Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Senador Fernando Bezerra Coelho é recebido por ministros do novo governo e destaca irrigação

FBC esteve com a ministra da Agricultura, Teresa Cristina; Gustavo Canuto, ministro do Desenvolvimento Regional e Tarcísio Freitas, ministro de Infraestrutura. (Foto: ASCOM)

Cumprindo agendas de trabalho em Brasília (DF), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) reuniu-se, na tarde e noite de terça-feira (8), com três ministros do novo governo. Durante as audiências de cortesia – com Teresa Cristina (Agricultura), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) e Tarcísio Freitas (Infraestrutura) – o senador destacou a importância dos perímetros irrigados para a economia de Pernambuco, do Nordeste e do país.

“As declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de expansão da irrigação trazem ânimo para os nordestinos; especialmente, para os milhares de trabalhadores do Vale do São Francisco que vivem desta atividade econômica”, destaca Fernando Bezerra.

Parque Josepha Coelho será 100% irrigado e ganhará novos jardins e pista de skate

Apesar da intervenção, o Parque Josepha Coelho funcionará durante esse período normalmente. (Foto: Arquivo)

Depois de três décadas, finalmente, o Parque Josepha Coelho será 100% irrigado. A estrutura é um dos equipamentos que serão construídos pela Prefeitura de Petrolina a partir desta semana. A ordem de serviço para início das obras foi assinada pelo prefeito Miguel Coelho na última sexta-feira (08).

O Parque receberá um investimento de R$ 529 mil através de emenda parlamentar do deputado federal Fernando Filho. Além da implantação do sistema de irrigação para cobrir os 140 mil metros quadrados da área de lazer, será construída uma pista de concreto especial para prática de skate, no formato bowl, com um desenho arredondado. Será a primeira pista nesse estilo na região, possibilitando a realização de competições nacionais.

Ainda está previsto no projeto das obras um novo jardim sensorial. O  equipamento terá acabamento em eucalipto com fonte de água corrente, canteiros sensoriais com plantas de cheiro e espinhosas, pedras e cascas de madeira. A concepção do jardim é para aguçar os sentidos pelo olfato e tem caráter inclusivo para pessoas com deficiência.

LEIA MAIS

“O que me uniu ao grupo de Fernando Bezerra foi o Projeto Pontal”, disse Guilherme Coelho

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante o evento para anúncio de investimentos do Governo Federal no Projeto Pontal de Irrigação, nesta quinta-feira (30), o ex-deputado federal e suplente Guilherme Coelho (PSDB) afirmou que o motivo de ter se unido ao grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) foi a continuidade do Pontal.

“Se vocês me perguntassem o que me uniu politicamente ao grupo do senador Fernando Bezerra, foi o Projeto Pontal. Em conversa com o senador eu disse: senador todo mundo vai perder uma guerra na vida, que é a morte. Mas meu pai perdeu duas, a morte e o sonho dele do Pontal. E graças a Deus com o esforço do senador nós estamos anunciando obras importantes, dinheiro em caixa para que a irrigação volte para a nossa região”, disse.

Sobre as eleições de 2018, Guilherme afirmou que seu lugar é em Brasília. “Eu reflito onde devo estar no próximo ano e eu quero em Brasília fazer com que as pessoas tenham dias melhores, eu penso que lá é o meu lugar para eu continuar um grande serviço a todos”.

Prefeitura inicia projeto piloto para uso de água salobra em plantações de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Aproveitar ao máximo as águas de poços tubulares para ampliar a produção e renda dos agricultores de Petrolina. Essa é a ideia principal do projeto ‘Terreiros Produtivos’, que foi iniciado esta semana, na fazenda Carretão, comunidade de Caititu, zona rural do município.

A primeira unidade beneficiada está sob monitoramento dos técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário. Nesse trabalho, os agricultores são orientados a empregar a água salobra de forma correta, técnica e em quantidades pré-estabelecidas nas pequenas plantações de espécies características da região.

A unidade demonstrativa utilizará a água de um poço tubular perfurado na gestão do prefeito Miguel Coelho. A vazão do sistema de abastecimento é de 3.000 litros/hora e irrigará, inicialmente, uma área de 0,5 hectares de palma e 0,4 hectares de sorgo forrageiro.

LEIA MAIS

Juazeiro participa de atividade experimental de reúso da água para irrigação de forragens em Pinhões

Os benefícios do reuso de água são diversos. (Foto: ASCOM)

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária de Juazeiro, Tiano Felix, acompanhado do técnico em pecuária da ADEAP, João Luiz, estiveram na última sexta-feira (03), na comunidade de Lagoa do Boi, distrito de Pinhões, participando de atividade experimental de reaproveitamento da água residencial (cinza) para irrigação de forragens em Juazeiro. Uma iniciativa do Programa Bahia Produtiva, executado pelo governo do estado em parceria com a ADEAP e o IRPAA.

Durante a experiência que contou com a presença da Associação de Mulheres e Amigos Criadores Rurais de Lagoa do Boi, iniciou-se os testes de um sistema de reúso de água residencial para a irrigação de forrageiras que servirá de alimento para os caprinos e ovinos da localidade.

“Participamos da primeira experiência de reúso da água cinza para produção de forragem, uma opção de custo barato destinado às casas que utilizam em média 200 litros de água por dia. Se tudo der certo nessa primeira experiência, nós teremos a capacidade de implantar um quintal de palma em cada casa, com custo muito barato e acessível aos produtores”, explicou Tiano Felix.

Água cinza é aquela proveniente de banhos, máquinas de lavar roupa e lavatórios de banheiro, que não entraram em contato com águas negras. Não são incluídas na água cinza o efluente gerado na cozinha e dos vasos sanitários devido às suas características.

LEIA MAIS

Suspensão de captação de água do Rio São Francisco preocupa produtores da região

(Foto: Arquivo)

A medida de suspensão de captação de água no Velho Chico foi determinada pela Agência Nacional de Água (ANA) e começa a valer hoje. De acordo com a ANA, caso o racionamento não seja realizado, o volume útil do líquido no rio chegará a zero antes do ano terminar.

Os produtores da região ainda não sabem como proceder à suspensão de captação de água no Velho Chico que acontecerá todas as quartas-feiras. Diariamente, cerca de 26% do volume de água drenado do São Francisco em Pernambuco se destina à irrigação. Em Pernambuco, mais de 30 municípios sertanejos são abastecidos com a água retirada do São Francisco. Os recursos hídricos são responsáveis, ainda, por irrigar os cultivos de fruticultura em localidades como Petrolina, Santa Maria da Boa Vista e Petrolândia.

A captação de água continuará sendo permitida para o abastecimento humano e de animais, conforme prevê a Política Nacional de Recursos Hídricos (Lei 9.433/97), que considera esses casos prioritários quando há escassez de água. Os produtores da região do Vale do São Francisco, por outro lado, estão de mãos atadas.

“Nós precisamos de água diariamente e, até o momento, não fomos procurados para debater quais serão as alternativas para os produtores locais. Porque não podemos aumentar a captação de água nos outros dias para criar reservatórios, então ainda não sabemos o que poderemos fazer e estamos aguardando um posicionamento. Hoje, não haverá água para irrigar as culturas de frutas”, comenta o presidente da Valexport, José Gualberto Almeida

Para a ANA, a única saída é reduzir o desperdício de água e racionar, já que não serão permitidas captações extras nos outros dias da semana. “Pedimos aos produtores que planejem melhor a irrigação para evitar desperdícios. Mesmo com a redução do consumo, será possível continuar as atividades normalmente”, diz o superintendente adjunto da instituição. A fiscalização para saber se a suspensão está sendo respeitada será realizada por meio do monitoramento do gasto energético dos consumidores e com a colaboração dos próprios usuários.

Com informações do JC

Município e produtores discutem à possibilidade de implantação de uma unidade mista de forragens irrigadas

(Foto: ASCOM)

A Secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária de Juazeiro, Maraiza Carvalho acompanhada do diretor de Pecuária da ADEAP, José Wilson Chaves estiveram no último domingo (20), na sede da associação comunitária de Laginha, distrito de Carnaíba, participando de reunião para discutir futuras parcerias, visando à implantação de uma unidade mista de forragens irrigadas na localidade.

O encontro contou com a presença de fruticultores, produtores de caprinos e ovinos, representantes da mini fábrica de sequilhos e do gerente de desenvolvimento do Banco do Nordeste de Juazeiro, Jorge Murilo (membro do grupo gestor de forragens irrigadas).

“Já temos um projeto de implantação de palma forrageira nas comunidades da área de sequeiro na zona rural. Agora, buscando diversificar a alimentação dos rebanhos, foi criado um grupo gestor de forragens irrigadas, para ser implantado em comunidades que possuem pontos de água confiável”, explicou Maraiza Carvalho.

LEIA MAIS

Bombas clandestinas são retiradas Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, em Petrolina

(Foto: Ilustração)

Nesta terça-feira (21), a Polícia Federal iniciou uma operação no Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, em Petrolina. Do local foram retiradas 170 bombas clandestinas.

O material foi identificado como clandestinas e serviam para o furto de água do canal de irrigação. Durante a ação houve um protesto. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) bloquearam a estrada e queimaram pneus. De acordo com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), cerca de 400 famílias, entre elas os sem-terra, vivem e cultivam nessa área que é um reserva legal da União e deveria estar preservada. Os ocupantes estariam usando a água do canal sem pagar nada.

Com informações do G1

Senador Fernando Bezerra leva prioridades regionais a ministro do Planejamento

Senador Fernando Bezerra Coelho, líder do PSB no Senado, e o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira

Nesta quinta-feira (9), o Senador Fernando Bezerra Coelho, líder do PSB no Senado, foi recebido pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, a quem pediu atenção para a fruticultura irrigada no Vale do São Francisco dentro do novo programa de investimentos que o governo federal pretende lançar no próximo mês de março.

Ao citar como exemplos de sucesso os perímetros irrigados Nilo Coelho e Maria Tereza, o senador falou também sobre o potencial do Projeto Pontal, na região de Petrolina. Atento às informações de Fernando Bezerra, o ministro Dyogo Oliveira comprometeu-se a analisar meios possíveis para dar mais velocidade à implementação definitiva do Pontal Sul e do Pontal Norte.

Perímetros irrigados de Pernambuco e Bahia têm fornecimento de energia garantido

Desde que assumiu a Pasta, Helder Barbalho tem acompanhado de perto o andamento dos programas e ações do Ministério da Integração Nacional.

Os perímetros irrigados de Apolônio Sales e Icó-Mandantes, localizados em Petrolândia (PE), tiveram o fornecimento de energia restabelecido, permitindo que as famílias possam continuar cuidando bem de suas produções agrícolas.

A medida foi tomada  na última sexta-feira (3), pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, após negociação de pendências financeiras com a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). O objetivo é garantir a continuidade de distribuição de água para evitar que as produções dos agricultores sejam prejudicadas.

Para prevenir que o mesmo acontecesse com os perímetros de Rodelas, Glória e Pedra Branca, situados em Paulo Afonso (BA), o ministro fechou um acordo financeiro com a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba). Com essa iniciativa, 1.766 famílias dos cinco perímetros dos dois Estados terão suas plantações mantidas.

 Ao ter conhecimento da situação, o ministro adotou providências imediatas e órgãos competentes foram acionados, como o Tesouro Nacional, para a obtenção de recursos. Desde que assumiu a Pasta, Helder Barbalho tem acompanhado de perto o andamento dos programas e ações do Ministério da Integração Nacional.

Com informações da Codevasf

Agricultores dos Projetos de Irrigação Fulgêncio e Brígida convencem governo a liberar pagamentos atrasados

Agricultores 2

Representantes dos perímetros irrigados, Fulgêncio em Santa Maria da Boa Vista e Brígida no município de Orocó, estiveram reunidos em negociações com representantes do governo federal.

Na reunião ficou encaminhado pela Casa Civil autorização para o ministério da integração nacional fazer o pagamento dos valores de seis meses em atrasos aos agricultores que estavam parados.

As empresas CGB Engenharia e Plena Consultoria e Projetos, responsáveis por prestar serviços de operação e manutenção das maquinas nesses dois projetos, estavam sem receber os valores contratuais de seis meses de prestação dos serviços. Diante dessa situação as empresas CGB Engenharia e Plena Consultoria e Projetos resolveram paralisar com as atividades, o que causaria prejuízos incalculáveis para mais de 20 mil pessoas.