Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrobras eleva preço da gasolina em 4% nas refinarias

Desde a adoção de novo formato na política de ajuste de preços em 2017, a gasolina acumula alta de 30,82% de preço.

A Petrobras elevou, nessa quinta-feira (01), em 3,75% o preço do diesel e em 4% o preço da gasolina nas refinarias. Com o aumento anunciado, o preço médio do litro diesel sofrerá uma elevação de R$ 0,0757 passando de R$ 2,0205 para R$ 2,0962. Já o preço da gasolina subirá R$ 0,0658, com o litro passando, na média, de R$ 1,6457 para R$ 1,7115.

As informações constam no site da empresa, no qual a petroleira detalha preços praticados nos 37 pontos de suprimento do mercado brasileiro, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S500.

Antes do reajuste anunciado nessa quarta-feira (31), a mais recente alteração havia sido anunciada pela estatal no dia 18 de julho, quando informou a redução, válida a partir do dia 19, de 2,14% no preço médio do litro da gasolina vendida nas refinarias e de 2,15% no preço médio do diesel.

Levantamento aponta Pernambuco com gasolina mais barata do Nordeste

(Foto: Ilustração)

Com preços médios de R$ 4,185 e R$ 4,259, respectivamente, Santa Catarina e São Paulo têm o litro da gasolina comum mais barato do país, conforme levantamento da ValeCard, empresa especializada em meios de pagamentos, benefícios e gestão de frotas. No Nordeste, Pernambuco apresenta o preço médio mais baixo (R$ 4,585). Já Sergipe tem o valor mais alto (R$ 4,763).

Obtidos por meio do registro das transações realizadas em junho em cerca de 20 mil postos credenciados, os dados mostram que Acre e Rio de Janeiro são os estados com o combustível mais caro – R$ 5,115 e R$ 5,015, respectivamente.

Em Petrolina, no mês de junho, o litro da gasolina era comercializado a R$ 5,05, um dos maiores valores cobrados no estado. Hoje, o litro do produto pode ser encontrado em alguns pontos de venda da cidade por R$ 4,87, muito acima da média do levantamento, que é de R$ 4,58, sendo, ainda, uma das mais caras de Pernambuco.

Petrobras anuncia redução no preço da gasolina e do diesel

O presidente Jair Bolsonaro informou, em sua conta no Twitter, que a redução [média] foi de 2,1% na gasolina e de 2,2% no diesel.

A Petrobras anunciou, nessa quinta-feira (18), uma redução no preço do litro da gasolina de R$ 0,0360 e no litro do diesel de R$ 0,0444. Os valores são referentes aos preços médios dos combustíveis vendidos pelas refinarias aos distribuidores e valem a partir da meia-noite desta sexta-feira (19).

Os preços variam segundo cada refinaria da estatal, nos diversos estados brasileiros. Os menores valores da gasolina são praticados em São Luís (MA), R$ 1,51; Itacoatiara (AM), R$ 1,55; e Manaus (AM), R$ 1,58. Os maiores valores da gasolina estão nas refinarias de Brasília, R$ 1,81; Senador Canedo (GO), R$ 1,80; e Uberaba, R$ 1,80.

Os menores preços do diesel S500, mais vendido nas estradas, estão em Itacoatiara (AM), R$ 1,93; São Luís, R$ 1,94; Guamaré (RN), R$ 1,96; e Manaus (AM), R$ 1,96. Os maiores valores são os praticados em Senador Canedo (GO), R$ 2,17; Brasília, R$ 2,17; e Uberaba (MG), R$ 2,17.

Segundo a estatal “os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras têm como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias”.

Petrobras reduz preços da gasolina e do diesel nesta terça-feira

(Foto: Ilustração)

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (8) a redução nos preços da gasolina e do diesel em suas refinarias, a partir de hoje (9).

O preço médio da gasolina vai cair 4,4%, enquanto o valor médio do diesel vai recuar 3,8%. A informação consta em site da empresa no qual a petroleira detalha preços praticados nos 37 pontos de suprimento do mercado brasileiro, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S500.

LEIA MAIS

Petrobras reduz em 3% preço da gasolina nas refinarias

(Foto: Internet)

A Petrobras informou que a partir desta terça-feira (11) vai reduzir em 3% o preço médio da gasolina nas suas refinarias. O valor médio do litro passará de R$ 1,8144 para R$ 1,7595, uma redução de cinco centavos. Já o preço do diesel foi mantido inalterado.

Trata-se da segunda redução da gasolina no mês. No dia 1º de junho, a Petrobras reduziu o valor da gasolina em 7,16% e o do diesel em 6%.

LEIA MAIS

Petrobras reduz preço da gasolina nas refinarias a partir de hoje

Diesel seguirá estável, segundo estatal (Foto: Guilherme Testa)

4,4% é a média da redução do preço da gasolina nas refinarias. A diminuição no preço foi anunciado pela Petrobras na última sexta-feira (24) e passa a valer neste sábado (25). O corte é de 0,0907 real por litro, representando o primeiro reajuste da gasolina desde 30 de abril de 2019.

Já o diesel seguirá estável, segundo a estatal. A queda no preço do combustível acontece em uma semana que o mercado de petróleo marcou o pior desempenho de 2019, com o barril do Brent, referência internacional, recuando 4,5%.

Houve também valorização do real em relação ao dólar. A moeda americana iniciou a semana vendida a R$ 4,08 e fechou o período valendo R$ 4,01. Todavia, o repasse do preço da gasolina ao consumidor final depende tanto das distribuidoras como dos postos de combustível.

Segundo a companhia, o valor da gasolina na refinaria equivale a 25% do total. Outro 16% são da distribuidora e dos postos, e 59%, de imposto. (Com informações da Veja).

Petrobras volta a aumentar o preço da gasolina nas refinarias

(Foto: Heudes Régis/ JC Imagem)

A Petrobras anunciou ONTEM (23) um aumento médio de R$ 0,0396 no preço da gasolina nas suas refinarias, após 18 dias sem reajustes. Com a alta, o preço médio por litro passa a R$ 1,975 – um reajuste de 2,046% em relação ao preço médio anterior de R$ 1,9354.

Pelo preço médio, a gasolina da Petrobras tem seu maior valor desde 30 de outubro de 2018, segundo dados publicados anteriormente pela estatal. Naquela ocasião, o litro do combustível era vendido, em média, por R$ 1,9855.

O reajuste desta terça vai na mesma linha do avanço dos preços da gasolina no mercado internacional. De acordo com a Reuters, a gasolina nos EUA subiu 8,5% de 5 de abril até a segunda-feira, na esteira dos valores do petróleo, que também atingiram seus maiores níveis em quase seis meses.

Com informações do G1

Petrobras sobe preço da gasolina nas refinarias em R$ 0,10

(Foto: Heudes Régis/ JC Imagem)

A Petrobras anunciou, na última quinta-feira (4), um aumento de R$ 0,10 no preço do litro da gasolina nas refinarias. O novo valor começou a ser praticado nesta sexta-feira (5). Segundo a companhia, o litro da gasolina subiu de R$ 1,8326 para R$ 1,9354. O valor do diesel, por enquanto, segue inalterado, em R$ 2,1432.

Os valores refletem o preço praticado para as distribuidoras, sem tributos, e em cima deles são acrescentados diversos impostos e margens de lucro em cada etapa do processo, até chegar ao valor final nas bombas. Este é livre e regido pelas regras do mercado e varia em cada estado, principalmente pela grande diferença de ICMS.

LEIA MAIS

Petrobras reduz preço da gasolina em 1,38% nas refinarias

O preço do diesel foi mantido em R$ 1,8545, o mesmo valor desde 1º de janeiro.

A Petrobras anunciou nessa terça-feira (08) uma redução de 1,38% no preço da gasolina vendida em suas refinarias. O litro do combustível passará a ser comercializado a R$ 1,4337 a partir desta quarta-feira (09), dois centavos a menos do que o preço praticado ontem (R$ 1,4537).

Essa é a terceira queda consecutiva do preço do combustível, que começou o ano sendo vendido a R$ 1,5087 por litro. Desde o dia 1º, a gasolina acumula queda de 4,97% no preço nas refinarias da estatal.

Petrobras reduz pelo 2º dia seguido preço da gasolina nas refinarias

Pelo segundo dia seguido, a Petrobras reduz o preço da gasolina vendida nas refinarias. Nesta sexta-feira (4), a empresa está negociando o litro do combustível a R$ 1,4537. Ontem (3) a estatal já havia reduzido o preço de R$ 1,5087 para R$ 1,4675.

De acordo com a Petrobras, a política de preços da empresa para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras “tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo”.

LEIA MAIS

Preço da gasolina nas refinarias tem queda e passa a ser vendido a R$ 1,46

(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)

O ano começou com queda no preço da gasolina nas refinarias do país. O litro passou de R$ 1,5087 para R$ 1,4675 nessa quinta-feira (3). Essa foi a primeira redução no ano, a última aconteceu ainda em 28 de dezembro passado, quando houve queda de aproximadamente R$ 0,55 centavos.

De acordo com a Petrobras, a política de preços da empresa para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras “tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo”.

Segundo a estatal, essa “paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos”.

Com informações da Agência Brasil

Apesar da redução do preço da gasolina nas refinarias, consumidores de Petrolina reclamam do valor cobrado nos postos

(Foto: Arquivo)

O mês de outubro foi marcado por quedas no preço da gasolina tipo A nas refinarias. Mas os consumidores de Petrolina não estão sentindo essa redução nos postos de combustíveis da cidade. O leitor Luis Henrique abasteceu seu veículo em um estabelecimento na Avenida São Francisco, no bairro Areia Branca e criticou o valor cobrado no litro.

Segundo Luis, o posto já teria recebido o combustível com valor novo, entretanto não repassou o reajuste ao consumidor final. “Não houve nenhum mudança no valor da gasolina, perguntei pra o frentista se eles receberam algum novo caminho de combustíveis já com o novo valor e ele me informou que sim”, afirmou à nossa produção.

Citando os direitos do consumidor, Luis fez um desabafo: “não é possível ver redução nas bombas dos postos de combustíveis de Petrolina. O diretor do consumidor tem que ser respeitado”, finaliza. Na cidade, o preço médio da gasolina é de R$ 5,04.

Gasolina tem nova redução, preço do diesel se mantém estável nas refinarias

(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)

A partir dessa sexta-feira (26) a Petrobras estará comercializando a gasolina tipo A sem tributo nas refinarias no valor de R$ 1,9855. Essa é a quarta redução no preço do combustível em menos de uma semana.

Entretanto, o diesel se manterá estável a R$ 2,3606 informou a estatal em seu site oficial. Em setembro a Petrobras mudou sua política de reajuste e criou um mecanismo de proteção complementar chamado de hedge.

Apesar da redução nas refinarias, ainda não foi possível ver uma queda no valor da gasolina nas bombas dos potos de Petrolina. O preço médio do combustível é de R$ 5,05, mas há locais cobrando R$ 5,30.

Petrobras anuncia corte no preço médio da gasolina para esta terça-feira (23)

(Foto: Guilherme Testa)

A Petrobras anunciou na manhã dessa segunda-feira (22) o corte de 2% no preço médio do litro da gasolina A, que está sem tributo nas refinarias.

Dessa forma, a partir de amanhã (23), o preço do combustível será de R$ 2,0639. A Petrobras também anunciou que o diesel não terá alteração, mantido em R$ 2,3606.

Esse é o segundo corte no preço médio anunciado pela estatal. Na semana passada o valor foi reajustado para os dois combustíveis, diesel e gasolina.

Preço do litro da gasolina nas refinarias terá redução a partir deste sábado

(Foto: Reprodução/Internet)

O litro da gasolina A terá uma redução de 2% no preço médio neste sábado (20), informou a Petrobras. O corte no valor foi possível já que o produto que terá tributação nas refinarias e será comercializado a R$ 2,1060 neste final de semana.

Conforme apuração da revista Exame, o preço médio do diesel também será reduzido, chegando a R$ 2,3606 conforme tabela divulgada no site da Petrobras.

No entanto, não foi informada de que forma a redução será sentida no bolso do consumidor final nos postos de combustível. Em Petrolina há estabelecimentos com preços acima de R$ 5,30 no litro da gasolina comum e R$ 3,89 para o diesel.

123