Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Medalha Cidadania e Direitos Humanos Maria Maga presta reconhecimento a defensores dos direitos humanos em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A Câmara de Vereadores de Petrolina realizará nesta quinta-feira (25) uma sessão solene para homenagear cidadãos que se destacaram na luta pelos direitos humanos e cidadania. A Medalha do Mérito Cidadania e Direitos Humanos Maria Maga será entregue pela primeira vez na história do Legislativo.

Além de laurear quem lutou e defende os direitos humanos, a Medalha valoriza também os defensores dos direitos da mulher. Osinaldo Souza (PTB), Ronaldo Souza (PTB), Ibamar Fernandes (PRTB), Rodrigo Teixeira (PSC), Ronaldo Silva e Maria Elena de Alencar (PRTB) foram os autores do Decreto Legislativo nº 605/2018, que institui a homenagem.

Dupla homenagem

O momento solene está marcado para 10h, após a sessão ordinária com leitura das Indicações e Requerimentos. “Essa Medalha vai ficar na história de Petrolina, com essa homenagem a vereadora Maria Maga. Será uma grande festa em homenagem a ex-vereadora”, disse Osinaldo Souza, um dos autores do decreto que resultou na homenagem.

“Maria Maga deixou um serviço, sobretudo aos que mais precisavam nessa cidade. Tenho certeza de que todas as pessoas homenageadas merecem”, complementou Gabriel Menezes (PSL). A sessão é aberta ao público no geral.

Vereadores cobram providências para acabar com a “crackolândia” de Petrolina

Rua Abílio Dias, no Centro da cidade (Foto: Google Maps/Reprodução)

Apesar de não ter havido sessão na quinta-feira (18), devido o feriado da Sexta-Feira Santa, na terça (16) os vereadores de Petrolina apresentaram uma demanda de interesse popular: a segurança no Centro da cidade. Segundo Rodrigo Araújo (PSL), a Rua Abílio Dias se tornou uma crackolândia.

“Aquela rua vai sair no Viaduto, eu batizei como crackolândia de Petrolina. Você vê muito malandro vendendo droga, roubando. Não pode ficar um cartão postal de Petrolina, no Centro da cidade. O comércio hoje é maconha, crack. Aqui tá virando o Rio de Janeiro?”, afirmou.

Regeneração

José Batista da Gama (PSB) endossou a fala do colega e chamou o local de “crackolina”. Para o edil é importante não apenas cuidar da segurança, como também da recuperação desses usuários. “Nós temos que tomar providências junto às autoridades. É tentar recuperar essas pessoas [das drogas]”, destacou.

Prostituição

A discussão teve início após o vereador Ronaldo Silva (PSDB) apresentar uma Indicação solicitando melhorias na rua. “A gente tem se deparado com o tráfico de drogas e prostituição. Tem comerciante fechando suas portas porque não tem mais condição de trabalhar lá, é um absurdo isso no coração de Petrolina”, disse.

Câmara de Petrolina aprova Moção de Repúdio a Jair Bolsonaro

Requerimento foi aprovado por maior parte dos vereadores (Foto: Jean Brito/CMP)

Apresentado verbalmente na sessão de quinta-feira (28) passada, a Moção de Repúdio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) por comemorar o Golpe Militar de 1964 foi aprovada na Câmara de Petrolina ontem (2). O pedido do vereador Gilmar Santos (PT), no entanto, não contou com apoio total dos colegas.

LEIA TAMBÉM:

Moção de Repúdio a Bolsonaro por celebrar Ditadura Militar tem apoio dos vereadores, mas não entra em votação na Câmara de Petrolina

Rodrigo Araújo (PSC), Ronaldo Souza (PTB) e Major Enfermeiro (MDB) se abstiveram de votar o Requerimento nº 07/2019. Já Osinaldo Souza (PTB) que não estava presente no momento da votação no Plenário da Casa, mesmo não podendo computar seu voto se posicionou contrário.

“Eu não concordo, esse país nunca teve golpe, quiseram ensinar que houve Golpe Militar. Esse país teve uma administração militar. Quase todos os ministros eram da administração militar”, disse o edil. Mesmo com as abstenções, a Moção de Repúdio foi aprovada por 11 votos.

Vereadores de Petrolina aprovam de forma unânime projetos de lei

Matérias foram aprovadas de forma unânime (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os cinco projetos de lei colocados em votação na manhã dessa quinta-feira (14) na Casa Plínio Amorim foram aprovados por unanimidade pelos edis. Discutidos de forma rápida, as matérias foram aprovadas por 18 votos a zero e agora seguem para a sanção do prefeito Miguel Coelho (PSB).

As matérias propunham denominação de ruas no bairro Jardim São Paulo, através do PL nº 014/2019 de Maria Elena de Alencar (PRTB) e no Jardim Maravilha via PL n° 012/2019 de José Batista da Gama (PSB). As demais matérias foram propostas por Cristina Costa (PT), propondo a inclusão no calendário oficial do Carnaval da cidade a participação da rede de Mulheres do São Francisco com o bloco “Quem Disse que a Gente não Vinha?”, através do PL n° 007/2019.

Maria Elena e Rodrigo Araújo (PSC) propuseram ainda a concessão de Título de Cidadã Petrolinense a Maria do Socorro Carvalho Amariz Gomes e a instituição do Dia Municipal dos Agentes de Combate a Endemias, respectivamente.

Além disso 19 Indicações e 5 Requerimentos foram lidos e aprovados pelos vereadores. Sem mais a tratar, o espaço da sessão foi utilizado pelos vereadores inscritos na Ordem do Dia para uso da Tribuna Livre.

Novo 2º secretário, Rodrigo Araújo espera melhora nos trabalhos da Câmara de Vereadores

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Entre as novidades na Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim no biênio 2019/2020, que tomou posse no dia 1º de janeiro, está o vereador Rodrigo Araújo (PSC). Ele exercerá a função de segundo secretário e se disse honrado em poder contribuir para os trabalhos na Câmara de Vereadores.

“Fico muito feliz de fazer parte dessa nova Mesa como segundo secretário. Quero me dedicar, quero ser responsável com esse cargo que me foi dado e vocês podem confiar que eu farei tudo para que não decepcione ninguém”, disse o edil que está em seu primeiro mandato.

Rodrigo avaliou a nova Mesa e disse esperar uma melhora no trabalho da Câmara, que em 2018 foi marcada por discussões públicas, no momento das das sessões e rusgas entre os colegas.

“Essa Mesa é mista, ela têm pessoas calmas, têm pessoas brigonas. Mas com certeza é uma Mesa que tem muita responsabilidade, até porque nós estamos aqui porque merecemos estar. Compreendo quando a Mesa se impor de uma forma mais rígida, o recado foi dado. A partir da primeira sessão a gente tem que tentar melhorar, no bom sentido”, concluiu.

Vereadores de oposição e situação se unem em cobrança para melhorias no Cemitério João de Deus

Familiares das irmãs precisaram improvisar sepultura para caber dois caixões (Foto: Wanderley Alves/Petrolina em Destaque)

Tema central na sessão de hoje (27), a situação do Cemitério Público do bairro João de Deus foi abordado por vários edis, tanto da situação quanto da oposição. O discurso era o mesmo: a necessidade de melhorias no local, demandas antigas, segundo dos edis que conversaram com a nossa equipe durante a manhã na Câmara de Vereadores de Petrolina.

A falta de estrutura do cemitério voltou aos holofotes, pois foi lá que as duas irmãs Maria Adriana e Maria Aparecida no acidente foram sepultadas. Membro da base governista, Rodrigo Araújo (PSC) já havia apresentado uma Indicação à Prefeitura de Petrolina no ano passado, assim que iniciou seu mandato na Câmara de Vereadores e lembrou que hoje a situação é calamitosa: “As famílias não têm mais onde [enterrar]”, relatou.

LEIA TAMBÉM:

Irmãs mortas em acidente são lembradas por vereadores de Petrolina

Questionado sobre a demora do município em realizar as melhorias, Rodrigo disse ter sido avisado pelo Executivo da existência de um projeto no local. “A informação que a gente tem é que estava analisando, mas que iriam ser feitas essas mudanças. Até agora estamos esperando, nada foi feito e quem sai prejudicado é a população. Às vezes você tem um parente que já está enterrado há muito tempo, você pode colocar seu ente querido junto. Mas quando acontece como essas meninas que morreram, ser enterrada uma em cima da outra? Isso é muito doloroso”, criticou.

LEIA MAIS

Serviço da Compesa no interior de Petrolina é alvo de críticas dos vereadores

Sessão de quinta-feira (27) foi marcada por votação de matérias do Executivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

O serviço prestado pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) no interior de Petrolina voltou a ser criticado na Câmara de Vereadores da cidade. Para o representante da zona rural, Domingos de Cristália (PSL), a companhia é ineficaz na sua atividade.

“A gente liga o rádio de manhã e o povo é pau na Compesa. Liga meio dia é do meio jeito, mas às vezes o povo pensa que o problema da Compesa é só em Petrolina [na sede], mas em Izacolândia é pior. Não é justo você ter uma Compesa dentro de Izacolândia com uma estação de tratamento e não receber água”, desabafou Domingos.

Ex-líder do governo, Ruy Wanderley (PSC) havia iniciado a discussão sobre o tema e questionou inúmeras falhas na prestação do serviço da Compesa, em especial sobre cancelamento, cobranças e ligações. Ele também afirmou ser necessário deixar a briga política entre os governos estaduais e municipais, já que o maior prejudicado é a população.

LEIA MAIS

Trabalho da Polícia Civil no Caso Estefany é elogiado por vereadores

Da esq. para dir.: delegados Marceone Ferreira, Magno Neves e Gabriel Sapucaia (Foto: Blog Waldiney Passos)

A morte da garota Estefany Eduarda em outubro chocou Petrolina pelos indícios apresentados pela Polícia Civil durante as investigações: a garota foi encontrada seminua em um terreno, após ter sido vítima de violência sexual. Menos de um mês depois a Delegacia de Homicídios prendeu dois dos três envolvidos no homicídio, durante uma coletiva de imprensa na quarta-feira (7).

O tema foi assunto na sessão de ontem (8) na Câmara de Vereadores de Petrolina, quando Rodrigo Araújo (PSC) e Maria Elena de Alencar (PRTB) elogiaram o trabalho executado pelas equipes da Polícia Civil. Rodrigo destacou a eficiência das equipes envolvidas.

LEIA TAMBÉM:

Caso Estefany: Polícia Civil aponta participação de familiares na morte da garota

“Dou os parabéns à Polícia Civil de Petrolina, foi elucidado aquele crime bárbaro que chocou Petrolina e aqui existem uns crimes sem solução. Mas a Polícia com um belo trabalho conseguiu prender aqueles criminosos. Quero convocar os vereadores para que a gente possa fazer uma moção de aplauso para enviar ao delegado Magno [Neves] e toda sua equipe“, disse Rodrigo.

Maria Elena fez coro ao colega e foi além, cobrando da polícia a elucidação do Caso Beatriz Angélica Mota. “A Polícia Civil dá essa resposta prendendo os principais autores do crime da menina Estefany e a gente está aqui para fazer esse registro. [Gostaria de dizer] à Polícia Civil que mandou bem, parabéns, mas a sociedade continua esperando uma resposta sobre o Caso Beatriz”, finalizou Elena.

Sem discussão, projetos colocados em pauta na Casa Plínio Amorim são aprovados de forma unânime

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Pouco antes das 11h os vereadores de Petrolina aprovaram os dois Projetos de Lei colocados em pauta na sessão dessa quinta-feira (8) na Casa Plínio Amorim. Do Executivo, o PL nº  069/2018 alterava a remuneração salarial do diretor-presidente da Agência Municipal do Empreendedor (AGE).

Com a mudança, a remuneração passa a ser de R$ 662,43 com uma verba de representação de R$ 11.337,57. Do Legislativo constava o Projeto de Decreto Legislativo nº 027/2018, concedendo Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan à Diocese de Petrolina, matéria proposta por Rodrigo Araújo (PSC).

Após lidos o teor dos projetos e os pareceres das comissões competentes o presidente em exercício, Gilberto Melo (PR) iniciou a votação, sem discussão dos edis. A matéria do Executivo exigia duas votações, ambas com 14 votos a zero. Essa foi a quantidade de votos recebida pelo PL do Legislativo.

Antes, os vereadores presentes na Câmara haviam aprovado as 14 Indicações e 2 Requerimentos – ambos da oposição – também por 14 votos a zero.

Projetos de Lei são aprovados em bloco na Câmara de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Apesar de constarem na pauta da sessão de terça-feira (23), os três Projetos de Lei do Legislativo foram colocados em discussão após o extenso debate sobre o Requerimento apresentado pela oposição ontem. Conforme manda o Regimento Interno, os pareceres das comissões competentes foram lidos e em seguida os autores das propostas – Rodrigo Araújo e Ruy Wanderley, ambos do PSC – justificaram suas matérias no plenário da Casa Plínio Amorim e os colegas de Câmara aprovaram os PLs.

As matérias

“Quando eu era criança na cidade existia o ‘Soldado por um Dia’ e estou homenageando a Guarda Municipal, para que no dia 27 de abril é o dia do aniversário da Guarda, as crianças possam passar o dia na Guarda Municipal”, destacou Rodrigo, autor do PL nº 119/2018, instituindo o projeto ‘Guarda Municipal por um Dia’.

LEIA MAIS

Três Projetos de Lei serão votados na sessão de hoje (23) na Câmara de Vereadores de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Na sessão dessa terça-feira (23) os vereadores de Petrolina vão analisar três Projetos de Lei do Legislativo – matérias apresentadas pelos edis. Primeiro item na pauta, o PL de Decreto Legislativo nº 025/2018 foi retirado de votação na última semana e propõe a concessão de Título de Cidadão Petrolinense a Marcelo Domingues de Faria.

LEIA TAMBÉM:

Osório Siqueira rebate críticas por ausência de projetos na Casa Plínio Amorim

A matéria foi proposta por Elismar Gonaçalves (MDB). Também constam na pauta o PL nº 119/2018, do vereador Rodrigo Araújo (PSC), no qual é criado o projeto Guarda Municipal por um dia. Rodrigo divide a autoria do projeto nº 120/2018 com Ruy Wanderley (PSC), na denominação de vias públicas do bairro Jardim Maravilha.

Além dos três projetos quatro Requerimentos e 16 Indicações também serão colocadas em votação durante essa manhã. Na Ordem do Dia consta apenas o uso da Tribuna Livre pelos líderes de partidos e das bancadas governistas e de oposição.

Cobranças de melhorias na infraestrutura de Petrolina são apresentadas pelos vereadores na Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Sem projetos em pauta na sessão dessa quinta-feira (18) na Câmara de Vereadores de Petrolina, os edis presentes já votaram as Indicações apresentadas por eles e agora fazem uso da Tribuna Livre, apresentando reivindicações diversas.

Apenas três vereadores justificaram as 14 Indicações. Rodrigo Araújo (PSC) foi o primeiro a usar a palavra e explicar suas cobranças ao Poder Executivo. Na Indicação nº 1130/2018, ele pediu a construção de uma Academia da Cidade no bairro Vila Mocó, próximo ao Estádio Municipal Paulo de Souza Coelho.

Rodrigo afirmou que esse pedido é uma reivindicação antiga da comunidade.“Esse pedido nunca foi atendido, passou Fernando Bezerra, não atendeu, passou Guilherme Coelho e não atendeu, passou Odacy e não atendeu, passou Júlio Lóssio e não atendeu. Peço a Miguel Coelho que nós atenda. Confio muito, faço a minha parte porque essa praça deve sair”, destacou.

LEIA MAIS

Na véspera do feriado, sessão da Casa Plínio Amorim não tem projetos em pauta

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Assim como aconteceu no início da semana, a sessão dessa quinta-feira (11) na Câmara de Vereadores de Petrolina não traz Projetos de Lei para análise dos edis. Reunidos a partir das 9h, os representantes do Legislativo vão discutir 11 Indicações.

Entre eles, os pedidos nº 1124/2018, do vereador Gaturiano Cigano (PRP) cobrando a implantação de vídeo monitoramento nas unidades dos CMEI e Nova Semente; e a Indicação nº 1110/2018 de Rodrigo Araújo (PSC) solicitando mais policiamento no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 09.

Nenhum PL deu entrada nas comissões e não há Requerimentos na ordem do dia. Seis edis estão inscritos para uso da Tribuna Livre durante a manhã.

Após feriado, vereadores de Petrolina realizam sessão sem matérias para análise

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão desta quinta-feira (16) na Casa Plínio Amorim não tem matérias do Executivo ou do Legislativo para apreciação. Na terça-feira os edis aprovaram três matérias encaminhadas pela Prefeitura, depois de longas discussões e análises, mas hoje, após o feriado, somente Indicações e Requerimentos serão analisados.

LEIA TAMBÉM:

Projeto que convalida parcelamento de dívida da Prefeitura com a Compesa é aprovado pela bancada governista

Projetos de Lei do Executivo que cria cargos de Assistente Técnico e reestrutura Conselho Municipal de Defesa do Consumidor são aprovados por unanimidade

Dois Projetos de Lei do Legislativo darão entrada para análise e posteriormente serem analisados pelos edis. As matérias são propostas pelos vereadores Paulo Valgueiro (MDB), que concede Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan ao blogueiro Wanderley Alves, através do Projeto de Decreto de Lei nº 021/2018.

Já o vereador Rodrigo Araújo (PSC) solicita a concessão da Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan ao Instituto das Irmãs Medianeiras da Paz, por meio do PL nº 022/2018. A sessão está marcada para 9h, na Câmara de Vereadores de Petrolina.

Desacato a motoristas do transporte coletivo de Petrolina pode resultar em punição

Uma lei sancionada pelo prefeito Miguel Coelho no início de julho prevê a punição a quem desacatar motoristas do transporte coletivo urbano da cidade.

De autoria do vereador Rodrigo Araújo (PSC) a Lei nº 3.076/2018 estima penalidade financeira a qualquer cidadão que “dirigir desacata a motoristas, no exercício de sua função”.

O condutor agredido verbalmente deve registrar Boletim de Ocorrência ou realizar exame de corpo de delito, para violência física e testemunhas também poderão ser ouvidas no caso.

A vítima do desacato ou da violência física pode receber indenização de um salário mínimo. A Lei está em vigor desde o dia cinco, quando foi publicada no Diário Oficial do Município.

12