Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Desocupação de imóveis em terra indígena é alvo de críticas na Câmara de Vereadores de Petrolina

Moradores ocupavam terras indígenas (Foto: Polícia Federal/Divulgação)

Na quinta-feira (13) a Polícia Federal realizou a Operação Pankararu, desocupando terras indígenas ocupadas por não indígenas no município de Petrolândia. Apesar de a PF ter classificado a ação como pacífica, moradores relataram agressões e o caso repercutiu no estado.

O vereador de Petrolina, Ronaldo Silva (PSDB) que tem raízes na região usou a Tribuna Livre para condenar a ação. “Eu não poderia me calar diante da injustiça que está acontecendo na nossa região. A Polícia Federal e a Polícia Militar estão retirando famílias que moram lá há anos. O povo está pedindo socorro”, disse.

Ronaldo citou a utilização de spray de pimenta e balas de borracha contra crianças e mulheres, classificando a ação como absurda. Segundo a PF, 100 homens foram utilizados na ação e a ação foi autorizada pela Justiça de Serra Talhada.

Requerimento pede esclarecimento sobre novas taxas cobradas por cartórios de Petrolina

Ronaldo Silva é autor do pedido e criticou cartórios (Foto: Blog Waldiney Passos)

A atualização na tabela dos serviços prestados pelos cartórios de Petrolina gerou críticas dos usuários e chegou até a Câmara de Vereadores nessa terça-feira (11). Ronaldo Silva (PSDB) apresentou o Requerimento nº 186/2018 convocando o responsável pelo Cartório 2º Ofício para esclarecer as mudanças em seu funcionamento.

Na justificativa do seu Requerimento o vereador alega que “houve insatisfação da população que se sente prejudicada, principalmente no âmbito financeiro”, já que muitos estão sendo obrigados a pagar em duplicidade por Títulos, Registros Públicos e demais documentos.

“A gente convoca os representantes dos cartórios na nossa cidade, inclusive cartório de ofícios. O povo pensa que o cidadão está achando dinheiro no chão. Você procura registro de 30 anos e não acha mais, tudo isso que eles estão fazendo é questão de dinheiro. Não é justo o que está acontecendo na nossa cidade“, afirmou Ronaldo.

Assim como as demais Indicações e Requerimentos – com exceção da cobrança de Gabriel Menezes (PSL), a solicitação de Ronaldo Silva foi aprovada por 15 votos a zero. Ainda não se sabe quando será feita a convocação do representante do cartório.

Sessão solene concede Título de Cidadão Petrolinense e Medalha de Honra a médico infectologista

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O Plenário da Casa Plínio Amorim realiza na noite dessa sexta-feira (31) uma sessão solene para entrega do Título de Cidadão Petrolinense e Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan ao médico infectologista Luiz Gustavo Mendes.

As homenagens são de autoria do vereador Ronaldo Silva (PSDB), através dos Decretos Legislativos nº 562/2017 e 564/2017. A sessão está marcada para 19h30, aberta ao público. “É um dos médicos da nossa cidade que têm relevante serviço prestado em Petrolina”, disse o vereador na sessão de quinta-feira (30).

Ronaldo Silva cobra de Cícero Freire e Gilberto Melo posicionamento junto ao PR para elucidação do homicídio de Klebyio Bezerra

Presidente municipal do PR foi assassinado há um ano (Foto: Reprodução/Internet)

A sessão dessa quinta-feira (30) foi encerrada antes de completar 1h30 de duração, com todas as Indicações e Requerimentos aprovados pelos edis presentes. Sem outras matérias para discussão, os vereadores candidatos a deputado estadual utilizaram a Tribuna Livre para apresentar suas propostas.

Um deles foi Cícero Freire (PR), que explicou os motivos para disputar as eleições de outubro. Logo em seguida, Ronaldo Silva (PSDB) cobrou do colega de bancada uma postura mais firme no sentido de elucidar a morte de Klebyo Luciano Bezerra Vieira.

LEIA TAMBÉM: 

Delegado revela detalhes sobre a investigação da morte de Klébyo Bezerra em Petrolina

Klebyo tinha 38 anos, era presidente do PR em Petrolina e foi morto a tiros no dia 12 de agosto de 2017 quando seu carro foi abordado na BR-407, sentido Aeroporto. Até hoje o crime não foi resolvido e Ronaldo chamou atenção do colega.

LEIA MAIS

Votação do projeto que regulamenta transporte via aplicativo divide opinião dos vereadores

Ronaldo Silva, relator da matéria questionou alguns pontos do projeto (Foto: Blog Waldiney Passos)

O modo como o Projeto de Lei do Executivo nº 40/2018 foi colocado em votação na sessão dessa terça-feira (28) gerou discussão entre Gabriel Menezes (PSL) e Osório Siqueira (PSB). Isso porque Osório, presidente da Câmara de Vereadores quis votar a matéria antes das emendas, mas Gabriel discordou.

“Sugiro que possamos discutir as emendas para depois discutir o projeto” disse o oposicionista. Osório discordou e rebateu que “será votado primeiro o projeto para depois analisar as emendas”, as quais são no total 19. A matéria trata da regulamentação de transporte via aplicativos, em especial, o Uber.

Ronaldo Silva (PSDB), relator do projeto falou após os dois colegas e esclareceu alguns pontos da matéria, citando a lei federal que determina a cada município a responsabilidade de regularizar esse tipo de transporte.

LEIA MAIS

Bate-boca sobre PT e Lula marca encerramento da sessão de quinta (23) na Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma pequena confusão encerrou a sessão de quinta-feira (23) na Câmara de Vereadores de Petrolina. Tudo começou com o debate sobre o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), matéria enviada pelo prefeito Miguel Coelho cujo tema era a alienação por doação de área pública.

Para os membros da oposição, em especial Gilmar Santos (PT) a matéria mostra uma contradição entre do grupo dos Coelho, ao tratar de uma iniciativa que fez sucesso no governo do PT (Minha Casa, Minha Vida). Outro a destacar o sucesso do programa foi Horácio Freire (PMN).

Mas foi com Ronaldo Silva (PSDB) que o clima esquentou. O edil, crítico ferrenho do PT, chamou o Partido dos Trabalhadores de copiador de projetos e voltou a destacar os casos de corrupção envolvendo a sigla. “O Bolsa Família foi copiado pelo PT. Falando de ladrão, o PT não tem moral para falar de ladrão, o maior ladrão é Lula. Qual é a moral que esse partido tem pra falar de ladrão, de falar de Michel Temer?”, questionou.

LEIA MAIS

Projetos de Lei do Executivo são aprovados por unanimidade, mas oposição não poupa críticas

Três matérias foram colocadas em votação na sessão de ontem (23) (Foto: Blog Waldiney Passos)

Diferentemente das outras votações, as propostas do Poder Executivo colocadas em votação na quinta-feira (23) em Petrolina foram aprovadas por 16×0. Apesar de discordarem, os vereadores da oposição votaram a favor das propostas nº 055/2018 e nº 054/2018.

Os projetos autorizavam o prefeito a alienar por doação, área pública a favor do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e instituíam o bônus FliSertão aos professores municipais. Membro da situação, Ronaldo Souza (PTB) defendeu as matérias, em especial a de doação.

“O prefeito Miguel Coelho manda um Projeto de Lei para construção de núcleo habitacional para pessoas de baixa renda, sem pagar financiamento da Caixa. Quero parabenizar o prefeito por com seus olhos, enxergar as pessoas simples”, disse antes da votação.

LEIA MAIS

Ronaldo Silva rebate críticas de servidores por adiamento na votação de projeto

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante sua fala na justificativa de sua ausência na sessão de quinta-feira (9), o vereador Ronaldo Silva (PSDB) rebateu as críticas de alguns servidores que não entenderam o adiamento da votação do Projeto de Lei nº 053/2018, responsável por modificar a nomenclatura de algumas funções do quadro de servidores.

Ronaldo precisou viajar para Recife e por ser o relator da matéria, não pôde dar sua decisão fora da cidade. Hoje, ele foi enfático e criticou quem falou inverdades sobre ele. “Eu não estou aqui para agradar ninguém, estou aqui para fazer o certo. Sou presidente de uma comissão de Justiça e Finanças”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Projetos de Lei do Executivo que cria cargos de Assistente Técnico e reestrutura Conselho Municipal de Defesa do Consumidor são aprovados por unanimidade

Ao final de sua fala, ele revelou aprovar a matéria e disse não estar fazendo isso por pressão dos servidores. “Vou votar a favor, não por pressão de ninguém. Eu estou sabendo o que estou votando”, enfatizou.

O PL foi aprovado por 22 votos a zero, dessa forma alguns cargos extintos ganham nova denominação, garantindo direitos previstos no Planos de Cargos e Carreiras dos servidores municipais, entre eles auxiliares de serviços gerais e merendeiras.

Vereador propõe treinamento de prevenção de acidentes e primeiros socorros a profissionais de creches públicas

Caso seja aprovado, o projeto segue para a sanção do prefeito. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Na sessão desta terça-feira (22), o vereador Ronaldo Silva (PSDB) deve apresentar o projeto de lei 071/18 que dispõe sobre a obrigatoriedade de curso e treinamentos de prevenção de acidentes e primeiros socorros para todos os docentes e profissionais de creches públicas e educação infantil.

De acordo com a proposta, o seu objetivo é de “não apenas prevenir os corriqueiros acidentes nas escolas, mas, caso ocorram, que nossas crianças e adolescentes tenham um atendimento rápido e eficaz, resguardando-os de complicações mais sérias”.

Ainda segundo projeto de lei, “todos os funcionários das escolas e creches deverão participar do curso, sem prejuízo de suas demais atividades ordinárias”. Além disso, “o curso se estende aos alunos e pais que queiram voluntariamente participar de treinamentos em primeiros socorros previamente agendados”.

Os vereadores devem debater sobre o tema e, após discussão, votar a favor ou contra a proposta. Caso seja aprovado, o projeto segue para a sanção do prefeito.

Futebol: Ronaldo Silva afirma que conselho se reunirá para discutir retorno do Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Ronaldo Silva (PMDB) afirmou que voltará ao comando do Petrolina Social Futebol Clube. O edil garantiu que nos próximos dias uma reunião com os conselheiros vai debater essa retomada da Fera Sertaneja, fora do Campeonato Pernambucano desde 2016.

“Estive conversando com os conselheiros, vamos sentar nesses dias para que a gente possa retomar o Petrolina. Vamos assumir novamente o clube para que a gente possa trazer a Fera Sertaneja para o Campeonato Pernambucano”, afirmou durante entrevista no programa Super Manhã da Rádio Jornal dessa sexta-feira (18).

Ronaldo Silva adiantou que a nova diretoria deverá ser comprometida com o esporte e a Prefeitura de Petrolina pode contribuir com a equipe. “Os empresários que tenham interesse em participar da diretoria do Petrolina nos procurem, para que a gente possa fazer um time para chegar à Primeira Divisão do Campeonato Pernambucano”, afirmou.

Segundo o vereador, ele está disposto a assumir a presidência do clube, a fim de liderar essa iniciativa de retomada da Fera Sertaneja. Em 2017 houve um planejamento que contaria com a participação do treinador Andrade, ex-Flamengo, porém a iniciativa não saiu do papel.

O Petrolina está fora do Campeonato Pernambucano desde 2016, quando disputou a Série A2, a segunda divisão, cenário distante dos anos de glória vividos na última década, com participação na Série D do Campeonato Brasileiro.

Vereador Ronaldo Silva apresenta Projeto que prevê a criação do programa ‘Troco Solidário’

Vereador Ronaldo Silva. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Ronaldo Silva (PSDB) deve apresentar na Câmara Municipal de Petrolina, nesta terça-feira (03), o Projeto de Lei nº 17/2018, que dispõe sobre a criação do programa “Troco Solidário” e da outras Providências. A lei prevê a contribuição de valores facultativa de clientes em comércios da cidade para entidades de assistência social.

Segundo justificativa do parlamentar, “a presente lei possibilita os cidadãos a exercitar a solidariedade”. Além disso, ainda de acordo com o vereador, “o cidadão que realizar esse gesto tão belo e importante recebe o comprovante do valor já discriminado em sua nota servindo como uma espécie de recibo”.

Ronaldo Silva defende nome do Coronel Leite para secretaria de Educação

Surpreso com a saída do Coronel Heitor Leite da secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade, que agora será comandada por Fred Rocha, o vereador Ronaldo Silva disse em entrevista a Rádio Jornal não concordar com todas as mudanças anunciadas pelo prefeito Miguel Coelho na reforma administrativa. “Mexeu em algumas peças que deveria ter mexido e mexeu em outras também que não deveria ter mexido”, avaliou.

O vereador não concorda que o Coronel Leite fique fora da gestão por já ter provado sua capacidade administrativa tanto nesta quanto na última gestão.  “Ele sabe separar as coisas, sempre levou a causa pública com seriedade”, disse.

Segundo Ronaldo Silva agora o Coronel Leite poderia voltar à pasta da Educação onde realizou um grande trabalho. “Quando ele foi secretário de Educação de Petrolina foi quando o IDEB cresceu aqui em nossa cidade. No primeiro momento quando ele assumiu a educação, acho que não só eu como vários colegas vereadores, gestores de escolas, acharam estranho a maneira do Coronel Leite administrar, mantendo a responsabilidade, disciplina e a ordem, depois todos endeusaram o trabalho dele e eu tiro o chapéu para ele. Portanto, seria uma boa aquisição do prefeito Miguel Coelho”, defendeu.

“Osório tem o apoio da maioria dos vereadores e do prefeito Miguel Coelho”, afirma Ronaldo Silva

Mesmo faltando mais de um ano para renovação da mesa diretora da Câmara Municipal de Petrolina, uma polêmica ganhou às ruas da cidade com a informação de que a eleição para o biênio 2019/2020 poderia acontecer ainda este ano e que o vereador Osório Siqueira (PSB), deve ser mesmo reeleito presidente para administrar o Poder Legislativo pela quinta vez, fato inédito em Petrolina.

Em entrevista à Rádio Jornal Petrolina, o vereador Ronaldo Silva (PSDB), confirmou que o pleito deve ser mesmo antecipado e que houve até uma movimentação para formação de uma chapa, contando com vereadores da situação e possivelmente da oposição, para concorrer contra Osório, mas que essa possibilidade já estaria descartada e todos vereadores da situação devem mesmo reeleger o atual presidente.

No entanto, Ronaldo defendeu o diálogo para entendimento do grupo sobre os nomes dos colegas que irão compor a mesa juntamente com Osório.

O vereador disse ainda que todos vereadores sonham em presidir à Câmara, mas que para isso tem que ter uma boa articulação e que o presidente Osório é bem relacionado, atencioso, e ainda conta com o aval do prefeito Miguel Coelho, um fator importante em uma eleição de mesa diretora.

Para ele a antecipação da eleição deve acontecer até o final do ano. “Isso já aconteceu em outras câmaras. Na cidade de Timbaúba o atual presidente da UVP, Josinaldo Barbosa, já realizou a eleição e conseguiu se reeleger, portanto é tudo dentro da legalidade”, salientou.

Através de nota, vereadora Cristina Costa esclarece declarações feitas por Ronaldo Souza

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Nesta terça-feira (3) através de sua assessoria, a vereadora Cristina Costa (PT) emitiu uma nota, onde presta esclarecimentos e rebate críticas feitas pelo o vereador Ronaldo Souza.

Veja na íntegra:

A vereadora Cristina Costa vem esclarecer as declarações do colega Ronaldo Souza sobre o projeto de lei complementar do Poder Executivo 002 de 2017. A Vereadora não trabalha seu mandato com encenações.  Age com a verdade e defende os interesses do povo. Aumento de impostos deve sempre ser analisado com responsabilidade porque compromete diretamente a vida do trabalhador.

É prudente esclarecer que o citado projeto de lei encaminhado pelo poder executivo poderia e deveria ter sido analisado com tempo antes de ser colocado em votação. Não é, e nunca foi intenção da vereadora trazer prejuízos à arrecadação municipal, mas é preciso que todo reajuste nesse tempo de crise   seja ponderado porque o peso fica para o trabalhador assalariado.

Por desinformação, o vereador Ronaldo Souza, citou o nome da vereadora na votação do projeto de lei complementar 003 de 2013 que alterou o Código Tributário do Município. Para esclarecer os fatos à imprensa e à população de Petrolina, trouxemos A cronologia dos fatos do projeto de lei do então prefeito Júlio Lossio.

O projeto de lei complementar 003 de 2013 chegou à Câmara Legislativa em 23 de outubro 2013 e foi repassado ao gabinete da Vereadora em 30 de outubro de 2013, sendo aprovado em 19 de dezembro de 2013, ou seja, 51(cinquenta e um) dias depois, um prazo maior no qual foram solicitadas informações, que repassadas ajudaram no entendimento das proposições, como se vê o referido projeto de Lei Complementar foi amplamente debatido e analisado com os representantes do governo à época. Àquele projeto, a Vereadora apresentou 03 (Três) Emendas, 02 (duas) aditivas e 01 (uma) modificativa, ambas aprovadas por maioria, conforme documento probatório em anexo.

LEIA MAIS

Ronaldo Silva chama vereador de “puxa-saco” e gera discussão na Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante sessão na Câmara de Vereadores de Petrolina, nesta quinta-feira (31), o vereador Ronaldo Silva (PSDB) cobrou explicações sobre a exclusão dos times petrolinenses da Série A2 e alfinetou o vereador Zenildo do Alto do Cocar (PSB).

Devido à falta de laudos, o Petrolina e o 1º de Maio ficaram de fora da Série A2 do Campeonato Estadual. Para o vereador Ronaldo Silva, a secretaria municipal de Cultura, Turismo e Esporte Maria Elena de Alencar, deve uma explicação sobre o ocorrido. “Eu sou desportista e vou brigar pelo o esporte de Petrolina. Não tiveram interesse de liberar o estádio”, afirmou o vereador. “É necessário que a secretária dê explicações aqui nesta casa, sobre a interdição”.

Ainda durante seu discurso Ronaldo Silva, alfinetou o vereador Zenildo do Alto do Cocar (PSB), afirmando que ele seria “puxa-saco” do prefeito e “fuxiqueiro”.

“Não estou aqui para passar a mão na cabeça de ninguém, sou aliado de todo mundo. Sou aliado, mas o que tiver de errado eu vou falar. Ninguém me cala, só Jesus Cristo. Eu não admito vereadores puxa-saco que estão levando fuxico para o prefeito”, declarou Silva.

Na sequência foi questionado sobre a identidade do “fuxiqueiro” e de imediato afirmou que não revelaria o nome, mas em seguida afirmou que se tratava de Zenildo.

Em sua fala o vereador Zenildo afirmou que era fiel a sua posição e que não vivia de pula-pula. “Eu não preciso puxar-saco de ninguém para ser eleito. Não sou ‘pula-pula’, toda vida eu segui uma linha só. Eu tenho vergonha na minha cara e sou do PSB a mais de 10 anos e não preciso disso”, concluiu.

123