Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Por meio de nota, Polícia Militar de Pernambuco informa que policiamento no bairro Vila Eduardo será reforçado a partir desta quarta-feira (9)

(Imagem: Internet)

O Blog Waldiney Passos publicou na manhã desta quarta-feira (9) uma matéria sobre a falta de segurança no bairro Vila Eduardo em Petrolina (PE). A denúncia partiu de moradores e comerciantes da comunidade que relataram situações de perigo vivenciadas no bairro, e a falta de policiamento na localidade.

LEIA TAMBÉM:

Moradores e comerciantes pedem mais segurança no bairro Vila Eduardo

Após a publicação da matéria, a Polícia Militar de Pernambuco emitiu uma nota informando que a partir de hoje (9) o policiamento do bairro será reforçado. Confira a nota na íntegra:

“A Polícia Militar de Pernambuco informa que o policiamento em Vila Eduardo é realizado pelo 2º BIEsp com guarnição tática que cobre essa área diariamente. A PMPE informa que o 5º BPM também dá apoio a área, e que vai incrementar a partir de hoje, um reforço de policiamento com o empenho da ROCAM. A PM ratifica a importância do registro dos delitos através do 190 e também na Delegacia da Polícia Civil para viabilizar ajustes na estratégia de segurança”.  

Mulher suspeita de fraudar teste físico em concurso da PM-PE é presa

(Foto: Internet)

Segundo e a polícia, ela receberia R$ 6 mil em dinheiro para fazer os exames físicos. (Foto: Ilustração/Internet)

Uma mulher de 23 anos foi presa em flagrante na tarde desta terça-feira por suspeita de tentativa de fraude no concurso público da Polícia Militar. Ela foi detida quando realizava testes físicos para o certame no lugar de outra candidata, de 25 anos.

A farsa foi descoberta quando foram encontradas com a suspeita duas habilitações com nomes diferentes. Neste momento, a falsa candidata já havia realizado as provas de natação e salto em distância. Levada à Delegacia da Macaxeira, a suspeita confessou ter sido contactada por um homem não identificado que a procurou na academia onde treina, em Fortaleza.

LEIA MAIS