Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

MEC autoriza implantação de curso de Medicina em Araripina e Arcoverde

(Foto: Internet)

A Portaria nº 924/2018, publicada no Diário Oficial da União em 27 de dezembro autorizou a implantação de três cursos de Medicina em Pernambuco. Araripina, no Sertão do Estado poderá ofertar o curso com 50 vagas, cuja mantenedora é a Faculdade Paraíso do Ceará.

De acordo com a Portaria há um prazo de implantação de até 18 meses, pois há necessidade de construção de um campus. Além de Araripina, o Ministério da Educação (MEC) liberou o curso em outro município sertanejo. Em Arcoverde o tempo deverá ser menor, tendo em vista que já existe um campus da Universidade de Pernambuco (UPE) no município.

O curso será ofertado pela Faculdade Leopoldo Mandic, como explica a prefeita Madalena Brito. “A UPE possui uma estrutura grande e poderia ser feita essa parceria. Também estive em reunião com os investidores do Shopping de Arcoverde, que tiveram interesse em abrigar a instituição. O mais importante é que a faculdade de medicina é uma grande conquista e que mudará o perfil da cidade”, disse.

Outra cidade a ser contemplada pelo MEC é Goiana, cuja mantenedora do curso será a Faculdade Tiradentes. As instituições selecionadas têm um prazo de 21 de janeiro até 8 de fevereiro para entregarem ao órgão federal a Garantia de Execução dos termos previsto no edital e a assinatura do Termo de Compromisso.

Com informações da Folha de Pernambuco

MEC vai propor nova estrutura para cursos de pedagogia

(Foto: Ilustração)

O Ministério da Educação (MEC) vai encaminhar ao Conselho Nacional de Educação (CNE), nesta semana, uma proposta de modificação dos cursos de pedagogia, segundo a secretária de Educação Básica, Kátia Smole. A proposta é que os estudantes possam escolher formações específicas ainda durante a graduação.

Na última quinta-feira (13), a secretária fez uma apresentação para jornalistas do esboço da proposta para o curso de pedagogia. A ideia é que nos dois primeiros anos, os estudantes recebam uma formação comum em todas as instituições públicas e particulares de ensino superior.

Durante esse período, terão aulas sobre políticas públicas, didáticas, conhecimentos sobre contexto e aprendizagem. Terão também aulas sobre a Base Nacional Comum Curricular, que estabelece o que todas as crianças e jovens devem aprender em todas as escolas brasileiras.

LEIA MAIS

Carmen Lúcia suspende decisões da justiça que permitem acesso de policiais em universidades

(Foto: Reprodução/Twitter)

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, concedeu neste sábado (27) decisão para suspender os efeitos judiciais e administrativos que determinaram o ingresso de agentes da Justiça eleitoral e de policiais em universidades públicas e privadas.

Na decisão da ministra também ficam suspensos o recolhimento de documentos, de depoimentos e a interrupção de aulas, debates ou manifestações de alunos e professores. Lúcia fez coro às críticas de instituições como a Procuradoria Geral da República (PGR) que condenou os atos classificados como censura.

“Toda forma de autoritarismo é iníqua”, disse a ministra em sua decisão. Durante a semana a imprensa nacional repercutiu as ações de policiais e fiscais eleitorais em universidades de todo o país.

Políticos, ministros do Supremo Tribunal Federal, integrantes do Ministério Público, da comunidade acadêmica e organizações da sociedade civil criticaram a ação. Apesar da repercussão o Ministério da Educação (MEC) ficou omisso e não se manifestou sobre o tema durante a semana, afirmando que as universidades são autônomas e respondem por si.

Início do horário de verão é adiado, para não coincidir com aplicação do Enem

(Foto: Internet)

O Governo Federal adiou o início do horário de verão, de 4 para 18 de novembro. O motivo da alteração foi um pedido feito pelo Ministério da Educação (MEC), já que a primeira data coincidia com a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Michel Temer (MDB) se reuniu com o ministro de Minas e Energias, Moreira Franco nessa semana e atendeu ao pedido do MEC. A decisão ainda será publicada no Diário Oficial, mas com a mudança, o horário de verão começará em 18 de novembro e terminará em 16 de fevereiro de 2019.

O horário de verão geralmente tem início em outubro, mas a data foi postergada para não atrapalhar a apuração dos votos nos estados. O programa foi instituído pela primeira vez no Brasil no verão de 1931/1932 e vem sendo adotado continuadamente desde 1985.

MEC pede mudança no início do horário de verão, para evitar choque com data do Enem

(Foto: Reprodução/Internet)

O horário de verão em 2018 terá início apenas em novembro, para não atrapalhar a apuração durante a eleição de outubro. No entanto, a data anunciada pelo Governo Federal coincidirá com a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no dia 4 de novembro.

Entretanto, o Ministério da Educação (MEC) já acionou o presidente Michel Temer (MDB) para alterar a data. Segundo o MEC, há uma preocupação de que a mudança nos relógios possa confundir os candidatos nos diferentes estados.

Se não houver modificação, o horário de verão começará à meia-noite do dia 4 de novembro e terminará em 16 de fevereiro de 2019. O pedido deve ser encaminhado à Casa Civil, comandada pelo ministro Eliseu Padilha e a mudança depende de alteração em decreto presidencial.

O horário de verão é aderido nos estados do Sul, Sudeste e Centro Oeste, além do Distrito Federal e desde 2008 um decreto presidencial estabelece as datas para início e fim do programado, utilizado de forma continua desde 1985, com a função de diminuir o consumo de energia.

Inscrições para estudantes do Fies são prorrogadas devido a erro

Após uma falha que impediu a inscrição de estudantes o Fies (Financiamento Estudantil) do segundo semestre, o Ministério da Educação (MEC) ampliou o prazo para o grupo afetado pelo erro.

Agora, os estudantes têm até o dia 17 deste mês para garantir uma vaga na universidade pelo programa federal. O prazo vencia nesta sexta-feira (10).

Para não perder o financiamento, os estudantes precisam atualizar os cadastros na página do Fies na internet, fase em que eles não conseguiram concluir no prazo estipulado pela pasta da educação do governo federal devido á falha.

Fies: inscrições são prorrogadas até amanhã (24)

(Foto: Internet/Ilustração)

Uma falha no sistema fez o Ministério da Educação (MEC) prorrogar as inscrições para o Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2018 foram prorrogadas até as 23h59 desta terça-feira (24). 155 mil vagas estão disponíveis, das quais 50 mil têm juros zero.

O MEC informou ainda que o cronograma não foi alterado e o resultado será divulgado na sexta-feira (27), na internet. Podem participar do Fies quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, sem ter zerado a redação e ter nota acima igual ou superior a 450.

“Para aqueles que não refizeram, o sistema automaticamente cancelou a inscrição e o MEC os comunicou, também via e-mail e SMS. Ainda, para não prejudicar os alunos, o MEC decidiu prorrogar o prazo de inscrição do processo por mais dois dias”, diz o ministério em nota.

Para concorrer pela modalidade de financiamento do Fies, é preciso ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos. Já na modalidade P-Fies (quando o agente financeiro é o banco), a renda familiar mensal bruta per capita deve ser de de três a cinco salários mínimos.

MEC divulga hoje resultado da primeira chamada do ProUni

(Foto: Divulgação)

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (2) o resultado do Programa Universidade para Todos (ProUni). A lista dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada estará disponível na página do programa.

De acordo com o MEC, a pré-seleção assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa. Aquele que estiver na lista deverá comparecer à instituição de ensino para a qual foi selecionado e apresentar os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.

O candidato deve verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato.

O prazo para que isso seja feito começa hoje e vai até o dia 10 de julho. A lista com a documentação necessária pode ser consultada na página do ProUni. 

LEIA MAIS

Educação infantil será analisada pelo MEC a partir de 2019

(Foto: Agência Brasil)

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nessa quinta-feira (28) uma mudança para 2019. A partir do próximo ano a educação infantil será incluída no sistema de avaliação realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep).

As avaliações são realizadas somente a partir do ensino fundamental e de acordo com o MEC, o levantamento será feito por meio de questionários aplicados pelos professores, dirigentes e equipe escolar.

De acordo com o MEC, os itens na avaliação incluem a infraestrutura da unidade e a formação dos professores. Diante disso, os pais e responsáveis pelas crianças devem ser convocados para a avaliação.

MEC prorroga prazo para pré-seleção da lista de espera do Fies

(Foto: Reprodução/MEC)

O prazo para as instituições de ensino superior pré-selecionarem os estudantes na lista de espera do Programa de Financiamento Estudantil (Fies) foi alterado. Previsto para terminar em 25 de abril, o Ministério da Educação (MEC) prolongou a data até o dia 23 de maio.

O anúncio foi feito na tarde da segunda-feira (30). Uma vez selecionado, o estudante só poderá confirmar a contratação do financiamento após a complementação das informações no site do Fies. Cada estudante tem um prazo de até três dias úteis para fazer a complementação.

Com duas modalidades, Fies e P-Fies, podem participar do programa alunos com renda per capita de até três salários mínimos ou cuja renda per capita esteja entre três e cinco salários mínimos.

Espelhos das provas do Enem já estão disponíveis na internet

(Foto: Reprodução/Internet)

Os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 já podem consultar os espelhos das provas. O Ministério da Educação disponibilizou a versão digitalizada do teste nessa segunda-feira (19)

Para ter acesso é necessário acessar o portal do Enem e fornecer as informações pessoais do login. Em 2017, o tema foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. Segundo o Inep, apenas 53 alunos tiraram nota mil nessa edição do exame.

Também foram disponibilizadas as notas dos treineiros, candidatos que não haviam concluído o ensino médio e que eram menores de 18 anos na data da aplicação do exame.

O MEC ratificou o calendário do Enem 2018. Confira a seguir:

– Publicação do edital: 21 de março

– Inscrições: de 7 a 18 de maio

– Provas: 4 e 11 de novembro

MEC vai liberar R$ 85 milhões para Pernambuco, Petrolina será contemplada com verba

(Foto: Reprodução/Instagram)

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nessa segunda-feira (19), a liberação de R$ 85 milhões para o estado de Pernambuco investir na educação básica.  A verba é advinda do recurso do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e deve ser investida na construção de escolas, creches, quadras poliesportivas, mobiliário, equipamentos e aquisição de 178 novos ônibus escolares.

Petrolina está entre as cidades contempladas com a verba e o prefeito Miguel Coelho adiantou outras novidades advindas com o recurso.

“Também teremos um reajuste de 20% no valor do transporte escolar, galera, o que vai nos permitir fazer mais investimentos, realizar novos projetos e deixar nossa Educação+Forte”, escreveu o prefeito em uma rede social.

O ministro da Educação, Mendonça Filho destacou que a prioridade do ministério, com ações desse tipo, é estreitar as parcerias com os municípios de todo o Brasil. Participaram do encontro 114 prefeitos de 185 municípios pernambucanos.

Inscrições para Fies são prorrogadas até sexta-feira (2)

(Foto: Reprodução/MEC)

As inscrições para o Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foram prorrogadas até às 23h59 desta sexta-feira (2). O Ministério da Educação (MEC) decidiu prorrogar o prazo para não prejudicar os alunos.

O diretor de políticas e programas de educação superior do MEC, explicou que “a decisão foi tomada para não prejudicar os candidatos e instituições, uma vez que cerca de 400.000 inscrições ainda se encontram na fase de preenchimento no Sistema de Seleção do Fies”.

LEIA MAIS

Inscrições para Fies terminam na quarta-feira (28)

(Foto: Internet/Ilustração)

Estudantes que desejam recorrer ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem se atentar ao prazo para inscrição no programa. Eles têm até às 23h59 da quarta-feira (28) para efetuar a inscrição.

Podem participar estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017, tiraram nota 450 ou mais e não tenham zerado a redação. É necessário também, se enquadrar na faixa de renda estabelecida pelo Fies.

LEIA MAIS

ProUni: Hoje (23) é o último dia para aprovados na 1ª chamada comprovarem documentação

Estudantes convocados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até essa sexta-feira (23), para comprovar a documentação exigida pelas instituições de ensino.

A comprovação dos dados deve ser feita na universidade ou faculdade na qual o estudante foi selecionado. Quem não comprovar as informações pode perder a vaga. Entre a documentação que o estudante deve apresentar, estão a comprovação de renda familiar e residência.

No primeiro semestre de 2018, o ProUni oferece 113.863 bolsas de estudo integrais e 129.124 parciais. Segundo o Ministério da Educação (MEC), as bolsas integrais são destinadas a estudantes com renda per capita de até 1,5 salário mínimo e as parciais, para alunos com renda familiar de até três salários mínimos.

LEIA MAIS
123