Lideranças políticas de Minas Gerais visitam Petrolina em busca de referências para desenvolvimento da fruticultura

A comitiva de Minas Gerais também contou com a presença dos prefeitos das cidades: Almenara, Bandeira, Jequitinhonha, Divisópolis e Joaíma

Nacionalmente, a região do Vale do São Francisco é reconhecida pelo potencial no desenvolvimento da fruticultura irrigada, principalmente devido à produção e exportação de manga e uva. Por isso, durante esta semana, Petrolina está recebendo a visita de prefeitos de cinco municípios do estado de Minas Gerais, que vieram conhecer o trabalho aqui realizado. Na tarde desta terça-feira (6), o grupo se reuniu com representantes da Prefeitura de Petrolina, para trocar experiências e buscar inspirações para o desenvolvimento de políticas de incentivo à fruticultura.

Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Emicio Júnior, apresentou o contexto histórico que permitiu o avanço da fruticultura irrigada na capital do Sertão e pontuou as ações da gestão municipal em apoio ao segmento, como a realização bienal da Feira Nacional de Agricultura Irrigada (Fenagri), atuação junto à instituições financeiras para liberação de linhas de crédito, além da articulação política junto a sindicatos, cooperativas de produtores e outras esferas governamentais.

“Quem iria imaginar que uma cidade em pleno sertão pernambucano chegaria aonde Petrolina chegou. Por isso, dizemos que aqui é a terra dos impossíveis. Esperamos ter contribuído e nos colocamos à disposição para transmitir nossas experiências e incentivar o sucesso de outras regiões do país”, afirma o secretário.

Além da reunião com os representantes da prefeitura, o grupo também visitou fazendas produtoras, o Distrito de Irrigação Nilo Coelho, a Codevasf e a Embrapa. O prefeito de Joaíma, Dauro Barreto, avalia que a visita à Petrolina, que se estende até esta quarta-feira (07), está sendo muito produtiva. “Foi a oportunidade de conhecermos a influência da administração pública para o desenvolvimento deste segmento que gera tanto emprego e renda. Com certeza, aplicaremos o conhecimento que adquirimos em nossos municípios e, desde já, os convido para que possam retribuir a visita e, quem sabe, assistirem a evolução dessa nossa ideia”, diz.

O encontro foi articulado por Humberto Rodrigues, representante do Sebrae-MG, e também contou com a participação do Secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando, e do diretor-presidente da Agência Municipal do Empreendedor, Sebastião Amorim. A comitiva de Minas Gerais também contou com produtores rurais, representantes do Banco do Nordeste, do Sebrae e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), além dos prefeitos das cidades: Almenara, Bandeira, Jequitinhonha, Divisópolis e Joaíma.

Melaço da cana-de-açúcar está melhorando a produtividade da fruticultura no Vale do São Francisco

(Foto: Divulgação)

Uma mistura de sacarose e sais minerais, a exemplo de potássio, cálcio e fósforo está fazendo a diferença na produção de frutas no Vale do São Francisco. É o melaço da cana-de-açúcar que vem permitindo um aumento da produtividade em 12 a 15%, principalmente nos pomares de uvas, e o que é melhor, com uma economia de cerca de 20% em relação ao uso de outros produtos.

Utilizado na agricultura por meio da fertirrigação – para cada 200 litros de água é adicionado 5 litros do produto – o fertilizante natural multiplica os micro-organismos do solo, melhora a coloração das folhas e dos frutos e dá mais qualidade na vida das plantas com o uso recomendado em praticamente todas as culturas. Geralmente são aplicados 25 litros por hectare durante uma safra.

Mas, os benefícios do melaço ou adubação doce, como já vem sendo chamado, não param por aí. Segundo o engenheiro agrônomo e consultor agrícola, Pedro Ximenes, o produto natural também tem se mostrado um excelente aliado no combate às pragas das lavouras. “Quando utilizado juntamente com um agente de controle de pragas o melaço aumenta a eficiência gerando economia para o produtor”, pontuou.

LEIA MAIS

Inscrições abertas para curso gratuito de técnico em fruticultura em Juazeiro

A prova será realizada no Centro de Excelência em Fruticultura.

Estão abertas as inscrições para o curso Técnico em Fruticultura oferecido pelo Sistema FAEB/SENAR em Juazeiro (BA). Ao todo, estão sendo ofertadas 60 vagas para o curso, que é gratuito e será realizado de forma presencial, no período noturno, no Centro de Excelência em Fruticultura, situado no Centro Industrial São Francisco.

Os interessados devem realizar as inscrições – também gratuitamente – até o dia 1° de julho, através do site do Sistema FAEB. O processo é aberto para todos, mas será dada prioridade para produtores rurais, familiares e seus colaboradores.

Para concorrer na condição de produtor rural é preciso apresentar no ato da inscrição o Certificado de Conclusão do Ensino Médio/Histórico Escolar e um documento que comprove a atividade rural, como Cartão Estadual do Produtor Rural ou Certificado de Cadastro de Imóvel Rural.

LEIA MAIS

Culturas da manga, banana e coco são temas de seminários em Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Estudantes, produtores rurais e especialistas do setor de fruticultura estão conferindo técnicas de produção, inovações e expansão de mercado nas culturas de manga, banana e coco durante os seminários realizados até esta sexta-feira, 4 de maio, no Centro de Excelência em Fruticultura do Senar, no Distrito Industrial de Juazeiro.

O primeiro evento abordou os Desafios na Produção, Mercado e a Expansão do Cultivo de Manga no Vale do São Francisco. O palestrante Paulo Dantas, da Agrodan, explanou sobre a Evolução de Áreas de Plantio e os Desafios de Mercado. Também foram discutidos temas relacionados à mosca das frutas – Manejo adequado e controle efetivo e Fatores Bioquímicos que afetam a produtividade no Cultivo da Manga.

LEIA MAIS

Servidores da Adagro em Petrolina entram em greve nesta segunda-feira (2), paralisação atinge todo estado

(Foto: Divulgação/Sindagro)

O mês de abril começa com greve em Petrolina. Servidores da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro) em Petrolina vão paralisar as atividades a partir da segunda-feira (2). Segundo a categoria, a decisão foi tomada após meses de negociação e descumprimentos de acordos por parte do Governo de Pernambuco.

Na próxima segunda-feira os servidores realizarão um café da manhã, para apresentar as demandas da categoria aos criadores e público em geral. De acordo com o presidente do Sindagro-PE, Lucíolo Galindo, a manifestação acontecerá nos 167 postos da Agência no estado.

Setores afetados

LEIA MAIS

Produtores comemoram o número de exportações de uva de Petrolina

(Foto: Arquivo)

O número de exportações de uva de Petrolina, deve fechar o ano com um balanço comercial positivo. Segundo o Sindicato dos Produtores Rurais do município (SPR) o crescimento foi de 47,9% na exportação.Os produtores já comemoram o movimento de U$ 42,5 milhões comercializados até o momento

Os dados apresentados pelo boletim de novembro do SPR indicam que Petrolina enviou para o mercado externo até agora 20,2 milhões de kg de uva, isso representa 71,35% das exportações nacionais da fruta.

Principais países concorrentes do Brasil, o Chile, Índia, África do Sul e o Peru também têm se destacado no cenário de exportações mundial. O boletim do SPR destaca ainda que 96,4% da uva chilena exportada em 2016 para a Europa foi enviada entre março e maio. Estes números chamaram a atenção dos produtores brasileiros e particularmente os petrolinenses, que investiram em intercâmbios, mais qualidade e diplomacia.

As estatísticas do SPR mostram também os quatros principais importadores da fruta petrolinense em 2016: a Holanda com 10.470.126 kg importados; Reino Unido com 6.385.991 kg; Alemanha com 836.367 kg; e a Argentina, que consumiu 674.179 kg da uva de mesa. O Boletim do sindicato, ainda destaca o número de empregos da cultura da uva em Petrolina, na ordem de 11.783, além dos dados de produção e postos de trabalho gerados pelo cultivo e comercialização da manga no Vale do São Francisco.

Ressocialização através do trabalho, 23 reeducandos trabalham na colheita de uvas na região do Vale do São Francisco

(Foto: Reprodução)

Uma parceria entre a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) e a Agropecuária Vale das Uvas, levou para a colheita de uvas, Vinte e três detentos da Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes, em Petrolina.

Nesta primeira etapa, 100 reeducandos do regime semiaberto foram contemplados com o acordo. Outro grupo será contemplado de forma gradativa para atuar nas áreas de plantação, adubação e colheita de uvas com o intuito de promover a ressocialização através do trabalho.

De acordo com a Lei de Execuções Penais, que rege o contrato da mão de obra carcerária, ficam sob responsabilidade da empresa: a exigência de oito horas de trabalho diário, de segunda a sábado; remuneração com valor correspondente a 75% do salário mínimo – sendo 25% destinado ao recolhimento do pecúlio -; além do fornecimento de refeições diárias e transporte para o deslocamento dos reeducandos até o local de trabalho.

A Seres se responsabiliza pelo monitoramento eletrônico por meio de tornozeleiras, indicação dos detentos conforme aptidões e perfil, e supervisão do trabalho.

Com informações do Diário de Pernambuco

IBGE: Petrolina ocupa o primeiro lugar do Brasil no ranking do valor da produção de frutas

(Foto: Arquivo)

Uma pesquisa publicada na última quinta-feira (21), pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) colocou Petrolina em primeiro lugar no ranking nacional do Valor de produção frutas. Juazeiro aparece na 6ª posição.

Petrolina ganha estaque em Pernambuco, com uma economia voltada para a agricultura e exportação de frutas como uva, manga, banana, mamão, melancia e goiaba.

(Tabela: IBGE)

O ranking leva em consideração a área plantada e destinada à colheita, área colhida, valor da produção, variação do valor da produção e participação no total do valor da produção em 2016. Petrolina fica em primeiro lugar com valor de produção em R$ 639.110. O segundo lugar, São Joaquim (SC) apresenta R$ 434.128.

Mangas do Vale do São Francisco despertam o interesse da Rússia

Petrolina vai colocar as frutas dentro dos supermercados da rede Auchan. (Foto: Arquivo)

Representantes da terceira maior rede de varejo no mercado russo, estiveram em Petrolina nos últimos dias 23 e 24, com o objetivo de investir na importação de manda e uva da região.

O Vale do São Francisco seria uma opção para livrar a rede Auchan da dependência de distribuidores da Holanda, a investimento em uma câmara frigorífica feita pelo o governo russo, possibilitou o investimento nas frutas do Vale.

“Trata-se de um grupo importante, a terceira maior rede de varejo no mercado russo. Eles estão visitando o Vale do São Francisco para importar, sobretudo, manga. Eles têm mais de 23 supermercados e tendem a depender da câmara (frigorífica) terceirizada, via Holanda, que é um grande hub”, relatou o Presidente da Apex-Brasil, Roberto Jaguaribe. Entre as empresas visitadas, a Fazenda Tambaú, do Grupo Queiroz Galvão e a Finobrasa Agroindustrial, do Grupo Vicunha.

“A coisa nasceu agora. O escritório de Moscou da Apex fez essa captação porque a fruta de Petrolina todinha, quando é exportada, tem um hub na Holanda. Então, eles ficam na mão de distribuidores. Ali, eles têm um frigorífico. Eles, agora, não vão precisar mais do distribuidor. Então, o pessoal de Petrolina vai colocar as frutas dentro dos supermercados deles”, detalha Armando Peixoto.

Com informações do FolhaPE

Curso do Sebrae orienta para Gestão de Pessoas na Fruticultura em Petrolina

(Foto: Ilustração/Arquivo)

Entre os dias de 10 a 14 de julho, a Unidade do Sebrae no Sertão do São Francisco realiza, o curso Gestão de Pessoas na Fruticultura. A capacitação, conta ainda com 2h de consultoria.

O objetivo do curso é levar os participantes a conhecerem melhor suas empresas, as pessoas e suas competências, desenvolvendo habilidades de relacionamento interpessoal para o melhor exercício da liderança.

O curso possibilita aos participantes conhecer técnicas e ferramentas que permitam aprofundar o conhecimento da estrutura organizacional, da ordenação e distribuição das atividades e do levantamento de competências. Para isso, o conteúdo programático aborda o sistema de gestão de pessoas; sistemas de remuneração e provisão; seleção, desempenho e retenção de talentos; entre outros temas.

 A capacitação tem como público-alvo fruticultores com NIRF ou DAP, e empresários de micro e pequenas empresas com CNPJ. As inscrições estão abertas, e podem ser feitas na loja on-line do Sebrae e na própria Sede do Sebrae.  Outras informações através dos telefones (87) 2101-8904/2101-8918.

Representantes comerciais internacionais visitam Vale do São Francisco

(Foto: Divulgação)

O Programa de Intercâmbio AgroBrazil, do Sistema CNA/SENAR/ICNA, teve início nesta segunda-feira (24) pelo Vale do São Francisco. Pelo menos 10 representantes de 9 países vão conhecer, até a próxima sexta-feira (28), a diversidade da produção brasileira no setor de frutas.

A programação foi iniciada, nesta terça-feira (25) pela Fazenda GrandValle, localizada em Casa Nova (BA). No cronograma do Programa de Intercâmbio AgroBrazil estão desde propriedades menores até áreas já consolidadas, como as vinícolas da região.

A cônsul do Uruguai em Salvador (BA), Lorena Garcia, visitou o Vale pela primeira vez e considera a ação da CNA de extrema importância para estreitar os vínculos entre Bahia, Pernambuco e Uruguai.

LEIA MAIS

Projeto do vereador Gabriel Menezes propõe obrigatoriedade do uso de protetor solar para os trabalhadores da fruticultura irrigada

Vereador conta com o apoio dos pares para aprovação do projeto/Foto: Blog Waldiney Passos

Está tramitando na Câmara Municipal de Petrolina, o projeto de Lei de Nº 020/17, de autoria do vereador Gabriel Menezes (PSL), que propõe aos empregadores do setor da fruticultura irrigada, agricultura, pecuária e demais setores da agroindústria, o fornecimento gratuito de protetor solar, fator de proteção (FPS), igual ou superior a 15, aos seus empregados no município de Petrolina.

De acordo com a matéria, o protetor solar passa a ser considerado Equipamento de Proteção Individual – EPI, para os empregados que laborem diretamente expostos à radiação solar.

Em sua justificativa Gabriel assegura que em Petrolina, segundo dados do Ministério da Saúde, foram registrados 185 casos de câncer não melanoma, enquanto 12 foram os casos de câncer melanoma no ano de 2014. Já no ano de 2015, tivemos 176 casos da câncer não melanoma e 23 de melanoma. “São números preocupantes”, alerta.

Após passar pelas comissões o projeto vai ao plenário para votação.

Senador Fernando Bezerra leva prioridades regionais a ministro do Planejamento

Senador Fernando Bezerra Coelho, líder do PSB no Senado, e o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira

Nesta quinta-feira (9), o Senador Fernando Bezerra Coelho, líder do PSB no Senado, foi recebido pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, a quem pediu atenção para a fruticultura irrigada no Vale do São Francisco dentro do novo programa de investimentos que o governo federal pretende lançar no próximo mês de março.

Ao citar como exemplos de sucesso os perímetros irrigados Nilo Coelho e Maria Tereza, o senador falou também sobre o potencial do Projeto Pontal, na região de Petrolina. Atento às informações de Fernando Bezerra, o ministro Dyogo Oliveira comprometeu-se a analisar meios possíveis para dar mais velocidade à implementação definitiva do Pontal Sul e do Pontal Norte.