Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Reforma da Previdência: discussões seguem durante semana de São João

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O avanço nas discussões sobre a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados alimenta as esperanças do governo de uma votação em breve na comissão especial criada para debater o tema. As chances de que isso aconteça ainda esta semana, no entanto, são pequenas – em dois dias de discussão na semana passada, 75 deputados foram ouvidos. Ainda faltam 80.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) já tirou a pressão do Congresso Nacional e disse não ver problema caso a votação do relatório na comissão especial demore mais uma semana para ocorrer. Além das discussões, que devem continuar ao longo dos próximos dias, festas de São João realizadas em diversos estados podem enfraquecer o quórum e dificultar a votação.

LEIA MAIS

Candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife está nos planos do PT para 2020

Marília Arraes (PT-PE)

O primeiro balanço realizado pelo Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) do Partido dos Trabalhadores aponta que a deputada federal Marília Arraes (PT) teria grandes chances de vitória na eleição à Prefeitura do Recife, em 2020.

LEIA TAMBÉM:

Marília Arraes defende nome de Cristina Costa como candidata a prefeita de Petrolina

Nos outros estados, o PT avaliou que o partido deve crescer nas cidades de porte médio, com 200 mil eleitores. Além de Marília, no Recife, o GTE petista avaliou que o partido tem grandes chances de vitória em Rio Branco (AC), com o ex-senador Jorge Viana; Manaus (AM), com o deputado José Ricardo Wendling; Fortaleza (CE), com a deputada e ex-prefeita Luizianne Lins.

LEIA MAIS

Governo Federal vai lançar plano do ‘gás mais barato’

(Foto: Ilustração)

Para reanimar a economia e cumprir a promessa do choque da energia barata, o governo deve lançar nos próximos dias um programa para reduzir o preço do gás. Batizado de “Novo Mercado de Gás”, o plano tem como principal pilar o enfrentamento de monopólios que dominam há anos o setor – principalmente as distribuidoras, que atuam em Estados, e a Petrobras. A ideia é criar um ambiente de mercado, com mais concorrentes, e aproveitar o aumento da oferta do gás das áreas do pré-sal para tentar reindustrializar o País.

LEIA MAIS

Petrolina terá a primeira superintendência interestadual da Caixa Econômica

Presidente da Caixa em visita a Petrolina.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, anunciaram, nessa quinta-feira (20), a criação de uma superintendência na cidade. Será a primeira do Brasil com um modelo para atender municípios de mais de um estado: Pernambuco, Piauí e Bahia. A previsão é que a unidade já comece a funcionar neste ano.

Durante a solenidade, o presidente da Caixa justificou a criação desse modelo interestadual por conta dos aspectos similares de municípios vizinhos a Petrolina de outros estados e pela região do São Francisco ter uma cadeia econômica baseada na agricultura e produção de frutas.

“Essa questão do polo regional não existia ainda na Caixa. São várias cidades com a mesma característica. Já está decidido que essa superintendência será aqui, o próximo passo é definir as pessoas que irão trabalhar aqui e certamente funcionará neste ano”, informou Guimarães.

LEIA MAIS

Ronaldo Silva se retrata e pede desculpas a Gilmar Santos após confusão

Ronaldo Silva em entrevista a Waldiney Passos.

Após a confusão na última sessão da Câmara Municipal de Petrolina, na terça-feira (18), o vereador Ronaldo Silva (PSDB), em entrevista ao programa ‘Super Manhã’ nessa quinta-feira (20), com Waldiney Passos, na rádio jornal, pediu desculpas ao seu colega de Casa, Gilmar Santos (PT), por ter dito que o petista era conhecido como “Gilmar Maconheiro”.

A afirmação foi feita após Ronaldo considerar que Gilmar havia se excedido quando disse que o ex-presidente do seu partido, o então senador Aécio Neves, era conhecido como “Aécio Cheira Pó”.

LEIA TAMBÉM

“O senhor é conhecido como Gilmar Maconheiro”, diz Ronaldo Silva sobre vereador

“Quando o vereador (…) olhava para mim e dizia ‘vereador Ronaldo Silva, o presidente do seu partido é conhecido com Aécio cheira pó’. Se ele cheira pó, é problema dele, eu tenho que respeitar. Vossa Excelência é conhecido como ‘Gilmar Maconheiro’ e eu respeito”, disse Ronaldo na terça-feira.

LEIA MAIS

Senado derruba decreto de Bolsonaro que flexibiliza porte de armas

(Foto: Moreira Mariz/Agência Senado)

O governo federal está a um passo de ver uma das bandeiras de Jair Bolsonaro ser derrubada pelo Congresso. Nesta terça-feira (18), por 47 votos a 28, o Senado se manifestou contra o decreto assinado pelo presidente que flexibiliza as regras para o porte de arma de fogo. A Casa optou pela anulação do documento, apresentado pelo chefe do Planalto no mês passado. A proposta segue para a Câmara. Caso também seja derrubado pelos deputados, perderá a validade.

A sessão no plenário se estendeu por quase quatro horas. Durante a votação, dez senadores tiveram a oportunidade de discursar contra o texto e dez, a favor. Segundo os parlamentares contrários, a proposta representa um risco para o aumento da criminalidade no país.

LEIA MAIS

Para Fernando Bezerra Coelho, Moro foi vítima de graves crimes

(Foto: Divulgação)

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), avalia que o ministro da Justiça, Sergio Moro, foi vítima de graves crimes quando teve o telefone celular invadido e supostas mensagens divulgadas pelo site The Intercept. A avaliação foi feita nesta quarta-feira (19) durante audiência pública na Comissão de Constituição de Justiça do Senado. “Independentemente da autenticidade ou não dessas mensagens, está muito claro que o ministro da Justiça foi vítima de graves crimes, cujos autores precisam ser identificados e punidos, onde quer que se encontrem”, afirmou Fernando Bezerra.

Para o senador, “embargos auriculares” são comuns e de conhecimento do sistema jurídico. “Quem conhece o nosso sistema jurídico sabe que conversas entre procuradores, juízes e advogados acontecem. É comum a expressão embargos auriculares. Eu queria entender que crime haveria nessas trocas de mensagens até aqui divulgadas.”

LEIA MAIS

Processo contra o vereador Domingos de Cristália é retirado de pauta

O processo contra o vereador de Petrolina (PE), Domingos de Cristália (PSL), foi retirado de pauta, na Sessão Ordinária nº 46, do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), realizada na tarde de hoje (19).

LEIA TAMBÉM:

TRE julga ação que pode resultar na perda do mandato do vereador Domingos de Cristália

Domingos de Cristália, membro da Bancada de Oposição, é acusado de cometar atos ilícitos durante a campanha de 2016. A ação que seria apreciada nesta quarta-feira, poderia impugnar o mandato do vereador.

LEIA MAIS

Jaques Wagner comemora filiação de Isaac ao PT

Issac se filiou ao PT.

Ao lado do Presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores, Everaldo Anunciação, e do atual Assistente Especial do Quadro Especial da Casa Civil, Isaac Carvalho, o senador Jaques Wagner agradeceu e comemorou a filiação de Isaac ao PT. No vídeo, Wagner exaltou a liderança do ex-prefeito de Juazeiro em toda a região norte do estado.

“Meu convite frutificou. Valeu! Estamos com Isaac já dentro das fileiras do PT, construindo esse grupo político importante, sob a liderança do nosso Governador Rui Costa e ao lado do nosso Presidente, Everaldo. Seja bem-vindo ao PT, essa liderança que tem uma expressão em toda a região”, comemorou.

Grato pelo convite, Isaac lembrou o início de sua trajetória política, que sempre foi no mesmo campo ideológico do senador. “Nossa trajetória política começou com Wagner e Lula, e foi dado continuidade com Rui e Dilma. Então eu quero também agradecer e falar da satisfação pela receptividade do ponto de vista regional, através dos nossos companheiros do PT, e quero fazer uma força tarefa para que a gente possa fortalecer ainda mais esse projeto que vem dando certo em Juazeiro e na Bahia.

LEIA MAIS

Rodrigo Maia diz que comissão pode aprovar reforma da Previdência na próxima semana 

(Foto: Internet)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (17) que a reforma da Previdência pode ser aprovada pela comissão especial que analisa o tema até o próximo dia 26. O parecer do relator da proposta de emenda à Constituição (PEC) na comissão especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), foi lido na última quinta-feira (13).

LEIA MAIS

Gonzaga Patriota elogia relator da Reforma da Previdência por excluir pontos polêmicos da proposta

O relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), apresentou na quinta-feira (13), seu parecer na comissão especial que analisa a proposta. O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) elogiou o colega da Casa por excluir do texto pontos polêmicos, como a capitalização e a inclusão de Estados e municípios nas novas regras e as alterações previstas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural.

“Professores, policiais e trabalhadores rurais não podem se prejudicarem com essa Reforma. Querer que um agricultor se aposente apenas com 60 anos e que tenha contribuído 20 anos é desumano. Só quem já trabalhou na roça, de sol a sol, sabe o quanto é difícil. Por isso, fico feliz com o parecer do relator que não mexeu com o direito dessas categorias”, comentou.

O parlamentar ressaltou que sempre defendeu esses pontos e comemorou a retirada da proposta que elimina a mudança na regra. “Sempre digo que jamais votarei contra os mais necessitados. Temos que pensar e avaliar com calma todos esses pontos apresentados na Reforma da Previdência, pois vai mexer na vida do cidadão e ele jamais poderá ser prejudicado.”

LEIA MAIS

Relatório da reforma da Previdência não deve incluir estados, diz Maia

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quarta-feira (12) que o relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) não deve incluir os estados e municípios na proposta de reforma da Previdência. Para viabilizar essa inclusão, Maia tem se articulado com governadores e líderes partidários. O relatório de Moreira deve ser apresentado amanhã na Comissão Especial da Reforma da Previdência.

“Num primeiro momento, ainda não há um acordo firmado. Então o texto que virá amanhã, a princípio, é um texto sem os governadores, mas, na hora da votação, apresenta uma emenda reincluindo os governadores se for construído, até a votação no plenário, esse acordo”, afirmou Maia.

O presidente da Casa disse ainda que trabalha na construção de um acordo com os líderes para que a votação do parecer da proposta na comissão especial seja realizada no dia 25 de junho. “Depois da apresentação do relatório, o debate vai começar na outra semana. Na minha opinião deve ser, claro que o presidente da comissão tem a liberdade para fazer, mas o que a gente está construindo com os líderes é um debate na semana do feriado, continuar o debate na segunda-feira, 24, e votar no dia 25 na comissão”, afirmou Maia.

LEIA MAIS

Fernando Bezerra defende que recursos do PIS/Pasep sejam usados na retomada de obras públicas

(Foto: Ascom)

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) defendeu nesta quarta-feira (12) que os recursos do PIS/Pasep sejam usados para garantir a retomada das obras públicas. Segundo ele, em vez de liberar o dinheiro para consumo ou para pagamento da dívida, o governo deve destinar uma parte dos R$ 20 bilhões do PIS/Pasep para reforçar o caixa de obras hídricas e do Minha Casa Minha Vida.

“Fala-se do PIS/Pasep, que tem R$ 20 bilhões para poder dar uma animada na economia, liberar para o consumo. E veio uma proposta do secretário de Economia [Waldery Rodrigues Junior] de pegar uma parte desse dinheiro para liquidar dívida. Esquece. Não faz nem cócegas com a dívida pública que o Brasil tem. Uma parte desse dinheiro deve ser fonte para reforçar o orçamento das obras públicas”, afirmou, durante audiência pública com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, no Senado.

De acordo com Fernando Bezerra, somente as obras da transposição do rio São Francisco e do Ramal do Agreste vão consumir quase R$ 2 bilhões este ano, gerando mais de 4 mil empregos diretos no Ceará e em Pernambuco.

LEIA MAIS

Gabriel Menezes diz desconhecer convite do PSL a Miguel

Vereador Gabriel Menezes – PSL. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Após o prefeito de Petrolina Miguel Coelho afirmar que havia recebido convites de filiação de vários partidos, dentre eles do PSL, o vereador Gabriel Menezes (PSL) disse em entrevista ao Blog Waldiney Passos, que desconhece o convite e afirmou que, caso se confirme a filiação do prefeito à sigla, não lhe faltará opções.

LEIA TAMBÉM

Miguel Coelho afirma ter recebido convite para filiar-se ao PSL e pode atrapalhar planos de Gabriel Menezes

“Se alguém convidou, não fui eu! Desconheço o convite, embora não me surpreenda, sobretudo por saber o ‘modus operandi’ [modo de agir] de Miguel e seu grupo. Puro fisiologismo e oportunismo. Miguel está com medo de disputar a eleição comigo ano que vem. É a leitura que faço. Seu pai está no MDB, os irmãos no DEM, o que ele quer com o PSL? Certamente me enfraquecer. Mas pensando assim engana a si próprio”, disse o parlamentar.

Gabriel garantiu, ainda, que vai disputar as eleições para prefeito, independentemente de partido. “Irei para cima com tudo, independente de partido. São 35 siglas no país e tenho certeza que, caso se confirme, não nos faltarão opções. Ano que vem ele vai topar com um vaqueiro, matuto, disposto, que sonha em libertar Petrolina dessa gestão truculenta, perseguidora, midiática e sem transparência, que gasta milhões em propaganda enganosa, ao tempo em que afunda o município em empréstimos. ”

Miguel Coelho afirma ter recebido convite para filiar-se ao PSL e pode atrapalhar planos de Gabriel Menezes

(Foto: Arquivo/Blog Waldiney Passos)

Em entrevista a Waldiney Passos, no programa “Super Manhã”, da Rádio Jornal, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, foi questionado sobre o ingresso em um novo partido político, já que se desfiliou do PSB em abril deste ano.

De acordo com o gestor municipal, vários partidos enviaram convites de filiação. “Ficamos felizes com esse reconhecimento, seja para ir para o PSL, PSDB, PR, ou outros partidos que abriram as portas. Mas essa decisão precisa ter calma”, disse.

A revelação do prefeito em relação ao convite do PSL mostra que o vereador Gabriel Menezes poderá encontrar empecilhos em sua candidatura a prefeito, pois teria que buscar outro partido, já que Miguel disputará a reeleição.

Em abril deste ano, o presidente estadual do partido, Marcos Amaral, confirmou o nome de Gabriel como candidato da legenda. O vereador se disse lisonjeado em ser apontado como pré-candidato, mas não confirmou que se candidataria pelo partido.

LEIA MAIS
123