Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Fernando Bezerra Coelho aguarda definição de Bolsonaro sobre cargo de liderança do governo

(Foto: Ascom)

Convidado para assumir a liderança do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no Senado Federal, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) afirmou que está apenas esperando uma definição de Bolsonaro, que, ainda segundo ele, deverá acontecer até a próxima segunda-feira (18). A informação foi dada na manhã desta sexta-feira (15) à Rádio Jornal, no programa Passando a Limpo.

“O Eduardo Braga disse que teve com o senador Davi Alcolumbre (DEM) e o ministro Onyx e me contou que o presidente disse que tomará uma decisão ate a próxima segunda-feira. É preciso que esses espaços já estejam definidos e por isso estamos ainda esperando uma definição até segunda”, afirmou FBC.

LEIA MAIS

Inadimplência abre o ano em desaceleração, com crescimento de 2,42% no mês de janeiro, aponta pesquisa

(Foto: Internet)

O ano de 2019 começa com sinais de acomodação da inadimplência. Dados apurados pelo Indicador de Inadimplência da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontam que mesmo com o crescimento do número de consumidores negativados na comparação anual, o avanço foi menor em janeiro de 2019 ante os últimos meses, alcançando 2,42%.

Já o número de dívidas apresentou recuo de 0,29% no mesmo período, embora o volume de pendências continue crescendo em dois setores específicos: o de bancos, com avanço de 2%, e o de água e luz, com aumento expressivo de 14%. Em contrapartida, comércio e comunicação registraram queda de 7%.

O presidente da CNDL, José Cesar da Costa, destaca que apesar do avanço da quantidade de devedores, o número médio de dívidas vem caindo. “O problema da inadimplência, que cresceu muito nos anos mais recentes, ainda está longe de resolvido. Mas já se observa uma tendência de acomodação, que pode ser um prenúncio de melhora na capacidade de pagamento das famílias”, explica. “Este cenário só deve mudar quando a retomada da economia for percebida de fato pelos consumidores, ou seja, com a criação de novos empregos e o aumento renda”, observa Costa.

Manchetes dos principais jornais do país

O Globo
Estados podem ter alívio de caixa por apoio à reforma

Folha de São Paulo
Pedágio pode ficar 25% mais caro em sete rodovias federais

O Estado de São Paulo
Governo Bolsonaro prepara pacote de obras para Amazônia

Jornal do Commercio
Previdência tem adesão, menos pela idade mínima

Diário de Pernambuco
Congresso rejeita idade mínima maior

Folha de Pernambuco
Morte de Boechat: Helicóptero não podia fazer táxi aéreo

LEIA MAIS

Bolsonaro tem alta da Unidade Semi-Intensiva e é transferido para apartamento

(Foto: João Doria/Redes Sociais/Direitos reservados)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), recebeu alta na manhã de hoje (11) da Unidade de Terapia Semi-intensiva, após melhora do quadro clínico, e está internado em apartamento no Hospital Israelita Albert Einstein, informou boletim médico divulgado na tarde desta segunda-feira(11).

O presidente não tem dor, nem febre e segue com melhora do quadro pulmonar. Na última semana, ele havia sido diagnosticado com pneumonia. Foi suspensa a nutrição parenteral (endovenosa) e introduzida dieta leve e mantido o suplemento nutricional.

LEIA MAIS

Urgente: Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em São Paulo

(Foto: Internet)

Ricardo Eugênio Boechat, jornalista, apresentador e radialista, morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em um acidente de helicóptero, em São Paulo. A aeronave caiu na Rodovia Anhanguera e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

Apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ, Boechat chegou a trabalhar nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”, além de ter sido comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. Além disso, ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.

Segundo jornalistas da Band, Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo, quando o helicóptero caiu. O chamado de socorro foi feito às 12h14. Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local.

LEIA MAIS

Mega-Sena acumula e prêmio chega a R$ 6 milhões

Nenhum apostador acertou todos os seis números da Mega-Sena no sorteio realizado na noite do último sábado (9). Assim, o prêmio acumulou para R$ 6,15 milhões.

Os números sorteados na 2.123ª edição do concurso foram: 141547505659. Já na quina, 28 pessoas acertaram, e cada uma receberá R$ 67 mil. A quadra teve um total de 2.301 acertadores, e cada um receberá R$ 1.166.

O próximo sorteio da Mega-Sena acontece na quarta-feira (13). O valor da aposta mínima é de R$ 3,50.

Manchetes dos principais jornais do país

O Globo
Temporal que deixou 6 mortos expõe falhas da prefeitura

Folha de São Paulo
Pneumonia estica estada de Bolsonaro em hospital

O Estado de São Paulo
Militares aceitam regras mais duras na sua previdência

Jornal do Commercio
Pneumonia exige nova medicação para Bolsonaro

Diário de Pernambuco
Jucazinho terá obras retomadas

Folha de Pernambuco
Bolsonaro tem febre e pneumonia

LEIA MAIS

Mega-Sena deve pagar R$ 5,5 milhões no próximo sábado

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2122 da Mega-Sena, sorteado na noite desta quarta-feira (6) no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo (SP). As dezenas sorteadas foram: 031115212749.

O valor do prêmio acumulou e pode pagar R$ 5,5 milhões no próximo sábado (9).

A chance de se acertar as seis dezenas da Mega-Sena com um jogo simples é de uma em 50 milhões possibilidades de combinações.

Inscrições para o Fies começam nesta quinta

(Foto: Internet/Ilustração)

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) começam nesta quinta-feira (07) e seguem até o dia 14 deste mês. Os estudantes podem se inscrever por meio do site do programa, que oferta 100 mil vagas na modalidade juro zero e 450 mil na modalidade P-Fies.

Podem participar os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir da edição de 2010, e obtiveram nota média nas provas igual ou superior a 450. Além disso não podem ter zerado a redação.

Na hora da inscrição é possível escolher até três opções de curso entre aqueles com vagas disponíveis dentro do grupo de preferência, que também é escolhido pelo estudante de acordo com o seu perfil e interesse.

Modalidades

O Fies oferece duas modalidades. A primeira é financiamento a juro zero para os estudantes que tiverem renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos. Nessa modalidade, o aluno começará a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda.

LEIA MAIS

Lula é condenado a 12 anos de prisão em processo do sítio de Atibaia

Na sentença, a magistrada disse que Lula sabia do esquema de corrupção na Petrobras. (Foto: Mauro Pimentel/AFP)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado novamente na Operação Lava Jato. Dessa vez, a juíza federal Gabriela Hardt condenou Lula a 12 anos e 11 meses de prisão na ação penal sobre as reformas realizadas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP).

O sítio foi alvo das investigações da Operação Lava Jato, que apura a suspeita de que as obras de melhorias no local foram pagas por empreiteiras investigadas por corrupção, como a OAS e a Odebrecht.

Segundo os investigadores, as reformas começaram após a compra da propriedade pelos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuna, amigos de Lula, quando “foram elaborados os primeiros desenhos arquitetônicos para acomodar as necessidades da família do ex-presidente”.

No laudo elaborado pela Polícia Federal, em 2016, os peritos citam as obras que foram feitas, entre elas a de uma cozinha avaliada em R$ 252 mil. A estimativa é de que tenha sido gasto um valor de cerca de R$ 1,7 milhão, somando a compra do sítio (R$ 1,1 milhão) e a reforma (R$ 544,8 mil). A defesa do ex-presidente alegou no processo que a propriedade era frequentada pela família de Lula, mas que o imóvel pertence à família Bittar.

Defesa

Em nota, o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, disse que recorrerá da condenação “que atenta aos mais basilares parâmetros jurídicos e reforça o uso perverso das leis e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política, prática que reputamos como “lawfare”.

LEIA MAIS

Governo projeta economia de R$ 1 trilhão com reforma da Previdência

(Foto: Arquivo/ Agência Brasil)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nessa terça-feira (5), em Brasília, que a proposta de reforma da Previdência do governo projeta uma economia de pelo menos um R$ 1 trilhão, em um período de 10 anos.

A afirmação foi feita em entrevista coletiva ao lado do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Os dois se reuniram no gabinete de Guedes para tratar da tramitação da reforma e Maia chegou a dizer que o tema poderá ser votado pelos deputados até maio.

“A ideia é que ela [a reforma] chegue pelo menos a R$ 1 trilhão [de economia de gastos]. Simulamos com 15 anos, com 20, com 10. O valor de R$ 1 trilhão é para 10 anos, mas há simulações em que é R$ 1 trilhão em 15 anos também, de valor presente. Isso é o que está sendo calibrado”, afirmou o ministro. Ele voltou a criticar o atual sistema previdenciário que, segundo ele, aprofunda desigualdades sociais e contribui para o desemprego. 

LEIA MAIS

Com economia desfavorável, brasileiro muda hábitos de consumo e passa a pesquisar mais 

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/EBC)

Diante de um cenário econômico desfavorável, boa parte das famílias brasileiras passou a administrar melhor o orçamento e, consequentemente, criar uma relação mais saudável com o dinheiro. É o que aponta um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o Banco Central do Brasil (BCB). De acordo com o estudo, oito em cada dez (79%) brasileiros mudaram seus hábitos no dia a dia e entre as medidas adotadas, destaca-se a pesquisa de preços (59%) antes da aquisição de algum produto — percentual que chega a 68% nas classes A e B.

Além disso, 56% passaram a limitar gastos com lazer e 55% a controlar despesas pessoais. O aperto financeiro também fez com que muitas pessoas encontrassem alternativas para economizar. Mais da metade (54%) dos entrevistados procurou reduzir o consumo de luz, água e telefone, de olho no valor da conta. Outros 53% passaram a ficar atentos às promoções em busca de preços menores, enquanto 46% substituíram produtos por marcas similares mais baratas e 42% admitem ter incorporado em sua rotina a prática de pechinchar.

LEIA MAIS

Candidatos têm até hoje para participar da lista de espera do Sisu

(Foto: Internet)

Hoje (5) é o último dia para participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo vale para os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso.

A adesão deve ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro. Os candidatos deverão acompanhar as convocações.

Para integrar a lista, os candidatos devem acessar o sistema e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu. Ao finalizar a manifestação o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

LEIA MAIS

Bolsonaro tem previsão de alta adiada e passa a tomar antibióticos

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Na noite deste domingo (3), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve elevação na temperatura e passou a tomar antibiótico e a alta prevista para quarta-feira (6) foi adiada, segundo o porta-voz Otávio Rêgo Barros informou no final da tarde desta segunda-feira (4).

O presidente passou por uma cirurgia para a retirada de uma bolsa de colostomia e a ligação entre o intestino delgado e parte do intestino grosso na segunda-feira (28).

De acordo com o boletim médico do Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, Bolsonaro está internado na unidade de cuidados semi-intensivos e “apresentou, ontem [domingo (3)] à noite, elevação da temperatura (37,3 °C) e alteração de alguns exames laboratoriais.”

LEIA MAIS

Manchetes dos principais jornais do país

O Globo
Após vitória, governo busca ampliar apoio a reformas

Folha de São Paulo
Ministro de Bolsonaro criou candidatos laranjas para desviar recursos na eleição

O Estado de São Paulo
Isenções vão fazer INSS abrir mão de R$ 54 bi no ano

Jornal do Commercio
A aposta de Moro para combater a violência

Diário de Pernambuco
Sérgio Moro lança pacote anticrime

Folha de Pernambuco
Bolsonaro ganha força

Tribuna da Bahia
Moro apresenta hoje seu projeto de lei Anticrime

Correio da Bahia
Ba-Vi: Bonito de ver

O Dia
Como trocar de banco ou linha de crédito para quitar dívidas

Valor Econômico
Governo vence primeira disputa no Congresso

Correio Braziliense
Governo lança pacote Anticrime e acelera reformas

Meio Norte
Escolas públicas aprovam dez mil

Diário do Nordeste
Força da lei

123