Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Saneamento: lideranças comunitárias tiram dúvidas sobre consulta pública para revisão de plano em Petrolina

(Foto: Ascom)

Um encontro promovido pela Prefeitura de Petrolina (PE) reuniu cerca de 50 líderes comunitários no auditório da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, que fica no Centro de Convenções. A ideia foi dialogar sobre a importância da realização da audiência pública que vai discutir a revisão do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Além disso, as lideranças comunitárias receberam materiais de divulgação da audiência pública que está marcada para o próximo dia 29.

A reunião que ocorreu na noite desta terça-feira (15) foi convocada pelo secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando e contou com representantes da Agência Reguladora do Município de Petrolina (ARMUP) e da Câmara de Vereadores. O novo Plano Municipal de Saneamento Básico de Petrolina será revisado para melhor atender às necessidades da população quanto ao abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade.

O documento preliminar está disponível no site da prefeitura e dúvidas, comentários, críticas e sugestões já podem ser enviadas para o e-mail geral@ppsec.com.br. Elas vão ser respondidas durante a audiência pública ou em até 10 dias depois do evento. O encontro está marcado para às 9h do próximo dia 29, na sede da Fundação Nilo Coelho, localizada na Rua Aristarco Lopes, Centro.

Prefeitura de Petrolina e  Compesa se unem para amenizar transtornos no bairro Dom Avelar

(Foto: Ascom)

A fim de promover ações que possam ajudar a amenizar os transtornos causados  aos moradores do bairro Dom Avelar, a Prefeitura de Petrolina (PE) chamou a Compesa para um diálogo. A comunidade não possui sistema de saneamento básico, o que provoca inúmeros problemas para a comunidade, como o extravasamento de esgoto em via pública.

Nesta sexta-feira (11), o secretário-executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira se reuniu com a Gerente Regional da Compesa em exercício, Nadja Alencar, na entrada principal do Dom Avelar, na Avenida dos Minérios, área que serviu de palco para um protesto de moradores realizado ontem (10) . No local, um canal está cheio de esgoto e a tarefa da ação conjunta será esvaziá-lo. Para isso, a encanação existente terá de ser desobstruída para que o esgoto possa fluir e não se acumular pelas ruas do bairro.

LEIA TAMBÉM:

Após protesto de moradores, Compesa afirma que não opera sistema de esgotamento no bairro Dom Avelar

A conversa rendeu resultados positivos, e a Compesa já começou o trabalho. A partir da próxima segunda-feira (14) o serviço vai ganhar um reforço de equipes da Prefeitura. Elas vão ficar responsáveis por fazer um desvio no canal, para ajudar no escoamento do esgoto acumulado, enquanto a Compesa recupera um cano que se encontra obstruído.

LEIA MAIS

Após protesto de moradores, Compesa afirma que não opera sistema de esgotamento do bairro Dom Avelar

Moradores do bairro Dom Avelar fecham três pontos da localidade em protesto contra a falta de saneamento básico (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na manhã desta quinta-feira (10) moradores do bairro Dom Avelar em Petrolina (PE), bloquearam três pontos da localidade em protesto contra a falta de saneamento básico, o que tem tirado o sossego dos moradores, já que corriqueiramente surgem problemas relacionados ao esgotamento.

Um dos pontos bloqueados foi a Avenida dos Minérios, nesta via as reclamações referentes a estouramentos de esgotos são constantes.  Segundo os moradores e comerciantes do bairro, a fedentina no local é insuportável, sem contar o esgoto a céu aberto que coloca em risco a saúde da população.

Sobre o protesto e as reclamações dos moradores do Dom Avelar, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) emitiu uma nota informando que não é a responsável pelo sistema de esgotamento do bairro, mas que mesmo assim, tem realizado vários procedimentos paliativos para sanar demandas da comunidade. Confira a nota na íntegra:

“A Compesa informa que não opera o sistema de esgotamento sanitário do bairro Dom Avelar.Apesar de não ser responsável pelos serviços de manutenção, a Companhia tem realizado desobstruções na rede coletora de esgoto para não prejudicar os moradores da localidade.

LEIA MAIS

Miguel Coelho promete 2019 com melhorias no abastecimento de água, saneamento e transporte público

(Foto: ASCOM)

Durante encontro com a imprensa de Petrolina (PE), realizado no último sábado (22), o prefeito Miguel Coelho fez um balanço da gestão em 2018. Acompanhado pelo senador Fernando Bezerra (MDB-PE) e os deputados Antonio Coelho (DEM) e Fernando Filho (DEM), o chefe do executivo municipal apontou também as prioridades para o próximo ano. Miguel garantiu que a cidade terá avanços marcantes, principalmente, no transporte público e nos serviços de água e esgoto.

O prefeito listou um conjunto de investimentos realizados em Petrolina no ano de 2018. Para ele, os mutirões de cirurgias, exames e a abertura de novos postos e serviços médico/odontológicos foram sentidos pela população como um avanço notório. O gestor também citou a pavimentação como um carro-chefe do balanço deste ano. “Nosso compromisso de campanha era pavimentar 200 ruas e, com esse grande investimento atual, vamos superar facilmente esse volume. Também entregamos a duplicação da Sete de Setembro, dando uma prova de que o tempo das grandes obras voltou a Petrolina”, informou.

LEIA MAIS

Senador Fernando Bezerra vota favorável à MP do saneamento e comemora avanços que medida traz ao setor

(Foto: ASCOM)

Com o mandato de senador pautado a dar prioridade às questões da água e do saneamento, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) comemorou a aprovação, na noite desta quarta-feira (31), da Medida Provisória 844/2018, que altera o marco legal do saneamento básico no país. Com o voto favorável de FBC, a MP foi aprovada pela comissão mista do Congresso Nacional responsável pela análise da matéria e terá de passar pelos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado antes de perder a validade, no próximo dia 19.

De acordo com a medida provisória, a Agência Nacional de Águas (ANA) passa a regulamentar os serviços públicos de saneamento básico. A MP, relatada pelo senador Valdir Raupp (MDB-RO), também estabelece que a ANA fica responsável por atuar nas áreas de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e drenagem urbana.

“A gestão do saneamento nas mãos da Agência Nacional de Águas significa tratar a questão com a importância que ela merece, assim como ocorre em outras áreas, a exemplo da saúde”, destaca o senador.

LEIA MAIS

Em viagem a Brasília, Miguel Coelho solicita a ministro realocação de recursos para que a prefeitura assuma obras da bacia do Dom Avelar

Miguel reunido com ministro. (Foto: ASCOM)

Durante sua viagem Brasília, nesta semana, o prefeito de Petrolina Miguel Coelho esteve com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, para discutir a situação das obras de saneamento que deveriam estar em execução na bacia do Dom Avelar. O gestor municipal solicitou que os recursos em torno de R$ 38 milhões sejam transferidos para a Prefeitura de Petrolina realizar o trabalho que a Compesa decidiu não fazer.

Segundo Miguel, o financiamento federal está liberado desde o início deste ano, mas a companhia estadual optou por deixar o dinheiro parado por questões políticas. Diante da situação de inércia por parte da Compesa, o prefeito decidiu solicitar formalmente ao Ministério das Cidades para realocar os recursos para a prefeitura tocar as obras aguardadas por milhares de moradores que convivem com esgoto a céu aberto.

Miguel garante que existe amparo legal para reivindicar os investimentos e disse estar confiante no posicionamento do ministro Alexandre Baldy. “A gente percebe a inércia da Compesa em resolver o problema do Dom Avelar, do São Jorge, Antonio Cassimiro, Mandacaru dentre tantos outros bairros. Por isso, solicitei pessoalmente ao Governo Federal para que a Prefeitura possa contrair esse empréstimo e não precisemos mais depender da Compesa, e sim, fazer essa obra tão esperada pelos petrolinenses”, explicou o prefeito.

Comunitária chama atenção para esgoto no bairro Dom Avelar

Um esgoto que escorre da Rua da Ordem até a Avenida da Felicidade no bairro Dom Avelar provoca uma série de problemas aos moradores. Cansados de esperar uma solução, uma comunitária entrou em contato com o Blog e relatou a situação.

“Há exatos sete dias o coletivo do Dom Avelar não tem passado pelo trecho pois o esgoto que jorra a céu aberto impossibilita o tráfego. Ninguém toma nenhuma providência”, relatou.

Outro lado

Nossa equipe procurou a Prefeitura de Petrolina e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). A companhia informou que o saneamento é de competência municipal e enquanto não for solucionado o impasse entre município e Estado, os investimentos de R$ 38 milhões não poderão ser aplicados na cidade.

Segundo o município, responsabilidade de operar o saneamento em Petrolina é da Companhia. A Prefeitura disse ainda que a situação deverá ser solucionada quando o Estado executar as obras na bacia do bairro, apresentando o projeto da obra e investindo os recursos assegurados via empréstimo.

Casa Nova: prefeitura entrega calçamento e saneamento da ‘Rua da Lama’

(Foto: ASCOM)

“Rua da Lama: Quem te viu, que te vê!” Essa é a expressão no rosto sorridente de Teófilo José, morador da rua, ao contemplar os últimos 50 metros de calçamento sendo finalizados e conferir de perto o saneamento recém colocado: “Agora tem de mudar de nome, não é mais Rua da Lama!”.

“Não foi apenas um compromisso de campanha, foi também um compromisso com a saúde e o bem-estar dos moradores da Rua da Lama” – diz o prefeito Wilker Torres, quando indagado sobre a obra e a inauguração, sem comentar as promessas nunca cumpridas dos gestores anteriores – “Saneamos e calçamos. É um serviço duradouro que dá uma vida nova a esta rua da Vila Galvão”.

Garantindo que “o serviço não para por aqui”, agradecendo as manifestações de reconhecimento dos moradores, o prefeito fala das ruas que estão sendo calçadas nos distritos e localidades, como “Riacho do Sobrado, que nunca teve uma só rua calçada e agora entregamos 4.800 metros de calçamento; as ruas na Lagoa do Alegre, Ouricuri e Pau a Pique. Logo iniciaremos a construção de uma praça novinha para o Bem-Bom. Mudança se faz com trabalho”.

 

Moradores do Vale Dourado não serão mais cobrados por taxa de esgoto, afirma ARMUP

(Foto: Ascom/PMP)

O impasse gerado entre a Prefeitura de Petrolina e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) sobre a responsabilidade do Vale Dourado chegou a mais um capítulo. Hoje (12) a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município de Petrolina (ARMUP) revelou ter conseguido a isenção do pagamento da taxa de esgoto.

Durante quatro anos os moradores do local foram cobrados pela companhia, mas segundo Rubem Franca, diretor-presidente da ARMUP, não existe tratamento no esgoto da comunidade.

LEIA TAMBÉM:

Compesa volta a afirmar que não tem responsabilidade pelo esgotamento do Vale Dourado

Diretor-presidente da ARMUP afirma que documentação comprova responsabilidade da Compesa sobre Vale Dourado

“De fato, foram mais de 4 anos que os moradores do Vale Dourado vinham pagando estas taxas de esgoto e do outro lado a Compesa não fazia o serviço pelo qual vinha cobrando. Se a Compesa cobrava taxa de esgoto ela deveria coletar, bombear e tratar os resíduos e isso não era feito”, disse.

LEIA MAIS

SEINFRA afirma que saneamento do São Joaquim é competência da Compesa

(Foto: Arquivo Pessoal)

A Prefeitura de Petrolina se pronunciou através da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) a respeito do saneamento no bairro São Joaquim. Mais cedo o Blog Waldiney Passos publicou uma matéria do leitor Luís Henrique que voltou a cobrar ações das duas partes na região.

LEIA TAMBÉM:

Morador do São Joaquim volta a cobrar conclusão do saneamento, Compesa se manifesta

De acordo com a SEINFRA, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) é a responsável pela concessão do saneamento, abastecimento e tratamento de água na cidade. Dessa forma, a comunidade do São Joaquim deve acionar a companhia para ter os problemas mencionados resolvidos.

Confira a resposta da Prefeitura:

LEIA MAIS

Morador do São Joaquim volta a cobrar conclusão do saneamento, Compesa se manifesta

(Foto: Arquivo Pessoal)

Luís Henrique de Campos é morador do bairro São Joaquim, em Petrolina e entrou novamente em contato com o Blog Waldiney Passos para reivindicar da Prefeitura de Petrolina e da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) o saneamento da comunidade.

No último dia 20 de junho o Blog mostrou a situação. Nessa semana o leitor nos procurou e afirma que tudo continua como antes. Na ocasião, nossa equipe acionou as duas partes e através de nota, foi assegurada a manutenção na rede.

LEIA TAMBÉM:

Petrolina: Leitor reclama de falta de saneamento no bairro São Joaquim

Apesar disso, Luís Henrique afirma que ninguém apareceu no bairro. “A Compesa informou que quando as bocas de lobo estiverem estouradas informasse que eles iriam no local e fazia o desentupimento”, comenta.

LEIA MAIS

Obra de bacia da Compesa deve beneficiar 15 mil pessoas em Petrolina

Obra deve terminar até o final deste ano.

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) está dando andamento à Bacia 06, uma obra que compreende os bairros Jardim Amazonas, Pedro Raimundo e Vale do Grande Rio e que irá beneficiar mais de 15 mil pessoas.

A obra, prevista para ser entregue até o final deste ano, tem projetado 3.430 metros de redes de esgoto com nova tubulação adequada para atender a comunidade. “Investir em esgotamento sanitário é melhorar a qualidade de vida das pessoas, é reduzir custos com a saúde e contribuir para a preservação do meio ambiental”, reforça o gerente da companhia João Raphael.

O gestor da Compesa adianta ainda que o governador Paulo Câmara tem orientado o presidente da companhia, Roberto Tavares, a investir em ações que visem a melhoria do sistema operacional do sistema de esgoto, além da busca contínua por investimentos para ampliar os serviços de coleta e tratamento de esgoto de Petrolina.

Compesa se posiciona sobre reclamação da falta de saneamento no bairro São Joaquim

Esgoto toma conta de frente das casas do São Joaquim por falta de saneamento. (Foto: Leitor)

O leitor Luís Henrique de Campos, residente do bairro São Joaquim, em Petrolina (PE), entrou em contato com o blog Waldiney Passos para fazer uma reclamação sobre a falta de saneamento na comunidade, especificamente na rua do Mercúrio.

Segundo Luís, entre os anos de 2007 e 2008, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começou as obras de rede de esgoto nos bairros Dom Avelar, São Joaquim, Santa Luzia e São Jorge, mas só teriam sido instaladas as bocas de lobo e os canos. Com isso, moradores começaram a ligar seus esgotos com a rede instalada, mas como não existem bacias de tratamento, a rede enche e começa a estourar em diversos pontos.

Em nota, a Compesa informou que não atende ao bairro São Joaquim pois o mesmo ainda não foi saneado, mas a partir de uma parceria com a comunidade, por solicitação do líder comunitário do local, a Compesa coloca na previsão de atendimento e executa os serviços de reparos quando é possível. O blog ainda aguarda um posicionamento por parte da prefeitura.

Petrolina: Leitor reclama de falta de saneamento no bairro São Joaquim

Esgoto toma conta de frente das casas do São Joaquim por falta de saneamento. (Foto: Leitor)

O leitor Luís Henrique de Campos, residente do bairro São Joaquim, em Petrolina (PE), entrou em contato com nosso blog para fazer uma reclamação sobre a falta de saneamento na comunidade, especificamente na rua do Mercúrio.

Segundo Luís, entre os anos de 2007 e 2008, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começou as obras de rede de esgoto nos bairros Dom Avelar, São Joaquim, Santa Luzia e São Jorge.

No entanto, só teriam sido instaladas as bocas de lobo e os canos. Com isso, moradores começaram a ligar seus esgotos com a rede instalada, mas como não existem bacias de tratamento, a rede enche de esgoto e começar a estourar em diversos pontos.

“Toda vez que a gente entra em contato com a Compesa, eles dizem que a responsabilidade é da prefeitura. Quando ligamos para a prefeitura, dizem que vão mandas a Compesa resolver a situação. Entra ano e sai ano e já se passaram nove anos sem resolver nada”, disse Luís.

O blog Waldiney Passos entrou em contato com a prefeitura e com a Compesa para buscar respostas e aguarda retorno.

Paulo Câmara anuncia obras de saneamento para Pernambuco, Sertão será contemplado

(Foto: Ascom)

Depois de uma reunião com o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), o governador Paulo Câmara anunciou investimentos no saneamento do estado. Ao todo deverão ser investidos R$ 337 milhões em várias regiões de Pernambuco.

As obras serão financiadas com recurso do FGTS, através da Caixa Econômica Federal. A Compesa priorizará obras no Recife, Porto de Galinhas, Ipojuca, Triunfo e no Sertão do Pajeú. Salgueiro e Sertânia também estão na lista, mas para melhorias relacionadas ao abastecimento de água.

“Esses investimentos vão garantir ações importantes de abastecimento de água e esgotamento sanitário de nosso Plano de Governo, se juntando ao maior programa de obras que a Compesa já executou, para melhorar a qualidade de vida de milhares de pernambucanos“, disse Câmara.

Os projetos foram selecionados em 2017, totalizando 19. As obras serão executadas através de uma parceria do Governo do Estado e Federal, por intermédio do Ministério das Cidades. Confira a lista das cidades contempladas.

123