injusta contra Allinson Henrique”, diz a nota.

Acusado de duplo homicídio e tentativa de homicídio é preso em São Paulo; crimes aconteceram em Petrolina

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

No início da manhã de hoje (2), Policiais Civis do Malhas da Lei de Petrolina, deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva, contra Bartolomeu Cerqueira de Amorim, em razão de um duplo homicídio e uma tentativa de homicídio, ocorridos em Petrolina (PE), há seis anos.

A ação policial foi coordenada pela Delegada Seccional Isabella Pessoa, em conjunto com o DHPP da Polícia Civil de SP (3ª Delegacia de Homicídios Mútiplos), sob a coordenação do Delegado Antônio Carlos Candido Araújo, com o apoio da Polícia Federal de Brasília e de São Paulo.

LEIA MAIS

Foragido é preso com drogas no Jardim Maravilha

No final da tarde dessa terça-feira (14), a Polícia Militar montou uma operação para cumprir um mandado de prisão em desfavor de Caio Henrique Martins dos Santos, que estava foragido desde novembro de 2018, quando quebrou sua tornozeleira eletrônica.

Após a prisão do suspeito no Jardim Maravilha, em Petrolina (PE), os policiais realizaram revista pessoal e encontram, além da tornozeleira, uma peteca de maconha.

O acusado foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil e, posteriormente, recolhido à Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes.

Foragido da Penitenciária de Petrolina é recapturado no interior da cidade

(Foto: Internet/Ilustração)

Um foragido da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes em Petrolina foi recapturado pela Polícia Civil próximo ao Distrito de Uruás, zona rural da cidade. Segundo a polícia, Sandro Lúcio de Souza cumpria pena por homicídio, mas havia se evadido da unidade.

Ele foi novamente detido por ameaçar um idoso de 82 anos e seus familiares. Durante as investigações foi descoberto que ele deveria estar cumprindo pena na penitenciária.

Sandro foi localizado em Água Branca, a 20 km do Distrito de Uruás. O preso foi encaminhado à Delegacia do bairro Ouro Preto, onde ficará à disposição da Justiça.

Petrolina: ‘Operação Pente Fino’ prende envolvidos em homicídio motivado por vingança pessoal

Crime foi motivado por vingança pessoal (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Dois homens foram presos nessa terça-feira (12) durante a Operação Pente Fino, deflagrada pela Polícia Civil de Petrolina. As investigações tiveram início em 25 de outubro de 2018, em decorrência do homicídio de Tiago Maurício Ferreira.

Ele teria sido morto por causa de uma vingança pessoal, a mando de Manoel José de Brito, de 46 anos que teria pago R$ 3 mil ao executor e intermediador. A vítima era artesão e residia no bairro José e Maria. Ele trabalhava no imóvel quando o assassino, identificado como Lucas Monteiro da Rocha entrou no local e efetuou vários disparos de arma de fogo.

Tiago chegou a ser socorrido ao Hospital Universitário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a polícia, ele mantinha um relacionamento extraconjugal com a filha de Manoel, que frequentava a mesma igreja evangélica da vítima.

LEIA MAIS

Foragido: cartazes com a foto de Alisson são espelhados pela região do Vale do São Francisco

Alisson Henrique é considerado foragido desde o dia 12 de dezembro. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Na tentativa de encontrar Alisson Henrique de Carvalho, acusado de apagar as imagens de câmeras de monitoramento do Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora, o grupo “Somos todos Beatriz”, com o apoio da família da menina que foi brutalmente assassinada no dia 10 de dezembro de 2015, espalhou cartazes com a foto do foragido em várias cidades do Vale do São Francisco.

A prisão preventiva de Alisson Henrique de Carvalho, foi decretada no dia 12 de deste mês pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Em nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que “continua em diligências contínuas para localizar e prender ALLINSON HENRIQUE DE CARVALHO CUNHA, suspeito de apagar as imagens que mostravam o assassino da menina BEATRIZ MOTA e atrapalhar o andamento das investigações”.

LEIA TAMBÉM:

Caso Beatriz: advogado atribui à polícia responsabilidade por deletar imagens de HDs

Caso Beatriz: Polícia pede ajuda da população para localiza Alisson Henrique

De acordo com Sandro Romilton, pai de Beatriz, a ação que começou no último sábado (15), deve se estender para outras cidades. Ao Blog Waldiney Passos, Sandro contou que os cartazes já foram enviados para diversas cidades da Bahia, Pernambuco e Ceará.

Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de Alisson, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Pernambuco pelo telefone (81) 9.8650-1229. O número também possui WhatsApp.

Foragido de Orocó é preso em Minas Gerais

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Um homem foi preso na terça-feira (6) na cidade de Ipatinga (MG). Gildeon Nogueira de Souza, mais conhecido como “Cheira” é acusado de envolvimento com o tráfico de drogas e contra ele havia um mandado de prisão em aberto expedido na comarca de Orocó, Sertão pernambucano.

Segundo a 2ª CIPM de Pernambuco, informações foram trocadas com a PM de Ipatinga sobre a localização de Gildeon. Sabendo do paradeiro do acusado, os policiais de Minas Gerais cumpriram o mandado de prisão e Gildeon está preso na delegacia local, à disposição da justiça.

Conforme informações repassadas pela 2ª CIPM, o acusado se envolveu com o tráfico e foi preso em 2006. O mandado de prisão veio a ser expedido em 2015, na cidade de Orocó.

Foragido de Lagoa Grande é preso em São Paulo

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Um homem foi preso na cidade de Itaquaquecetuba (SP) na segunda-feira (5) em uma ação conjunta entre as polícias militares de Lagoa Grande, Sertão de Pernambuco e do município paulista. Adailton da Silva Viana, de 37 anos era procurado pela Justiça de Pernambuco por ter cometido um homicídio.

Contra ele havia um mandado de prisão expedido na Comarca de Lagoa Grande, com validade até 2034. Ele foi encontrado depois de levantamento da 7ª CIPM, na cidade pernambucana que entrou em contato com o 35º BPM de Itaquaquecetuba.

Depois de localizarem o foragido, os PMs de São Paulo prenderam Adailton no bairro Jardim Maragogipe. Ele está preso no 1º Distrito Policial de Caiuby, onde ficará à disposição da justiça.

Homicida foragido da penitenciária de Petrolina é preso no Piauí

Na tarde dessa segunda-feira (08), após trocas de informações entre o Serviço de Inteligência da Força Tática do 20º BPM/PMPI e PMPE, foi montada uma operação sobre o paradeiro de um foragido da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina (PE).

Por volta das 13h30, na cidade de Acauã (PI), os policiais conseguiram identificar o acusado e realizar sua prisão. O suspeito foi condenado, em 2016, pelo Tribunal do Júri a 15 anos de prisão pela prática de homicídio qualificado.

Após ser capturado, o indivíduo foi apresentado na 12° Delegacia Regional de Polícia Civil em Paulistana (PI), para a realização dos procedimentos legais cabíveis. Logo em seguida, foi encaminhado para Pernambuco, onde foi apresentado na 25º Delegacia de Polícia Civil de Cabrobó e recolhido para a cadeia pública deste município.

Foragido do presídio de Petrolina é recapturado em Araripina

Na tarde deste domingo (30), por volta das 16h, a Polícia Civil, durante operação “Malhas da Lei”, prendeu um homem conhecido como “Tonho da Burra”, de 33 anos, no bairro Cavalete 1, em Araripina (PE).

O acusado foi preso após a equipe policial montar campana próximo a sua residência. O suspeito responde a vários processos nos estados de Pernambuco e Piauí, além de ser foragido do presídio de Petrolina (PE).

O indivíduo foi apresentado a autoridade policial de plantão em Ouricuri e será recolhido à cadeia Pública de Araripina.

Foragido de uma operação da Polícia Civil da Bahia é preso, em Senhor do Bonfim

Antônio Marcos Ceila Oliveira. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Nesta quinta-feira (20), Policiais Civis da 19ª COORPIN, em Senhor do Bonfim (BA), em cumprimento a mandado de prisão, prenderam Antônio Marcos Ceila Oliveira, de 42 anos, vulgo “Toinho”.

Antônio era foragido da operação ‘Prision’, realizada no dia 29 de novembro de 2017, pela Polícia Civil da Bahia, para cumprimento de 50 mandados de busca e apreensão e 50 mandados de prisão, na ocasião 4 alvos não foram encontrados, Antônio era um deles.

O acusado ficará preso na carceragem do Complexo Policial, em Senhor do Bonfim à disposição da justiça.

Polícia Civil prende foragido da Paraíba com drogas e arma na cidade de Ouricuri

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Damião Pereira da Silva, de 44 anos foi preso na manhã dessa quinta-feira (9) na cidade de Ouricuri (PE). Segundo a Polícia Civil, o agricultor foi detido em flagrante portando um revólver calibre 32, munições e maconha. Ele é foragido da cidade de Diamante (PB).

Com o acusado a Polícia Civil apreendeu uma moto Honda Bros, placa JOM-4341. Ele foi encaminhado à Audiência de Custódia e responderá pelos crimes de posse de drogas e porte ilegal de arma. A PC não informou qual crime Damião teria cometido na Paraíba ou há quanto tempo ele estava na região.

123