Aumento no preço de passagem aérea para Petrolina será tema de audiência nesta quinta (12)

A Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa promoverá audiência pública, nesta quinta (12), a partir das 14h, para debater a política de transporte no Aeroporto de Petrolina, com ênfase no aumento do valor das passagens. A reunião, que será realizada no auditório Ênio Guerra, no Anexo I da Alepe, foi proposta pela deputada Dulcicleide Amorim (PT) em conjunto com o presidente do colegiado, deputado Delegado Erick Lessa (PP).

Para o debate, foram convidados representantes das companhias aéreas que operam no local (Azul e Gol), parlamentares, prefeitos e demais autoridades políticas da região. Juntos, eles devem discutir alternativas de melhor acesso às passagens aéreas, principalmente em favor da população de baixa renda.

“A população sertaneja não aguenta mais sofrer, pois muitos dependem do transporte aéreo para viajar a trabalho ou por motivos de saúde. Precisamos resolver esta problemática e não vamos descansar até que isso ocorra”, ressaltou Dulcicleide Amorim.

Passagem das barquinhas que fazem a travessia entre Petrolina e Juazeiro está mais cara

(Foto: ASCOM)

Começou a valer nesta quinta-feira (25), a nova tarifa das barquinhas que fazem a travessia entre Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). A passagem passou de R$ 1,75 para R$ 2,00.

De acordo com Luiz Raimundo Pereira, Presidente da Associação de Travessia das Barquinhas, além do aumento no preço do diesel, outros fatores contribuíram para o reajuste da tarifa.

“O aumento do salário mínimo e também o repasse da manutenção que nós temos com as embarcações, troca de casco, chapa estragada, cantoneira, pintura, extintores, tudo isso é custo. Além da vistoria que nós temos todo ano, realizada pela Capitania dos Portos.”

Ainda segundo o Presidente da Associação, o reajuste foi validado pela Agência Nacional de Transportes Aquáticos (Antaq), que regula o serviço das barquinhas. “Nós pedimos esse aumento desde janeiro, e eles só vieram liberar agora. O nosso último aumento tinha sido em fevereiro de 2018”, ressalta Luiz Raimundo Pereira.

Usuários denunciam cobrança irregular no valor da passagem em Juazeiro

(Foto: Reprodução/Internet)

Usuários do transporte coletivo de Juazeiro denunciaram a cobrança indevida no valor da passagem dos ônibus da Joafra. Segundo leitores em contato com o Blog, os problemas dizem respeito a passagem dos proprietários do cartão de embarque.

Segundo os usuários, o valor para quem utiliza o cartão deveria ser de R$ 3,40, entretanto, nos ônibus a cobrança tem sido do valor integral da passagem, R$ 3,70.

Nossa equipe tentou contato com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale Francisco (Setranvasf), para saber qual o motivo da cobrança, porém não conseguimos contato com a Assessoria de Comunicação. O espaço do Blog fica aberto aos esclarecimentos da Setranvasf.

Presidente da ATACIPE rebate reclamações de passageiros da região da Agrovila Massangano

Os moradores da Agrovila Massangano, do Roçado, da Ilha e da Cerca – que fica depois do roçado –, zona rural de Petrolina (PE), procuraram o blog esta semana, para reclamar dos serviços prestados pelas vans que fazem linha entre Petrolina (PE) e o povoado da Tapera, zona rural do município.

Os passageiros pediram a mudança do ponto dos carros do bairro Atrás da Banca para o Centro da Cidade, reclamaram que o toldo que tinha para fazer sombra caiu e não teria sido recolocado no lugar, deixando quem fosse viajar no sol, e também reclamaram que o ponto de apoio não tem banheiro e nem bebedouro.

O presidente da Associação de Transporte Complementar de Petrolina a Tapera, Carlos Augusto de Sousa Passos, enviou nota ao blog, rebatendo as críticas e informando que as reclamações não procedem.

Veja a nota na íntegra:

“O presidente da Associação de Transporte Complementar de Petrolina a Tapera (ATACIPE) vem, por meio desta, informar que a nota enviada ao blog não é verídica, pois temos sim um ponto de apoio situado Atrás da Banca bem próximo ao viaduto que dispõe de banheiro, cadeiras e água, onde temos secretaria que fica vendendo os vales transportes.

Sobre o toldo que caiu no dia da ventania e danificou, já está sendo providenciado outro.

Em relação à mudança desse ponto para o centro, não tem como, porque não tem espaço suficiente para estacionar todos os nossos micro-ônibus e sem contar que não tem nem um ponto comercial mais próximo para alugar. A gente já possui um ponto de embarque e desembarque no SAF, junto ao ponto de ônibus da Joalina que faz o transporte para sobradinho.

Antes de comunicarem e solicitarem uma reunião com a nossa associação para reivindicar essas situações, os moradores enviaram uma nota ao blog sem nem antes terem nos informados, nem o próprio presidente da comunidade estava sabendo. Mas já estamos vendo a possibilidade de os carros do Roçado também passarem por esse ponto de parada. Amanhã teremos uma reunião com a comunidade para resolver essa situação”.

Atenciosamente,

Carlos Augusto de Sousa Passos

Presidente da Associação de Transporte Complementar de Petrolina a Tapera

Estudantes fazem protesto a favor do “passe livre” em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Alunos da União dos Estudantes Secundarista de Pernambuco (UESPE) realizaram, na manhã dessa terça-feira (28), um protesto a favor do “passe livre” em Petrolina (PE). Os jovens começaram o movimento em frente à Prefeitura Municipal e seguiram até a Câmara de Vereadores.

Os estudantes entraram no auditório com gritos de ordem e faixas com os dizeres “Não dá mais para esperar, meia passagem intermunicipal já!!!”.

Aumento da passagem

No dia 18 desse mês o preço da passagem de ônibus em Petrolina aumentou de R$ 3,20 para R$ 3,50. O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros do Vale do São Francisco (Setranvasf), justificou que o aumento serviria para cobrir gastos com a elevação de custos dos insumos no transporte (pneus, combustíveis, peças e acessórios, salários) acumulados durante os últimos 13 meses.

Discussão sobre aumento de passagem esquenta em Petrolina-PE e pega fogo em Teresina-PI

Manifestantes tocam fogo em ônibus contra aumento da passagem em Teresina-PI

Um paralelo entre as duas cidades comprova a disparidade no valor cobrado pela passagem nos ônibus coletivos em Petrolina. Enquanto na capital piauiense o valor foi majorado de R$ 2,75 para R$ 3,30, em Petrolina a proposta de acordo com a planinha apresentada é que o valor saia de R$ 3,20 para R$ 3,85, devido a obrigatoriedade da contratação de cobradores, conforme lei aprovada recentemente pelos vereadores desta cidade.

Mesmo assim, este valor não agrada aos proprietários das empresas, eles querem um aumento ainda maior. Usando como justificativa o fim, em dezembro de 2016, da isenção do ISS dada pelo município, as empresas sugerem que o preço da passagem fique entre  R$ 4,00 e R$ 4,10.

Em Teresina os estudantes reagiram ontem (9), ao aumento autorizado pelo pelo prefeito Firmino Filho (PSDB). Durante manifestação contra a majoração, eles tocaram fogo em um ônibus como forma de protesto.

Em 2013 o aumento no preço da passagem de ônibus provocou manifestações pelo país inteiro, foram muitos protestos, inclusive aqui em Petrolina.

É bom que as autoridades atentem para o que pode vir pela frente com essa decisão, já que em 2013 os estudantes também se manifestaram em Petrolina chegando a ocupar o prédio da Prefeitura por vários dias, sendo retirados à força pela guarda municipal. Diz o ditado que “cautela e canja de galinha não faz mal a ninguém”.

 

Cubape e conselhos do idoso e da pessoa com deficiência realizam protesto contra fim da gratuidade nos transporte coletivo nesta quinta

(Foto: Internet)

A Central Única de Bairros de Petrolina (Cubape), juntamente com os Conselhos Municipais do Idoso e o da Pessoas com Deficiência, vai realizar uma manifestação, na próxima quinta-feira (22), às 8h30, em frente à Rádio Jornal, no Centro de Petrolina (PE). A manifestação seguirá até a prefeitura de Petrolina (PE).

A categoria vai protestar contra a decisão do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros do Vale do São Francisco (Setranvasf) que põe fim à gratuidade do transporte público para os idosos e para as pessoas com deficiência. Além disso, a manifestação vai requerer para que o passe livre seja aprovado na cidade.

Entenda o caso

Após decisão judicial do Tribunal de Justiça de Pernambuco, as gratuidades para idosos com menos de 65 anos e portadores de necessidades especiais foram suspensas. O Setranvasf afirmou em nota que após o dia 10 de dezembro esses usuários deveriam revalidar os seus cartões para pagar as passagens de ônibus normalmente.

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) foi à justiça para buscar o cancelamento da suspensão, imposta pelo Sindicato, do direito da gratuidade ao transporte público para os idosos e os portadores de necessidades especiais.

“Se for aprovado a passagem vai subir para R$ 4,00 a partir de 1º de janeiro”, afirma Pérsio Antunes

Pérsio afirmou que caso seja aprovado, o valor da passagem passará de R$ 3,20 para R$ 4,00. (Foto: blog Waldiney Passos)

Durante a sessão ordinária na Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (15), o vereador Pérsio Antunes (PV) comentou sobre o projeto que recoloca os cobradores nos ônibus de transporte coletivo de Petrolina (PE). Segundo o parlamentar, o jurídico da Casa emitiu parecer que aponta a inconstitucionalidade do projeto.

“O vereador Geraldo Acerola deu entrada no projeto para a volta dos cobradores. Esse projeto recebeu um parecer jurídico que apontava a sua inconstitucionalidade. Como o jurídico diz que o projeto é ilegal e eu vou votar a favor? Votei a favor do parecer para que não fosse votado o projeto. Mas o projeto está em pauta por decisão da maioria dos vereadores”.

Além disso, Pérsio afirmou que caso seja aprovado, o valor da passagem passará de R$ 3,20 para R$ 4,00 a partir do dia 1º de janeiro.

“É ilegal a câmara impor a uma empresa manter um funcionário, pois matéria trabalhista não é da nossa competência. Se o projeto for aprovado e a lei mantiver a decisão, a passagem vai passar de R$ 3,20 para R$ 4,00 a partir do dia 1º de janeiro de 2017”.

Segundo o vereador, a melhor forma de resolver o impasse é realocar os cobradores em outras áreas na empresa. Ele criticou a postura da Câmara em querer obrigar as empresas a manter funcionários.

“O que tem que ser feito é as empresas readaptar os cobradores, ampliar as frotas de ônibus. A função correta e essa é orientação que eu sugiro. Mas obrigar a empresa a manter funcionário é balela, é discurso para plateia, para enganar a população. E vão enganar, pois na hora que aprovar a passagem de ônibus vai passar para R$ 4,00. O decreto 06/2016 do prefeito de Petrolina recalcula o valor da passagem no dia 31 de dezembro”.

Emenda Betão

O vereador Adalberto Bruno, Betão, (PMDB), fez uma emenda que retira a obrigação de cobradores nos transportes coletivos que circulam na Zona Rural, pois, segundo o parlamentar, a aprovação do projeto da forma que estava prejudicaria a categoria.

“O projeto como estava obrigava os transportes de passageiros da Zona Rural a também ter um cobrador de ônibus. Isso iria onerar e prejudicar bastante essa categoria. A emenda veio para retirar dos micro-ônibus e vans que circulam nos projetos de irrigação, na área ribeirinha, e colocar essa obrigatoriedade somente para os ônibus que circulam no perímetro urbano”.

Sobre o fato da inconstitucionalidade apontada pelo jurídico da Casa, Betão afirmou que a Câmara tem o poder de aprovar projetos e que, caso a justiça realmente diga que o projeto é inconstitucional, a Casa deve aceitar a decisão.

“A Câmara tem esse poder de aprovar projetos. Vamos aguardar. As empresas devem entrar com demandas judiciais mesmo. Mas eu acredito que hoje, num mundo com tanto desemprego, a gente tem que dar esse apoio. Se a justiça disser que está errado, a gente tem que aceitar. Mas a nossa parte enquanto vereador estamos fazendo”.

TJPE decide por suspensão de passagem gratuita para idosos com menos de 65 anos e portadores de necessidade especiais, em Petrolina

7244408066_daa2aed23dO Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) decidiu, por meio de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, pela suspensão da gratuidade das passagens de ônibus na cidade de Petrolina (PE) para idosos com menos de 65 anos e pessoas com deficiência físicos.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco (Setranvasf) emitiu uma nota afirmando que concederá um prazo que se estenderá até o próximo dia 10 de dezembro para que essas pessoas possam regularizar sua situação.

Confira a íntegra da nota:

Conforme decisão do Tribunal de Justiça de Pernambuco, através de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, estão suspensas as gratuidades para idosos com menos de 65 anos e portadores de necessidades especiais. O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco – Setranvasf está concedendo um prazo até o próximo dia 10 de dezembro para que esse público possa tomar as devidas providências e evitar constrangimentos. A orientação é que os portadores dos referidos cartões dirijam-se a uma Loja Bip para revalidação e aquisição de créditos, caso seja do interesse. O Setranvasf está à disposição para dirimir quaisquer dúvidas.

Valor da passagem do ônibus cai para R$ 2 na linha interestadual Juazeiro-Petrolina

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) determinou a redução do preço da passagem do ônibus interestadual que faz a linha Juazeiro-Petrolina. A tarifa deixou de ter o valor de R$ 3 e caiu para R$ 2. Desde ontem (22) esse é o valor que deve ser cobrado dos passageiros. Ainda não há informações sobre o que motivou a redução da tarifa.

 

Usuários do cartão do Bilhete Integrado (Bip) pagarão R$1,50 na quinta (26), dia da passagem da Tocha Olímpica por Petrolina

BIP

Os usuários do cartão do Bilhete Integrado de Petrolina (BIP) terão descontos na passagem de ônibus em Petrolina, na quinta-feira 26, motivado pela passagem da Tocha Olímpica na cidade e o feriado de Corpus Christi.

A tarifa a ser cobrada no serviço coletivo urbano (ônibus) será de R$1,50 para quem tem o cartão BIP.

“Saber que Petrolina faz parte desse roteiro é muito gratificante e por isto todos os esforços estão sendo direcionados para o sucesso do evento. Vamos aproveitar a passagem da tocha para estimular a prática esportiva e incentivar nossos atletas”, declara Julio Lossio.

LEIA MAIS

Preço da Passagem de ônibus deve ser reduzida em Petrolina, assegura Ministério Público de Pernambuco

ÔNIBUS NA CHUVA EPTTC.

O aumento da passagem pauta recente de protestos em Petrolina (PE) como também em outras cidades brasileiras ganha um aliado de peso, O Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

O órgão entrou com Ação Civil Pública com efeito suspensivo do reajuste da tarifa do transporte público, na Califórnia Sertaneja.  De acordo como MPPE o motivo é a não apresentação de um estudo técnico adequado na reunião do Conselho Municipal de Transporte de Passageiros de Petrolina (CMTPP), documento que justificaria a necessidade do reajuste da passagem na cidade.

Desde dia 1º de janeiro de 2016 a passagem do ônibus urbano na cidade mudou de valor antes custava de R$2,80 e agora custa R$3,20, aumento que não agrada principalmente quem depende de utilizar mais de um coletivo por dia.

Segundo o MPPE, para o cálculo da nova tarifa foi utilizado o fator de consumo que considerava os ônibus antigos. Por isso, a perícia feita no ano de 2014-2015 não poderia servir de base para o cálculo do reajuste da tarifa no ano de 2015-2016.

A informação deve ser direcionada a Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), o gestor da pasta, Paulo Valgueiro, disse que só vai se pronunciar sobre o caso quando for notificado pelo MPPE.

Vereador Alvorlande Cruz é contra o aumento do passagens de ônibus urbanos em Petrolina

 

Alvorlande 01O vereador Alvorlande Cruz, com assento no Conselho Municipal dos Transportes representando o Poder Legislativo de Petrolina, fez questão de deixar claro, que não participou da ultima reunião do referido Conselho que deliberou sobre o aumento das passagens em 14,3%, (onde elevou as passagens de ônibus de R$ 2,80 para R$ 3,20).

O mesmo esteve ausente por se encontrar em reunião na Câmara de Vereadores elaborando os pareceres dos projetos que iam à votação na ultima sessão da Casa Plinio Amorim no dia 29 de dezembro.

O vereador Alvorlande afirma ainda, “sou contrário ao reajuste por entender, que neste momento os usuários não podem ser penalizados. A conta é dos empresários, eles que paguem. Defendo um transporte público de qualidade para só assim pensar em votar num reajuste de passagens” assegurou o vereador Alvorlande Cruz. (Fonte: Blogpedrocaldas)

Presente de fim de ano: a partir de amanhã tarifa de ônibus custará R$ 3,20 em Petrolina

IMAGEM 01A EPTTC fecha o ano de 2015 dando um belo presente para os usuários do sistema de transporte público da cidade. No apagar das luzes de 2015 o Prefeito baixou o Decreto nº 178/2015, publicado no Diário Oficial do Município datado de 30 de dezembro de 2015, reajustando as passagens de ônibus e das vans que fazem linhas para a área ribeirinha e irrigada.

IMAGEM 02

A passagem urbana que hoje custa R$ 2,80 (dois reais e oitenta centavos) passará a custar R$ 3,20 (três reais e vinte centavos) a partir de 1º de Janeiro de 2016.

IMAGEM 03

O Blog procurou o Presidente da AUTRAC – Associação dos Usuários do Transporte Coletivo e Alternativo de Petrolina, que disse ser o reajuste “um absurdo e um presente de final de ano amargo que o Prefeito Julio Lóssio dar ao povo de Petrolina. Não quero crer que esse reajuste tenha sido deliberado em reunião com o Conselho Municipal de Transporte Público de Passageiro de Petrolina. Vamos procurar saber como votou cada membro do Conselho. É preciso ter respeito para com os usuários, estamos vivendo um momento de crise no país. Os usuários não podem pagar a conta das empresas que adquiriram novos ônibus ou seminovos. Vamos recorrer na justiça e derrubar essa vergonha”, afirmou Francisco do João de Deus.

Veja como ficarão as tarifas:

  • Linhas Urbanas R$ 3,20
  • Moto-Taxi valor máximo de uma corrida R$ 11,00 (R$ 5,00; R$ 7,00 e R$ 9,00 – valores cobrados dependendo da distância da corrida)
  • Projetos – R$ 5,00
  • Izacolândia – R$ 8,40
  • Pedra Grande – R$ 5,75
  • Roçado – R$ 4,75
  • Tapera – R$ 5,70
  • Agrovila Massangano – R$ 4,25
  • Rodeadouro – R$ 4,75
  • Projeto Maria Tereza – R$ 6,80

(Fonte: Blog Pedro Caldas)