Gonzaga Patriota é membro oficial da Comissão que vai analisar a reestruturação da carreira das Forças Armadas

Foto: arquivo

O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) em pronunciamento, nesta terça-feira (08), em Brasília, comunicou que foi indicado pelo PSB como membro efetivo da Comissão Especial destinada a proferir Parecer ao Projeto de Lei nº 1645/2019, de autoria do poder executivo, que propõe a reestruturação na carreira dos militares, no qual, consta o acréscimo de 05 (cinco) anos no tempo de serviço (passando o tempo mínimo de 30 para 35 anos); exigido para o militar adquirir o direito de transferência para a reserva remunerada. A diminuição do efetivo composto por militares de carreira, também está inclusa na proposta, sendo então substituído pelo efetivo de militares temporários, entre outras mudanças.

“Eu tive a honra de receber do Exército, da Marinha, da Aeronáutica as maiores Comendas e agora participo dessa Comissão do PL 1645. Quero que todos nesse PL sejam tratados com igualdade, pois está havendo algumas reclamações de sargentos, cabos e soldados que há uma diferença entre os graduados e os não graduados. Quero fazer aqui esse apelo e que chegue ao conhecimento de todos da Comissão”, disse.

Para o deputado socialista a reformulação na reestruturação da carreira dos militares, precisa atender de maneira homogênea, equivalente e proporcional a todos os militares. “Porque sendo este Projeto aprovado na íntegra, como aqui apresentado, será o fim da integralidade, da paridade e da isonomia, entre os postos, dentro das carreiras dos militares”, avaliou.

E completou: “se o PL for aprovado sem as alterações, a cota de sacrifício ficará restrita somente aos soldados, cabos e sargentos, o que não é justo, pois é dever do parlamento a correção necessária para que a justiça seja feita, isto não ocorrendo, ao invés de dar uma proteção social da carreira dos militares, teremos um desamparo a essas carreiras”, falou.

Petrolina: Cruzeiro da Praça do Galo é reestruturado

(Foto: ASCOM)

As equipes da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade (SEINFRAHM) começaram a trabalhar nessa quarta-feira (27) na reestruturação da rotatória onde se localiza o cruzeiro da Praça da Galo, no centro da cidade.

Cerca de cinco pessoas estão realizando a adequação do calçamento do local, que vai receber novo piso com blocos intertravados. Além disso, a base do cruzeiro está sendo reformada para que possa ganhar nova pintura. A expectativa é que esta etapa do serviço seja concluído até o próximo sábado (30).

Para o secretário, Heitor Leite, a intervenção é simples, enquanto que a iniciativa é muito importante. “Todo e qualquer monumento merece total atenção do poder público municipal. Assim como já fizemos com o Monumento da Integração este ano, estamos agora revitalizando a estrutura do Cruzeiro da praça do Galo. Com um pequeno gesto, conseguimos dar uma grande contribuição para o patrimônio histórico da cidade”, destaca Leite.

Sob responsabilidade da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE), o cruzeiro da praça do galo também está sendo restaurado. A peça, feita em madeira, foi retirada em agosto deste ano e tem previsão de entrega em janeiro de 2018.

Pernambuco: Sindicato dos Bancários emite nota e repudia reestruturação do Banco do Brasil

A categoria está se sentido prejudicada com as ações da superintendência do Banco para reestruturação da instituição. (Foto: ASCOM)

O Sindicato dos Bancários de Pernambuco emitiu uma nota criticando a reestruturação do Banco do Brasil. Segundo o sindicato, “o processo já faz suas vítimas no Estado” visto que “centenas de bancários das agências e postos de atendimento que foram fechados ou remodelados estão encontrando dificuldade em se realocar com os mesmo vencimentos”.

Ainda de acordo com o sindicato, a categoria, que se sente prejudicada com as ações da superintendência do banco, buscará apoio com a Contraf-CUT para que esta denúncia seja feita em âmbito nacional. O sindicato acusa a superintendência do banco de promover indicações políticas e/ou que tenham interesses pessoais.

(Foto: ASCOM)

Confira a nota

“A malfadada reestruturação do Banco do Brasil pode significar piora dos serviços aos usuários e superlotação de agências, mas tem um peso ainda maior na vida dos bancários. O processo já faz suas vítimas no Estado de Pernambuco. 

Centenas de bancários das agências e postos de atendimento que foram fechados ou remodelados estão encontrando dificuldade em se realocar com os mesmo vencimentos que tinha em seus antigos locais de trabalho.

LEIA MAIS

Contra reestruturação do Banco do Brasil, Sindicato dos Bancários realiza protesto em Juazeiro

15240053_1169446603090632_54954472_nNa manhã desta terça-feira (29), a direção do Sindicato dos Bancários de Juazeiro (BA) realizou um protesto, em frente à agência do Banco do Brasil no Centro de Juazeiro, contra a reestruturação da instituição. A medida visa defender os funcionários que serão atingidos pelo pacote de medidas apresentadas pelo Banco.

No último dia 21 de novembro, durante coletiva de imprensa, o Banco do Brasil anunciou um plano de reestruturação da instituição que reduzirá o número de agências e oferecerá um plano de aposentadoria incentivada para até 18 mil funcionários. O conselho de Administração do Banco do Brasil informou que 379 agências serão transformadas em postos de atendimento e 402 serão desativadas.

LEIA MAIS

BB diz que não obrigará funcionários a reduzir jornada e ganhar menos

banco-do-brasil

O plano de reestruturação do Banco do Brasil prevê um plano incentivado de aposentadorias para 18 mil empregados

O Banco do Brasil assegurou hoje (22) que não obrigará funcionários a reduzir a jornada de trabalho ganhando menos. A garantia foi dada a representantes de sindicatos que passaram o dia reunidos com a direção da instituição financeira para discutir o plano de reestruturação do banco que prevê um plano incentivado de aposentadorias para 18 mil empregados e o fechamento de 402 agências em todo o país.

De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), vinculada à Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Banco do Brasil garantiu que, no remanejamento decorrente da reestruturação, o funcionário poderá optar em permanecer na jornada de oito horas, sem ser obrigado a migrar para a jornada de seis horas. Os funcionários das áreas afetadas pelo fechamento das agências terão prioridade no sistema interno de recrutamento, concorrência e seleção do banco para serem realocados.

LEIA MAIS

Compesa vai iniciar rodízio de abastecimento em comunidades rurais de Petrolina

 (Foto: Ilustração)

Afrânio, Dormentes e algumas comunidades de Petrolina passarão pelo processo. (Foto: Ilustração)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) vai iniciar nesta segunda-feira (21) um rodízio de abastecimento em comunidades rurais de Petrolina (PE) que são abastecidas pela adutora Maria Coelho.

O objetivo da ação, segundo a Compesa, é reestruturar a distribuição e melhorar o abastecimento das localidades de Terra Nova 1 e 2, Curral Queimado, Lagoa de Pau Ferro, e Sítio Serrinha. A medida também vai garantir que a água chegue com mais pressão nas residências situadas nas partes mais altas das comunidades.calendario

De acordo com a Compesa, a distribuição será feita com a divisão em dois setores que vão receber água de segunda a sexta, em semanas intercaladas.

LEIA MAIS