Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

PRF determina suspensão e recolhimento de radares móveis

Operações da Polícia Rodoviária Federal. (Divulgação/PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) determinou nessa quinta-feira (15) que “todos os gestores e servidores” suspendam o uso e recolham “equipamentos medidores de velocidade estáticos, móveis e portáteis”.

Em nota encaminhada à imprensa, a PRF informa que a determinação vale até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

A determinação ocorre no mesmo dia em que um despacho do presidente Jair Bolsonaro, com o mesmo teor, foi publicado no Diário Oficial da União.

LEIA MAIS

Bolsonaro determina suspensão de radares nas rodovias federais

Os radares fixos, aqueles instalados em postes ao lado das rodovias, não entram nessa suspensão.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, determina ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados hoje (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares “estáticos, móveis e portáteis” até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”.

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

LEIA MAIS

Bolsonaro garantiu fim dos radares móveis a partir da próxima semana no Brasil

(Foto: Alan Santos)

O presidente Jair Bolsonaro garantiu, nessa segunda-feira (12), durante participação na inauguração de obras de duplicação da rodovia BR-116 em Pelotas (RS), que o Brasil não terá mais radares móveis a partir da semana que vem.

“Anúncio para vocês que a partir da semana que vem não teremos mais radares móveis no Brasil. Essa covardia de ficar no “descidão”, no final de um “retão”, alguém atrás de uma árvore para multar você não existirá mais”, afirmou.

Ainda de acordo com o presidente, caminhoneiros, em especial, têm reclamado dos radares, que, para eles, funcionam como uma pegadinha. “Vamos suspender os radares móveis até que haja um entendimento para que se convença a população que deve ser utilizado”, disse.

Bolsonaro veta instalação de oito mil novos radares em rodovias federais

A instalação de oito mil novos radares nas rodovias federais do Brasil foi vetada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). O anúncio foi feito no domingo (31), através de sua conta oficial no Twitter, após ter conhecimento do fato pelo Ministério da Infraestrutura.

“Determinei de imediato o cancelamento de suas instalações. Sabemos que a grande maioria destes têm o único intuito de retomo financeiro ao estado”, afirmou o presidente em uma das postagens na rede social.

Em seguida, Bolsonaro fez uma nova publicação, dizendo que quando forem renovados, os contratos das concessões rodoviárias no Brasil passarão por análise para verificar a real necessidade da existência dos radares. (Com informações do Estado de Minas)

Alto índice de infrações em Juazeiro preocupa CSTT

1469210938563Após a instalação de radares na Rua Raul Alves e Avenida Adolfo Viana, em Juazeiro (BA), a Companhia de Segurança, Trânsito e Transportes (CSTT) tem registrado um número alto de infrações. Os equipamentos estão programados para três ocorrências: parada em cima da faixa, velocidade – sendo permitida a de 40km/h  e avanço de semáforo. Estão sendo contabilizados em média um total de 400 registros, cerca de 250 dessa média são processados, o que, para a CSTT, é um número altíssimo de violações.

A Companhia alerta mais uma vez a população que a fiscalização está acontecendo na cidade de forma efetiva e tecnológica, as infrações estão sendo registradas de maneira digital, os radares registram diariamente inúmeras infrações e os agentes de trânsito contam ainda com o talonário eletrônico. A CSTT pede atenção e respeito dos condutores na área central, bairros e distritos.

“A fiscalização eletrônica de velocidade, avanço e parada em cima da faixa de pedestre foi implantada em pontos com maior índice de acidentes. O desrespeito às normas de trânsito está altíssimo. Esperamos que os condutores respeitem as legislações para termos um trânsito cada vez mais seguro”,  pontuou o diretor presidente da CSTT, Vilmar Ferreira.

Com informações da ASCOM