Advogado pernambucano procurado pela Interpol é preso em São Paulo

O suspeito cobrava entre R$ 6.500 e R$ 9.500 de forma adiantada pelo serviço.

Um advogado pernambucano foi preso nesse domingo (06), em São Paulo, suspeito de aplicar golpes contra diversos clientes que buscavam a emissão de documentos de cidadania estrangeira e de revalidação de diploma para profissionais que queriam trabalhar fora do Brasil. Ele foi preso quando desembarcava de um voo que seguia de Los Angeles (EUA) para São Paulo.

Identificado como Rodolfo José Cottard Giestosa Filho, de 33 anos, o advogado estava sendo procurado em mais de 190 países, após a Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) ativar um alerta contra ele. Rodolfo passou a ser investigado depois que 34 pessoas relataram ter sido vítimas do advogado.

LEIA MAIS

Alerta: Estelionatária atua com golpes em Petrolina e Juazeiro

Objetos eram vendidos com valores baixos na internet.

Nosso blog recebeu, neste sábado (05), uma denúncia informando sobre a atuação de uma estelionatária em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Uma mulher, identificada como Vitória Araújo, estaria comprando objetos com a promessa de pagar em um curto prazo – mas sem pagar, o que carateriza a fraude – e vendendo por baixos valores na internet.

De acordo com a denúncia, feita por Lucas Pereira de Carvalho, morador do São Gonçalo, em Petrolina, a acusada usava de diversos nomes para enganar os clientes. Além disso, a mulher levava os vendedores até a sua residência, que, no entanto, eram casas alugadas, nas duas cidades, por apenas um dia para iludir as vítimas.

Lucas, que foi vítima do golpe, vendeu uma TV à suspeita. “Ela estava morando perto do meu bairro. Coloquei na internet para vender e ela entrou em contato comigo. Disse que tinha interesse, mas que estava sem dinheiro no momento e que só poderia pagar no dia 03 de setembro. Eu disse que se ela me desse uma parte, eu vendia. Ela disse que precisava da TV no dia e que no outro dia daria metade do valor. Eu vendi, mas no outro dia ela não estava lá. No outro dia fui novamente e tinha sete pessoas com o mesmo problema”, contou ao nosso blog.

LEIA MAIS

Mulher acusada de aplicar golpes pelas redes sociais é presa em Petrolina

(Foto: Ilustração)

Uma mulher foi presa, na última sexta-feira (27), suspeita de clonar redes sociais para pedir dinheiro, em Petrolina (PE). De acordo com informações da Polícia Civil, pelo menos três pessoas foram vitimas do golpe. Uma das vítimas, que prefere não ser identificada, depositou R$ 700 para uma amiga, depois de um pedido feito pela rede social da pessoa.

“Veio falando se eu tinha algum aplicativo de banco. Aí eu disse que tinha, mas ela pediu pra eu fazer uma transferência eu disse: ‘Eu não sei fazer transferência’ e ela: ‘Mas tem como você depositar?’ e eu disse: ‘Você tá precisando de quanto?’ e ela: ‘de 700 reais’. Aí eu disse: ‘Pronto, tem uma lotérica aqui perto de casa. Eu vou lá e deposito’. Aí assim que eu depositei eu mandei a foto do comprovante. Foi quando minha amiga viu que não tinha sido ela”, explicou.

LEIA MAIS

Polícia Federal alerta sobre golpe no WhatsApp envolvendo o saque do FGTS

(Foto: Internet)

A Polícia Federal divulgou alerta sobre mensagens recebidas pelo WhatsApp depois de mais um golpe estar circulando no país envolvendo o saque do FGTS.

Para quem tiver conta poupança na Caixa, os saques já começaram no dia 13 de setembro e para quem não tem, a retirada dos valores estará disponível a partir de 18 de outubro e ficarão disponíveis até 31 de março de 2020. Porém, cabe um alerta sobre uma mensagem enviada para o celular prometendo o pagamento retroativo e o saque dos valores do FGTS.

Os ataques funcionam assim: a vítima recebe o link malicioso. O site é aberto e geralmente há um questionário de quatro perguntas para serem respondidas (Nº PIS/PASEP, Data de Nascimento, CPF, Senha do Cartão Cidadão). Após enviar as respostas, a vítima é incentivada a compartilhar esse mesmo link com mais 10 contatos.

LEIA MAIS

Alerta: criminosos usam personagens da Turma da Mônica para roubar dados internautas

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

A Turma da Mônica é sucesso nacional e o desenho criado por Maurício de Sousa vem sendo utilizado para cometer crimes. Um novo golpe na internet busca atrair crianças a solicitarem dados de cartão de crédito dos pais, repassando as informações a terceiros.

Os criminosos utilizam o WhatsApp para disseminar as imagens do desenho e depois cometem fraudes com os dados dos cartões repassados pelas vítimas. Segundo a Policia Federal, a ação se caracteriza como estelionato e a PF pede mais atenção.

Em matéria publicada no Diário de Pernambuco nessa terça-feira (3), a PF informa não ter nenhuma notícia sobre vítimas, mas faz um alerta “para que uma criança caísse nesse crime ela teria que saber ler, entender o que é um cartão de crédito, código de segurança e a data de sua expiração. Então por todos esses pontos é que se chega à conclusão de que não de trata de um golpe e sim de mais um boato”.

Criador da personagem Mônica, Maurício de Sousa utilizou as redes sociais pedindo aos pais que não repassem dados de cartões e que não tem relação com as postagens no aplicativo de mensagem.

Secretaria da Saúde alerta população de Juazeiro sobre golpe de ‘falsos fiscais da Vigilância Sanitária’

(Foto: Divulgação)

Em comunicado divulgado na tarde de hoje (23), a Secretária da Saúde de Juazeiro (SESAU), chama atenção da população juazeirense para um crime cometido por falsos fiscais, que estão se aproveitando da Vigilância Sanitária para aplicar golpes em estabelecimentos comerciais da cidade.

A SESAU alerta que em casos de fiscalizações feitas sem aviso prévio, o dono do estabelecimento deve observar se os fiscais que visitam os locais estão devidamente fardados e identificados (com o nome do órgão e a logomarca do município bordados na camisa), e se estão portando o crachá com nome e foto dos agentes. É importante lembrar que os agentes da Vigilância Sanitária, durante o serviço, sempre andam em equipe (dupla ou trio).

LEIA MAIS

Mulher perde R$ 10 mil em golpe de estelionatários no Centro de Petrolina

Na delegacia, a vítima foi informada de que esse tipo de crime tem sido constante na cidade.

Uma mulher, que preferiu não se identificar, entrou em contato com o nosso blog para relatar um golpe aplicado por estelionatários no Centro de Petrolina (PE) e alertar a população para esse tipo de crime. Segundo a denúncia, os criminosos conseguiram levar R$ 10 mil em espécie.

De acordo com a vítima, um senhor, que estava sentado próximo à Receita Federal de Petrolina, pediu uma informação sobre um endereço que estava em um papel. Em seguida, o senhor disse ter ganho em uma loteria e que iria receber R$ 20 mil no endereço. No entanto, após mostrar o bilhete sorteado, que era falso, a vítima informou que na verdade se tratava de R$ 600 mil.

Mostrando nervosismo, o senhor agradeceu à mulher e pediu que o ajudasse a sacar o dinheiro, já que, supostamente, seria vítima de um golpe. Nesse instante, um rapaz bem vestido, que fazia parte do golpe, passava no local quando foi solicitado pelo senhor.

LEIA MAIS

Polícia Federal alerta para golpe aplicado via WhatsApp envolvendo o Bolsa Família

(Foto: Divulgação/PF)

Uma mensagem enviada por meio do WhatsApp, avisando sobre o início das inscrições para receber o 13º salário pelo programa Bolsa Família, tem circulado nos últimos dias. Nela, vem um link de acesso a um site (https://ganhardinheirodicas.com/bolsafamilia ou bolsafamilia.top) que, supostamente, revelaria se a pessoa tem direito ou não ao benefício. Cuidado. Trata-se se de um golpe, alerta a Polícia Federal (PF).

Segundo informações da PF, ao clicar no link, o usuário é levado para uma tela com o logotipo do programa, e os usuários são instruídos a preencher um formulário de uma pesquisa com algumas informações pessoais, como nome completo, endereço e CPF. Após completar o questionário, o site informa que para acessar o benefício, o usuário precisa compartilhar o link com seus contatos e grupos do WhatsApp (espalhando assim o golpe para terceiros), e que conceda permissão para receber notificações (tornando possível outros golpes serem enviados para a pessoa).Terminada essa etapa, o usuário é então direcionado a uma página falsa onde será pedido que ele faça o download de alguns aplicativos — que, obviamente, estão infectados com arquivos maliciosos. 

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina alerta população sobre golpe da Casa Bolsa

Pessoas agindo de má fé estão prejudicando usuários dos programas sociais em Petrolina e a Prefeitura precisou vir a público fazer um alerta sobre o golpe da Casa Bolsa. Segundo o Executivo, beneficiários estão recebendo ligações para fazer a atualização cadastral e pedindo informações pessoais.

A prática, no entanto, não é o procedimento padrão. “Temos nossos canais oficiais para o atendimento na ‘Casa Bolsa’ aos beneficiários dos programas sociais. Recebemos algumas pessoas que foram surpreendidas com ligações solicitando dados, como CPF e nomes dos filhos. Só telefonamos para o usuário em caso de, no dia da visita domiciliar, precisarmos de um ponto de referência do endereço. Mas informações pessoais, não solicitamos por telefone”, orienta diretora de atenção social, Gláucia Andrade.

Quem precisar dos serviços da Casa Bolsa deve ir pessoalmente ao local, na Avenida Tancredo Neves, nº 1019, centro, próximo ao Centro de Convenções.O telefone para dúvidas ou agendamentos é o (87) 3863-6871.

Polícia Civil de Petrolina alerta sobre golpe praticado através de site de compras

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil de Pernambuco, por meio da 214ª Delegacia de Petrolina (PE), emitiu uma alerta sobre um golpe realizado através do site de compras OLX. De acordo com informações da Polícia, no golpe, um estelionatário visualiza um anúncio de determinado veículo, criando e divulgando outro anúncio com as mesmas características, porém com um preço inferior. Quando a vítima entra em contato com o estelionatário este entra em contato com o anunciante verdadeiro e passa a intermediar uma negociação, combinando, inclusive, o encontro entre o anunciante e o comprador para analisar o veículo.

No entanto, o estelionatário comunica a cada um que não falem de valores, Informando para o comprador que o veículo está com um valor inferior em decorrência de uma dívida (ou algum outro negócio) entre ele e o vendedor. Para o vendedor, informa que conseguiu um valor melhor (ou que possui algum outro negócio com o comprador).

LEIA MAIS

Alerta: CDL Petrolina dá dica de como se proteger de golpe realizado via WhatsApp e ligações telefônicas

(Foto: Internet)

Segundo informações da Câmara de Dirigentes Logistas de Petrolina (PE), o comércio do Vale do São Francisco está em alerta com mais uma fraude. Agora, os criminosos estão se passando por empresários, realizando compras através de ligações telefônicas e mensagens de texto via aplicativo WhatsApp. Várias pessoas foram vítimas do golpe, especialmente no comércio da região.

Preocupada com a situação, a CDL Petrolina orienta a população, sobretudo os comerciantes, para que fiquem atentos ao despachar qualquer mercadoria em nome de terceiros, devendo se certificar sobre a veracidade e a procedência da ligação, principalmente se o pedido vier com solicitação de depósito.

LEIA MAIS

Polícia Militar de Juazeiro prende estelionatários e recupera mais de R$ 44 mil 

Toda quantia retirada de conta foi recuperada (foto: Polícia Militar/Divulgação)

Dois homens foram presos na tarde de sexta-feira (25) em Juazeiro (BA) sob a acusação de estelionato. Segundo a 73ª CIPM, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência em uma agência bancária do Banco do Brasil.

A Diretoria de Segurança do BB de Brasília (DF) denunciou um golpe que estava sendo aplicado na agência localizada na Avenida Adolfo Viana. Os suspeitos estariam retirando dinheiro de um golpe, cuja vítima é de Balneário Camboriú (SC).

Um agente entrou na unidade a paisana e foi informado pelo gerente que um dos suspeitos sacou R$ 44.990,00 e outros R$ 3 mil no terminal eletrônico. A conta foi bloqueada de imediato e após os dois pegarem o dinheiro a PM deu voz de prisão.

Com os suspeitos a polícia apreendeu um relógio importado, uma agenda, 10 filhas de cheque em branco, uma CNH, quatro celulares, um tablet e um HD externo. Todo material foi recolhido e entregue à Polícia Civil.

Prefeitura de Casa Nova faz alerta para suposto golpe no programa Brasil Sorridente

(Foto: Reprodução/Site da prefeitura de Casa Nova)

As notícias que estão circulando nas redes sociais a respeito do cadastro no programa Brasil Sorridente, em Casa Nova (BA) são falsas. De acordo com a Prefeitura, o Ministério da Saúde emitiu um comunicado oficial alertando a comunidade sobre um suposto golpe que estaria sendo aplicado na internet.

Mensagens estariam pedindo para a população efetuar um cadastro no programa, para assim ser atendido pelo município. No entanto, segundo a secretária de Saúde, Maria de Lourdes Silva Santos, o serviço prestado pela pasta em Casa Nova é gratuito e não exige cadastro.

Em Casa Nova o Programa atende desde o inicio da gestão, sem necessidade de cadastro e por determinação do Prefeito Wilker Torres, temos levado o trailer de odontologia às mais diversas localidades do município. Não há cobrança, não há cadastro. Oferecemos este serviço de forma gratuita e universal“, disse em nota.

LEIA MAIS

Alerta! Novo golpe do INSS já fez mais de 200 vítimas, em Pernambuco

Beneficiários do INSS denunciam que encontram as contas zeradas ao tentar fazer saque. (Foto: Agência Brasil)

Desde a primeira semana de setembro, a Polícia Federal investiga um novo golpe que está tirando o sono de centenas de pessoas que recebem mensalmente o benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com as vítimas, ao tentarem fazer o saque de dinheiro, elas encontram as contas zeradas. O estado de Pernambuco parece ter sido o alvo escolhido pelos bandidos.

Somente na semana passada, mais de 200 pessoas procuraram a Delegacia de Casa Amarela, no Recife, para denunciar que foram vítimas do golpe. Elas relataram à polícia que procuraram funcionários da Caixa Econômica Federal para pedir ajuda, mas foram orientados a prestar queixa, porque se tratava de um golpe. Segundo elas, o dinheiro estaria sendo desviado para outros estados do Nordeste.

No Agreste Pernambucano, vários casos semelhantes foram registrados. Pelo menos 40 pessoas procuraram a Delegacia de Gravatá (PE), para denunciar o golpe. Em Caruaru (PE), mais de 20 já registraram o boletim de ocorrência.

Como o INSS se trata de um órgão federal, as queixas registradas pela Polícia Civil de Pernambuco estão sendo encaminhadas à Polícia Federal. Uma delegada já assumiu as investigações, mas por enquanto nenhuma informação sobre o novo golpe foi divulgada.

Com a onda do novo golpe, fica o alerta aos beneficiários de Petrolina (PE) e cidades circunvizinhas. Se ocorrer algo parecido, procure a gerência da agência e em seguida faça o boletim de ocorrência para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Após apreensão de R$ 9,5 mil em cédulas falsas, PF apura falsificação de dinheiro em Juazeiro

(Foto: Ilustração)

Depois do registro de quatro golpes e a apreensão de R$ 9.500,00 em cédulas falsas, a Polícia Federal (PF) deu início a uma investigação em Juazeiro (BA).  Segundo a PF, os golpes foram verificados em menos de 30 dias.

De acordo com o portal G1 BA, um homem – que preferiu não se identificar – foi pego de surpresa ao tentar depositar R$ 2.400,00 após vender uma motocicleta. Todas as 24 cédulas de R$ 100 eram falsas. “É um sentimento muito ruim, né? Porque tomar um golpe desse é um baque muito grande, né?”, contou.

Em outro caso, nessa terça-feira (26), um homem vendeu um carro por R$ 5.200,00, mas, em seguida, percebeu que o dinheiro que recebeu era falso.

Conforme o delegado da PF, Rodrigo Andrade, todas as cédulas apreendidas possuem os mesmos números de série: EB57289291 e CC135792468. Ainda não há informações sobre suspeitos. O caso está sob investigação.

“Eles tentam, de alguma forma, colocar no comércio. Seja comprando, no caso aqui, que a gente identificou, foi comprando veículos. Mas também têm pessoas que a gente localiza comprando no comércio produtos menores e pegando o troco. Então, a pessoa chega com R$ 100, compra um refrigerante, compra qualquer coisa ali de R$ 5, de R$ 10, pega pega o troco e, aí, o prejuízo fica para o comerciante”, disse.

LEIA MAIS
12345