Osório rebate crítica de Gabriel: “Não tem um projeto que venha trazer benefício à sociedade”

Osório rebateu fala de Gabriel sobre saúde na zona rural de Petrolina

O clima entre o presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, Osório Siqueira (PSB) e Gabriel Menezes (PSL) esquentou na sessão da última quinta-feira (17). Osório chamou o colega de “mau educado” e criticou a postura de Gabriel em ser agressivo nas sessões.

LEIA TAMBÉM:

Presidente do PSL em Pernambuco reafirma que Gabriel Menezes tem apoio do partido na candidatura a prefeito de Petrolina

O comentário de Osório veio após o vereador da Oposição criticar os serviços de saúde na zona rural e mencionar um reduto do presidente da Casa. “Quero convidar a secretária [de Saúde] e o prefeito, os vereadores que se dizem vereadores da Saúde para irmos juntos madrugar com idosos, gestantes e mães com crianças pequenas nas filas das Unidades de Saúde das áreas irrigadas, como exemplo fo N5 que é seu reduto, presidente Osório para vermos tanta gente arriscando por insuficientes fichas. Chega de incompetência, cadê os médicos que passaram no concurso?”, afirmou Gabriel.

LEIA MAIS

Caso Beatriz: família emite nota contra Câmara de Vereadores; Osório afirma que Legislativo está de portas abertas ao povo

Em nota, família critica espaço cedido à defesa de Allinson (Foto: Blog Waldiney Passos)

A participação do advogado que representa Allinson Henrique da Cunha – apontado pela Polícia Civil de Pernambuco como responsável por apagar imagens das câmeras de monitoramento do Colégio Auxiliadora no dia em que Beatriz Angélica Mota foi assassinada – na Câmara de Vereadores ainda repercute entre os edis de Petrolina.

LEIA TAMBÉM:

Caso Beatriz: Lucinha Mota protesta contra presença de advogado de Alisson na Câmara de Vereadores

Nessa quinta-feira (10) Lucinha Mota e Sandro Romilton publicaram uma nota de repúdio ao Poder Legislativo, por ter cedido espaço a Wank Medrado, representante legal de Allinson, que foi inocentado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Os pais da garota criticaram a Câmara por chancelar a participação de Medrado, que tinha “a simples intenção de defender seu cliente”.

LEIA MAIS

Osório Siqueira afirma que aprovados no concurso da Câmara serão convocados até abril de 2020

Presidente comentou situação dos concursados (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Os aprovados no concurso público da Câmara de Vereadores de Petrolina deverão ser convocados até abril de 2020. Foi o que assegurou o presidente da Casa Plínio Amorim, Osório Siqueira (PSB). Durante coletiva de imprensa na sessão da quinta-feira (26), Osório explicou como está o processo de chamamento dos concursados.

“Assinei com o Ministério Público um compromisso com doutor Carlan [Carlo] para até abril serem chamados todos os cargos e vamos ter 20 pessoas a mais aqui”, disse o edil. Osório também celebrou o fato de o concurso estar acontecendo pela primeira vez na cidade.

“É a primeira vez que está acontecendo em Petrolina, tenho alegria de dizer que foi na nossa gestão que aconteceu isso. Já está finalizado para chamar as 20 pessoas que passaram“, destacou. O certame foi realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB), mesma banca responsável pelo concurso da Guarda Civil Municipal.

Vereadores estariam articulando CPI do São João do Vale, mas sem aval do líder da Situação

Há denúncias no MPF contra o São João do Vale de 2013

A notícia nos bastidores da Câmara de Vereadores de Petrolina nessa quinta-feira (26) foi a movimentação da Bancada de Situação para instaurar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), cujo alvo é o São João do Vale, na gestão do ex-prefeito Julio Lóssio. Essa movimentação seria uma retaliação aos pedidos da Oposição apresentados nas duas sessões dessa semana.

Porém, o líder do Governo na Casa Plínio Amorim, Aero Cruz (PSB) não concorda com essa movimentação. “Isso foi levantado por alguns vereadores da Situação, como líder coloquei a eles que se a gente fizer isso, estamos entrando no jogo pequeno que eles estão entrando. Sou contra a gente agir dessa forma. Não é dessa forma que se faz a política. O São João está em uma esfera superior, da mesma forma que nós estamos tendo uma”, justificou.

Municiar Oposição

Para Aero, dar esse passo é igualar o nível de debate com a Oposição. “Seria se igualar a política pequena que eles estão fazendo. Não acharia correto CPI do São João, contas [de ex-prefeito]. Na hora que for hábil votar e entrar em uma discussão, se coloca. Se colocar só por ferro e fogo, acredito que não seja dessa forma“, afirmou.

LEIA MAIS

Chamado de “oportunista”, Alex de Jesus ironiza colegas: “Para fazer Indicação tenho que perguntar se posso?”

Vereadores divergiram sobre pedidos na sessão de ontem (5)

Quem é o pai da obra? Essa foi a principal discussão na Câmara de Vereadores na sessão de ontem (5) em Petrolina. Tudo porque Alex de Jesus (PRB) apresentou a Indicação nº 945/2019, na qual solicitava a pavimentação das ruas 16 e 17 do bairro Cosme e Damião.

Manoel da Acosap (PTB) discordou do pedido e criticou o colega por reivindicar algo já em processo licitatório. “Obra que está licitada e em andamento não cabe mais. O vereador Alex de Jeus está solicitando duas ruas que já estão licitadas. Acho que os nobres vereadores devem procurar um órgão e saber o que está acontecendo na rua“, disparou.

Alex não gostou da colocação do colega e rebateu. “Para eu fazer Indicação eu tenho que perguntar se eu posso ou não posso?”. Manoel continuou e classificou como “analfabetismo” a atitude do companheiro de bancada. Presidente da Câmara, Osório Siqueira (PSB) tentou amenizar o clima hostil.

LEIA MAIS

Osório Siqueira investe em melhorias na estrutura do plenário e alguns espaços da Casa Plínio Amorim

O presidente da Câmara Municipal de Petrolina, vereador Osório Siqueira, está realizando uma reforma em alguns setores do prédio da Casa Plínio Amorim, visando melhorar a estrutura para proporcionar mais conforto aos vereadores, imprensa e público que frequenta as sessões.

O sistema de som da Câmara que deixava muito a desejar uma vez que em determinados momentos não era possível ouvir a fala dos vereadores devido aos ruídos externos, deve ser solucionado com a substituição da mesa de som que agora é digital, de alta sensibilidade e a instalação de novos microfones profissionais Phantom Power.

A sala de imprensa, antiga reivindicação dos profissionais de comunicação, também está passando por uma reforma em toda a sua estrutura. Novos acesos foram criados, a área panorâmica foi ampliada para que os repórteres tenham uma visão mais ampla dos trabalhos dos vereadores  e a Internet foi melhorada dando condições de acesso a todos com mais qualidade.

O Salão de Eventos da Casa também passa por mudanças, o local fica sempre à disposição não só para as atividades do Poder Legislativo, mas para toda a sociedade.

Devido a essas melhorias na estrutura do plenário e alguns espaços o segundo semestre legislativo só será iniciado na próxima terça-feira (06).

Sessões plenárias retornam terça-feira, garante Osório Siqueira

Sessões devem retornar na próxima semana. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, Osório Siqueira, afirmou que as sessões ordinárias da Casa Legislativa retornam na próxima terça-feira (06), apesar de o recesso parlamentar do meio do ano acabar nesta quarta-feira (31).

De acordo com Osório, estão sendo promovidas algumas melhorias na estrutura do plenário e alguns espaços da Casa e por isso as sessões só retornam na próxima semana. “Estamos realizando algumas melhorias como a troca do sistema de som que agora terá uma qualidade digital, um som mais impo, melhorando o trabalho”, disse.

Além disso, as instalações do plenário têm recebido outros serviços. A sala de imprensa passa por uma readequação e contará com uma internet mais rápida e de maior capacidade.

“Uma cobrança recorrente da imprensa e de quem necessita da internet na Câmara para realizar suas demandas. Adquirimos um sistema que irá possibilitar melhoria na utilização desse serviço”, acrescentou o presidente Osório Siqueira.

O Salão de Eventos da Casa também passa por mudanças e o presidente ressalta que o espaço está à disposição não só para as atividades do Poder Legislativo, mas para toda a sociedade.

Osório Siqueira lamenta morte do ex-vereador Dedé da Simpatia

Ex-vereador de Petrolina, Dedé da Simpatia sofreu um infante no último sábado (27)

O presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina-PE, vereador Osório Siqueira, lamentou neste sábado, 27, o falecimento do ex-vereador José Crispiniano Coelho, conhecido por todos como Dedé da Simpatia. O ex-vereador sofreu um infante no começo do dia. O corpo de Dedé da Simpatia foi velado durante parte do dia em sua residência no bairro Cohab Massangano, mas seguiu para a zona rural na localidade de Sítio Cachoeirinha, onde foi sepultado neste domingo, 28.

Sobre a trajetória de Dedé da Simpatia, o presidente Osório Siqueira registrou a importância do ex-vereador para as causas relacionadas ao interior do município. Osório emitiu nota de pesar pela perda de Dedé da Simpatia e enviou condolências aos seus familiares.

“O ex-vereador Dedé da Simpatia teve uma trajetória política marcante e que representou com muita competência, o povo do interior no legislativo, sempre atuando por melhorias para a população da zona rural. Lamentamos o seu falecimento e envio condolências a todos os seus familiares”, assinalou Osório em nome de todos que fazem a Câmara de Vereadores de Petrolina.

Ascom CMP

Lei determina disponibilização de dados sobres imóveis públicos de Petrolina

Por lei, todos os dados se imóveis serão publicados na internet (Foto: Ascom/PMP)

Agora é lei em Petrolina: os imóveis utilizados pelo Poder Público deverão ter suas informações fornecidas no site oficial da Prefeitura. A determinação é resultado da Lei Municipal n° 3.214/2019, proposta pelo vereador Paulo Valgueiro (MBD), líder da Oposição na Casa Plínio Amorim.

A lei foi sancionada pelo presidente da Câmara, Osório Siqueira (PSB) cumprindo o que determina o Artigo 46 da Lei Orgânica Municipal nos incisos 3 e 8: a não sanção por parte do prefeito implicará na sanção do presidente do Legislativo.

Segundo a lei, todos os dados sobre o patrimônio imobiliário público serão divulgados na plataforma digital da Prefeitura (Portal da Transparência). Devem constar informações a respeito da tipologia, localização, utilização atual, área e dados da posse do imóvel.

Isso vale tanto para os prédios próprios, quanto aos alugados. Cabe ao Poder Executivo regulamentar a lei em até 45 dias, a contar da sua publicação no Diário Oficial que ocorreu na segunda-feira (15). A lei busca dar mais transparência aos atos da Prefeitura.

Com recesso legislativo, sessões na Câmara de Petrolina serão retomadas na primeira semana de agosto

(Foto: Ascom/CMP)

Os trabalhos no primeiro semestre de 2019 na Casa Plínio Amorim foram encerrados com a sessão de terça-feira (18). A folga antecipada veio devido aos feriados de junho – Corpus Christi e São João – agora os edis retomarão os encontros semanais no Plenário apenas em agosto.

Na avaliação do presidente da Câmara de Vereadores, Osório Siqueira (PSB), os membros do Legislativo cumpriram com o que manda o Regimento Interno. “A gente tem que realizar no mínimo 20 sessões, a gente tem mais de 40. A gente já fez os trabalhos com o motivo [de] concluir [o semestre] no dia 18. Temos o feriado de São João, acho que não tem nada de errado e de ilegalidade. Os trabalhos já foram concluídos”, afirmou em coletiva de imprensa.

Os primeiros seis meses de 2019 foram marcados por embates entre a Situação e Oposição, algumas marcadas por ofensas pessoais. Todavia, na opinião do presidente, foi um período produtivo. “Teve vez que votamos cinco, seis projetos na pauta. Até antecipamos sessões, tudo isso para ajudar o município“, disse.

Folga legislativa

De acordo com Osório, o retorno às atividades acontecerá apenas em agosto, já que julho tradicionalmente é o período de recesso na Câmara. “O retorno será no mês de agosto, na primeira semana do mês. A sessão volta ao normal, mas os trabalhos da Casa, os setores, os gabinetes e a parte administrativa continuam trabalhando normalmente”, enfatizou.

Câmara aprova projeto que autoriza Prefeitura a tomar empréstimo de quase R$ 18 milhões

Vereadores da Situação votaram em massa por projeto (Foto: Jean Brito/CMP)

Na sessão de quinta-feira (16) os vereadores de Petrolina não divergiram apenas sobre os quatro Requerimentos colocados em pauta pela bancada de Oposição. Os grupos novamente ficaram em lados opostos quando o presidente da Casa, Osório Siqueira (PSB) colocou de última hora e sem aviso prévio o projeto de Lei nº 005/2019, de autoria do Poder Executivo.

LEIA TAMBÉM:

Ronaldo Silva critica atuação da oposição na Câmara de Vereadores

Em sessão marcada por longo debate, bancadas se dividem sobre Requerimentos da Oposição

A matéria solicitava autorização do Poder Legislativo para a Prefeitura tomar empréstimo de R$ 17.600.000,00 milhões, através do programa da Caixa Econômica Federal “Pró-Transporte/Avençar Cidades – Mobilidade Urbana”, cujo destino eram as obras de pavimentação.

Segundo Osório, apesar de ter dado entrada na Casa há cinco dias, o PL do Executivo teve pareceres favoráveis da Comissão de Finanças e Orçamento e também da Comissão de de Justiça e Redação. Por 13 votos a 5 o PL foi aprovado e seguiu para sanção do prefeito Miguel Coelho.

LEIA MAIS

Emenda que busca incluir lésbicas no Conselho Municipal dos Direitos da Mulher provoca reação da bancada evangélica de Petrolina

Alguns vereadores usaram Bíblia para criticar emenda (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão de hoje (9) caminhava tranquilamente, até os vereadores de Petrolina iniciarem a votação do Projeto de Lei n° 039/2019, proposto pela vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB). A matéria tinha como proposta alterar a composição do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

LEIA TAMBÉM:

Vereadores analisam projeto que altera número de integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Petrolina

O número de integrantes seria ampliado com a aprovação da matéria, contudo, a emenda aditiva proposta por Gilmar Santos (PT) provocou um alvoroço na bancada evangélica. O motivo: no texto Gilmar buscava a inclusão da mulher lésbica no Conselho, para defender políticas públicas ao grupo.

LEIA MAIS

Servidores efetivos da Câmara de Petrolina são contemplados com reajuste salarial

Reajuste de quase 8% foi concedido a servidores da Câmara (Foto: Blog Waldiney Passos)

Além do reajuste salarial dos servidores municipais de Petrolina, os funcionários da Casa Plínio Amorim também foram contemplados com um aumento salarial. A matéria foi aprovada por 19 votos a zero e prevê alta de 7,50% fazendo uma correção que contempla o ano passado e o atual, já que os 11 efetivos estavam com vencimentos congelados.

O projeto de Lei nº 026/2019 foi apresentado pelo Poder Legislativo na sessão de ontem (26) e teve pareceres favoráveis das comissões competentes. Durante a votação o vice-presidente da Câmara, Ronaldo Souza (PTB) destacou a importância do reajuste.

LEIA TAMBÉM:

Reajuste salarial dos servidores municipais é aprovado na Casa Plínio Amorim

“É um aumento significativo porque no ano passado eles não tiveram aumento, agora com porcentagens e correções. A Mesa Diretora entendeu que era necessário dar esse aumento, é importante e é uma conquista. Estamos valorizando os servidores”, justificou Cancão.

O presidente da Casa, Osório Siqueira (PSB) fez questão de frisar que o projeto do reajuste foi apresentado por todos os edis. “Essa Casa nunca negou a discussão, sempre esteve voltada para o melhor de todos os petrolinenses e os vereadores de forma geral têm defendido essa causa”, finalizou.

Membros da Comissão Especial rebatem críticas sobre viagem a Brumadinho

Vereadores fizeram balanço de viagem a Brumadinho (Foto: Blog Waldiney Passos)

Magoados. Foi assim que os vereadores integrantes da Comissão Especial montada para visitar Brumadinho (MG) se sentiram ao ler e ouvir críticas ao trabalho feito pelos membros da Casa Plínio Amorim, a única do Nordeste a buscar uma troca de informações entre as regiões atingidas pela lama de rejeitos da Mina do Córrego do Feijão, rompida em 25 de janeiro.

Durante a coletiva da segunda-feira (25), Ronaldo Cancão (PTB) se disse ferido ao ler comentários, questionando a ida do grupo a Minas Gerais. “Nunca usei dinheiro público para viajar. Isso me machucou. Fomos cumprir uma missão, cumpri a missão dentro de um trabalho cansativo”, disse Cancão.

LEIA TAMBÉM:

Apesar de criticada, ação pioneira da Comissão Parlamentar de Petrolina apresenta resultados positivos na luta em defesa do Rio São Francisco

Comissão de vereadores de Petrolina tem acesso ao relatório de monitoramento dos rejeitos da barragem da Vale

Companheira de Cancão na viagem, Cristina Costa (PT) não ficou contente ao saber que a ida dos vereadores foi tratada como “férias”, mas preferiu manter um tom apaziguador. “Nós vamos precisar muito da imprensa na defesa do São Francisco. Não dá pra ver as coisas por telefone, tem que ser de perto”, disse.

LEIA MAIS

Mesmo com críticas da oposição, projetos de Lei do Executivo são aprovados na Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Fevereiro vai se encaminhando para o final e os vereadores de Petrolina já mostraram que o ano será de muitos debates acalorados entre as bancadas. Somente na sessão de ontem (21) oposição e situação divergiram sobre dois Requerimentos e para acirrar ainda mais os ânimos, a Mesa Diretora autorizou a entrada de dois Projetos de Lei do Executivo.

As matérias não constavam na pauta divulgada pela Câmara de Petrolina e, segundo a oposição, foram repassadas apenas na hora da sessão. “O projeto chegou ao meu gabinete minutos antes de eu vir ao plenário. Os vereadores da oposição não tinham conhecimento desse projeto. Isso daqui vai virar um faz de conto, a gente não vai mais ter tempo hábil para ler e informar a população?”, questionou Gilmar Santos (PT).

O petista solicitou a Osório Siqueira (PSB) a retirada das matérias, mas o presidente da Câmara não acatou e justificou sua decisão. “Sempre que tem projeto em urgência urgentíssima e se tem os pareceres das comissões competentes, se abre [para votação]. Nós temos dois projetos do Executivo que deram entrada no final do expediente”, afirmou.

LEIA MAIS
123