Universitários de Cabrobó cobram transporte para Belém do São Francisco

Vários estudantes estiveram na prefeitura da cidade para cobrar medidas do prefeito. (Foto: Blog Didi Galvão)

Na noite dessa quinta-feira (16), estudantes universitários de Cabrobó (PE), que estudam em faculdades de Belém do São Francisco (PE), foram à prefeitura da cidade cobrar o transporte oferecido pelo município.

De acordo com os proprietários dos veículos que prestam serviço para a prefeitura, as viagens foram suspensas por falta de pagamentos. Um dos motoristas informou que estaria há seis meses sem receber salário.

O prefeito Marcílio Cavalcanti não estava na prefeitura no momento do protesto. Contudo, o vice-prefeito, Pedro Caldas, informou que buscaria a melhor forma para resolver a situação.

Por falta de pagamento do Governo da Bahia, cerca de mil alunos de Casa Nova podem ficar sem aula

Motoristas reclamam de atraso de pagamento do Governo do Estado. (Foto: Manoel Leão)

Cansados das promessas que nunca se cumprem, 20 proprietários de ônibus que transportam alunos do interior de Casa Nova (BA) para a sede ou para as extensões dos colégios estaduais resolveram na tarde desta segunda-feira (23) paralisar o transporte.

André Lima, um dos proprietários, que fala mesmo temeroso “das represálias”, explica. “A situação é feia. A gente rodou no mês de março e ainda tem umas diárias sem receber. Mês de agosto não saiu nada, mês de setembro não recebemos. Estamos no final do mês de outubro sem receber um real!”

Segundo André Lima, rodeado de diversos outros proprietários de ônibus, cada um deles transportam em média 55 a 60 alunos diariamente, alguns percorrendo mais de cem quilômetros por dia. Porém, nem o governo, nem os responsáveis pela empresa que presta o serviço dão explicações. “É hoje, é amanhã e nada. Só promessa mesmo”.

(Foto: Manoel Leão)

Esta semana o posto que vendeu combustível à empresa responsável pelos veículos parou o fornecimento por falta de pagamento.

“Resolvemos parar, porque agora  estamos andando com óleo que tomamos emprestado. Quem presta serviços ao município está normal, está bom demais, recebe certinho a cada trinta dias enquanto a gente tem 90 dias sem receber um real”, fala outro proprietário, que não quer se identificar.

LEIA MAIS

Petrolina: lugar de maus motoristas e ignorância no trânsito

Motorista não espera sinal abrir novamente e fecha cruzamento da Av. Fernando Góes com a rua Joaquim Nabuco. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O trânsito em Petrolina, Sertão Pernambucano, tem ficado cada vez mais caótico. Além de regras diversas do restante do país, como a vez ser de quem está fora das rotatórias, os condutores parecem não estar preparados para guiar seus veículos pelas ruas, tanto tecnicamente, como psicologicamente.

São motociclistas que abusam nas ultrapassagens pelo lado direito e motoristas de carro que criam filas inexistentes nas paradas dos semáforos, por exemplo. Sem falar nos condutores que conduzem seus veículos ocupando duas faixas, como verdadeiros donos das ruas.

Além das falhas técnicas, os motoristas da nossa cidade são absurdamente ignorantes. Não é difícil você encontrar condutores sem bom senso no trânsito de Petrolina. Não conseguem ter a sensibilidade de entender que se deve ir além das sinalizações.

Por exemplo, motoristas que fecham cruzamentos. Não pode ser outra coisa, se não ignorância. O condutor sabe que não vai conseguir passar sem fechar o trânsito, mas ainda assim tenta tirar proveito, ao invés de esperar uma nova oportunidade de seguir viagem.

Outro exemplo, condutores que impedem, por ignorância, que outros carros em ruas transversais sigam viagem. Os motoristas não diminuem a velocidade para permitir que o outro veículo entre, pelo contrário, acelera o quanto pode só para impedir que o outro carro, ou moto, entre na via.

Sem falar nos que entendem o sinal amarelo como “acelere mais”. Esses não são raros, aumentam a velocidade logo que veem a luz amarela nos semáforos, obrigando, as vezes, os outros veículos, que estão com seu sinal verde, esperar sua passagem.

Faixa de pedestres

Talvez o único ponto positivo para o condutores de Petrolina sejam as faixas de pedestres. Os pedestres não sofrem tanto quando necessitam atravessar as vias da cidade. Quase todos os motoristas param para as pessoas seguirem seus destinos.

Contudo, há de se fazer uma ressalva, dessa vez para os pedestres. É possível perceber que várias pessoas, quando pretendem atravessar as vias, não estão dispostas a ir a uma faixa. Elas, geralmente, atravessam em qualquer lugar. O pior é que as vezes, mesmo fazendo o errado, ao invés de esperar nas calçadas, ficam nas ruas esperando uma oportunidade para atravessar e obrigando os carros a desviarem delas.

Enfim, Petrolina tem crescido cada vez mais, principalmente na quantidade de veículos que circulam pela cidade, e é necessário que as pessoas utilizem do bom senso quando estiverem em seus veículos para acabar, ou ao menos amenizar, esse caos que está se tornando o trânsito do município.

SINDSEMP participa de reunião do SAMU com Gerência de Transportes da Secretaria de Saúde

Walber Lins, presidente do SINDSEMP, conduziu a reunião. (Foto: ASCOM)

Na manhã desta quinta-feira (27), o Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP) participou de uma reunião com motoristas do SAMU e ambulâncias sociais e o Gerente de Transportes da Secretaria Municipal de Saúde, Luiz Gonzaga Junior, para tratar de assuntos referentes a manutenção dos veículos, para o bom funcionamento do serviço.

Para Gonzaga Junior, foi importante debater tópicos relevantes sobre a manutenção dos veículos que sempre retornam para as oficinas, geralmente com os mesmos problemas, gerando auto custo para a gestão.

“A cada momento nós estamos tentando chegar ao ponto de que isso acabe, procurando identificar se o problema é do motorista e da sua forma de dirigir, se é das estradas ou se é da própria gestão que deve estar mais próxima do pessoal”, afirma.

O motorista de ambulância social, Marcos Maciel de Amorim, servidor lotado no SAMU, que também faz parte da diretoria dos motoristas, elogiou a nova gestão e o trabalho realizado com a manutenção dos carros e com a organização do setor. Quanto a participação do SINDSEMP na reunião e nas lutas pelos direitos do servidor, Marcos enfatizou o agradecimento.

LEIA MAIS

Motoristas da Secretaria de Saúde de Juazeiro são homenageados

(Foto: ASCOM)

Em celebração ao Dia do Motorista, comemorado nesta terça-feira (25), a Secretaria de Saúde de Juazeiro elaborou uma programação voltada para esses profissionais. O evento foi realizado no auditório do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Durante a solenidade, a equipe do SAMU prestou uma homenagem ao motorista Adelino Rodrigues, colega de trabalho que faleceu em exercício da atividade. O evento também contou com as homenagens prestadas pela secretária de Saúde, Fabíola Ribeiro, pelo superintendente administrativo, Alfredo Júnior, pela superintendente de Atenção Especializada, Cilene Duarte, da superintendente de Gestão de Pessoas, Lorena Pesqueira, e da diretora do SAMU, Lara Ramos.

“Parabenizo os motoristas e peço proteção a Deus, para que todos sempre conduzam os carros e as vidas que estão em suas mãos de forma tranquila e serena. Estamos desenvolvendo essa ação em parceria com a Secretaria de Gestão de Pessoas com o intuito de nos aproximar mais dos nossos servidores e mostrar que nós os reconhecemos como pessoas essenciais para o funcionamento da nossa pasta”, disse a secretária de Saúde.

Na ocasião, uma palestra sobre sensibilização no trânsito foi ministrada pelo engenheiro de segurança no trabalho, Bruno da Hora e dinâmicas de grupo realizadas pela equipe da superintendência de gestão de pessoas da Sesau. Após essas atividades, os motoristas  participaram do sorteio de uma televisão.

O ganhador foi o motorista João Santana, que é servidor municipal a cerca de 8 anos. “Estou muito feliz. Foi um momento muito legal porque a gente se sente valorizado e respeitado”, afirma.

O condutor socorrista do SAMU, Flávio Conceição, elogiou a iniciativa da gestão. “Acredito que a Secretaria tem o poder de dar esse suporte de educação, para que possamos estar cada vez mais capacitados. Esse foi um momento único, nos sentimos valorizados e esperamos o melhor dessa  nova gestão”, conta.

Motoristas param veículos em locais proibidos e atrapalham trânsito no centro de Petrolina

Carro estacionado a poucos metros de placa que proíbe uma simples parada na Av. Fernando Góes, em Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Diariamente, no centro de Petrolina (PE), é possível identificar motoristas estacionando seus veículos em locais irregulares. A ação dessas pessoas atrapalham o trânsito da cidade e causa transtorno aos demais condutores.

Na Av. Fernando Góes, mais precisamente em frente ao Banco do Brasil, as várias placas que proíbem o estacionamento no lado direito da via não impedem os donos da rua em pararem seus automóveis no local.

Outro local em que os motoristas sofrem com a situação é na Av. Souza Filho. Os condutores param os seus veículos atrás dos carros estacionados na zona azul. Resultado: A via, que deveria ser de mão dupla, congestiona o trânsito na avenida.

O fato é que todos deveriam respeitar não só as leis de trânsito, já que existem diversas placas sinalizando os locais onde são proibidas essas paradas com veículos, mas também o espaço dos demais cidadãos, que não são obrigados a se submeter à ignorância de alguns.

Animais soltos causam perigo a condutores na estrada da Tapera, em Petrolina

Boi é registrado em ponte no início da estrada da Tapera. (Foto: WhatsApp)

Alguns animais estão trazendo perigo aos condutores que transitam, principalmente à noite, pela estrada da Tapera, em Petrolina (PE). Todos os dias, por volta das 18h, os animais começam a tomar conta da via.

Sem iluminação, o trecho se torna um local perigoso para os motoristas, que precisam andar com a atenção redobrada. Os proprietários, mesmo sabendo do perigo oferecido com a prática e das penalidades as quais estão sujeitos, não se intimidam e continuam soltando seus animais.

Vereadores derrubam parecer do jurídico e garantem tramitação do projeto que proíbe atribuição de cobrador aos motoristas de ônibus

camara-municipal-petrolina-plenario

Projeto vai para votação em plenário e pode ser contestado na justiça/Foto Waldiney Passos

Por 12 votos a 01, os vereadores de Petrolina derrubaram na sessão desta quinta-feira (24), na Câmara Municipal de Petrolina, o parecer do setor jurídico da Casa que considerou inconstitucional o Projeto de Lei do legislativo que proíbe a atribuição de funções de cobrança de passagens aos motoristas de ônibus, dupla função, na cidade de Petrolina.

No parecer o jurídico considerou a matéria inconstitucional porque refere-se a prerrogativa privativa da União e que também confronta com a Lei Orgânica Municipal usurpando a competência do Poder Executivo, pois matérias que tratem de órgãos da administração municipal são de inciativa do Poder Executivo.

Mesmo assim os vereadores optaram pela continuidade da tramitação da matéria na Casa Plínio Amorim, devendo ir para votação em plenário nas próximas sessões.

AMMPLA lança campanha ‘Mais Saúde no Trânsito’ em Petrolina

(Foto: ASCOM)

(Foto: ASCOM)

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) lança, no próximo dia 5 de dezembro, em parceria com a Secretária de Saúde, a campanha “+ Saúde no Trânsito”. Segundo o coordenador do setor de Educação da Ammpla, agente de trânsito Jilmar Barros, é essencial que cada motorista represente a transformação para um trânsito mais seguro e em paz.

“Seja a mudança que você quer viver no trânsito. Precisamos compreender que os números assustadores da violência no trânsito também se relacionam com nossos comportamentos, com nossas escolhas pessoais e que precisamos mudar a cultura simplesmente porque da forma como estamos fazendo, colhemos resultados muito ruins”, aponta Jilmar Barros.

Dados revelam que a cada ano mais de 1,2 milhões de pessoas morrem em acidentes de trânsito em todo o mundo e de 30 a 50 milhões ficam feridas, segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Confira a Programação Petrolina – Campanha + Saúde no Trânsito:

CURSOS BLITZ EDUCATIVA PANFLETAGEM
05/12, às 8h –  Motoristas PMP – Auditório SEST/SENAT 08/12, às 9h – 11h – Av. Clementino Coelho – Blitz Educativa (AMPPLA) 09/12, às 21h – 23h – Bodódromo e Avenida S. Fco – Distribuição de Panfletos
06/12, às 14h – Motoristas PMP – Auditório SEST/SENAT 09/12, às 9h – 11h – Av. Integração (Grau Técnico) – Distribuição de Panfletos 10/12, às 21h – 23h – Bodódromo e Avenida S. Fco – “Adesivaço”
10/12, às 9h – Mototaxistas – Auditório IGPREV 10/12, às 9h – 11h – Av. Guararapes (PMP) – “Adesivaço” –
Av. Integração (G Barbosa)
 —————————-

“Para gerar a mudança de cultura necessária precisamos individualmente fazer melhores escolhas, trazer valores humanos para o trânsito é uma missão pública, que não se restringe aos cidadãos e cidadãs individualmente nem aos governos tão somente. Nossa saúde e segurança estão em jogo e por isso precisamos construir uma nova cultura de trânsito, que tenha a paz”, finalizou Jilmar Barros.

Com informações da ASCOM

Em primeira sessão legislativa do ano em Petrolina, líder comunitário reclama da retirada de cobradores dos ônibus e critica alguns vereadores

(Foto: Waldiney Filho)

Cícero Romão, líder comunitário do São Gonçalo, reclamou da situação dos motoristas e cobradores dos ônibus em Petrolina. (Foto: Waldiney Filho)

O segundo semestre eleitoral começou a todo vapor na cidade de Petrolina (PE). A principal discussão do dia disse respeito à retirada dos cobradores dos ônibus que circulam pela cidade de Petrolina. A tribuna da Câmara de Vereadores foi aberta para a participação de motoristas e cobradores das Empresas de Transporte Coletivos de Petrolina.

O líder comunitário do São Gonçalo, Cícero Romão de Souza, foi à tribuna e falou sobre a situação dos cobradores que perderam seus empregos e dos motoristas que agora têm que dirigir e fazer o recebimento do valor dos passes, além de passar trocos. Segundo Cícero, a situação está atrapalhando e atrasando as viagens dos ônibus e já chegou a causar acidentes durante o embarque dos passageiros.

“O problema é que não existe o motorista dirigir e cobrar a passagem ao mesmo tempo. A viagem atrasa. Está acontecendo vários acidentes, um aconteceu no São Gonçalo e uma senhora chegou a quebrar a perna. A gente tem conhecimento de acidentes também no Pedro Raimundo”, disse o líder comunitário.

LEIA MAIS

Setranvasf negocia aumento de salários de motoristas

(Foto: Internet)

Setranvasf negocia aumento de salários de motoristas. (Foto: Internet)

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros do Vale do São Francisco (Sentravasf) informou, por meio de nota, que tenta negociar melhores propostas de salários com os motoristas de ônibus. O sindicato alegou que o aumento não é muito, porém, diante da crise na qual se encontra o país, é o mais viável no momento. Confira a íntegra da nota enviada pelo Setranvasf:

“Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros do Vale do São Francisco (Setranvasf) informa que está em negociação com os motoristas de ônibus. A proposta, formalizada em reunião na última quarta-feira (13), é de 10% de aumento. Atualmente, um motorista em Petrolina recebe R$ 2.150,00, entre salário e ticket alimentação. Com o aumento, o valor ficaria em R$ 2.365.00. Tendo em vista a inflação acumulada no período (de 8,84%) e as dificuldades financeiras por que passam várias empresas no País, o Setranvasf considera a proposta a opção mais viável no momento. Como a proposta foi recusada, haverá uma nova reunião e, caso não se chegue a um acordo, poderão ser deflagrados movimentos paredistas”.

Sindicato discute sobre Plano de Cargos e Carreira para servidores da FACAPE, além das condições de trabalho dos motoristas do SAMU

O Sindsemp articulou, junto ao gabinete da vereadora Cristina Costa, uma reunião com os motoristas do SAMU/Foto: assessoria

O Sindsemp articulou, junto ao gabinete da vereadora Cristina Costa, uma reunião com os motoristas do SAMU/Foto: assessoria

Duas importantes reuniões mediadas pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina (Sindsemp) aconteceram nesta quarta, na Câmara de Vereadores. Com os professores e a direção da Facape, o debate foi relativo ao projeto de Lei que versa sobre o Plano de Cargos, Carreira e vencimentos dos servidores da Autarquia e com os motoristas do SAMU sobre as condições de trabalho.

A proposta, encaminhada pelo Executivo, tinha alguns pontos de divergência para a categoria.

Na reunião ficou acertado que o projeto não seguiria os trâmites na Casa e voltaria para o Conselho da entidade para debate. Segundo Walber Lins, presidente do Sindsemp, o sindicato cumpriu seu papel em defesa do servidor. “Como representatividade, mantemos nossa posição de diálogo em favor do servidor da Facape eu estava com algumas dúvidas em relação ao projeto. Juntos, entendemos que o melhor seria ampliar esse debate no âmbito acadêmico e, depois, seguir os procedimentos de votação”, pontuou.

LEIA MAIS

Revisão do piso salarial e garantia dos direitos trabalhistas dos motoristas do município na pauta do Sindsemp

o Sindsemp junto a classe formalizará brevemente o PCCV com fixação do piso salarial, que atualmente está em R$ 827/Foto: Assessoria

O Sindsemp junto a classe formalizará brevemente o PCCV com fixação do piso salarial, que atualmente está em R$ 827/Foto: Assessoria

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina – Sindsemp buscará na Lei proteção e cumprimento dos direitos dos motoristas de Petrolina. O Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos já está em construção junto a categoria. O sindicato, representante da classe trabalhadora da rede municipal, buscará a revisão do piso salarial e das gratificações, previstos na Lei. Uma reunião foi marcada para esta quarta (04) para discutir propostas que devem ser apresentadas para o Executivo Municipal.

O Sindsemp buscará a equiparação do salário-base dos motoristas do município e assegurar os abonos da classe.

Na luta para a garantia dos direitos trabalhistas dos motoristas efetivos, o Sindsemp junto a classe formalizará brevemente o PCCV com fixação do piso salarial, que atualmente está em R$ 827.

O presidente da Associação dos Motoristas de Petrolina, Marco Maciel, acredita que o Sindicato conseguirá alcançar o objetivo tão sonhado pelos motoristas. “ Acreditamos na diretoria do Sindsemp, especialmente no presidente Walber Lins, e que o prefeito possa entender a nossa proposta”, acrescenta o sindicalista.

Para a vereadora Cristina Costa, o executivo municipal está descumprindo a Lei Municipal que estabelece a cargo horária dos motoristas, bem como não obedece a fixação do salário. “Há uma defasagem salarial, e a prefeitura está dando prioridade aos cargos comissionados, ou seja, aos minicontratos e deixando o efetivo de lado. Fomos convidadas por representantes do Sindsemp para discutirmos sobre a jornada de trabalho, as horas extras, as diárias noturnas dos servidores e com face a isso, estabelecer a carga horária dos servidores efetivos. Se o prefeito Julio Lossio reduz os abonos compromete o salário dos servidores. Na prefeitura de Petrolina tem motoristas com a mesma carga horária com salários diferenciados”, disse.

Com informações da Assessoria

Motoristas do transporte escolar dizem que ainda não receberam o pagamento da prefeitura de Petrolina

foto-transporte-escolar

Um motorista que prefere anonimato por medo de represália da secretaria da educação de Petrolina (SEDUC), denunciou a reportagem do blog que a categoria teme viver o mesmo dilema do ano passado, “ficar sem receber o pagamento da prefeitura de Petrolina, que não debitou o mês de dezembro de 2014”, afirma o motorista.

Ainda de acordo com ele em 2015 o calote pode ser maior, pois, até o dia (29) o município não efetuou o pagamento dos meses novembro e dezembro.

Questionado sobre o motivo do atraso ele diz que o secretário da educação, Heitor Leite, argumentou que está faltando enviar uma lista com os nomes dos motoristas escolares para liberar o pagamento.

 A nossa reportagem tentou por diversas vezes contato com a assessoria de imprensa da Seduc, mas a assessoria ainda não respondeu aos nossos questionamentos sobre o motivo do atraso.