Desvalorização da moeda se deve a fatores externos, diz Bolsonaro

(Foto: Internet)

O presidente Jair Bolsonaro disse, hoje (2), não ver como retaliação ao Brasil a decisão do governo dos Estados Unidos de aumentar as tarifas para importação de aço e alumínio brasileiros. Segundo o presidente dos EUA, Donald Trump, Brasil e Argentina estariam forçando uma desvalorização de suas moedas, o que tem prejudicado os agricultores daquele país.

“Não vejo isso como retaliação”, disse Bolsonaro em entrevista à Rádio Itatiaia na manhã desta segunda-feira (2). Na avaliação do presidente, a correlação não procede porque a desvalorização das moedas locais é em consequência de fatores externos. “O mundo está conectado. A própria briga comercial entre Estados Unidos e China influencia o dólar aqui, assim como coisas que acontecem no Chile, nas eleições na Argentina e no Uruguai. Tudo está conectado”, argumentou o presidente.

LEIA MAIS

Petrolina é destaque no crescimento do mercado de energia solar

O município de Petrolina é destaque nacional em instalação de placas de energia solar. Dados divulgados no início deste ano pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), apontam Petrolina ocupando o 9º lugar no ranking de cidades do Brasil com maior número de instalações fotovoltaicas. Hoje, são cerca de 405 instalações de sistemas, o que compreende a 6,8 MW de potência instalada na cidade.

O crescente mercado de energia solar tem animado empresas que atuam na região. Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, o Engenheiro Eletricista Paulo Victor Dantas, sócio da empresa Dantas Engenharia, especializada em sistemas fotovoltaicos, confirmou a demanda. “A gente vem notando o crescimento do mercado, a procura dos consumidores na tentativa de diminuir o custo de energia, principalmente nas residências. No comércio, os proprietários de empresas são mais propensos a aderir por que o impacto do custo de energia elétrica é muito grande”, disse.

As condições climáticas da região é fator determinante para o sucesso do mercado de energia solar, contudo outros aspectos compõem a alta do segmento. “As pessoas estão bem informadas, a divulgação tem ajudado muito. Outro ponto positivo para o setor é a facilidade de financiamento na região. Como Petrolina é uma cidade de porte médio, temos várias agências bancárias oferecendo linhas de crédito que facilitam a adesão ao sistema”, ressalta Paulo Victor.

LEIA MAIS

Petrolina ganha primeiro Mercado Municipal de Produtos Orgânicos nesta sexta

Mercado funcionará durante toda semana.

Começa a funcionar, nesta sexta-feira (5), das 16 às 20h, o primeiro Mercado Municipal de Produtos Orgânicos de Petrolina (PE). Também terá expediente aos domingos, das 6h30 às 12h30. O local fica na Rua da Polônia, Areia Branca, em frente à feira livre do bairro.

Cerca de 20 produtores vão atuar no mercado, com a comercialização de diversas frutas e legumes orgânicos. A área é totalmente coberta, com banheiros, iluminação, sala administrativa e equipamentos acessíveis para pessoas com deficiência como rampas e sanitários adaptados.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Emício Júnior, lembra que este modelo de mercado é uma novidade na região. “É a primeira feira pública de produtos sem componentes químicos do Nordeste. Foram investidos aproximadamente R$ 314 mil reais, com recursos da Prefeitura de Petrolina e da Codevasf”, informa.

Semana Santa movimentou a economia nos Mercados de Juazeiro; crescimento nas vendas foi de 70%

(Foto: ASCOM)

O período da Semana Santa foi muito satisfatório para os mercados, feiras e Mercado do Produtor de Juazeiro (BA), segundo a direção da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA). A comercialização de peixes, legumes, hortifrutas e produtos típicos da época foram os mais procurados pelo consumidor na última semana. Os preços desses produtos durante a Semana Santa ficaram 40% menores em relação aos valores praticados nos mercados tradicionais.

O balanço do setor de Estatísticas do Mercado do Produtor de Juazeiro aponta, que nesse período o índice de comercialização aumentou cerca de 70% por dia no entreposto, nos Mercados Arnaldo Vieira e Joca de Souza em relação ao mesmo período do ano passado. O setor ainda destaca que durante o ano cerca de 10 toneladas de peixes são comercializadas, e nessa época o volume diário aumentou também em 70%.

O diretor executivo da Autarquia Municipal de Abastecimento, Mitonho Vargas, comemorou o fluxo de pessoas nos mercados e feiras durante esse período. “Ficamos satisfeitos com a procura pelos produtos nas feiras e mercados da cidade. A AMA tem como objetivo resgatar o consumidor para o hábito de comprar produtos nas feiras e mercados de Juazeiro, referência da ceia da Semana Santa”, disse Mitonho.

O aposentado Carlos Torres comprou seus produtos da ceia da Semana Santa no Ceasa e ficou satisfeito. “Gostei da qualidade do produto, além da organização nesse período, não ficou um trânsito caótico. Deixei para comprar os produtos na quinta-feira e vieram fresquinhos e com ótimos preços”, externou.

O Mercado do Produtor de Juazeiro comercializa anualmente cerca de R$ 800 milhões e é considerado o 1º entreposto da agricultura irrigada/familiar do Norte/Nordeste e o 5º maior em volume de vendas do Brasil.

Assaltante é preso após perseguição policial no bairro Atrás da Banca

Criminoso pulou do carro em movimento no bairro Atrás da Banca e foi preso. (Foto: Google Maps)

Por volta das 9h dessa segunda-feira (12), a Polícia Militar foi informada pela Central de Operações de que três indivíduos que estavam em veículo Vectra, cor prata, haviam praticado um assalto ao Mercadinho Silveira, localizado no bairro São Gonçalo, em Petrolina (PE).

A Patrulha de Trânsito seguiu para o local do fato ocorrido e no trajeto se deparou com o veículo descrito. Ao perceber a presença policial, os criminosos fugiram para o bairro Atrás da Banca. Ao fazer conversão em uma das ruas, um dos suspeitos desceu do veículo ainda em movimento e foi detido. Os demais criminosos continuaram a fuga, quando jogaram um revólver cal. 38, com quatro munições intactas.

O acusado, de 20 anos, informou a identidade dos demais ocupantes do veículo, que seriam um homem, conhecido por “Pezão”, e sua esposa. Os policiais foram à residência do casal, localizada no bairro Rio Jordão, em Petrolina, mas não encontraram ninguém. Deposi seguiram em diligências nos bairros Pedra do Bode e Henrique Leite, contudo, nenhum suspeito foi encontrado.

O suspeito detido foi encaminhado para a 1ª Delegacia da Polícia Civil. A vítima foi até a delegacia e identificou o suspeito. Segundo relato, a vítima estava sentada na calçada do estabelecimento, quando um dos suspeitos realizou um disparo acertando a calçada. O acusado dominou a vítima e a usou como escudo.

Os criminosos entraram no estabelecimento e rederam uma funcionária, de 47 anos. Eles levaram R$ 180 que estava no caixa. Os envolvidos foram apresentados na delegacia com a arma de fogo apreendida, onde a autoridade policial autuou o suspeito em Flagrante Delito.

Mercado Arnaldo Vieira, em Juazeiro, recebe mais um mutirão de limpeza

(Foto: ASCOM)

Vinte funcionários da Prefeitura de Juazeiro (BA) realizaram nesta quinta-feira (28), mais um mutirão de limpeza em um dos mercados mais tradicionais da cidade.

Com auxílio de equipamentos e máquinas, como um caminhão hidrojateador, eles varreram e lavaram toda feira livre. A medida é para garantir um ambiente mais limpo e adequado para a comercialização de alimentos neste final de ano.

A limpeza dos Mercados e feiras de Juazeiro é executada diariamente, de segunda a sábado, (manhã e tarde) e em média cerca de 20 toneladas de lixo são retiradas por dia, além dos funcionários que varrem e coletam o lixo.

Em 2017, mais de 500 mil toneladas de lixo foram retiradas pela equipe da Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA), nesses locais. Para melhor execução do serviço também é disponibilizado um carro coletor e um poliguindaste que retira os resíduos depositados nos contêineres distribuídos no Mercado do Produtor.

Frutas do Mercado do Produtor tem menor preço nesta terça

(Foto: Arquivo)

Os preços de frutas, legumes, verduras e cereais seguem oscilando no Mercado Produtor de Juazeiro, quinto maior entreposto do Norte e Nordeste em volume e valor de negócios.

Nesta terça-feira (5), os valores mínimos de alguns produtos comercializados no entreposto são: o saco com 20 kg da beterraba está custando R$ 40,00; a caixa com 14 kg da berinjela é vendida por R$25,00; o quilo do melão está cotado a R$1,20 e o inhame a caixa com 25 kg sai por R$ 150.

A cotação completa desta terça pode ser conferida clicando aqui.

Aproximação do São João intensifica vendas de itens juninos no Mercado do Produtor de Juazeiro

(Foto: ASCOM)

As comemorações juninas já estão batendo na porta e o consumidor aproveita a véspera do São João para adquirir produtos típicos da festa, a exemplo de milho verde e amendoim que podem ser encontrados a preço mínimos no Mercado do Produtor de Juazeiro.

Com cerca de R$ 40 reais o consumidor compra 30 kg de milho no entreposto. Outro ingrediente presente nos pratos juninos é o amendoim. No mercado do produtor ele é vendido a R$ 75 a saca com dez quilos. Com a chegada do mês de junho, a tendência é que a procura pelo produto aumente e as vendas também. Outro destaque de vendas é o coco seco que está custando R$ 2 reais o quilo.

Segundo dados do setor de Estatísticas do Mercado do Produtor em 2016 foram comercializados cerca de 360 mil reais do milho; já o amendoim teve uma venda de 732 mil ao ano. A expectativa da Autarquia Municipal de Abastecimento/AMA é que o entreposto venda nesse período mais de 70% desses produtos típicos.

LEIA MAIS

Pesquisadores da UFRRJ visitam Mercado do Produtor de Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Pesquisadores de Abastecimento Alimentar da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) estiveram nesta terça-feira (25) visitando as instalações do Mercado do Produtor de Juazeiro (BA). Recepcionados pelo diretor da autarquia, os pesquisadores conheceram o novo modelo de gestão do entreposto, bem como trataram de questões relativas à segurança alimentar.

Desde que foi instituída como autarquia, o Mercado do Produtor de Juazeiro vem recebendo inúmeras visitas de representantes de outros entrepostos do país, o que para o diretor executivo da AMA, Mitonho Vargas, representa significativa troca de experiência.

“É muito enriquecedor para nós, crescemos muito com essa vivência exterior porque cada visitante traz uma identidade da sua cidade e tudo que chega para a melhoria do nosso mercado e feiras sempre será bem vindo”, externou Vargas.

LEIA MAIS

Recadastramento de permissionários das feiras, Camelódromo e Mercados de Juazeiro começa nesta terça

Os permissionários aprovaram a iniciativa. (Foto: ASCOM)

A atualização dos dados cadastrais dos permissionários dos mercados Joca de Souza, Arnaldo Vieira, Mercado do Produtor de Juazeiro, feiras e camelódromo teve início nesta terça-feira, 18 de abril. A iniciativa é uma estratégia de organização da Autarquia Municipal de Abastecimento/AMA para auxiliar no controle interno desse cadastro.

Durante os trabalhos a equipe da AMA esteve no mercado Joca de Souza para verificar as medidas dos boxes, fazer um levantamento dos funcionários, verificar situações de transferência de boxes, pontos de energia e conversou com os permissionários sobre a importância da atualização do cadastro no sistema da AMA.

De acordo com o superintendente Operacional, Renato Borges todos os permissionários e concessionários terão os dados atualizados. “Nossa equipe irá passar em todas as feiras e mercados e o recadastramento será fundamental para conhecer de perto a realidade desses locais. Além da atualização de dados, com este recadastramento paralelo à documentação existente, iremos verificar se há alguma irregularidade”, destacou Renato.

LEIA MAIS

Mercados de Juazeiro tiveram 70% de crescimento nas vendas da Semana Santa

(Foto: ASCOM)

De acordo com a direção da Autarquia Municipal de Abastecimento/AMA, o período da Semana Santa foi muito satisfatório para os mercados, feiras e Mercado do Produtor de Juazeiro.

A comercialização de peixes, legumes, hortifrutas e produtos típicos da época foram os mais procurados pelo consumidor na última semana. Os preços desses produtos durante a Semana Santa ficaram 40% menores em relação aos valores praticados nos mercados tradicionais.

O balanço  do setor de Estatísticas do Mercado do Produtor de Juazeiro aponta que nesse período o índice de comercialização aumentou cerca de 70%/dia no entreposto, no  Mercado Arnaldo Vieira e Joca de Souza em relação ao mesmo período do ano passado.

(Foto: ASCOM)

O setor ainda destaca que durante o ano cerca de 10 toneladas de peixes são comercializados, e nessa época o volume diário aumentou também em 70%.

O diretor executivo da Autarquia Municipal de Abastecimento, Mitonho Vargas, disse que, para a época do ano e momento econômico enfrentado no país, os números são positivos.

“Esse aumento na comercialização é importante para o município, os permissionários, concessionários e para as feiras e mercados. É muito bom saber que somos referência nas compras em hortifruti, peixes, e demais produtos”, disse.

O Mercado do Produtor de Juazeiro comercializa anualmente cerca de R$ 800 milhões e é considerado o 1º entreposto da agricultura irrigada/familiar do Norte/Nordeste e o 5º maior em volume de vendas do Brasil.

Juazeiro: AMA e Sesau planejam ações para a saúde dos trabalhadores e usuários do Mercado do Produtor

(Foto: ASCOM)

O Diretor-Presidente da Agência Municipal de Abastecimento (AMA), Antônio Vargas Filho, esteve nesta quinta-feira (26), reunido com o Secretário de Saúde de Juazeiro (BA), Plínio Amorim, para discutir ações de melhorias na saúde dos usuários e trabalhadores do Mercado do Produtor.

A proposta discutida entre os gestores é firmar parceria para promover saúde e prevenção a todos os permissionários e frequentadores do entreposto através de ações educativas, campanhas de vacinação, campanhas periódicas a exemplo do Novembro Azul, Dezembro Vermelho, entre outras.

LEIA MAIS

Reforma da Previdência pode manter trabalhador no mercado por mais tempo

(Foto: Internet)

A reforma da Previdência anunciada pelo governo propõe mudanças nas regras de aposentadoria para muita gente. Se passar, com a alteração da idade e do tempo de contribuição, vai manter muito trabalhador ativo no mercado de trabalho por mais tempo. A boa notícia é que ela não deve atingir quem está prestes a se aposentar.

É o caso do Luis Vieira da Silva, de 70 anos. Ele deu entrada no processo de aposentadoria após contribuir por 23 anos e, por isso, vai se aposentar por idade. Caso contrário, ainda teria que contribuir por pelo menos 25 anos a mais. “Agora que estou com 70 anos, passou cinco anos. Em janeiro vai mudar tudo agora e também é a hora”, disse.

Outra boa notícia é para quem já atingiu o tempo para se aposentar, mas optou por continuar trabalhando, como explica o secretário de Políticas da Previdência, Benedito Brunca.

LEIA MAIS

Vendas de imóveis sobem 1,4% em agosto; 1ª alta desde junho de 2015

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

Após 13 meses consecutivos de queda, o mercado imobiliário nacional registrou aumento nas vendas em agosto em relação ao mesmo mês do ano anterior. Foram negociadas 9,271 mil unidades, o que representa um pequeno avanço de 1,4% na comparação com as vendas de agosto de 2015, de acordo com pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). A pesquisa considera dados fornecidos por 19 incorporadoras de grande porte, com presença em diversas regiões e associadas à Abrainc.

No acumulado do ano até agosto de 2016, as vendas somaram 67.069 unidades, queda de 11,3% frente ao volume observado no mesmo período de 2015. Já nos últimos 12 meses, foram vendidas 103.675 unidades, volume 13,3% inferior ao total de vendas do período precedente.

LEIA MAIS

Homem é preso após furtar estabelecimento comercial em Petrolina

 (Foto: Arquivo)

Homem roubou 18 desodorantes. (Foto: Arquivo)

A Polícia Militar prendeu neste domingo (24), por volta das 11h, um suspeito de furtar dezoito desodorantes, os quais foram escondidos dentro da bolsa do rapaz, do mercado Econômico, que fica localizado na Av. da Integração, em Petrolina (PE). O acusado foi detido por um segurança no estacionamento do mercado.

Os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Plantão, onde foram apresentados a autoridade policial, que realizou o auto de prisão em flagrante delito em desfavor do imputado.

12