Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Moradores do Residencial Vivendas inciam campanha para ajudar família que teve casa destruída em incêndio

Família perdeu tudo no incêndio da última semana (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O incêndio na última sexta-feira (12) destruiu o apartamento de uma família que mora no Residencial Vivendas 1, em Petrolina. Em meio a essa  tragédia, a comunidade se uniu em uma campanha e está arrecadando mantimentos para ajudar os desabrigados.

LEIA TAMBÉM:

Incêndio assusta moradores do Residencial Vivendas; Bombeiros estão no local

Podem ser doados itens novos ou usados, mas em bom estado de conservação, como roupas, calçados, lençóis e móveis que serão destinados aos sete moradores do apartamento: são três crianças e quatro adultos, sendo que uma das mulheres está grávida.

Enquanto se recupera desse momento difícil, a família está morando na Rua M, Bloco Petrolândia, Apto 04, no próprio Vivendas. Apesar do susto, ninguém se feriu. As doações podem ser feitas pessoalmente ou através dos representantes da Associação de Moradores do Residencial através do número: (87) 98842-0937 (Luciana).

Incêndio assusta moradores do Residencial Vivendas; Bombeiros estão no local

Bombeiros estão no local (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um incêndio em um apartamento no Residencial Vivendas 1, em Petrolina assustou moradores do conjunto habitacional. As chamas teriam se iniciado pouco antes de 9h40, provocando correria nas residências vizinhas.

Nossa produção entrou em contato com o Corpo de Bombeiros Militar de Petrolina, que informou ter deslocado uma equipe ao Vivendas 1. Os bombeiros continuam no local, mas até o momento não há informações oficiais acerca das causas do incêndio e registro de feridos.

Os próprios moradores acionaram a equipe que prontamente se deslocou ao endereço. O Blog segue acompanhando a situação.

Incêndio atinge duas lojas no Centro de Juazeiro

O Corpo de Bombeiros Militar de Juazeiro está nesse momento na Rua da 28, Centro da cidade, tentando combater um incêndio que atinge duas lojas de confecções. O fogo começou na loja de confecções Cheia de Charme e passou para o outro estabelecimento, também de confecções, AnaJú.

As chamas teriam começado pouco depois de 18h, segundo informações colhidas pela nossa equipe, que está no local. De acordo com Carlos Eduardo Teles, da Guarda Civil Municipal, populares acionaram a Guarda por volta de 18h20 para informar sobre o incêndio.

De imediato acionamos o Corpo de Bombeiros e nos deslocamos para a área, fizemos o isolamento da área até a chegada dos Bombeiros. A chegada foi muito rápida”, contou ao Blog. A Guarda segue no local, orientando a população para se manter afastada enquanto os bombeiros trabalham.

De acordo com o proprietário da loja Anajú, Daniel Fernandes Santos, que atua na cidade há cerca de cinco anos, ele havia passado em seu estabelecimento uma hora antes do incêndio iniciar e estava tudo normal. “Por coincidência encontramos o proprietário da Cheia de Charme no shopping e informamos que havíamos recebido uma ligação avisando sobre o incêndio na loja dele”.

Ainda segundo Daniel, o Corpo de Bombeiros acredita que um curto circuito no computador da recepção da loja Cheia de Charme pode ter sido a causa do incêndio. Como são mercadorias e marcas diferenciadas, não foi possível mensurar o valor do prejuízo causado pelas chamas.

Donos de lojas vizinhas estão chegando ao local para verificar se também foram atingidas pelo fogo. Segundo nossa equipe, os proprietários abrem seus estabelecimentos, olham e saem após perceberem que não houve incêndio em suas lojas. Muitos curiosos acompanham o trabalho dos bombeiros.

As chamas já foram controlados pelos Bombeiros e não há mais foco de incêndio. Não houve feridos, já que hoje (2) é feriado na Bahia e os estabelecimentos estavam fechados. Os bombeiros precisaram arrombar as portas para tentar combater o fogo.

Confira o vídeo da ação dos bombeiros

Incêndio atinge a Catedral de Notre-Dame em Paris

(Foto: François Guillot/AFP)

Desde o início da tarde de hoje (15), um incêndio atinge a Catedral de Notre-Dame, no Centro de Paris. A fumaça pode ser vista do topo do patrimônio considerado uma referência histórica da capital francesa.

A prefeita da cidade, Anne Hidalgo, usou sua conta pessoal no Twitter para lamentar o “terrível” acidente em curso e exaltar o trabalho dos bombeiros que estão no local tentando combater as chamas. “Estamos mobilizados no local em estreita ligação com o @dioceseParis. Peço a todos respeito ao perímetro de segurança”, destacou a prefeita.

LEIA MAIS

Princípio de incêndio na agência do Bradesco da Dom Vital em Petrolina

Imagens feitas por um popular na noite desta quarta-feira (20), registraram uma ação do Copo de Bombeiros em frente a agência do Bradesco da rua Dom Vital no centro de Petrolina. De acordo com a narrativa do autor das imagens, houve um princípio de incêndio no primeiro andar, em uma das salas do banco.

A ação do Corpo de Bombeiros foi rápida e logo eles conseguiram conter as chamas. Até o momento não fomos informados do que provocado este princípio de incêndio.

Vítimas de incêndio no CT do Flamengo tinham entre 14 e 17 anos

Atletas dormiam no momento do incêndio (Foto: Globoesporte.com)

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) adiou a partida entre Flamengo e Fluminense, marcada para este sábado (9) pela semifinal da Taça Guanabara. A decisão foi tomada após o incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo na manhã de hoje (8), que deixou 10 mortos.

Jogadores com idade entre 14 e 17 anos dormiam no local no momento do incêndio. Ainda não há informações sobre o que teria provocado as chamas e segundo o Corpo de Bombeiros Militar do RJ, os jovens estariam dormindo e não conseguiram fugir das chamas. Outras três pessoas ficaram feridas.

Um dos atletas mortos é o goleiro Christian Esmério, de 15 anos. Ele havia defendido a Seleção Brasileira nas categorias de base e vinha sendo monitorado por clubes do exterior. Dos 10 mortos, seis eram atletas e quatro funcionários do clube. As vítimas estão sendo identificadas pela Polícia Civil do RJ.

LEIA MAIS

Grupo religioso realiza evento beneficente em prol de donos de supermercado destruído por incêndio em Juazeiro

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

No dia 3 de janeiro deste ano, um incêndio destruiu grande parte da estrutura do Supermercado Sacolão, localizado na Rua Henrique Rocha, Nº 328, Centro de Juazeiro (BA). O 9º Grupamento de Bombeiros Militar investiga o caso.

Diante de tamanho dano ao patrimônio dos proprietário do estabelecimento, o grupo religioso “Filhos da Misericórdia” de Petrolina (PE) e Juazeiro está organizando uma feijoada e um bingo , para ajudar os empresários que  precisam pagar funcionários, duplicatas ,aluguel e reconstruir tudo o que foi danificado pelas chmas.

O evento beneficente será realizado no próximo domingo (10), no Clube do Marçom em Juazeiro. De acordo com a organização, a feijoada será servida a partir das 11h. Já o bingo que terá como premiação uma TV 32″, um Grill, uma micro-system, uma bicicleta e uma cesta de produtos da natura, começará às 14h30.

Incêndio atinge Serra do Cruzeiro em Jaguarari

(Foto: Brigada da Jaguatirica/ Divulgação)

O município de Jaguarari, no norte da Bahia vive desde sexta-feira (25) um cenário de caos na Serra do Cruzeiro. Um incêndio de grandes proporções atinge o local, afetando a fauna e flora. De acordo com o Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inema), em Senhor do Bonfim, as chamas podem ter sido provocadas por fogos de artifícios.

Os fogos teriam sido lançados durante um festival religioso. A nascente do rio também está sendo afetada pelo fogo e equipes do Corpo de Bombeiros Militar e da Brigada Voluntária Jaguatirica trabalham no local desde ontem.

O Inema alerta a população que ações como limpeza de área, bituca de cigarro, uso de fogos de artifícios, fogueiras, sem o acompanhamento e monitoramento do uso do fogo, podem causar incêndios em áreas como a Serra do Cruzeiro. Com informações do G1 Bahia.

Bahia: PM prende jovem suspeito de incendiar colégio em Rodelas

(Foto: Acervo Pessoal / Generino Gabriel de Jesus )

A Polícia Militar da Bahia prendeu ontem (6) o principal suspeito de incendiar o Colégio Estadual Dulcina Cruz Lima, em Rodelas, cidade localizada a 115 km de Paulo Afonso. De acordo com a PM, Danilo Santos Conceição, de 18 anos confessou a ação criminosa da madrugada de sábado (5).

As chamas destruíram quase metade da estrutura da escola, queimou as fichas de alunos, notebooks, computadores, impressoras, projetores e ventiladores. Ninguém ficou ferido. Esse foi o terceiro ataque contra a unidade desde o dia 25 de dezembro.

Com Danilo a PM conseguiu recuperar alguns itens roubados, como notebook, caixas de som e fios de computador.  O suspeito afirmou aos policiais que cometeu o crime para comprar drogas. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Paulo Afonso. O colégio tem 500 alunos e funciona o ensino fundamental, médio e técnico.

Com informações do Correio da Bahia

Incêndio em mercado de Juazeiro já está controlado

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um incêndio no início da manhã dessa quinta-feira (3) assustou os moradores da Rua Henrique Rocha, Centro de Juazeiro (BA). As chamas destruíram parte de um mercado localizado nessa via, mas apesar do susto o 9º Grupamento de Bombeiros Militar afirmou à nossa equipe que não houve feridos.

Ainda segundo os bombeiros três viaturas foram enviadas ao local, para controlar o incêndio. Uma equipe de Petrolina também foi acionada para dar suporte na ação. O 9º Grupamento confirmou que as chamas já estão controladas e posteriormente serão investigadas as causas do incêndio.

Mais um incêndio atinge comunidade dos Pankararu

(Foto: Reprodução/Internet)

Um incêndio na noite de Natal (25) atingiu a Escola Estadual Indígena José Luciano, localizada no território Pankararu, no Sertão de Pernambuco. Esse é o terceiro caso semelhante registrado na cidade de Jatobá, onde os Pankararu residem.

O primeiro caso aconteceu em outubro, quando a Unidade de Saúde da Família e a Escola Municipal de Jatobá foram alvo de um incêndios. No começo de dezembro a igreja da aldeia foi vandalizada e teve seus vidros e portas quebradas.

“O incêndio foi nos mesmos moldes de outros ataques, em datas especiais, quando as pessoas estão distraídas durante a noite. Houve perda total de mesas, cadeiras, material escolar, o teto caiu”, relatou uma testemunha que não quis se identificar.

Os Pankararu utilizaram as redes sociais para desabafar e cobrar ação das autoridades. “A gente já não tem mais o que dizer além de que já passou dos limites. Agora são duas escolas, uma unidade de saúde e uma igreja incendiadas. Estão nos atacando onde nos é mais frágil: saúde, educação e fé. A população da aldeia Caldeirão agora segue em vigilância constante pra proteger a igreja da comunidade até que o Estado, a Polícia, a Justiça façam o seu trabalho de verdade. Seguiremos unidos, de pé e cabeça erguida”, relata a publicação no Facebook.

A Polícia Federal informou em nota estar investigando o fato, através da delegacia de Salgueiro. Por outro lado a secretaria de Educação do Estado (SEE) lamentou o fato. “Gerência Regional de Educação Submédio São Francisco enviou uma equipe nesta manhã para avaliar a situação da unidade e tomar as medidas cabíveis. A pasta afirma ainda que um boletim de ocorrência foi registrado e o caso está sendo investigado pela polícia”, afirmou a nota.

Com informações da Folha de Pernambuco

Pés de manga e coco ficam destruídos em incêndio no N-9

Um incêndio na noite de quarta-feira (21) assustou os trabalhadores de um lote no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 09, em Petrolina. As chamas rapidamente se alastraram e o Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para conter o fogo.

De acordo com os bombeiros testemunhas relataram às equipes que o fogo teve início após um transformador explodir, mas ainda não foi possível identificar a causa do incêndio. Apesar do susto ninguém ficou ferido, mas alguns pés de manga e coco ficaram completamente destruídos.

Veja a seguir o trabalho dos bombeiros para controlar o incêndio:

LEIA MAIS

Afrânio: comunitários arrecadam alimentos e dinheiro para família que teve casa destruída por incêndio

No último sábado (10), a comunidade de Pau Ferro, zona rural do distrito de Rajada, em Petrolina (PE), presenciou um incêndio em uma residência de propriedade do casal Maurício e Lena, que tem cinco filhos entre três e doze anos. O incidente destruiu todos os móveis, objetos de uso pessoal, roupas e comprometeu praticamente toda a estrutura da casa.

Diante da situação, parte dos moradores estão realizando uma campanha para arrecadação de alimentos, roupas, calçados, peças para cama, mesa e banho, utensílios para cozinha, móveis e dinheiro. Além disso, estão sendo arrecadados materiais de construção para restauração da casa.

Os interessados em participar da campanha podem fazer doações diretamente à família, no local da residência, localizada atrás do posto de gasolina, em Pau Ferro, ou procurar:

Em Rajada

  • Vera Lúcia Nunes – (87) 98147 1487 – Rua Antônio Vaz Filgueira;
  • Maria Sandriely – (87) 98100 2131 – Rua Gabriel Moreira;
  • Veromilton Nunes – (87) 98136 9842 – Rua Antônio Vaz Filgueira.

Em Petrolina

  • Dácio Quirino – (87) 988177101 – Gráfica Petrolina, na rua São Francisco, 578, no bairro Atrás da Banca.

MPF determina investigação e reforço na segurança após incêndio em aldeia indígena do município de Jatobá

(Foto: Reprodução/Folha de Pernambuco)

O Ministério Público Federal (MPF) em Serra Talhada (PE), determinou à Polícia Federal (PF) a abertura de um inquérito policial para investigar o incêndio que destruiu uma escola municipal e uma Unidade de Saúde da Família (USF) da aldeia Pankararu. O incêndio ocorreu na madrugada da última segunda-feira (29) na aldeia Bem Querer de Baixo, situada no município de Jatobá, Sertão Pernambucano.

De acordo com o MPF, a procuradora da República, Maria Beatriz Ribeiro Gonçalves requereu ainda que sejam implantadas rondas policiais diárias no local. Em nota divulgada nas redes sociais, o povo Pankararu alertou para a possibilidade de que o incêndio tenha sido criminoso. Eles também agradeceram o apoio dado após o ocorrido.

LEIA TAMBÉM:

Povo Pankararu denuncia incêndio em escola e UBS; Polícia Civil descarta intolerância política

Uma audiência pública para tratar da desintrusão – medida legal tomada para concretizar a posse efetiva da terra indígena a um povo – será realizada no dia 22 de novembro, às 9h30, na Câmara Municipal de Vereadores de Jatobá. O evento, segundo o MPF, já estava marcado antes de acontecer o incêndio.

LEIA MAIS

Povo Pankararu denuncia incêndio em escola e UBS; Polícia Civil descarta intolerância política

(Foto: Reprodução/Facebook)

O povo Pankararu, residente do município de Jatobá, Sertão de Pernambuco utilizou suas redes sociais para denunciar um ataque sofrido por eles na madrugada de segunda-feira (29). Segundo a publicação, uma escola e uma Unidade Básica de Saúde (UBS) foram incendiados e os indígenas alegam motivação política para o ataque.

Os indígenas alegam que o crime é consequência do discurso de violência propagado pelo presidente eleito no domingo (28), Jair Bolsonaro (PSL). No entanto, a Polícia Civil afirma que o crime está sendo investigado e pode ter havido a participação de posseiros que foram retirados do local.

“Não tem motivação política ou eleitoral nenhuma. Apesar de ser preliminar, a gente suspeita de ser uma consequência do procedimento de expulsão dos posseiros da comunidade indígena. O juiz determinou a reintegração de posse em favor dos indígenas e posseiros que moravam lá foram expulsos e não tiveram indenização por benfeitorias”, explicou o delegado Daniel Angeli.

LEIA MAIS
123