Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Atos de vandalismo prejudicam iluminação pública do Parque Fluvial de Juazeiro

(Foto: Ascom)

A ação de vândalos tem prejudicado os trabalhos de iluminação pública do Parque Fluvial de Juazeiro (BA). O novo sistema de iluminação que está em fase de execução, tem sido alvo constante de atitudes criminosas como subtração de luminárias e ligações clandestinas que comprometem o bom funcionamento do serviço, prejudicando a população.

Durante o último final de semana, os vândalos agiram mais uma vez subtraindo um refletor em LED e executando ligações clandestinas que ocasionaram sobrecarga nos circuitos, fazendo com que a iluminação fosse interrompida. A Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) já está tomando as providências cabíveis junto aos órgãos de segurança pública para coibir as ações e convoca a população a colaborar.

LEIA MAIS

Juazeirenses aprovam sistema de iluminação do Parque Fluvial

A intervenção tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda a área.

Após a conclusão de várias etapas da obra de construção do Parque Fluvial de Juazeiro, o equipamento recebeu agora a etapa de iluminação, que começou a funcionar em parte do Parque na área da Orla II, recebendo grande aprovação da população.

De acordo com a equipe de engenharia da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) responsável pela fiscalização da obra, cerca de 65% da iluminação do Parque já está executada.

“Das 180 luminárias em LED previstas para promover a iluminação do Parque Fluvial, já foram instalados 106, sendo 56 refletores de LED com potência de 200w nos postes da parte superior da orla, direcionados para o Parque e 50 refletores de LED 150w em parte da extensão do paredão, tudo isso na área da Orla II”, explicou o engenheiro civil da SEDUR, Lucas Souza.

O engenheiro destaca ainda que toda a extensão do Parque já recebeu a instalação de eletrodutos, refletores e para concluir a etapa de iluminação estão pendentes apenas a instalação do cabeamento da orla antiga e das luminárias. “Tudo ocorrendo dentro do cronograma elaborado. A previsão é concluir até o início de maio o segundo trecho”, acrescenta o engenheiro Lucas Souza.

LEIA MAIS

SECULTE realiza agendamento prévio para uso das quadras esportivas do Parque Fluvial de Juazeiro

(Foto: Ascom)

A partir da próxima segunda-feira (8), a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes de Juazeiro vai realizar agendamento prévio para quem tiver interesse em utilizar as quadras esportivas do Parque Fluvial, na Orla II.

Os Interessados devem ir ao Vaporzinho, das 8h às 12h e 14h às 17h, para agendar com o Gerente de Esportes, Lourival Quirino, o dia e horário que desejam usar as quadras.

A SECULTE aproveita para explicar que essa nova forma de organização se dá com a finalidade de tornar o uso dos equipamentos públicos mais democráticos e sem privilégios.

Equipamentos esportivos públicos da Orla 2 ficarão sem energia durante a noite, informa Prefeitura de Juazeiro

Serviço deixará espaços públicos sem luz (Foto: Ascom/PMJ)

Através de nota a secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SEDUR) de Juazeiro (BA) informou que, durante a mudança na rede elétrica na parte inferior da Orla 2, os equipamentos esportivos públicos ficarão sem iluminação durante a noite.

Segundo a pasta, quadras e demais espaços serão prejudicados. “O serviço faz parte da mudança da rede e luminárias para o sistema de Led que compreenderá toda extensão do Parque Fluvial. O primeiro trecho, que envolve o setor que vai da ponte até a Marinha será concluído nos próximos dias”, diz a nota.

Parque Fluvial: prefeitura de Juazeiro realiza oficina sobre educação ambiental em passeio pelo Rio São Francisco

(Foto: Ascom PMJ)

A Prefeitura de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR), realiza, nesta sexta-feira (15), mais uma oficina da Meta 1 do Parque Fluvial, etapa voltada para a educação ambiental. Dessa vez, os participantes terão a oportunidade de contemplar a obra por outro ângulo, navegando pelo Rio São Francisco, em um passeio de barco por toda a extensão do Parque. A ação é gratuita e a saída está prevista para as 8h, na descida das barcas, na Orla da cidade.

Com o tema ‘Ação para conscientização de acessibilidade e mobilidade física’, a oficina tem como objetivo discutir o projeto de revitalização da Orla junto com a população, especialmente as pessoas com deficiência e os idosos. “Nós estamos fazendo um processo de construção coletiva. Assim como já ouvimos os skatistas e as pessoas que utilizam as quadras de futebol da Orla para adequar esses espaços, agora vamos conversar sobre acessibilidade e posteriormente adaptar a obra às necessidades daqueles que têm a mobilidade reduzida”, revela a diretora social da SEDUR, Graciele Gomes.

LEIA MAIS

Juazeiro: prefeitura vai iluminar parte inferior da Orla e implementar segurança e zeladoria do Parque Fluvial

(Foto: Ascom PMJ)

O prefeito Paulo Bonfim (PCdoB) autorizou uma série de medidas que vão oferecer mais segurança, conforto e limpeza na margem do Rio Francisco, trecho que compreende toda a extensão do Parque Fluvial. Dentre elas, a iluminação em Led da área.

“Já concluímos a instalação dos eletrodutos e vamos começar ainda no mês de março a colocação das luminárias. A margem do nosso Velho Chico vai ficar iluminada, oferecendo às famílias condições de lazer e prática esportiva no período noturno”, disse o prefeito.

Paulo Bomfim também anunciou outras medidas de preservação e segurança para o parque. “A Guarda Municipal terá um destacamento exclusivo para a área, com rondas permanentes. Orientei a SESP a também dispor uma equipe de zeladoria, que ficará responsável pela limpeza e conservação do Parque Fluvial”, explicou.

LEIA MAIS

Sistema de iluminação começa a ser implantado no Parque Fluvial de Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Nesta semana a Prefeitura de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) iniciou a instalação dos eletrodutos para iluminação do Parque Fluvial da cidade. A equipe técnica da SEDUR responsável pelo acompanhamento da obra explica que 180 luminárias em Led serão implantadas para promover a iluminação do Parque Fluvial,

O engenheiro civil, Lucas Souza explica que serão implantadas “100 luminárias com potência de 200W nos postes já existentes na área superior da Orla. As outras 80 com potência de 150W serão distribuídas na extensão do paredão da Orla e quadras poliesportivas, todas com o foco voltado para o Parque Fluvial, promovendo assim a iluminação do equipamento”.

De acordo com o titular da SEDUR, Hemerson Guimarães, do montante de R$ 3,5 milhões orçados para custear a obra, R$ 510 mil estão sendo destinados para a iluminação. “Atualmente estamos executando a instalação dos eletrodutos para passagem dos cabos de eletricidade e posterior instalação das iluminarias. Entendemos que a iluminação promove uma melhor imagem da cidade, favorecendo o turismo, o comércio e o lazer noturno, ampliando a cultura do uso eficiente e racional da energia elétrica, contribuindo para o desenvolvimento social e econômico da população. Por tudo isso projetamos para o Parque Fluvial uma iluminação moderna em Led”, destaca Hemerson Guimarães.

A estudante Maria do Rosário declara que a iluminação do Parque Fluvial vai promover a valorização de um espaço que até então está sendo subutilizado no turno noturno. “Mesmo com a obra em andamento vários espaços já estão sendo utilizados, como os parque infantis, as academias da saúde, quadras esportivas, e agora com a iluminação tudo isso vai poder ser usado a noite”, declara a estudante.

Obra do Parque Fluvial

LEIA MAIS

Alunos da rede municipal de Juazeiro recebem oficina de educação ambiental do Parque Fluvial

(Foto: ASCOM)

Em continuidade ao cronograma de ações da Meta 1 – Educação Ambiental da obra de construção do Parque Fluvial os alunos de 6º e 7º ano do Colégio Municipal Paulo VI participaram nesta quinta-feira (1º) no auditório da escola, da oficina ‘Rio São Francisco, resíduos sólidos, saneamento, cidade educadora’.

A oficina realizada pela empresa Progesol, contratada pela Prefeitura de Juazeiro através de processo licitatório para desenvolver as atividades da Meta 1, contou com a participação do secretário de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) Hemerson Guimarães, do engenheiro civil responsável pela obra Lucas Souza, que apresentou para os alunos todo o projeto e da equipe de educação ambiental da Secretaria de Ordenamento Urbano e Meio Ambiente (SEMAURB), que esteve representada pelo pedagogo Ademir Fernandes e a gerente de licenciamento ambiental Josefa Galdino que abordou temas voltados sobre a visão da bacia do São Francisco e seu afluentes.

Para a gestora do Colégio, Francisca Oliveira, a oficina chega à unidade escolar em boa hora. “Já desenvolvemos projetos voltados para as questões ambientais com os alunos, inclusive com algumas parcerias externas e a conscientização quando trabalhada desde a idade mínima ela surte maior efeito. Sabemos da necessidade e importância de desenvolver em nossas crianças o sentimento de pertencimento com o rio, com a nossa cidade e agora com esse belo equipamento que está sendo construído que é o Parque Fluvial. Estamos aqui para somar e ser parceiros no que for melhor para Juazeiro e para a educação”, destaca a gestora.

O estudante Cauã Gomes, considerou a iniciativa da educação ambiental muito positiva e esclarecedora. “Gostei muito da oficina e conheci muitas coisas sobre o Parque que não sabia. Acredito que todas as escolas deveriam receber a oficina para que todos tenham conhecimento desse importante equipamento que nossa cidade está recebendo e nós precisamos cuidar dele”, relatou o aluno.

O gestor da SEDUR Hemerson Guimarães observa que neste dia 1º de novembro faz exatamente um ano que as obras do Parque foram iniciadas. “Um ano de obras em andamento, 48% da estrutura concluída, tudo dentro do cronograma programado, e com o andamento da educação ambiental em paralelo que é o mais importante. Estamos trabalhando para cumprir o prazo da obra e entregar mais uma grande obra para a população juazeirense”, destacou.

Parque Fluvial 

LEIA MAIS

Parque Fluvial de Juazeiro começa a receber novas escadarias de acesso

A obra do Parque Fluvial é uma iniciativa da Prefeitura de Juazeiro, através da SEDUR. (Foto: ASCOM)

Nos próximos dias os cidadãos juazeirenses passam a contar com mais duas opções de acesso à margem do Rio São Francisco, na área do Parque Fluvial, pois com as obras a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR), iniciou nessa quarta-feira (04) a instalação de duas novas escadarias.

A equipe técnica da SEDUR destaca que a implantação das escadarias foi pensada no sentido de ampliar as oportunidades de acesso ao Parque. “A maioria dos acessos são por rampas, que têm um declive muito acentuado, então optamos em colocar as escadarias, que ficarão localizadas nas imediações da Av. Adolfo Viana e a outra juntamente com a rampa metálica que também será implantada em breve e juntas vão compor o acesso do terminal hidroviário, oferecendo mobilidade e acessibilidade das pessoas com deficiência”, explica o engenheiro civil da SEDUR Lucas Souza.

Júlia Rocha disse que passa todos os dias pela área onde uma das escadarias está sendo colocada, pois pega a barquinha que faz a travessia para ir estudar na cidade vizinha e elogiou a idéia. “Vejo muitas pessoas com dificuldade para subir ou descer a rampa, acredito que a escada vai ajudar muito, já é uma melhoria por ser mais uma opção de acesso. A obra já melhorou muito o acesso às barquinhas, a paisagem que temos aqui hoje é outra. Tenho certeza que quando toda a obra estiver concluída teremos uma bela opção de lazer”, disse a estudante.

LEIA MAIS

Juazeiro: Comissão abre votação para definir mascote do Parque Fluvial

Até a próxima quarta-feira (8) a população juazeirense poderá votar no mascote do Parque Fluvial. O projeto é desenvolvido pela Prefeitura de Juazeiro e os finalistas são todos de escolas públicas do município. Os estudantes foram convidados a participar da seleção, criando os desenhos.

A votação é feita exclusivamente pela internet e o desenho mais votado será eleito o mascote do projeto. Os finalistas são o Carranca Voadora, Rainhas do Ria e Tiana, cuja missão é cuidar do Rio São Francisco. Os nomes escolhidos foram justificados pelos finalistas do concurso, e devem ser avaliados pelos internautas.

Mais de 100 produções de estudantes de escolas públicas e privadas, entre 09 e 15 anos, participaram do concurso. O Projeto Parque Fluvial está inserido em atividades de Educação Ambiental, realizada pelas Secretarias de Educação e Juventude (SEDUC) e a de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR).

Entrega das produções da mascote do projeto Parque Fluvial segue até esta segunda

Obras do Parque Fluvial em Juazeiro

A Secretaria de Educação e Juventude de Juazeiro (SEDUC), em parceria com a Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) está realizando o concurso Pedagógico-Cultural ‘Um Por Todos… e Todos Pelo Velho Chico’, que irá escolher a mascote do Parque Fluvial, projeto que vai promover a revitalização física e paisagística de toda a área da orla de Juazeiro.

As produções dos desenhos, sugestões e justificativas dos nomes devem ser entregues até esta segunda-feira (25), na Escola de Formação de Educadores (EFEJ), Rua Agostinho José, no bairro São Geraldo.

LEIA MAIS

Prefeito Paulo Bomfim acompanha andamento da obra do Parque Fluvial

(Foto: ASCOM)

Na manhã desta quinta-feira (26) o prefeito Paulo Bomfim juntamente com o titular da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) Anderson Alves, acompanhou o andamento da obra de implantação do Parque Fluvial. A intervenção que tem como foco principal promover a revitalização física e paisagística da área considerada como degradada da orla fluvial juazeirense – no trecho entre o muro da Marinha e o Angari, se encontra em estágio bastante avançado, já trazendo benefícios para a população.

“Antes eu tinha um carrinho de lanches, hoje devido ao fluxo de pessoas que aumentou bastante, com as mudanças que a obra já começa a promover, tenho um trailer. A obra ainda nem concluiu, mas isso aqui já mudou completamente, muitas áreas da orla que antes serviam como abrigo para usuários de drogas e marginais, hoje estão completamente diferentes. Essa é uma obra que vai melhorar o comércio, o turismo e principalmente vai oferecer uma opção de lazer para a família do juazeirense”, destacou a comerciante Juliana Maria da Silva.

Sempre atento a todos os detalhes da obra e ouvindo cada sugestão da população o prefeito Paulo Bonfim percorreu toda a área da intervenção em andamento e mostrou-se satisfeito com o andamento. “Essa tem sido uma das marcas da nossa gestão que é acompanhar todas as obras, ouvir a opinião do povo e garantir que tudo está dando certo. Não tenho dúvidas que ao final dessa obra o povo de Juazeiro vai ficar feliz por ter uma Orla de cara nova, pois o Parque Fluvial vai deixar a nossa Juazeiro ainda mais bonita, e vamos continuar trabalhando para melhorar ainda mais a vida do nosso povo”, finalizou o prefeito Paulo Bonfim.

LEIA MAIS

Juazeiro: suspensas atividades econômicas da Orla II devido a obras do parque fluvial

(Foto: Internet)

Em decorrência do avanço das obras do parque fluvial, a Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) informa que todas as atividades econômicas que acontecem na parte superior da orla nova da cidade terão que ser suspensas. A medida é por precaução, uma vez que haverá o alargamento do calçadão para a implantação dos quiosques.

A Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) esteve na terça-feira, 23, realizando o levantamento de todas as atividades que acontecem por toda a orla. Todos foram informados e quanto à atividade realizada por 12 lavadores de carro. As mesmas serão suspensas, uma vez que os resíduos utilizados para lavar os veículos acabam por serem direcionados diretamente para o Rio São Francisco.

Essa ação ocasiona crime ambiental como está descrito na Lei Federal 9605/1998 em seu Art 54. Descreve que é crime o lançamento de resíduos sólidos, líquidos ou gasosos, ou detritos, óleos ou de substancias oleosas, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou regulamentos. A lei ainda esclarece que causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou destruição significativa da flora, além de multa os responsáveis estão sujeitos a responder pelo crime.

Obras do Parque Fluvial, de Juazeiro, avançam e recuperação de quadras já está 85% concluída

(Foto: ASCOM)

Iniciada há pouco mais de 40 dias a obra do Parque Fluvial já apresenta mudanças significativas. A intervenção tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda a área considerada como degradada da orla fluvial juazeirense, no trecho entre o muro da Marinha e o Angari, uma extensão de aproximadamente 3,5 Km.

O Parque Fluvial é uma iniciativa da Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR), fruto de uma parceria do Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA) do Ministério do Meio Ambiente e do Fundo Socioambiental da Caixa Econômica Federal.

(Foto: ASCOM)

Segundo o engenheiro da SEDUR, Lucas Souza, o cronograma da obra está bastante adiantado e na área da Orla 2, a reestruturação das quadras já está 85% concluída. “As duas quadras poliesportivas já receberam toda a recuperação da parte estrutural, só falta executar a pintura final e o polimento do piso – serviços que iremos executar próximo da inauguração”, explicou o engenheiro da SEDUR Lucas Souza.

O Secretário de Obras, Anderson Alves, tem acompanhado o andamento da obra diariamente e informa que o cronograma da obra está dentro do planejado. Ainda segundo o secretário Anderson Alves, a população tem questionado a retirada das faixas de pedra portuguesa no passeio da orla.

“Estamos retirando as faixas de pedra, para fazer o nivelamento do piso e executarmos a pista de Cooper, no passeio superior, que vai do muro da Marinha até a Ponte. A nossa equipe está à disposição para esclarecer qualquer dúvida da população, é só nos procurar na secretaria, ou ligar”, finalizou Anderson Alves.

Em relação a dúvidas e esclarecimentos a população deve se dirigir a SEDUR, que está localizada no Núcleo Administrativo, no Distrito Industrial (antigo prédio da Picadilly, ou através dos telefones (74) 3612-5429/5487.

Prefeito Paulo Bomfim acompanha obra do Parque Fluvial

(Foto: ASCOM)

O prefeito Paulo Bomfim juntamente com o titular da pasta de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR), Anderson Alves, acompanhou na manhã desta segunda-feira (20) o andamento da obra do Parque Fluvial.

Orçada em aproximadamente R$ 3.500.000,000 (três milhões e meio de reais) a intervenção foi iniciada há exatos 20 dias e tem como objetivo promover a revitalização física e paisagística de toda área considerada como degradada da orla fluvial juazeirense, no trecho entre o muro da Marinha e o Angari, uma extensão de aproximadamente 3,5 Km.

Sempre acompanhando as intervenções que acontecem no município o prefeito se mostrou satisfeito com o andamento dos trabalhos de mais uma importante obra para Juazeiro.

“É importante checarmos se está tudo correndo conforme o planejado, ouvir a comunidade, e manter a celeridade e qualidade das obras para que a população venha usufruir o mais rápido possível desses equipamentos”, ressalta o prefeito Paulo Bonfim.

LEIA MAIS
12