Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

“Janeiro Branco”: psicóloga da UPAE/IMIP de Petrolina explica origem da campanha

(Foto: Internet)

“Todo ano a vida oferece 365 dias em branco para que possamos escrever ou reescrever uma nova história. O mês de janeiro nos traz uma sensação de começo e isso passa pela reorganização de planos, metas, objetivos e dos próprios sentimentos. É um quadro pronto para ser desenhado, sem os velhos conceitos e tabus. Uma excelente chance para pensarmos sobre o que nos faz bem e sobre o que já não nos cabe mais”, diz a psicóloga da UPAE/IMIP de Petrolina (PE), Tatiany Torres.

É com essa introdução que a profissional começa a sua reflexão sobre o “Janeiro Branco” – campanha nacional que alerta sobre a saúde mental e emocional. Nas palavras do também psicólogo e idealizador da campanha, Leonardo Abrahão, o mês de janeiro foi o escolhido por predispor (em termos culturais e simbólicos) as pessoas a pensarem sobre suas vidas em diversos aspectos. “E isso contribui significativamente com a saúde mental”, acredita Tatiany.

LEIA MAIS

‘Janeiro Branco’ é finalizado em Juazeiro com saldo positivo

(Foto: ASCOM)

A secretaria de Saúde de Juazeiro finalizou hoje (30) as ações do ‘Janeiro Branco’, mês de conscientização sobre a saúde mental. Na avaliação da pasta o mês foi produtivo por englobar diferentes frentes na campanha.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, a culminância reuniu equipes da equipe da atenção básica e da saúde mental, que juntas trocaram experiências sobre a doença e como trabalhar o diagnóstico junto à comunidade mais carente.

No evento de hoje estiveram presentes também, representantes da Universidade Federal de Sergipe (UFSE), residentes em saúde mental e saúde da família da UNIVASF, além dos profissionais do CAPS em Juazeiro.

Para a Superintendente de Gestão de Pessoas, Carla Lorena Pesqueira, o encontro fortalece a troca de experiências entre os profissionais da rede pública. “Nosso objetivo é reunir todas as equipes e construir o fortalecimento da Rede de Apoio à Saúde Mental e assim vincularmos Saúde Mental e Atenção Básica” finalizou.

Evento em Juazeiro chama a atenção para os cuidados com a saúde mental

Janeiro é o mês dedicado à campanha que chama a atenção para a importância de todos os assuntos relacionados ao universo da saúde mental. É o chamado Janeiro Branco.

Para discutir o assunto, a equipe da Superintendência de Gestão de Pessoas da Secretaria de Saúde (SESAU), de Juazeiro (BA), vai realizar no próximo dia 18 de janeiro, um evento alusivo à campanha.

Com o título ‘Encontro de Promoção à Saúde Mental’ o evento acontece das 8h às 12h no auditório da Secretaria de Educação (SEDUC).

De acordo com a assessora de planejamento da SESAU Ianni de Almeida, o evento do dia 18 é o primeiro de uma programação que estende-se até o dia 30 de janeiro. “Nesse primeiro momento iremos reunir os 3 Centros de Acompanhamento Psicossocial  (Caps) e as residências de saúde mental e da família, em seguida a programação segue nos Caps” disse Ianni.

A assessora da SESAU também detalhou a programação. “No dia 23 faremos um encontro no Caps AD, no dia 24 no CAPS I, no dia 31 no  Caps II e no dia 30 de janeiro teremos a culminância da programação, novamente no auditório da SEDUC, onde contaremos não só com os Caps, mas também com todos que integram a atenção básica”, explica, Ianni Almeida.

Segundo Ianni Almeida, o evento além de tratar dos diversos temas que permeiam a saúde mental, tem também como objetivo promover a integração dos 3 (Caps) com as equipes de humanização e educação permanente da SESAU.

“Nossa intenção é construir um guia de saúde mental de todos os Caps, a equipe de atenção básica vai trabalhar no sentido de compilar um documento com essas informações, no encontro vamos aproveitar para promover troca de material e informações e outra meta estabelecida pela Sesau este ano é o cumprimento de uma agenda para cumprir durante em parceria com os serviços, para atender a necessidade sobre a saúde mental”, destacou.

Janeiro Branco: UPAE/IMIP aderem a campanha de prevenção

(Cartaz Divulgação)

Partindo do simbolismo de renovação que traz a chegada do ano novo, nasce a campanha “Janeiro Branco”, com o objetivo de fazer a sociedade parar para refletir sobre assuntos relacionados ao universo de emoções e sentimento. Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina, declarou apoio a campanha.

Em outra perspectiva, a campanha propõe dar uma página em branco a todas as pessoas, para que juntas possam pintar novas histórias de uma vida mais feliz e saudável para si mesmas. A proposta do “Janeiro Branco” cresceu e começou a ser trabalhada em todo o país por diversos profissionais (não só da área de saúde) e instituições (públicas e privadas), como é o caso da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP).

“Nós já fizemos um momento multiprofissional com o serviço de fisioterapia e na próxima quinzena realizaremos uma palestra para o público interno. O nosso trabalho educativo dura todo o ano, mas em janeiro e setembro nós intensificamos por conta das campanhas de saúde mental e combate ao suicídio”, afirma a psicóloga Tatiany Torres.

A Organização Mundial de Saúde alerta que as taxas de suicídio, depressão e ansiedade aumentaram muito em todo o mundo e por isso o tema deve ser tratado com seriedade, ocupando todos os espaços possíveis.

“Se não começarmos a falar abertamente sobre os transtornos mentais e doenças da psique essas questões vão sempre ficar ocultas e invisíveis. É preciso quebrar o tabu, desmistificar esses conteúdos e democratizar as discussões, incentivando a valorização do equilíbrio mental e da existência humana. Estamos trazendo essa reflexão para a UPAE e está na nossa programação promover um momento de discussão com os usuários da Unidade”, adianta a profissional.