Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Casa Nova: RONDESP Norte prende homem com droga e arma de fogo no bairro São José

Após denúncia, Rondesp apreende droga e arma de fogo em Casa Nova. (Foto: Divulgação/PM)

Na quinta-feira (13) por volta das 12h30, equipes da Policia Militar da Bahia através da Companhia Independente de Policiamento Tático da Região Norte (RONDESP Norte), realizavam ronda em Casa Nova (BA), mais precisamente na rua 03, bairro são José, quando, através do disque denúncia da RONDESP Norte, os policiais foram informados que um homem, estaria ameaçando pessoas utilizando uma arma de fogo.

No local indicado, o suspeito foi abordado, e durante busca pessoal os policiais encontraram com ele uma arma de fogo tipo revólver calibre 38, marca Taurus, nº de série 1674876, cano curto, e cabo de madeira com 06 cartuchos intactos. Além da arma, o acusado estava de posse de três petecas de um pó branco tipo cocaína.

Ao consultar o sistema, a polícia constatou que o acusado foi processado e preso várias vezes por outros crimes. O homem foi apresentado juntamente com o material apreendido na delegacia de Polícia Civil de Casa Nova para serem tomadas as medidas cabíveis.

Polícia Militar apreende 4,5 kg de maconha e moto em Cabrobó

Na manhã dessa quinta-feira (13), durante a “Operação Saturação”, após rondas com abordagens no bairro da Temperatura, em Cabrobó (PE), a Polícia Militar, através do GATI, fez acompanhamento de uma motocicleta com dois indivíduos em atitude suspeita.

Ao perceber que seriam detidos pelos policiais, os suspeitos empreenderam fuga para o matagal. Eles abandonaram o veículo e dois sacos com aproximadamente 4,5 kg de maconha. O material apreendido foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil de Cabrobó.

Traficante é preso no bairro Malhada da Areia, em Juazeiro

Um homem foi preso por tráfico de drogas nessa quarta-feira (12) no bairro Malhada da Areia, em Juazeiro (BA). O suspeito, de 31 anos, foi detido com um tablete de maconha pesando aproximadamente 250g.

O indivíduo, conhecido como Léo Salvador, foi preso em sua residência. O suspeito é reincidente na prática de tráfico de drogas, já respondeu por crime de roubo e estava em livramento condicional.

Polícia cumpre mandados contra envolvidos na morte de Marielle

A vereadora Marielle Franco foi assassinada junto com o motorista Anderson Gomes, na noite de 14 de março deste ano. (Foto: Internet)

Agentes da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro cumprem nesta quinta-feira (13) na capital e em outros municípios os primeiros mandados de prisão e apreensão contra suspeitos de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

 O delegado Giniton Lages, responsável pelas investigações, informou à Agência Brasil que a operação se estende a bairros do município do Rio e em Angra dos Reis, Nova Iguaçu, Petrópolis, e fora do estado, na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Segundo o delegado, a operação deriva de inquéritos policiais paralelos às investigações do caso Marielle e Anderson.

Desde que começaram as investigações, que apuram a autoria dos crimes, a Delegacia de Homicídios vem realizando várias operações policiais para a checagem de informações anônimas.

LEIA MAIS

Homem é preso por tráfico de drogas na Orla de Juazeiro

Droga apreendida com suspeito.

Na noite dessa quarta-feira (12), a Polícia Militar, através da Companhia Independente de Policiamento Tático da Região Norte (RONDESP Norte), realizava rondas na Orla de Juazeiro quando avistaram um indivíduo em atitude suspeita.

Os policiais procederam com abordagem e busca pessoal e encontraram nas vestes do acusado uma sacola contendo 11 porções de uma erva, supostamente maconha, um aparelho celular marca LG de cor branca e a quantia de R$ 14,35.

Questionado sobre a prática de tráfico de drogas, o suspeito assumiu que estava traficando. Segundo o acusado, o valor encontrado com ele seria resultado da venda de entorpecente. Quando perguntado sobre a existência de mais drogas, o suspeito informou que na sua residência no Mandacaru, Residencial Praia do Rodeadouro, existia aproximadamente 1 kg da droga.

LEIA MAIS

Petrolina: Polícia Militar apreende cerca de 15 kg de maconha sendo transportado em ônibus

Droga apreendida pela Polícia Militar.

Na noite dessa quarta-feira (12), por volta das 22h30, a Polícia Militar do 5º BPM/GATI, em operação conjunta com o NIS-4, prendeu indivíduos, próximo à rodoviária de Petrolina, transportando grande quantidade de maconha.

A droga foi encontrada em um ônibus de linha interestadual. Ao todo foram apreendidos 14.650 kg do entorpecente, que foi apresentado, juntamente com o suspeito, na Delegacia da Polícia Civil.

Atirador de Campinas usou pistola comprada ilegalmente, diz polícia

Ao ser encurralado, Euler se matou com um tiro na cabeça.

A pistola usada por Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, para matar cinco pessoas e ferir outras três na Catedral Metropolitana de Campinas foi comprada ilegalmente. Essa é uma das poucas conclusões que a Polícia Civil tem sobre o ataque dessa terça-feira (11).

De acordo com o delegado-chefe do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior (Deinter 2), José Henrique Ventura, disse que a arma com a qual o atirador fez 22 disparos, incluindo o que tirou a própria vida, é de uso exclusivo das Forças Armadas ou Polícia Federal.

Além da pistola 9 milímetros, no momento da tragédia Euler Grandolpho também estava com um revólver. A polícia ainda quer esclarecer agora como ele conseguiu comprar o armamento.

LEIA MAIS

Condenado pela morte do irmão do ex-prefeito de Lagoa Grande é preso

A polícia prendeu, nessa terça-feira (11), o homem acusado de participar do homicídio do irmão do ex-prefeito de Lagoa Grande, Robson Amorim. Fabrício Ramos de Amorim foi assassinado em 2012, no município.

O suspeito foi preso quando saia de casa, localizada nas margens da BR-232, próximo a entrada do município de Mirandiba (PE). João Batista da Silva, de 53 anos, estava foragido desde a época do crime. O acusado foi condenado à revelia, em 2017, a 13 anos de prisão.

LEIA MAIS

Caso Beatriz: Após três anos, primeiro grande passo é dado

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Dois dias após completar três anos, o caso Beatriz deu seu primeiro grande passo em busca da elucidação do crime que chocou a população de Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e região em dezembro de 2015.

A decisão do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE), nesta quarta-feira (12), que decretou a prisão do primeiro suspeito a ter envolvimento com o crime, Alisson Henrique de Carvalho, ex-funcionário do Colégio Maria Auxiliadora, dá um norte ao caso que por muito tempo esteve na escuridão. Alisson é suspeito de ter apagado imagens das câmeras de segurança do dia do crime.

Pais de Beatriz.

Além disso, a decisão reforça as palavras de Lúcia Mota, mãe de Beatriz, que questionou, em entrevista a este blog, o “porquê de o Colégio atrapalhar as investigações”, e coloca o Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora em situação delicada, já que a escola sempre negou ter atrapalhado investigações.

Para Lucinha, a prisão de Alisson é o “fio do novelo”. “Ele vai ter que se explicar o porquê que ele fez isso. Essa é a ponta do novelo para solucionar o caso, é o norte da investigação. Daí que a gente pode realmente começar a solucionar o caso de minha filha”.

Segundo Sandro Romilton, pai de Beatriz, durante a manifestação em frente ao TJ-PE, nesta quarta, as imagens foram apagadas 20 dias depois do crime, após a polícia pedir para que as imagens das câmeras fossem entregues. “Quem deu essa ordem para que esse funcionário voltasse à cena do crime?”, questionou.

LEIA TAMBÉM

Caso Beatriz: TJPE aceita recurso e decreta prisão preventiva de suspeito de apagar imagens

Caso Beatriz: segundo TJPE, prisão de Alisson deve ser cumprida até esta quinta

Caso Beatriz: Colégio Maria Auxiliadora nega ter atrapalhado investigações

Até a decisão do TJ-PE o que a polícia tinha de material para dar seguimento à elucidação do crime era um retrato falado do suspeito de ter assassinado Beatriz e algumas imagens de câmeras de segurança do lado externo da escola que mostram uma movimentação estranha de um indivíduo, considerado um dos suspeitos de ter cometido o crime.

Relembre o caso

Beatriz Mota tinha 7 anos quando foi brutalmente assassinada. Seu corpo foi encontrado em 10 de dezembro de 2015, com marcas de mais de quarenta facadas.

A garota sumiu durante festa na instituição de ensino em que estudava, o Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora, em Petrolina.

Homem é preso em flagrante após furtar loja no Centro de Petrolina

Na tarde desta quarta-feira (12), por vota das 14h40, a polícia foi acionada pelo proprietário da Loja Skala Modas, localizada no centro de Petrolina (PE), para averiguar uma ocorrência de furto.

Um indivíduo foi flagrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento furtando um tênis da marca Nike.

Após rondas pelo centro da cidade, os policias encontraram o suspeito e o detiveram. O acusado afirmou que havia vendido o tênis por R$ 50 e comprado três pedras de crack.

O acusado foi encaminhado à delegacia para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

Caso Beatriz: Colégio Maria Auxiliadora nega ter atrapalhado investigações

Nessa segunda-feira (10) o caso completou três anos. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Após as declarações da mãe de Beatriz, Lucinha Mota, nessa segunda-feira (10), em entrevista ao nosso blog, questionando o porquê de o Colégio Maria Auxiliadora estar “atrapalhando as investigações”, a escola se pronunciou por meio de nota afirmando que “é de total interesse da instituição que o crime seja brevemente elucidado”.

LEIA TAMBÉM

Caso Beatriz: “A gente quer saber porquê o Colégio está atrapalhando as investigações”, afirma Lucinha

“Três anos sem Beatriz”: Lucinha Mota fala sobre exumação do corpo da filha e a postura da imprensa local

Perito levanta questionamentos sobre caso Beatriz; “por que tão pouco foi realizado?”

Lucinha afirmou ainda que tudo “está registrado em câmeras, os funcionários se juntaram e fizeram toda essa armação” e questionou porque a escola não ajudou a polícia. O colégio disse estar sempre solícito às demandas da polícia.

Confira a nota do colégio na íntegra

Conforme já nos posicionamos em outras oportunidades, o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, se compadece com a dor de todos os familiares de Beatriz Mota, no entanto, discorda veementemente das recentes acusações.

Em momento algum o colégio deu fuga ao assassino, como também não atrapalhou as investigações, pelo contrário, a todo o momento esteve solícito a todas as demandas da Policia Civil do Estado de Pernambuco.

Registra-se que é de total interesse da instituição que o crime seja brevemente elucidado, apurando-se a verdade real, principalmente pela dor que a família está passando, bem como também pela dor da família Salesiana, uma vez que a criança era filha de nossa Congregação”.

Equipe da RONDESC apreende celular com restrição de roubo em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

No início da manhã desta segunda-feira (10), por volta das 5h30, a GE Rondesc prendeu um homem em posse de um celular com restrição de roubo em Petrolina (PE). A identificação do crime foi feita pelo policiais, através do Aplicativo “Alerta Celular”.

De acordo com informações da PM, o aparelho foi furtado no dia 29 de setembro deste ano, no Centro de Petrolina. Ainda segundo a polícia, o celular pertence a Maria José de Mello Martins. O acusado foi apresentado à Delegacia de Polícia Civil para serem tomadas as medidas cabíveis.

Indivíduo é preso com revólver e pistola em Juazeiro

Armas apreendias com o suspeito. (Foto: Divulgação)

Na noite desse domingo (09), por volta das 19h45, policiais militares realizavam rondas no Residencial São Francisco, em Juazeiro (BA), quando avistaram dois indivíduos trafegando em uma motocicleta com a lanterna da placa apagada.

Os policiais iniciaram o acompanhamento dos suspeitos, que tentaram fugir, mas caíram do veículo. Os acusados continuaram com a fuga a pé. No entanto, um dos indivíduos foi alcançado pelos policiais.

Após varredura pelo local, a guarnição encontrou uma Pistola Taurus cal. .40 e um revólver Taurus cal. .38, próximo a moto. Todo o material apreendido foi encaminhado à delegacia de polícia.

O suspeito detido pelos policiais já possui várias entradas em delegacias, uma delas por roubo a uma joalheria no estado de Sergipe, quando foi apreendida uma submetralhadora .40 em sua posse. Além disso, é suspeito de uma tentativa de homicídio na cidade de Casa Nova há uma semana.

Comunidade indígena Pakararu é atacada mais uma vez

A igreja da comunidade teve portas e janelas quebradas e sofreu tentativa de incêndio. (Foto: Reprodução/ Jornal do Commercio)

Moradores da comunidade indígena Bem Querer de Baixo, em Jatobá, município do Sertão de Pernambuco acionaram a Justiça para investigar a destruição de mais um prédio de uso do povo Pankararu. Desta vez, o alvo foi a Igreja de Nossa Senhora da Conceição, que sofreu uma tentativa de incêndio e teve portas e janelas quebradas. O ataque aconteceu na madrugada de sábado (8), menos de dois meses do incêndio da escola e da Unidade de Saúde da Família.

De acordo com integrantes da comunidade, que por segurança preferem não se identificar, o vandalismo na igreja católica, no dia de Nossa Senhora da Conceição, 8 de dezembro, tem as mesmas características do incêndio no colégio e no posto de saúde. “Mas agora, gente ligada aos posseiros fez publicação (em redes sociais) comemorando o feito, dizendo que é isso mesmo e que ainda falta (derrubar) as paredes (do templo), e chamando a gente de escória”, declara uma das representantes do povo Pankararu. Jatobá fica a 425 quilômetros da capital, Recife (PE).

A escola de ensino fundamental e a Unidade de Saúde da Família foram danificadas na madrugada de 29 de outubro. “As investigações não dão nenhum resultado, mas todo mundo sabe de onde partem os ataques. A gente acredita que agora o mais importante é mostrar como eles estão confortáveis em atacar, em violentar e em ofender, porque a Justiça mesmo não faz nada”, lamenta. Para os pankararus, as ações são praticadas por posseiros que tiveram de deixar a área indígena demarcada em setembro deste ano, por ordem judicial.

Em nota, a equipe do Programa Estadual de Proteção a Defensores de Direitos Humanos informou que já entrou em contato com a Secretaria de Defesa Social, o Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco e o Ministério Público Federal, entre outras instituições, pedindo reforço no policiamento ostensivo, para prevenir novos ataques. Também reforça a necessidade de investigações para identificar e punir os responsáveis pelos atos de violência.

O delegado de Jatobá, Daniel Angeli, disse que ainda não assumiu o caso, registrado pela equipe de plantão neste fim de semana, e só a partir desta segunda-feira (10) vai se inteirar do assunto.

Desocupação

LEIA MAIS

Polícia Civil deflagra operação e apreende 16 armas em Ibimirim e Buíque

Material aprendido durante operação da polícia em Ibimirim e Buíque. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Na manhã de sábado (8), a Polícia Civil, representada pelas Delegacias de Buíque (PE), e Ibimirim (PE), juntamente com o apoio da Polícia Militar, por meio do NIS/3° BPM, GATI, e 1° BIESP de Caruaru (PE), deflagrou a “Operação Shot Gun”, nas cidades de Buíque e Ibimirim, através do cumprimento de mandados de busca e apreensão, em residências, de pessoas investigadas pela prática de Comércio e Porte Ilegal de armas.

Em Buíque, José Alves Cabral, conhecido como “Zé Galego”, foi preso em flagrante, por comércio ilegal de armas. Na casa do acusado, os policiais encontraram 631 munições dos calibres 16, 38, 32, 28, 12, 20, 36, .40, 22, 380, 6.35, 44 e 9 milímetros, além de quatro revólveres, 11 espingardas, 106 recipientes contendo pólvora, 107 contendo espoleta, e 67,8  quilos de chumbo, um carregador de pistola cal. 7.65, além de muitos estojos dos calibres citados, aptos a serem recarregados.

LEIA MAIS
123