Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Juazeiro: problema no sistema online provoca cancelamento de atendimentos de pré-matrícula da rede municipal de ensino

(Foto: ASCOM)

Após inúmeras reclamações sobre o serviço online de pré-matrícula da rede municipal de ensino, por meio de nota, a Secretaria de Educação e Juventude de Juazeiro (SEDUC) esclareceu na tarde desta terça-feira (8), “que o sistema de pré matrícula online da rede municipal de ensino estava sendo disponibilizado em um site temporário, onde todos podiam acessar para conferir o calendário e outras informações desde o dia 15 de dezembro de 2018. Porém, alguns dias antes de ser iniciada a pré-matrícula o site temporário foi retirado do ar para que o oficial entrasse em vigor.

Segundo a SEDUC, foi detectado que quando a comunidade, e até mesmo os secretários escolares tentaram acessar o site, “o cache do navegador redirecionava o usuário para o site temporário que já havia sido retirado do ar. Somente sendo possível o acesso após a limpeza do cache do navegador.”

LEIA TAMBÉM:

Leitora relata dificuldade em acessar Portal da Educação, Prefeitura de Juazeiro afirma não ter registrado problemas no site

Com o intuito de prestar o atendimento ao público sem filas e sem prejudicar quem não teve o cache do navegador limpo, a Seduc informou “que foi decidido cancelar os atendimentos provisoriamente até as 8 horas desta quarta-feira (9).”

Asfalto afunda e caminhão atola no bairro Areia Branca, em Petrolina

(Foto: WhatsApp)

Um fato inusitado chamou a atenção de quem passava, na manhã dessa terça-feira (4), próximo à feira do bairro Areia Branca, em Petrolina (PE). Um caminhão transitava pelo local e o asfalto afundou, deixando o veículo atolado.

O asfalto de Petrolina é causa contante de reclamações por parte da população. Em vários pontos da cidade, além de buracos, é possível encontrar desníveis e pequenas ondulações, que dão sinal do desgaste das estradas do município.

Link do ProUni aparece na internet, mas MEC diz que resultado ainda não saiu

(Foto: Internet)

Apesar de o link para verificar o resultado ter aparecido na página do Programa Universidade para Todos (ProUni), o Ministério da Educação (MEC) esclarece que os nomes dos selecionados em primeira chamada ainda não estão disponíveis. O sistema estava apenas sendo preparado nesta manhã e não há previsão de horário para a divulgação.

A confusão fez com que a hashtag ProUni aparecesse entre as mais citadas no Twitter. Ao clicar no botão de resultado na página, os estudantes acessavam um espaço que explicava como funciona o programa. O link para o resultado já foi retirado da página e agora aparece a mensagem: “Aguarde o resultado da 1ª chamada”.

“Se tem uma coisa que eu aprendi no dia de hoje, é de como funciona o #prouni, mas já o resultado meu caro, nada ainda”, diz um usuário do Twitter.

LEIA MAIS

Segundo Odacy Amorim, Riacho Vitória pode deixar água salgada de novo em Petrolina

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

O deputado estadual Odacy Amorim (PT-PE) fez um alerta sobre a situação do Riacho Vitória, onde fica a principal estação de tratamento da cidade. De acordo com Odacy, a água salobra que incomodou a população petrolinense por um certo período pode voltar a incomodar os moradores de Petrolina após as previsões das chuvas para a região.

O parlamentar informa que a solução já é conhecida e deveria ter sido colocada em prática pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). No começo do ano, o deputado conta que já houve um alerta com as poucas chuvas caídas no município.

“Busquei ajuda na Codevasf que me acompanhou na solicitação que fiz no começo do ano. Também alertei a Compesa, provoquei o Ministério Público que determinou a resolução do problema. Enviei ainda ofício à Prefeitura, solicitando alguma medida. Mas não vi nada ainda ser feito, por isso que fui à Compesa no final da última semana conversar sobre a questão da água tratada para o povoado do Capim, na zona rural, e provoquei a gerência sobre essa situação do Riacho Vitória. Estou realmente preocupado com a falta de uma solução já orientada pelo Ministério Público”, reclamou Odacy.

LEIA MAIS