Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Fernando Bezerra se reúne com agricultores do Pontal para discutir abastecimento de água no Projeto

(Foto: Ascom)

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) passou a semana em Petrolina e na sexta-feira (21) ele cumpriu agenda com agricultores do Projeto Pontal. O tema do encontro, que contou com a presença do vereador José Batista da Gama (PDT) e do superintendente da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, é o corte no abastecimento de água de 450 famílias no projeto.

De acordo com o Conselho de Usuários da Água do Sistema Perenizado (ConsuPontal), faz 20 dias que a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf alega problemas nas bombas de transmissão. O problema afeta diretamente a produção agrícola no Pontal, em especial o pequeno agricultor.

“Nós prevemos que, se continuar sem o fornecimento, no máximo em 30 dias, algumas propriedades vão ficar sem uma gota de água”, disse o presidente do ConsuPontal, Antônio Averlangem Corcino.

O senador e líder do Governo solicitou ao grupo de agricultores a elaboração de uma proposta que buscasse equilibrar a relação entre os moradores do Pontal e a Codevasf. Bezerra Coelho lembrou que a legislação impede que a 3ª SR forneça água sem outorga.

Na última sessão do semestre, vereadores aprovam 17 projetos em Petrolina

Matérias seguem para sanção do prefeito (Foto: Blog Waldiney Passos)

Além do Título de Cidadão Petrolinense a Sérgio Moro, a última sessão do primeiro semestre legislativo na Casa Plínio Amorim, realizada na manhã de terça-feira (18), teve em pauta 17 projetos de Lei, todas proposições do Poder Legislativo.

Entre os temas menos relevantes estavam um Título de Cidadão Petrolinense – proposto por Osinaldo Souza (PTB) – duas Medalhas de Honra ao Mérito, de autoria de Osinaldo e outro de Gilmar Santos (PT); Denominação de via pública cujos autores foram José Batista da Gama (PDT), Ronaldo Cancão (PTB) e Ronaldo Silva (PSDB), além de uma denominação de espaço público, cujo autor é Rodrigo Araújo (PSC).

Os outros 12 PLs tratavam de temas de relevância social e juntamente com os citados anteriormente, foram aprovados por 20 votos a zero.  Agora as matérias seguem para sanção do prefeito Miguel Coelho. Confira a seguir os projetos aprovados na sessão de ontem na Câmara de Petrolina:

LEIA MAIS

“Eles sabem que se bater em mim, recebem resposta”, afirma Zé Batista sobre “fogo amigo” na Câmara

Zé Batista fala sobre “fogo amigo” na Câmara.

Ex-secretário nos dois primeiros anos de gestão de Miguel Coelho, o vereador José Batista da Gama (PDT) comentou a situação do “fogo amigo” que ele enfrentava enquanto titular da pasta de Agricultura. Segundo Zé, a situação diminuiu porque ele não permite mais.

LEIA TAMBÉM:

Sem ficar em cima do muro, Zé Batista confirma saída do PDT: “Vou procurar um partido para me agasalhar”

“Pararam porque eu tô na Câmara, eles sabem que se bater em mim eles recebem resposta. Eles faziam isso porque não me queriam na secretaria. Sai de cabeça erguida, fiz obras. Está aí para quem quiser ver”, afirmou em coletiva de imprensa na última sessão (11).

LEIA MAIS

Sem ficar em cima do muro, Zé Batista confirma saída do PDT: “Vou procurar um partido para me agasalhar”

Vereador comentou sobre obra na UPAE e seu futuro político (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Tô pouco me lixando para isso”. Foi assim que o vereador José Batista da Gama hoje no PDT comentou a situação da sigla em Petrolina que agora tem como líder Edinaldo Lima, ex-vereador e candidato a prefeito pelo grupo de Julio Lóssio, oposição ao governo de Miguel Coelho, de quem Zé é aliado de longa data.

Na sessão de terça-feira (11) o vereador afirmou que está deixando o PDT porque não é de ficar em cima do muro. “Tomei conhecimento semana retrasada, boa viagem ao PDT e boa viagem a Edinaldo Lima. Tô pouco me lixando pra isso, tenho luz própria e posso muito bem me filiar a qualquer outro partido da base aliada. Vou procurar um partido para me agasalhar e agasalhar meu filho, Pé de Galo que será candidato a vereadora na próxima eleição”, afirmou.

Apesar do posicionamento de sair do PDT, Zé Batista destacou que ainda não escolheu sua próxima casa. “Não existe dono do nariz em política. A gente tem que ouvir as lideranças maiores, nós dependemos delas. Vou ouvir o senador, o deputado federal e o prefeito. O partido que a gente achar que vai ser mais conveniente para a gente, a gente vai se filiar. Existe o MDB, o PSL, o DEM que é minha origem, mas eu sou daqueles que não olha para partido, eu olho para a pessoa. Não é o partido que vai definir eleitorado”, ressaltou.

LEIA MAIS

Portadores de fibromialgia de Petrolina terão direito a vagas prioritárias de estacionamento

Vale tem Associação de portadores de fibromialgia, que celebram aprovação de projetos na Câmara de Petrolina (Foto: Ascom)

Os portadores de fibromialgia em Petrolina ganharam duas leis municipais que vão beneficiá-los. O prefeito Miguel Coelho sancionou na sexta-feira (7) duas propostas aprovadas na Câmara de Vereadores no mês passado. A primeira delas é a Lei n°3.186/2019, a qual institui o atendimento preferencial em vagas de estacionamento e assentos em transportes públicos.

Proposta por José Batista da Gama (PSB), a lei prevê que eles também tenham atendimento preferencial na fila de estabelecimentos como bancos, assim como gestantes, idosos e deficientes. No tocante às vagas de estacionamento, os portadores da doença poderão estacionar nas vagas destinadas a idosos e deficientes.

Caberá à secretaria Municipal de Saúde emitir uma carteira aos portadores de fibromialgia, a ser utilizada por eles na sinalização do veículo estacionado em vaga preferencial. A lei já está valendo a partir da data de sua publicação, no caso, ontem.

LEIA MAIS

Representantes de instituições federais de ensino demonstram preocupação com contingenciamento no recurso da educação

Audiência pública reuniu representantes das instituições federais (Foto: Jean Brito/CMP)

Na manhã de terça-feira (4) a Câmara de Vereadores de Petrolina realizou uma Audiência Pública para discutir o chamado contingenciamento de 30% do recurso da educação. O debate foi solicitado pelos vereadores José Batista da Gama (PSB) e Cristina Costa (PT), que também são professores.

Para Zé Batista, o tema – apesar de nacional – repercute na região. “Esse é um problema que versa hoje nas universidades e institutos federais. Havendo esse contingenciamento o plano de trabalho será exaurido para meados de julho. Sou egresso do Instituto Federal, não é brincadeira você trabalhar [com pouco dinheiro] e o orçamento e ainda ter o contingenciamento”, destacou o vereador.

Relatório

A Audiência Pública, explicou o vereador, resultaria em um relatório elaborado pela Câmara que será enviado aos deputados federais representantes da região, a fim de reivindicar junto ao Governo Federal a revisão do contingenciamento.

Em sua fala Zé Batista fez questão de destacar que os desvios de verbas públicas em universidades – repercutidas nacionalmente – não citam uma única instituição de ensino do Nordeste e elogiou a gestão da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e do IF-Sertão.

Educação não tem bandeira

Co-autora do pedido para a realização da Audiência, Cristina fez questão de frisar que a educação não tem bandeira partidária. “Hoje temos uma agenda que não traduz o sentimento da escola pública e da universidade pública. Nós temos que discutir o fortalecimento das universidades, das escolas, reforçar a transparência e cobrar mais investimentos. O desenvolvimento de uma nação pela educação”, destacou.

LEIA MAIS

Câmara de Vereadores de Petrolina realiza Audiência Pública sobre corte na educação

Corte anunciado pelo Governo Federal atinge as instituições da região, entre elas a Univasf (Foto: Arquivo)

Depois de sediar uma Audiência Pública sobre o risco de contaminação do Rio São Francisco pelos rejeitos da Barragem de Brumadinho na segunda-feira (3), hoje (4) a Casa Plínio Amorim promove mais um debate de relevância nacional.

A pedido dos vereadores José Batista da Gama (PSB) e Cristina Costa (PT), às 10h uma audiência discutirá o corte de 30% na educação, anunciado pelo Governo Federal no final de abril e que atinge as universidades e institutos federais do Brasil, incluindo o IF-Sertão e a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

Reitores das universidades de Petrolina, diretores das faculdades particulares, deputados estaduais, federais e o prefeito Miguel Coelho foram convidados para o encontro. A audiência será realizada após a sessão ordinária que hoje não tem projetos de lei em pauta.

Corte na educação será discutido na Câmara de Vereadores de Petrolina

(Foto: Internet)

O corte de 30% no recurso disponível às universidades e institutos federais, anunciado pelo governo federal no final de abril tem gerado preocupação nos alunos, professores e servidores das instituições de ensino. Em Petrolina a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e Instituto Federal do Sertão (IF-Sertão) já sentem a diminuição no repasse e os vereadores de Petrolina estão propondo um debate acerca do tema.

José Batista da Gama (PSB) que também é professor sugeriu a realização de uma audiência pública na Casa Plínio Amorim, a princípio, no próximo dia 4 de junho, durante a sessão. “Eu e a vereadora Cristina Costa estamos entrando com um Requerimento para realização de uma audiência pública tratar dos cortes nas universidades no dia 4 de junho, no horário do expediente da Câmara, para tratar desse assunto que vem sendo debatido no Brasil todo”, destacou o edil.

Na última semana alunos da região, juntamente com professores, servidores e centrais sindicais foram às ruas da cidade protestar contra o corte. Eles alegam que o governo federal quer enfraquecer a educação pública do país, prejudicando a formação acadêmica dos futuros profissionais.

Vereadores cobram providências para acabar com a “crackolândia” de Petrolina

Rua Abílio Dias, no Centro da cidade (Foto: Google Maps/Reprodução)

Apesar de não ter havido sessão na quinta-feira (18), devido o feriado da Sexta-Feira Santa, na terça (16) os vereadores de Petrolina apresentaram uma demanda de interesse popular: a segurança no Centro da cidade. Segundo Rodrigo Araújo (PSL), a Rua Abílio Dias se tornou uma crackolândia.

“Aquela rua vai sair no Viaduto, eu batizei como crackolândia de Petrolina. Você vê muito malandro vendendo droga, roubando. Não pode ficar um cartão postal de Petrolina, no Centro da cidade. O comércio hoje é maconha, crack. Aqui tá virando o Rio de Janeiro?”, afirmou.

Regeneração

José Batista da Gama (PSB) endossou a fala do colega e chamou o local de “crackolina”. Para o edil é importante não apenas cuidar da segurança, como também da recuperação desses usuários. “Nós temos que tomar providências junto às autoridades. É tentar recuperar essas pessoas [das drogas]”, destacou.

Prostituição

A discussão teve início após o vereador Ronaldo Silva (PSDB) apresentar uma Indicação solicitando melhorias na rua. “A gente tem se deparado com o tráfico de drogas e prostituição. Tem comerciante fechando suas portas porque não tem mais condição de trabalhar lá, é um absurdo isso no coração de Petrolina”, disse.

Vereadores analisam cinco projetos de lei na sessão de hoje, em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Cinco projetos de Lei constam na pauta da sessão que iniciou agora na Câmara de Vereadores de Petrolina. Todas as matérias para análise dos edis são de autoria do Poder Legislativo e dividem-se entre Medalha de Honra ao Mérito e Título de Cidadão.

Outras duas, o PL n° 021/2019 instituto no Calendário de Eventos Oficiais do Município de Petrolina a Semana de Educação Física e, proposta por Ruy Wanderley (PSC); e o PL n° 03/2019 o qual denomina diversos logradouros públicos, situados no Loteamento Nova Petrolina I, de José Batista da Gama (PSB).

Os edis discutem nesse momento suas Indicações e Requerimentos. Outros quatro PLs do Legislativo deram entrada hoje nas comissões competentes e deverão ser analisados nas próximas sessões.

Autores de projeto da manta caprina e ovina rebatem críticas sobre “roubo” de autoria

Após votação, vereadores posaram com pesquisadores (Foto: Ascom/CMP)

A votação do projeto que transforma a manta caprina e ovina patrimônio cultural-imaterial de Petrolina não foi das mais tranquilas. Os vereadores José Batista da Gama (PSB), Maria Elena de Alencar (PRTBT), Ronaldo Souza (PTB) e Ronaldo Silva (PSDB) se envolveram em uma discussão que acabou tirando o foco da matéria.

Elena foi uma das autoras do projeto, ao lado de Aero Cruz (PSB) e Ronaldo Souza (PTB). E não ficou contente quando alguns colegas – Zé Batista e Ronaldo Silva – quiseram o mérito do PL. Zé, que foi ex-secretário de Agricultura chegou a expor publicamente durante a votação seu descontentamento.

LEIA TAMBÉM:

Pesquisadores celebram aprovação de projeto que torna manta caprina patrimônio de Petrolina

Vereadores aprovam projeto que torna manta caprina e ovina patrimônio cultural-imaterial de Petrolina

“Fiquei surpreso quando vi esse projeto no meu gabinete, subscrito pela vereadora Maria Elena, pelos vereadores Aero Cruz e Ronaldo Cancão, sem nunca me consultar sobre o assunto”, criticou o vereador.

LEIA MAIS

Valgueiro critica vereadores “lagartixas” por não identificarem erro em projeto do reajuste salarial de agentes de saúde

Erro prejudicava classe, mas foi retificado (Foto: Blog Waldiney Passos)

Apesar da aprovação unânime do reajuste salarial dos Agentes de Saúde de Petrolina na sessão de ontem (21), Oposição e Situação se estranharam mais uma vez. Ao justificar seu voto favorável ao Projeto de Lei nº 004/2019, enviado a Câmara pelo Poder Executivo, Paulo Valgueiro “cutucou” a bancada governista.

O edil apontou um erro grave na redação do projeto e solicitou a retificação. O texto ao invés de prever o pagamento retroativo dos meses de janeiro e fevereiro determinava a revogação. O fato de a falha passar despercebida, segundo Valgueiro, mostra que os membros da Situação não prestam atenção nas matérias enviadas pelo Executivo e agem como “lagartixa.”

LEIA TAMBÉM:

Por unanimidade, vereadores aprovam reajuste salarial dos agentes de saúde

“Verificamos um erro que poderia prejudicar vocês, chamei atenção de Manoel [da Acosap] para que pudesse ser feita a correção. Um erro que veio do Executivo, talvez na hora de fazer o projeto e a gente que não é vereador lagartixa tem que estar aqui para ser legislador”, afirmou.

LEIA MAIS

Zé Batista manda recado a vereadores: “Aqui ninguém é dono de categoria”

Vereador foi crítico a quem quer ser considerado “herói” pelas categorias (Foto: Wesley Lopes/Ascom CMP)

A sessão de quinta-feira (21) na Casa Plínio Amorim foi marcada pela votação do reajuste salarial dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e de Combate as Endemias de Petrolina. De forma unânime os edis aprovaram o aumento salarial das categorias, mas José Batista da Gama (PSB) não deixou barato.

LEIA TAMBÉM:

Por unanimidade, vereadores aprovam reajuste salarial dos agentes de saúde

Presidente da Acosap afirma que reajuste salarial será positivo a categoria

Para o edil, não é correto os colegas de Câmara se vestirem de “donos” das categorias, já que o reajuste foi previsto em lei federal, além do fato de o Poder Legislativo ter como prerrogativa defender os interesses da população. O recado pode ter sido uma indireta a Manoel da Acosap (PTB), representante dos ACS no Poder Legislativo.

“Não estou fazendo favor a ninguém, estou cumprindo com minha obrigação legislativa como homem público, respeitando a população petrolinense, seja qual for a categoria. Aqui ninguém é dono de categoria, a categoria pertence a seus sindicatos. A categoria tem livre arbítrio para escolher seus representantes”, disparou Zé Batista.

LEIA MAIS

Vereadores de Petrolina acusam Odacy Amorim de usar cargo para fazer campanha antecipada, presidente do IPA rebate críticas

Odacy (dir.) estaria fazendo campanha visando eleições de 2020, segundo vereadores (Foto: Internet)

José Batista da Gama (PSB) e Ronaldo Silva (PSDB) acusaram o diretor-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim (PT) de utilizar seu cargo no Governo do Estado para fazer promoção pessoal. Segundo os edis, Odacy faz campanha antecipada.

Ronaldo Silva lembrou um atrito que teve recentemente com o presidente do IPA, dando mais caldo a discussão. “Quero dizer ao ex-deputado Odacy Amorim, presidente do IPA que da última vez que falei dele, ele foi no programa de rádio e disse que eu fui mandado pelo senador Fernando Bezerra Coelho. Eu não sou vereador lagartixa, não sou pau mandado. Se não quer ser criticado, não faça o errado”, pontuou.

Justiça eleitoral

Ele foi além e mencionou uma matéria publicada na região do Araripe, na qual Lucas Ramos (PSB) faria uma denúncia na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), denunciando a postura de Odacy. Segundo Ronaldo,  o presidente do IPA trabalha para fortalecer seu nome e o de sua esposa, a deputada estadual Dulcicleide Amorim (PT). “A Justiça Eleitoral abra os olhos, nós vamos estar fiscalizando, nós temos aqui que fiscalizar o presidente do IPA que se diz pré-candidato a prefeito“, destacou.

LEIA MAIS

Câmara de Petrolina deve ganhar Comissão Suprapartidária para vistoriar serviço da Compesa

Situação e Oposição devem se unir para tratar tema (Foto: Blog Waldiney Passos)

O serviço prestado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em Petrolina voltou a ser abordado  na Câmara de Vereadores de Petrolina, onde na sessão de quinta-feira (14) foi sugerida a criação de uma Comissão Suprapartidária.

A ideia foi apresentada por José Batista da Gama (PSB) e teria como missão fiscalizar as Estações Elevatórias de Esgoto da cidade. “[A Comissão vem] para nós visitarmos as elevatórias da Compesa, que são 31 de esgoto e para os senhores terem ideia, só depois que a Armup começou a multar a Compesa eles começaram a colocar bombas de reserva. Quando queima uma bomba o esgotamento sanitário vai todo para o rio São Francisco”, explicou o edil.

Bancadas de Oposição e Situação unidas

Para Zé Batista, a Compesa não se importa com os petrolinenses e uma prova disso é que os servidores de chefia “são servidores que não conhecem a realidade da cidade e dos munícipes”. A sugestão recebeu o apoio dos colegas de Casa Plínio Amorim e por ser suprapartidária, deve incluir membros da Oposição e Situação.

“Conte comigo que eu vou acompanhar vocês”, destacou Domingos de Cristália (PSL), membro da Bancada de Oposição. Zé Batista sugeriu visitas a sede e interior de Petrolina, para elaborar um documento a ser entregue ao Governo de Pernambuco. Contudo, apesar da solicitação não foi discutida como será formada a Comissão Suprapartidária, quantos membros terá.

123