Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Até o dia 27 de dezembro, 1.153 casos de microcefalia foram notificados em Pernambuco

microcefalia

Até o dia 27 de dezembro, 1.153 casos de microcefalia foram notificados em todo o Estado, com 89 casos (7,7%) confirmados com a microcefalia e 42 (3,6%) descartados – levando em consideração o resultado dos exames de imagem dos bebês. Desse total, 426 (36,9%) atendem aos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS) para microcefalia, que identifica a malformação em bebês com perímetro cefálico igual ou menor que 32 centímetros.

Os índices atualizados foram divulgados nesta terça-feira (29) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Do total de casos prováveis, 419 (98,4%) foram detectados no pós-parto e quatro (0,9%) detectados intraútero (feto com microcefalia). Também foram registrados três (0,7%) natimortos com microcefalia. As causas dos óbitos estão sendo investigadas.

Desde que a notificação de casos de gestantes com exantemas foi tornada obrigatória, 45 municípios do Estado notificaram 265 casos de gestantes com esse quadro clínico. Desse total, quatro apresentaram diagnóstico de microcefalia intraútero.

Municípios
O Recife é a cidade com o maior número de casos suspeitos de microcefalia por região de saúde, com 217 suspeitas.Jaboatão dos Guararapes fica em segundo lugar com 74 casos.

Caastramento do “Chapéu de Palha” começa em janeiro

chapeu de palha

A partir do dia 18 de janeiro será dado o início do cadastramento dos agricultores rurais no programa Chapéu de Palha, segundo definição da Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco. Os trabalhadores da fruticultura irrigada de sete municípios da região do Sertão do São Francisco serão beneficiados nessa primeira fase.

A data foi definida em reunião de representantes de sindicatos, prefeitos e o coordenador do programa, coronel Humberto Cavalcanti. De acordo a coordenação do programa, há expectativa de aumento em10% na quantidade de cadastrados em 2016 em relação a este ano.

 Em 2015 foram inscritos 10.154 agricultores das cidades de Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, Belém de São Francisco e Petrolândia.

Polícia Militar de Pernambuco é beneficiada com novo Plano de Cargos e Carreiras

PM Ordem Unida

O presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco, Alberisson Carlos argumenta que “Pela primeira vez na história da Polícia Militar e dos Bombeiros, em quase 200 anos, vamos ter uma carreira garantida”. Ele se refere à Lei Complementar 320, sancionada pelo governador Paulo Câmara e publicada no Diário Oficial do Estado, da última quinta-feira (24).

A legislação redefine o plano de cargos e carreira e estabelece os critérios de promoção dos militares em Pernambuco. A normativa assegura à categoria, a partir do exercício de 2018, a promoção automática por critério de antiguidade decenal, contabilizada a partir da data de ingresso na corporação. A elevação de cargo não depende da ocorrência de vaga no posto ou graduação.

Antes de 2018, haverá já em março de 2017 o reenquadramento daqueles que estão perto de se aposentar na PM ou nos Bombeiros, mas que nunca avançaram de categoria na corporação. Pela regra, estão aptos a se incluir nessa exceção por merecimento, exclusivamente, aqueles que estão entre os 40% que contarem maior tempo de serviço dentro dos respectivos postos e graduações.

Contudo, já em 2016, alguns dos mais antigos deverão ser elevados de patente mediante abertura de vaga no quadro de oficiais. Alberisson Carlos afirmou que esta é uma revisão justa para os mais antigos militares em exercício.

“Uma das nossas lutas sempre foi essa correção histórica e funcional dos mais antigos que acabaram saindo da polícia ainda na graduação de soldados. Poucos saíram como terceiro sargento. Com esse reenquadramento, o PM que estiver se aposentando poderá sair como primeiro sargento”, comentou o sindicalista.

Ao usar um exemplo pessoal, Alberisson destacou a dificuldade de se fazer carreira na Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, uma vez que antes era preciso abrir vaga para concorrer a uma das oportunidades dentro da escalada na corporação. “Tive que esperar 22 anos na polícia até abrir vaga e fazer concurso para ser promovido a cabo. Essa enorme distorção institucional fez com que se levasse muito tempo para mudar de graduação. Agora isso vai deixar de existir”, destacou.

O plano de cargo e carreira agora indica a promoção do soldado para cabo em dez anos de serviço. Com 20 anos de atuação, o militar passará a terceiro sargento. E, aos 30 anos, promovido a terceiro sargento.

O sindicalista calcula que pelo menos seis mil PMs e Bombeiros estejam na fila pela promoção para cabo. Já para a carreira de oficiais, o 1º tenente vira capitão em 10 anos. Em 20 anos, passa a major e em 30, tenente coronel.

Gestora da Usina de Projetos é convidada a ministrar curso para equipe do Governo de Pernambuco

Marlise Mainardes

De acordo com nota da prefeitura a gestora da Usina de Projetos de Petrolina, Marlize Mainardes, recebeu o convite para ministrar um curso sobre elaboração e aprovação de projetos para equipe técnica da Secretaria de Planejamento do Estado de Pernambuco.

O convite foi feito na  primeira semana de dezembro quando a gestora participava em Recife, de um evento do órgão, sobre como serão adotas as ações do Governo do Estado para os municípios em 2016.

Marlize aceitou o convite e já está junto com a Gestão Municipal montando a agenda para a realização do curso, que está previsto para janeiro do próximo ano.

“Aceitamos positivamente o convite. A Usina de Projetos estará representando a Gestão Municipal de Petrolina, que ao longo da sua administração vem se destacando no cenário nacional com projetos e logísticas inovadoras, que contemplam as pessoas que mais precisam dos serviços públicos. ”, destacou a gestora.

O prefeito, Julio Lossio considerou importante e necessária essa parceria, “ O nosso Município vem se destacando com o trabalho da Usina de Projetos, que tem a frente a gestora Marlize Mainardes. Através dessa oportunidade em ministrar um curso para equipe da Secretaria de Planejamento Estadual, a Gestão de Petrolina poderá contribuir auxiliando o Estado a buscar recursos, como também, preparar a equipe para que esteja apta a orientar os outros municípios pernambucanos a avançarem em seus projetos”, ressaltou Lossio.

Torcidas organizadas na mira do Estado

Torcida_Santa_Cruz_Sport_Náutico_organizadas_2

O Estado de Pernambuco ajuizou Ação Civil Pública de Responsabilidade por Danos Materiais, Morais Coletivos e Sociais contra as torcidas Inferno Coral, Fanáutico e Terror Bicolor (Paysandu), que entraram em confronto na noite de 8 de setembro de 2015, após jogo entre o Paysandu e o Santa Cruz, no Estádio do Arruda, pela Série B do Campeonato Brasileiro. A briga entre os torcedores aconteceu nas imediações da sede do Clube Náutico Capibaribe, na Avenida Conselheiro Rosa e Silva, no bairro dos Aflitos, no Recife, levando pânico à população dos bairros da Zona Norte da capital.

Além da violência perpetrada pelos integrantes das torcidas organizadas, houve intensas ações de vandalismo no local, com depredação do patrimônio público e privado, incluindo-se a própria sede do Náutico, estabelecimentos comerciais e veículos estacionados no pátio interno do clube de futebol e nas ruas próximas a ele. A briga transformou o local numa praça de guerra por cerca de meia hora – com vândalos arremessando pedras, pedaços de madeira, concreto e rojões – e só terminou com a intervenção da polícia.

A presença das torcidas organizadas dos times pernambucanos nos estádios de futebol é proibida desde 2004, porém a medida não tem sido suficiente para coibir a prática de atos de vandalismo e selvageria fora dos espaços desportivos. Na petição da Ação Civil Pública, a Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) salienta que “é necessário que, quando tais atos ocorram, as torcidas organizadas sejam responsabilizadas em todas as esferas cabíveis, inclusive nessa esfera civil, seja para fins de reparação pelas perdas e danos causados, seja com o intuito de se ter mais um mecanismo com real eficácia de desestímulo à prática de novas transgressões”.

A proposição da ação faz parte de uma série de medidas que o Governo do Estado vem tomando contra as organizadas, desde o confronto de setembro. Com a medida judicial, objetiva-se atingir o coração financeiro dessas entidades. “É um mecanismo muito bom para obter sanção efetiva, atingindo a questão patrimonial”, avalia o procurador-geral do Estado, César Caúla. Na ação, o Estado pede o arbitramento judicial dos valores das indenizações.

A petição inicial foi assinada pelo procurador do Estado Carlos Alberto Carvalho e pelos procuradores-chefes-adjuntos do Contencioso, Luciana Roffé e Fernando Farias.

Campus Ouricuri elege Diretor Geral pela primeira vez

No último dia 16 de dezembro, os docentes, os discentes e os técnicos administrativos do campus Ouricuri foram às urnas para eleger, pela primeira vez, o diretor geral da instituição, uma vez que, em conformidade com o Decreto Federal 6986/2009, após cinco anos do seu efetivo funcionamento, o campus deve realizar uma consulta para o referido cargo.
O mandato do diretor geral é de quatro anos, podendo ser reconduzido ao cargo por igual período, caso o ocupante seja consagrado vencedor em nova consulta.
Foi eleita para o cargo de Diretor Geral do campus Ouricuri, a professora Rejane Oliveira, candidata única, que atingiu 37,61% dos votos. Os votos brancos contabilizaram 57,48% e os nulos, 4,91%.
Ainda não foi divulgada a data da nomeação da professora Rejane Oliveira, que será, posteriormente, publicada pelo Conselho Superior do IF Sertão – PE. O campus Ouricuri, atualmente, é gerido pelo professor Jean Carlos de Alencar.

PM confunde celular com arma e mata jovem com tiro nas costas

Álisson, operador de máquinas.(Foto: Tv Clube)

Álisson, operador de máquinas.(Foto: Tv Clube)

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando a morte do operador de máquinas Álisson Campos da Silva, de 20 anos, assassinado por um policial militar, neste domingo. Álisson foi atingido por um tiro nas costas depois de ser confundido com um assaltante.

A vítima seguia na garupa de uma moto com o primo Bruno Campos da Silva, 22, quando pararam em um semáforo no cruzamento da Avenida Agamenon Magalhães com a Rua Henrique Dias, por volta das 21h30. Segundo o primo, Álisson fez um movimento com a mão para pegar o celular, que estava no bolso, quando o soldado Dídimo Batista da Silva, do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que estava parado no carro ao lado, sacou uma pistola calibre 38. Meu primo estava com um boné no bolso, ficou volumoso e ele pensou que era uma arma”, contou Bruno, que hegou a tentar sair com a moto, mas não conseguiu evitar que o primo fosse atingido nas costas. “É um despreparo. Ele tem que ser punido”, cobra.
O autor do disparo prestou socorro a Alisson, que já chegou morto ao Hospital da Restauração (HR). No local, o pai da vítima chegou a passar mal. “Fui pai e mãe desse menino. Ele gostava de desenhar, era tricolor, um menino trabalhador, trabalhava comigo. Tanto bandido solto, matando, roubando e vem um policial militar e tira a vida do meu filho”, lamentou José Márcio.
Segundo a versão divulgada pela Polícia Militar, a dupla teria encostado no carro do soldado e feito “menção de tirar um objeto da linha da cintura anunciando um assalto”. Ainda de acordo com a PM, o condutor teria tentado fugir quando o disparo foi efetuado contra o garupa.
Dídimo Batista da Silva se apresentou ao DHPP, prestou depoimento e em seguida foi liberado “ por não haver elementos para uma autuação em flagrante”. O soldado não será afastado das suas atividades. O Batalhão de Choque também abriu uma sindicância para apurar o episódio. (Fonte: DP)

Pernambuco ganha nova sede da OAB e escola de advocacia

Governador Paulo Câmara, inauguração OAB

Na sexta-feira (18), o Estado de Pernambuco ganhou a nova sede da ordem dos advogados do Brasil, secção Pernambuco. Batizado de Casa da Cidadania, o edifício inaugurado, fica localizado na Rua do Imperador Pedro II, número 346, no bairro de Santo Antônio, Recife.

 A cerimônia contou com a presença do governador Paulo Câmara, do presidente do conselho nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Coelho, e do presidente da OAB Pernambuco, Pedro Henrique Alves.

De acordo com o executivo estadual, o prédio reformado é uma doação do Estado, feita na gestão do ex-governador Eduardo Campos, ele foi homenageado pela OAB, que batizou o auditório do espaço com o nome do ex-gestor.

Câmara argumenta sobre a importância do papel da OAB, e a sua representação na defesa da cidadania, “sem dúvidas nenhuma vai oferecer condições de se exercer a advocacia de dar plenas condições de trabalho e a OAB tem seu papel também a contribuir para a melhoria das instituições para melhoria da justiça e da cidadania. A OAB é uma aliada importante na busca por justiça social em nosso Estado”, concluiu o governador Paulo Câmara.

O novo prédio da instituição abriga também a caixa de assistência dos advogados de Pernambuco e a escola superior de advocacia Professor Ruy da Costa Antunes.

Três bebês com microcefalia morrem em Pernambuco

9d2fb63b9e83ed8324788a9b9866f62c

Estão em investigação, em Pernambuco, três casos de bebês que vieram a óbito e apresentavam microcefalia segundo critérios da Organização Mundial de Saúde (perímetro cefálico igual ou abaixo de 32 centímetros). A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirma, em nota, as mortes. É a primeira vez que o Estado apresenta suspeita de óbito por essa malformação congênita. Os partos aconteceram na capital pernambucana (dois dos casos) e em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife.

Dois bebês já nasceram mortos na sexta-feira (11) e na quarta-feira (15), com 38 e 40 semanas de gestação, respectivamente. Um deles veio a óbito no dia 11, logo após o nascimento, com 33 semanas de gestação (prematuro) e com diagnóstico de microcefalia intraútero. Em nota, a secretaria ressalta que, apesar de os bebês apresentarem microcefalia, a anomalia congênita não é a causa básica dos óbitos, que estão sendo investigados.

Na quarta-feira, o boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde já mencionava que, no Brasil, 26 mortes permanecem em investigação, mas não incluía esses óbitos em Pernambuco. Ao longo da investigação da mudança do padrão de ocorrência da microcefalia no País, foi confirmada uma morte no Ceará. Duas foram descartadas no Rio de Janeiro.

CAUTELA

Embora o Ministério da Saúde já confirme 134 casos de microcefalia no Brasil relacionados à infecção pelo vírus zika (desse total, 29 em Pernambuco), o Estado diz que ainda é cedo para fazer essa associação, pois tem aguardado sair os resultados de exames que possam identificar a presença do zika.

“O teste é a única maneira que temos para esclarecer se a pessoa contraiu o vírus. Como se trata de um evento novo na medicina, é importante que a relação entre microcefalia e zika seja feita por testes laboratoriais. A nossa preferência é trabalhar com cautela neste momento”, acredita a infectologista pediátrica Regina Coeli Ramos, do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc). A médica participa das investigações sobre a mudança do padrão de ocorrência da microcefalia em Pernambuco e também das atualizações do protocolo clínico e epidemiológico para investigação dos casos da malformação no Estado.

m Pernambuco, entre os 920 casos suspeitos, 85 foram confirmados após a realização de exames de imagem. Mas o Estado opta por não fazer a diferenciação sobre a causa dos casos confirmados. Entre os 85 bebês em que já foi confirmada a microcefalia, segundo Regina, há casos relacionados a causas habituais da anomalia congênita, como toxoplasmose, sífilis e citomegalovírus. “Mas ainda não tivemos como associar, por critérios laboratoriais, à infecção pelo zika. Pode ser que exista casos de coinfecção.”

Pelo Ministério da Saúde, os casos estão sendo descartados porque não foi comprovado o comprometimento do cérebro do bebê por exames de imagem ou porque foram identificadas outras causas para a microcefalia, incluindo infecções causadas por sífilis, citomegalovírus ou toxoplasmose. “É uma atitude acertada, em que percebemos responsabilidade e transparência”, acredita o médico Carlos Brito, membro do Comitê Técnico de Arboviroses do Ministério da Saúde.

Funcionários da Compesa ajudarão no combate ao mosquito da Dengue

mosquito-da-dengue

 

450 leituristas da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começam a ser capacitados para atuar como agentes identificadores de focos do mosquito nas residências do Estado nesta quarta-feira (16).

Segundo a companhia com a ação todas as caixas d’água que são abastecidas pela Compesa, principalmente no interior, serão inspecionadas para prevenir e eliminar focos.

As ações foram estabelecidas pelo comitê interno da Compesa criado para determinar e coordenar medidas de combate ao Aedes nas áreas de atuação da companhia.

Presidida pelo diretor de Articulação e Meio Ambiente (DAM), Aldo dos Santos, a comissão, atua em conformidade com o comitê estadual para o monitoramento emergencial do enfrentamento das doenças transmitidas pelo mosquito.

Na reunião do comitê interno, foi estabelecido que os funcionários da Compesa que têm contato direto com o público atuariam como agentes multiplicadores na luta contra a proliferação do mosquito. “Temos um pessoal que já circula nos bairros e tem acesso às residências e às lideranças comunitárias. Então, ao capacitarmos esses colaboradores, estamos colocando na rua um exército no combate ao Aedes”, avaliou o diretor Aldo dos Santos.

Ainda de acordo com a Compesa até o final de dezembro, haverá capacitações em Petrolina, Garanhuns e Caruaru, onde há um grande número de ocorrências de Dengue, Zika e Chikungunya.

Lucas Ramos faz balanço do primeiro ano de mandato

lucas ramos

O deputado Lucas Ramos (PSB) apresentou, nesta terça (15), durante o Pequeno Expediente da Reunião Plenária, um balanço de seu primeiro ano na Assembleia Legislativa.

O parlamentar comemorou a aprovação de leis de sua autoria, como a 15.636/2015, que institui o cardápio inclusivo (informações em braile e também com fonte ampliada) nos restaurantes e bares do Estado; e a 15.653/2015, que aplica sanções a estabelecimentos comerciais que permitirem ou fizerem apologia à pedofilia, exploração sexual e prostituição de crianças e adolescentes.

Em seguida, Ramos registrou as proposições de sua autoria que incluíram a “Vinhuva Fest”, realizada na cidade de Lagoa Grande, e o Dia Estadual em Defesa do Rio São Francisco, no Calendário Oficial de Eventos do Estado de Pernambuco.

“Foi um ano de conquistas e avanços, mesmo diante de tantas dificuldades. Entraremos em 2016 com fôlego renovado e muita disposição para pegar no serviço, fazer a máquina moer para quem mais precisa”, disse.

O deputado defendeu, ainda, a aprovação dos PLs 486/2015, que torna obrigatório o ensino da Lei Maria da Penha nas escolas, e 448/2015, que determina a oferta de 5% dos leitos em hotéis e motéis para pessoas com deficiência de locomoção ou com mobilidade reduzida. As matérias são de sua autoria.

O socialista pediu também que a Transposição do Rio São Francisco beneficie a população que mora nas proximidades das obras e destacou a importância de um novo pacto federativo, garantindo mais recursos para as prefeituras municipais.

Secretaria Estadual de Saúde atualiza números de microcefalia, degue, zika e chikungunya em PE

Em Pernambuco, já foram notificados 920 bebês com suspeita de microcefalia até o dia 12 de dezembro. Esse total corresponde a 38,31% dos 2.401 casos da malformação congênita no Brasil. No Estado, 17 casos foram descartados e 29 confirmados como provocados pelo vírus zika, segundo o Ministério da Saúde.

Dessa maneira, o órgão informa que Pernambuco continua a investigar os outros 874 bebês que apresentam suspeita de microcefalia. O novo boletim epidemiológico foi divulgado na manhã desta terça-feira (15) pelo Ministério da Saúde. Segundo o órgão, os casos estão sendo descartados porque não foi comprovado o comprometimento do cérebro do bebê por exames de imagem ou porque foram identificadas outras causas para a microcefalia, incluindo infecções causadas por sífilis, citomegalovírus ou toxoplasmose.

 

Petrobras cancela construção de dois navios em PE

A subsidiária da Petrobras para a área de Transporte, Transpetro, cancelou dois contratos para a construção de navios de transporte de gás liquefeito de petróleo (GLP, o gás de cozinha), que seriam construídos no estaleiro Vard Promar, em Pernambuco. A estatal alega “descumprimento de cláusula contratual”, mas a controladora do estaleiro diz que vai buscar compensações.

Os contratos cancelados fazem parte de um pacote de oito embarcações para o transporte de GLP contratadas pela Transpetro em 2010, dentro de seu Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef). O primeiro deles, batizado de Oscar Niemeyer, foi entregue à estatal em julho deste ano e já está em operação. Outros três estão em estágio final de construção, segundo informou a companhia na época.

O cancelamento foi comunicado primeiro pela Vard, que tem sede em Cingapura. “A construção dos dois navios está em um estágio preliminar”, disse a empresa, afirmando que pretende “pedir compensação da Transpetro pelos danos relacionados aos contratos cancelados”.

“Por descumprimento de cláusula contratual, a companhia deu início ao processo de rescisão de contrato dos dois últimos gaseiros da série de encomendas ao Vard Promar”, limitou-se a confirmar a subsidiária da Petrobras. (Fonte: Folhapress)

Última assembleia dos prefeitos pernambucanos será no dia 18

O Presidente da Amupe e Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (foto), anunciou na reunião do Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú – CIMPAJEÚ, que a última assembleia estadual dos prefeitos pernambucanos, será na próxima sexta-feira (18) pela primeira vez em Afogados da Ingazeira.

A realização da assembleia em Afogados da Ingazeira, foi um pedido dos prefeitos ao Presidente da Amupe, para retribuir o tempo que ele dedica a entidade, e as lutas que tem assumidos a frente da Amupe em defesa dos municípios.

Os prefeitos começarão a chegar na quinta-feira (17), onde será oferecido pela Amupe, um jantar de confraternização.

Escola de Salgueiro, vence final do futebol dos JEPs e faz história na Arena Pernambuco

Jogadores de Salgueiro

As equipes da Escola Pena Filho, de Salgueiro, e da Escola Professor Jaime Coelho, de Buenos Aires, pensavam que estavam prontas para jogar a final dos Jogos Escolares de Pernambuco (JEPs), nesta sexta-feira (11), na Arena Pernambuco. Dentro de campo, sim. Fora dele, um misto de nervosismo, apreensão, medo e ansiedade. Era a realização de um sonho. ‘Profissionais’ por um dia. Ali, o resultado importava, mas entrar para a história como a primeira final de uma competição escolar disputada em um estádio de Copa do Mundo parecia ser muito mais importante.

Na entrada do campo, protocolo de competições oficiais. Bandeira de Pernambuco na frente, arbitragem comandada pelo ex-árbitro Fifa Wilson Souza logo em seguida e as equipes enfileiradas, logo atrás. Antes de entrar no campo, como se fosse protocolar, pé direito na frente, toque no gramado e sinal da cruz. Não era apenas um pedido para que o jogo ocorresse bem e que ninguém se machucasse. Era o clamor para que aquele jogo não acabasse. Eles queriam viver aquele sonho para sempre.

“Que… que… quero que tudo ocorra bem. No… nossa equipe vem de boas vitórias e queremos ser campeões”. “Está nervoso?”. “Muito. Não quero perder. Estou com medo de perder. Mas vamos para cima deles para conquistar o título aqui na Arena”. Foi assim que o atacante da Escola Carlos Pena Filho, Emerson Teles, respondeu à reportagem. Nervoso, andando de um lado para o outro, mas pronto para fazer história na Arena.

E parece que o destino tinha reservado algo realmente especial para Teles. Foi dele o gol da vitória da equipe salgueirense diante da Professor Jaime Coelho. Um gol bonito, com pinta de artilheiro, ainda na primeira etapa. E por pouco ele não marcou o segundo, na etapa final. O goleiro adversário defendeu. “Ainda tentei, mas o importante foi o gol. Agora quero comemorar este dia histórico”, falou, ao final do jogo.

No final do jogo, pódio para os dois finalistas. O secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras, realizou a entrega das medalhas e dos troféus e comemorou muito com os dois times.

Com a final do futebol, os Jogos Escolares de Pernambuco chegam ao fim em 2015. Foram oito meses de disputa, mais de 60 mil participantes, de aproximadamente 1.000 escolas, de 180 municípios, disputando 17 modalidades, sendo elas futebol de campo, futebol 7 (soçaite), futsal, vôlei, handebol, basquete, atletismo, tênis de mesa, badminton, ciclismo, natação, luta olímpica, ginástica rítmica, vôlei de praia, judô, xadrez e surfe, que foi inserido neste ano.