Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Vereadora Maria Elena celebra conquista de pacientes com microcefalia em Petrolina

O SUS tem 180 dias para incorporar o medicamento. (Foto: Divulgação)

Além do projeto que ampliou o número de membros do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, que foi aprovado na sessão de quinta-feira (9), a vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) celebrou uma conquista encabeçada por ela e as mães de crianças microcefálicas de Petrolina.

A secretaria Municipal de Saúde firmou uma parceria com a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) o fornecimento de transporte da residência dos pacientes até a UPA. “Nós entramos com uma luta enorme no ano passado e recebi a grande notícia da secretária [de Saúde] Magnilde [Albuquerque], que ela em conversa com a UPA, pactuaram dois dias na semana e a van estará o dia todo para pegar e deixar as crianças para fazer seu tratamento e não perder as consultas”, comemorou a vereadora.

Avanço no tratamento

Segundo Elena, a disponibilização da van representa uma conquista às mães já que marcações de consultas na saúde pública são difíceis. “Essas consultas não são fáceis, são marcadas com antecedência e quando falta, é um atraso para a criança. Parabenizo as mães pela luta e agradeço ao prefeito e à secretária. A gente considera um avanço dentro do tratamento das crianças com microcefalia”, finalizou.

Inclusão de membro LGBT no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Petrolina é vetada em votação apertada

Por 8 votos a 5, emenda foi rejeitada. Projeto passou por unanimidade (Foto: Blog Waldiney Passos)

A emenda aditiva apresentada pelo vereador Gilmar Santos (PT) ao projeto de Lei nº 039/2019, de Maria Elena de Alencar (PRTB), na sessão de quinta-feira (9), na Casa Plínio Amorim foi rejeitada por 8 votos a 5, após um longo debate marcado por declarações polêmicas.

Votado em primeiro lugar, o projeto que amplia o número de integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher para 24 – sendo 12 titulares e 12 suplentes passou por 18 a zero. A emenda de Gilmar – que teve apoio da autora do projeto – acabou rejeitada no plenário em uma votação que durou horas.

“Vamos votar na emenda que garante da mulher lésbica, a presença LGBT no Conselho. Está provado que homens e mulheres, diante de suas opções sexuais não representam nenhum mal, assumir sua preferência sexual e em que isso pode atingir a criação dos nossos filhos e da nossa família? Não precisa ser de esquerda, é uma questão de natureza e nós temos esse compromisso de particularizar os problemas e as dificuldades das pessoas”, disse Elena.

Membros da Situação reforçaram importância da emenda

Autor da emenda, Gilmar lembrou que o voto contrário dos vereadores governistas mostra uma contradição de interesses já que o prefeito Miguel Coelho trabalha com políticas de inclusão dos LGBTs na gestão municipal. “O que a vereadora está propondo é que mais mulheres sejam representadas. A mulher não é igual, existe a mulher rica e a mulher pobre, tem a mulher branca e a negra, assim como tem a mulher hétero e a mulher que se relaciona com mulher. A emenda de minha autoria é para que as mulheres LGBT possam debater seus direitos”, disse.

LEIA MAIS

Emenda que busca incluir lésbicas no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher provoca reação da bancada evangélica de Petrolina

Alguns vereadores usaram Bíblia para criticar emenda (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão de hoje (9) caminhava tranquilamente, até os vereadores de Petrolina iniciarem a votação do Projeto de Lei n° 039/2019, proposto pela vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB). A matéria tinha como proposta alterar a composição do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

LEIA TAMBÉM:

Vereadores analisam projeto que altera número de integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Petrolina

O número de integrantes seria ampliado com a aprovação da matéria, contudo, a emenda aditiva proposta por Gilmar Santos (PT) provocou um alvoroço na bancada evangélica. O motivo: no texto Gilmar buscava a inclusão da mulher lésbica no Conselho, para defender políticas públicas ao grupo.

LEIA MAIS

Vereadores analisam projeto que altera número de integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Petrolina

Situação derrubou pedido de Gabriel (Foto: Blog Waldiney Passos

Aberta há poucos minutos, a sessão dessa quinta-feira (9) na Câmara de Vereadores de Petrolina conta com seis projetos de lei em pauta. Todas as proposições são do Poder Legislativo e tratam de temas como Medalha de Honra ao Mérito Legislativo (quatro no total) e Título de Cidadão Petrolinense.

Matéria de maior interesse coletivo é o PL nº 039/2019, de autoria de Maria Elena de Alencar (PRTB). Ela solicita alteração na Lei Municipal n° 2.696/2015 para alterar o número de participantes no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Na pauta de hoje também constam Indicações e Requerimentos com demandas populares, apresentadas pelos edis da Oposição e Situação.

Mãe dos pobres, Maria Maga é lembrada por vereadores de Petrolina por sua dedicação aos mais necessitados

Vereadora foi morta há 13 anos (Foto: Jean Brito/CMP)

Os autores do projeto de Decreto Legislativo que criou a Medalha de Cidadania e Direitos Humanos Vereadora Maria Maga fizeram questão de relembrar a vida dessa petrolinense de coração que dedicou-se a ajudar os mais necessitados. Morta em abril de 2006, ela foi homenageada durante a sessão de ontem (25) na Casa Plínio Amorim.

LEIA TAMBÉM:

Cidadãos são homenageados com Medalha do Mérito Cidadania e Direitos Humanos Vereadora Maria Maga

Medalha Cidadania e Direitos Humanos Maria Maga presta reconhecimento a defensores dos direitos humanos em Petrolina

“Como autor desse decreto, acompanhado pelos colegas, tenho a honra de homenagear a ex-vereadora Maria Maga. Eu era criança e morei em um bairro chamado Cinzeiro. Eu nunca vi alguém se importar tanto com os menos favorecidos. A gente coloca nos anais dessa Casa a Medalha Vereadora Maria Maga. Ela será eternizada, jamais alguém conseguirá o nome da vereadora”, afirmou Osinaldo Souza (PTB).

LEIA MAIS

Medalha Cidadania e Direitos Humanos Maria Maga presta reconhecimento a defensores dos direitos humanos em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A Câmara de Vereadores de Petrolina realizará nesta quinta-feira (25) uma sessão solene para homenagear cidadãos que se destacaram na luta pelos direitos humanos e cidadania. A Medalha do Mérito Cidadania e Direitos Humanos Maria Maga será entregue pela primeira vez na história do Legislativo.

Além de laurear quem lutou e defende os direitos humanos, a Medalha valoriza também os defensores dos direitos da mulher. Osinaldo Souza (PTB), Ronaldo Souza (PTB), Ibamar Fernandes (PRTB), Rodrigo Teixeira (PSC), Ronaldo Silva e Maria Elena de Alencar (PRTB) foram os autores do Decreto Legislativo nº 605/2018, que institui a homenagem.

Dupla homenagem

O momento solene está marcado para 10h, após a sessão ordinária com leitura das Indicações e Requerimentos. “Essa Medalha vai ficar na história de Petrolina, com essa homenagem a vereadora Maria Maga. Será uma grande festa em homenagem a ex-vereadora”, disse Osinaldo Souza, um dos autores do decreto que resultou na homenagem.

“Maria Maga deixou um serviço, sobretudo aos que mais precisavam nessa cidade. Tenho certeza de que todas as pessoas homenageadas merecem”, complementou Gabriel Menezes (PSL). A sessão é aberta ao público no geral.

Audiência pública discutirá ações para fortalecer manta e ovina de Petrolina

Câmara aprovou PL que fortalece trabalho da Embrapa e instituições de pesquisa (Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma das autoras do projeto de Lei que tornou a manta caprina e ovina de Petrolina patrimônio cultural e imaterial, Maria Elena de Alencar (PRTB) solicitou a realização de uma audiência pública para ampliar o debate entre o Poder Legislativo, pesquisadores e produtores da região.

Favorável à audiência, Gabriel Menezes (PSL) elogiou o pedido de Elena, mas sugeriu a convocação do Banco do Nordeste, para saber que tipo de apoio o pequeno produtor tem recebido.

LEIA TAMBÉM:

Pesquisadores celebram aprovação de projeto que torna manta caprina patrimônio de Petrolina

Vereadores aprovam projeto que torna manta caprina e ovina patrimônio cultural-imaterial de Petrolina

“A vereadora quer saber as ações que vão ser desenvolvidas com a aprovação da lei, gostaria que fossem incluso o gerente do Banco do Nordeste para que a gente possa provocar o que o banco tem oferecido de linha de crédito e a Agência do Empreendedor do Município”, afirmou o edil.

LEIA MAIS

Autores de projeto da manta caprina e ovina rebatem críticas sobre “roubo” de autoria

Após votação, vereadores posaram com pesquisadores (Foto: Ascom/CMP)

A votação do projeto que transforma a manta caprina e ovina patrimônio cultural-imaterial de Petrolina não foi das mais tranquilas. Os vereadores José Batista da Gama (PSB), Maria Elena de Alencar (PRTBT), Ronaldo Souza (PTB) e Ronaldo Silva (PSDB) se envolveram em uma discussão que acabou tirando o foco da matéria.

Elena foi uma das autoras do projeto, ao lado de Aero Cruz (PSB) e Ronaldo Souza (PTB). E não ficou contente quando alguns colegas – Zé Batista e Ronaldo Silva – quiseram o mérito do PL. Zé, que foi ex-secretário de Agricultura chegou a expor publicamente durante a votação seu descontentamento.

LEIA TAMBÉM:

Pesquisadores celebram aprovação de projeto que torna manta caprina patrimônio de Petrolina

Vereadores aprovam projeto que torna manta caprina e ovina patrimônio cultural-imaterial de Petrolina

“Fiquei surpreso quando vi esse projeto no meu gabinete, subscrito pela vereadora Maria Elena, pelos vereadores Aero Cruz e Ronaldo Cancão, sem nunca me consultar sobre o assunto”, criticou o vereador.

LEIA MAIS

Vereadores aprovam projeto que destina assento preferencial a idosos nos pontos de ônibus de Petrolina

Projetos foram aprovados por unanimidade (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os dois projetos de Lei colocados em pauta nessa quinta-feira (4) na Câmara de Vereadores de Petrolina foram aprovados por unanimidade. O destaque ficou por conta da matéria de Cristina Costa (PT) apresentou o PL nº 009/2019, no qual solicita destinação preferencial de assentos nos abrigos dos pontos de ônibus da cidade.

O projeto que teve 17 votos favoráveis e nenhum contra, foi elogiado pelos pares, os quais destacaram a relevância da matéria, que agora fortalece a obrigação da prioridade a idosos. Aero Cruz (PSB) sugeriu a colega para incluir também aos autistas, já que esse é o mês de conscientização sobre o autismo.

A Câmara também aprovou por 16 votos e uma abstenção – de Gabriel Menezes (PSL) – a concessão de Título de Cidadã Petrolinense a secretária de Saúde de Petrolina, Magnilde Albuquerque, proposto por Maria Elena de Alencar (PRTB). A homenagem contou com apoio inclusive dos membros da Bancada de Oposição.

Projetos do Legislativo entram na pauta da sessão dessa quinta, na Casa Plínio Amorim

Sessão de quinta-feira (27) foi marcada por votação de matérias do Executivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Além da participação do tio das crianças assassinadas em Petrolina, a sessão de hoje (4) na Câmara de Vereadores de Petrolina terá a votação de dois projetos de lei, apresentados pelo Poder Legislativo. As matérias foram propostas pela bancada feminina da Casa.

Maria Elena de Alencar solicita a concessão de Título de Cidadã Petrolinense a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque. Já Cristina Costa (PT) quer a regulamentação do assento preferencial nos assentos dos pontos de ônibus municipais.

Além disso há em pauta 32 Indicações e dois Requerimentos no encontro de hoje. A participação do tio das crianças está marcada para 10h.

Ronaldo Silva critica tratamento recebido por vereadores durante congresso e denuncia irregularidades na eleição da UVP

Vereador discursou na Tribuna Livre sobre sua saída (Foto: Blog Waldiney Passos)

A estadia dos vereadores de Petrolina em Gravatá, onde foi realizado o congresso da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) durante o final de semana não foi das melhores. Segundo Ronaldo Silva (PSDB), os representantes das Câmaras sertanejas não foram bem tratados.

Para Ronaldo, o presidente da UVP, Josivaldo Barbosa agiu de má fé com vários membros do Legislativo, tudo para se manter no poder da União. “O presidente Josivaldo aproveitou essa oportunidade e fez a eleição da UVP, em chapa única. Não deu nem tempo das outras Câmaras se movimentarem pra montar uma chapa. [Critico] a forma como ele fez o processo eleitoral”, disse ao Blog Waldiney Passos após a sessão de hoje (2) na Câmara de Petrolina.

O edil denunciou que, os vereadores favoráveis à reeleição de Josivaldo receberam tratamento diferenciado e tiveram suas diárias pagas pela UVP. “Foi um tratamento diferenciado. Nós de Petrolina e demais vereadores do Sertão e de outras cidades, nós pagamos o hotel e ficamos hospedados e as outras que ele já tinha na mão para fazer a politicagem, ele bancou com dinheiro da UVP a hospedagem”, afirmou.

LEIA MAIS

Bancada de Oposição se abstém de votar Moção de Aplauso a Miguel Coelho

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma Moção de Aplauso apresentada pela vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) gerou uma pequena polêmica na sessão dessa quinta-feira (28) na Câmara de Petrolina. Ela apresentou uma Moção de Aplauso ao prefeito Miguel Coelho (PSB) como “Amigo da Mulher”.

Contudo, a bancada de Oposição se absteve de votar o Requerimento nº 074/2019. Líder da bancada, Paulo Valgueiro (MDB) justificou sua abstenção e dos colegas por não achar justo laurear a prefeitura quando o próprio Plenário negou hoje uma Moção de Repúdio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) por aplaudir o Regime Militar.

“Vou me abster porque eu considero a pessoa a qual está sendo encaminhado a Moção indigna. Quando a gente assume um cargo público a gente está podendo ser aplaudido e também prejudica. A gente está fazendo uma moção de repúdio contra um presidente que é a favor da ditadura, mas quer homenagear um prefeito que quer calar a gente”, afirmou.

LEIA MAIS

Vereadores de Petrolina aprovam de forma unânime projetos de lei

Matérias foram aprovadas de forma unânime (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os cinco projetos de lei colocados em votação na manhã dessa quinta-feira (14) na Casa Plínio Amorim foram aprovados por unanimidade pelos edis. Discutidos de forma rápida, as matérias foram aprovadas por 18 votos a zero e agora seguem para a sanção do prefeito Miguel Coelho (PSB).

As matérias propunham denominação de ruas no bairro Jardim São Paulo, através do PL nº 014/2019 de Maria Elena de Alencar (PRTB) e no Jardim Maravilha via PL n° 012/2019 de José Batista da Gama (PSB). As demais matérias foram propostas por Cristina Costa (PT), propondo a inclusão no calendário oficial do Carnaval da cidade a participação da rede de Mulheres do São Francisco com o bloco “Quem Disse que a Gente não Vinha?”, através do PL n° 007/2019.

Maria Elena e Rodrigo Araújo (PSC) propuseram ainda a concessão de Título de Cidadã Petrolinense a Maria do Socorro Carvalho Amariz Gomes e a instituição do Dia Municipal dos Agentes de Combate a Endemias, respectivamente.

Além disso 19 Indicações e 5 Requerimentos foram lidos e aprovados pelos vereadores. Sem mais a tratar, o espaço da sessão foi utilizado pelos vereadores inscritos na Ordem do Dia para uso da Tribuna Livre.

Maria Elena reforça campanha contra o assédio no carnaval 2019

Vereadora destaca campanha nacional sobre assédio (Foto: Blog Waldiney Passos)

O carnaval de Petrolina começa nesse sábado (2) e segue até a terça-feira (5), com diversas atrações no Centro da cidade. E a vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) fez um alerta aos foliões que se excedem: “Não é não”. A campanha nacional busca conscientizar os homens sobre o assédio sofrido pelas mulheres, especialmente durante a folia.

“A campanha do não é não [veio] graças a uma lei federal. É uma lei importantíssima, [sobre] o crime de importunação sexual: qualquer ato ato libidinoso, qualquer tocada, qualquer investida sem a permissão da mulher será tido como crime e será punido”, destacou a edil.

Nesse ano a campanha contra o assédio distribuirá a nível nacional, adesivos a mulheres que vão para a folia. Resultado do financiamento coletivo, as cartelas são gratuitas. Para conhecer mais sobre a inciativa, basta acessar a página do grupo organizador.

Vereadores da oposição de Petrolina cobram situação mais transparente e independente após rejeição de Requerimento

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A rejeição do Requerimento nº 027/2018 apresentado pelos membros da oposição de Petrolina rendeu um longo debate entre os edis durante a sessão de quinta-feira (21). E para o grupo derrotado, a postura adotada pela bancada governista não condiz com o Poder Legislativo.

LEIA TAMBÉM:

Valgueiro critica situação por derrubar Requerimento; Aero cita “palanque político” como motivo de rejeição

Bancada governista derruba Requerimento que pedia audiência pública para discutir municipalização do saneamento de Petrolina

Cristina Costa (PT) foi uma das mais críticas a situação. Segundo a vereadora, a Câmara de Vereadores não deveria ser extensão da Prefeitura. “Câmara de Vereador não é extensão de Prefeitura. Câmara de Vereador é um poder autônomo e independente do Executivo, harmônico com o Executivo”, afirmou.

LEIA MAIS
12