Após falar em renúncia, Ronaldo Cancão muda de ideia e diz que permanece na Mesa Diretora

Vereador explicou fala de ontem, na Câmara (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Ronaldo Cancão (PTB) não escondeu sua insatisfação com a votação que terminou com Cícero Freire (PR) sendo alçado ao cargo de 2º vice-presidente da Mesa Diretora. Na terça-feira (3), Cancão disse que renunciaria ao seu posto, caso Cícero entrasse para o grupo.

LEIA TAMBÉM:

Cícero Freire é eleito segundo vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Petrolina

Nessa quarta-feira (4), em entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, o vereador disse ter mudado de ideia. “Ontem me reuni com o secretário do Governo, Simão Durando e com Orlando Tolentino, conversei bastante com a vereadora Cristina Costa, Gabriel Menezes, com o líder Aero Cruz, que entendeu minha situação, alguns assessores e familiares e me orientaram a continuar o trabalho que estou fazendo e vou continuar“, diz.

LEIA MAIS

Citando tristeza, Ronaldo Cancão destaca irregularidades do Governo Lóssio no São João do Vale

Vereador lembrou caminhada para denunciar São João na PF (Foto: Jean Brito/CMP)

Sentimento de alma lavada. Foi assim que o vereador Ronaldo Cancão (PTB) ficou ao receber a notícia de que a Justiça Federal decidiu sequestrar os bens do ex-prefeito Julio Lóssio, em uma investigação que envolve o São João do Vale.

LEIA TAMBÉM: 

Tribunal de Contas do Estado recomenda rejeição das contas de Júlio Lossio de 2016

“Recebo a notícia com muita tranquilidade”, diz nota após Julio Lossio virar réu na Justiça Federal

São João do Vale: Justiça Federal acata denúncia do MPF e Julio Lossio tem bens sequestrados

Ao usar a Tribuna Livre na sessão de terça-feira (5), Cancão fez questão de destacar: Lóssio foi corrupto e mentiu para a população. “Esse não é o dia da minha maior felicidade, é o dia da minha maior tristeza. O prefeito me chamou de insano, disse que eu tinha problema mental quando eu tratava do São João. Letra, papel, o tempo não apaga e nem leva. Deus é o senhor da espera. Esse vereador aqui foi muito maltratado de 2013 a 2016“, disse.

LEIA MAIS

“Vereador não é para fazer assistencialismo”, dispara Ronaldo Cancão

Vereador deixou um recado para colegas (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

“Vereador não é para fazer assistencialismo não, é para cuidar dos direitos da sociedade”. A mensagem veio do vice-presidente da Casa Plínio Amorim, o vereador Ronaldo Cancão (PTB) durante sua fala na Tribuna Livre, na sessão de quinta-feira (31).

LEIA TAMBÉM:

Membros da Comissão Especial rebatem críticas sobre viagem a Brumadinho

Vereadores apresentam balanço de viagem a Brumadinho e cobram medidas para evitar maiores danos ao rio São Francisco

O alerta aos colegas de Plenário veio após Cancão lembrar da visita feita por ele e Cristina Costa (PT) a Minas Gerais, para investigar os danos causados pelo vazamento da Barragem de Brumadinho, no primeiro semestre. O edil lembrou que é dever de cada um lutar pela preservação do Velho Chico.

LEIA MAIS

Ronaldo Silva critica clima “político” contra Agrovale: “Sempre trouxe a prosperidade para nossa cidade”

Ronaldo Silva defendeu Agrovale (Foto: Blog Waldiney Passos)

Para o vereador Ronaldo Silva (PSDB) a população petrolinense está sendo injusta com a Agrovale. O edil citou as recentes queixas de petrolinenses na imprensa local, criticando a presença de fuligem em suas residências. Para Ronaldo, essa onda de manifestação é política.

LEIA TAMBÉM:

Incêndio destrói 7,14 hectares de cana-de-açúcar da Agrovale; empresa afirma que ação foi criminosa

“Quando cheguei aqui em 87 foi a Agrovale que me acolheu me dando oportunidade para que eu pudesse trabalhar e construir uma família. Meu sogro foi um dos primeiros gerentes. Hoje a Agrovale emprega mais de 5 mil funcionários direto, mais de 20 mil funcionários indiretos. A Agrovale joga na economia da nossa região mais de R$ 200 milhões em salário”, destacou o edil.

LEIA MAIS

Após anúncio de saída, Apami estuda homenagear Augusto Coelho com presidência de honra

Apami estuda prestar homenagem a dr. Augusto Coelho (Foto: Arquivo)

Presidente da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami), Augusto Coelho anunciou sua saída do cargo. O Blog apurou que o anúncio foi feito internamente na semana passada, mas ainda não há uma previsão de quando o cargo será transmitido a Luiz Gustavo Mendes, seu substituto.

O Blog apurou que o doutor Augusto está fora de Petrolina nessa semana e quando ele retornar a cidade a diretoria terá uma reunião para discutir a transferência de cargo. Uma das hipóteses também é alçá-lo a função de presidente de honra, uma forma de homenageá-lo pelos serviços prestados. Somente quando esses detalhes forem alinhados a Apami se pronunciará oficialmente acerca da mudança na presidência.

Na sessão de ontem (29) na Câmara de Vereadores de Petrolina, Ronaldo Cancão (PTB) apresentou uma Moção de Aplausos a dr. Augusto pelos seus serviços prestados aos petrolinenses. “É um homem que sonhou, com sua dedicação e realizou esse sonho [de ter um Hospital do Câncer]. Fica aqui aqui a minha eterna gratidão“, disse o edil.

Ronaldo Cancão responde pais de Beatriz: “Não queiram encontrar mais um culpado”

Vice-presidente da Câmara respondeu aos pais de Beatriz (Foto: Jean Brito/CMP)

“Não conheço Allinson, não sei onde ele mora”. Foi assim que o vereador Ronaldo Cancão (PTB) se manifestou sobre a nota dos pais de Beatriz Angélica Mota que criticava o edil por ter permitido a presença de Wank Medrado na Casa Plínio Amorim na sessão da última terça-feira (8).

Segundo o vereador, a postura dos pais em repudir a Câmara de Vereadores abalou seu estado emocional ao ser apontado por algo que não tem culpa – a morte de Beatriz. “A mãe tem todo meu sentimento, o pai tem toda minha solidariedade, mas não queiram encontrar mais um culpado. Eu não assassinei Beatriz, eu abri as portas como vereador para receber ela como mãe, sofrida, machucada e querendo a verdade”, explicou.

Cancão foi além e lembrou que a Câmara sempre apoiou o casal, inclusive dando suporte financeiro na busca por informações sobre o assassino. “Sabe quem defendeu para levantar o dinheiro para encontrar o autor do crime? R$ 5 mil foi o Estado, levantei da minha cadeira e fui junto à Cristina Costa, quem fez essa campanha fui eu e Cristina”, continuou.

Confira a seguir a resposta do vereador:

Iniciativa do vereador Ronaldo Cancão leva palestras sobre cultivo de mandioca para a Ilha do Coqueiro, em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Ronaldo Cancão (PTB), por meio de uma parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Prefeitura Municipal de Petrolina, promove neste domingo (20), capacitação sobre o cultivo da mandioca na Ilha do Coqueiro, área ribeirinha da cidade.

“Este tipo de iniciativa faz parte do compromisso do nosso mandato, que é o de contribuir para a melhor qualidade de vida das pessoas, seja através da saúde, da educação, infraestrutura e da qualificação do nosso povo”, explica Ronaldo Cancão.

O evento conta com palestra da engenheira agrônoma Aline Áurea Silva, voltada para plantio, cultivo e manejo da mandioca, para melhorar e ampliar a produção da ilha. Além das presenças do diretor de projetos da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) Victor Flores, e do secretário de agricultura Simão Filho.

“Nenhum ser humano pode fazer a política com ódio”, afirma Cancão a Odacy Amorim

Vereador deu recado a Odacy Amorim (Foto: Blog Waldiney Passos)

Se alguns vereadores foram firmes contra o diretor-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim (PT) na sessão da última terça-feira (10), Ronaldo Cancão (PTB) optou pelo tom mais ameno ao comentar a postura do petista

Odacy celebrou uma vitória interna no partido, ao ver a chapa que apoiava no Processo Eleitoral Direto (PED) sair vitoriosa contra a chapa de Cristina Costa, vereadora de Petrolina.  Cancão saiu em defesa da colega de parlamento, que segundo ele merece respeito por sua história no PT.

LEIA TAMBÉM:

Zé Batista manda recado a Odacy Amorim: “É preciso que Petrolina conheça seu estilo”

“Nenhum ser humano pode fazer a política com ódio. Tem que respeitar sua história no PT. Não pode, qualquer ser humano que seja, pegar um veículo de comunicação e tentar macular a imagem de quem tanto fez pelo PT”, afirmou Cancão.

Segundo o vereador, o que o ex-deputado estadual quer é antecipar a corrida política e desgastar a colega de partido. “A senhora tem a minha solidariedade. O ex-prefeito que foi prefeito biônico, ele não foi eleito, quem foi eleito foi Fernando bezerra Coelho. Ele tenta antecipar um debate eleitoral equivocadamente. Vai se debater a eleição em 2020″, finalizou.

Câmara de Vereadores de Petrolina promove audiência sobre tempo de espera na fila de bancos

Representantes de bancos e vereadores participam de discussão (Foto: Blog Waldiney Passos)

Está acontecendo nesse momento uma audiência pública para discutir o tempo de espera na agências bancárias de Petrolina. O debate sediado na Câmara de Vereadores da cidade foi proposto pelo vereador Ronaldo Cancão (PTB) e conta com a participação dos representantes dos bancos particulares e públicos e de órgãos de defesa do consumidor.

O objetivo da audiência é discutir o cumprimento da Lei Municipal n° 1.763/2005 que determina o tempo de permanência na fila dos bancos e estabelecimentos de crédito de Petrolina. De acordo com Cancão, diversas denúncias chegaram ao seu gabinete sobre o não cumprimento da lei.

Outra demanda apresentada se refere à estrutura dos bancos: ausência de banheiro ou bebedouro público aos usuários. Chama atenção que, além do vereador Ronaldo Cancão, apenas José Batista da Gama, Gilmar Santos, Paulo Valgueiro e Rodrigo Araújo –  dos 23 edis da Casa Plínio Amorim – participam da discussão.

Cancão volta a criticar CREMEPE por omissão no Hospital Dom Malan

Vereador voltou a cobrar Conselho (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Ronaldo Cancão (PTB) não digeriu a atitude do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (CREMEPE) durante os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Hospital Dom Malan. Ele foi o presidente da CPI e voltou a criticar a omissão do órgão.

LEIA TAMBÉM:

Ronaldo Cancão afirma que CREMEPE “não respeitou” trabalho da CPI do Dom Malan

Vereadores de Petrolina apresentam relatório sobre CPI do Dom Malan

“Queria repudir a atitude do CREMEPE. Depois da CPI do Dom Malan, de apurar e ouvir as famílias o CREMEPE coloca uma nota dizendo que criou uma Comissão para apurar os fatos oriundos no Dom Malan. Parabéns, mas eu queria saber o que ficou para trás: o que houve na morte de Millian?“, questionou.

LEIA MAIS

Ronaldo Cancão afirma que CREMEPE “não respeitou” trabalho da CPI do Dom Malan

Presidente da Comissão criticou postura do CREMEPE (Foto: Ascom/CMP)

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Hospital Dom Malan/IMIP, Ronaldo Souza (PTB) criticou a postura adotada pelo Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (CREMEPE) durante os trabalhos da CPI.

LEIA TAMBÉM:

CPI do Dom Malan: Direção do hospital afirma não ter recebido relatório da Câmara

Vereadores de Petrolina apresentam relatório sobre CPI do Dom Malan

Segundo Cancão, o órgão responsável por fiscalizar o trabalho dos médicos da unidade não contribuiu com os membros da Comissão, mostrando certo desdém. O Cremepe se negou por duas vezes a ser ouvido pela CPI do Dom Malan“, deixou claro o vereador ao falar sobre o relatório da Comissão, na sessão da última quinta-feira (29).

LEIA MAIS

Vereadores de Petrolina apresentam relatório sobre CPI do Dom Malan

Vereadores falaram sobre trabalho da Câmara na CPI (Foto: Ascom/Cristina Costa)

Não estava previsto na pauta, mas os vereadores de Petrolina apresentaram nessa quinta-feira (29) ao público o balanço das ações da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) do Hospital Dom Malan/IMIP. Os trabalhos tiveram início após a morte da jovem Milian Carvalho, de 15 anos, em 2018.

Presidente da Comissão, Ronaldo Souza (PTB) falou com a imprensa e destacou o empenho dos colegas de Câmara no trabalho de um semestre. “Ouvimos sete famílias, confesso que foi doloroso [ouvir os relatos]. Conseguimos acesso a relatórios do hospital e há uma contradição [na causa da morte e o que o hospital alega]”, disse Cancão.

LEIA TAMBÉM:

Resultado de exames que podem revelar causa da morte de adolescente grávida que morreu no HDM deve sair em 20 dias

Justiça autoriza exumação de corpo de adolescente grávida que morreu no hospital Dom Malan/IMIP

Depois de morte de adolescente grávida, vereador Ronaldo Cancão pede instalação de comissão na Câmara para investigar atendimento no Hospital Dom Malan

Maria Elena de Alencar (PRTB), Gabriel Menezes (PSL), Gilmar Santos (PT), Paulo Valgueiro (MDB), Rodrigo Araújo (PSC) e Ronaldo Silva (PSDB) também integraram a CPI. Eles investigaram a realidade do Dom Malan e conversaram com a administração da unidade.

LEIA MAIS

“Nosso Rio”: Petrolina ganha programa de proteção ao Velho Chico

Município deve promover ações de proteção ao Velho Chico (Foto: Ascom/PMP)

Desde o rompimento da barragem do Córrego Mina do Feijão, em Brumadinho (MG) no começo do ano, a preocupação com o rio São Francisco é constante. No primeiro semestre desse ano a Câmara de Vereadores de Petrolina montou uma comissão especial, viajou ao local e elaborou um relatório que ajuda pesquisadores a entender melhor a situação.

Também de autoria da Câmara surgiu um projeto que trata da proteção do Velho Chico. A lei n° 3.213/2019 institui o Program Nosso Rio e foi sancionada no dia 15 de julho pelo presidente da Casa Plínio Amorim, Osório Siqueira (PSB), cumprindo a Lei Orgânica Municipal – caso o prefeito não sancione, seu silêncio representará sanção da matéria.

Proposta pelo vereador Ronaldo Cancão (PTB), a lei quer ações concretas de preservação do rio. “Esse projeto coloca uma série de restrições e dá a AMMA o poder de fiscalização mais contundente. Trata de esgoto sanitário, reposição da mata ciliar, construções que vão de encontro ao projeto que trata da proteção das margens e além disso, traz sugestões que tratam da proteção”, disse ao Blog Waldiney Passos.

LEIA MAIS

Na última sessão do semestre, vereadores aprovam 17 projetos em Petrolina

Matérias seguem para sanção do prefeito (Foto: Blog Waldiney Passos)

Além do Título de Cidadão Petrolinense a Sérgio Moro, a última sessão do primeiro semestre legislativo na Casa Plínio Amorim, realizada na manhã de terça-feira (18), teve em pauta 17 projetos de Lei, todas proposições do Poder Legislativo.

Entre os temas menos relevantes estavam um Título de Cidadão Petrolinense – proposto por Osinaldo Souza (PTB) – duas Medalhas de Honra ao Mérito, de autoria de Osinaldo e outro de Gilmar Santos (PT); Denominação de via pública cujos autores foram José Batista da Gama (PDT), Ronaldo Cancão (PTB) e Ronaldo Silva (PSDB), além de uma denominação de espaço público, cujo autor é Rodrigo Araújo (PSC).

Os outros 12 PLs tratavam de temas de relevância social e juntamente com os citados anteriormente, foram aprovados por 20 votos a zero.  Agora as matérias seguem para sanção do prefeito Miguel Coelho. Confira a seguir os projetos aprovados na sessão de ontem na Câmara de Petrolina:

LEIA MAIS

Na última sessão do semestre, Câmara de Petrolina analisa 17 projetos de lei; Título de Cidadão a Sergio Moro é um deles

Ultima sessão do primeiro semestre tem vários projetos em pauta (Foto: Jean Brito/CMP)

A última sessão do primeiro semestre de 2019 tem 17 projetos de Lei em pauta. As matérias são todas do Poder Legislativo e tratam de temas diversos como, Título de Cidadão Petrolinense, Medalha de Honra ao Mérito, denominação de ruas ou equipamentos públicos.

Os destaques são o PL n° 121/2017 de autoria de Cristina Costa (PT), matéria que dispõe sobre a isenção de inscrição em concursos públicos municipal as pessoas cadastradas no Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea (REDOME);  e o PL nº 079/2019 que trata da criação do Programa Horta Escolar.

Já Ronaldo Cancão (PTB) tem dois projetos em pauta: um cria o Programa Saúde na Escola e o outro institui o Programa Nosso Rio, em defesa e preservação do Velho Chico. Gaturiano Cigano (PRP) também tem dois projetos em pauta, voltados à prioridade de atendimento no serviço de assistência psicológica e social, para mulher vítima de agressão e para o combate ao racismo.

Líder da Oposição, Paulo Valgueiro quer uma lei para mais transparência do Executivo. Através do PL n° 68/2019 o edil anesia pela inclusão de dados sobre o Patrimônio Imobiliário Público do município de Petrolina em plataforma digital do Poder Executivo.

Por fim, o item mais polêmico do dia, o Título de Cidadão Petrolinense ao ex-juiz da Operação Lava-Jato e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, de autoria de Ronaldo Silva (PSDB). Com o recesso antecipado, os trabalhos na Casa Plínio Amorim serão retomados apenas em agosto.

123