Ação de prevenção ao diabetes promoverá serviços gratuitos na Orla de Petrolina

(Foto: Ilustração)

Para lembrar o Dia Mundial do Diabetes, 14 de novembro, a Faculdade UNINASSAU Petrolina vai promover uma ação gratuita de prevenção e diagnóstico da doença. O evento acontecerá na próxima quinta-feira (14), das 8h às 11h, na Orla I da cidade.

Alunos e professores vão realizar testes de glicemia, aferição da pressão arterial e sensibilização em relação ao diabetes e à prática de exercício físico. “A ação visa, realmente, chamar atenção para um cenário preocupante e que precisa de cuidado. O diabetes é uma doença sem cura, mas controlável, então é preciso compromisso para se cuidar”, ressaltou a coordenadora dos cursos de Biomedicina e Farmácia da UNINASSAU, Victória Carvalho.

De acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas com diabetes no mundo aumentou de 108 milhões em 1980 para 422 milhões em 2014. Segundo o Ministério da Saúde, entre 2006 e 2016, os casos de diabetes cresceram 61,8% no Brasil.

Hospital de Olhos de Petrolina realiza 4° mutirão “de olho no diabetes” neste sábado

O Hospital de Olhos fica localizado na rua Dr. Júlio de Melo, por trás do Banco Itaú.

O Hospital de Olhos de Petrolina, em parceria com a Associação dos Diabéticos do São Francisco (ADISF), realiza neste sábado (09) o 4° mutirão “de olho no diabetes”. A iniciativa acontecerá durante a toda manhã, a partir das 8h.

Ao todo, serão atendidos, de forma gratuita, 400 pacientes diabéticos. O atendimento será realizado por ordem de chegada, sem inscrição prévia, através de distribuição de senhas. É necessário levar um 1kg de alimento não perecível para doação.

LEIA MAIS

Deputado Antonio Coelho propõe realocação de recursos para área da saúde

O deputado estadual Antonio Coelho (DEM) apresentou dez propostas emendas realocando recursos estaduais e destinando para a área de saúde. No total, o parlamentar solicita que R$ 22 milhões da proposta orçamentária de 2020 sejam acrescidos para a cota de hospitais públicos e compra de medicamentos. Na proposta do governo, a verba seria destinada à divulgação governamental, área que teria um acréscimo de 33% em relação ao exercício de 2019.

A iniciativa de Antonio Coelho visa beneficiar os principais hospitais da rede estadual, visitados pela bancada de oposição ao longo do ano: Hospital da Restauração (R$ 5 milhões), Hospital Getúlio Vargas (R$ 4 milhões), Hospital Otávio de Freitas (R$ 4 milhões) e Hospital Agamenon Magalhães (R$ 4 milhões). Também seriam destinados R$ 5 milhões para a compra de medicamentos para a Farmácia do Estado.

“O cenário que encontramos nas visitas que fizemos a esses hospitais não mudaram, então a maneira que temos para colaborar é solicitando a realocação de recursos. É a nossa forma de ajudar o governo a priorizar o cidadão. Esses recursos estavam destinados para a área de comunicação, sendo que este ano o governo investiu R$ 60 milhões, e para 2020 a previsão era aumentar para R$ 91 milhões, subindo 33% enquanto a receita prevista cresce apenas 4,63%. A publicidade, ainda mais em ano eleitoral, não pode ser mais importante do que melhorias para o tratamento de saúde”, afirmou o parlamentar.

Grupo de atenção à pessoa com lúpus realiza oficina gratuita nesta quinta-feira em Juazeiro

O Grupo de Atenção à Pessoa com Lúpus realiza nesta quinta-feira (31), uma oficina gratuita sobre alongamento e qualidade de vida, com as fisioterapeutas Luanna Mattos e Adryely Carvalho.

O evento é aberto ao público em geral, e ocorrerá às 18h, na Loja Maçônica Harmonia e Amor, localizada na Rua Góes Calmon, nº 1, Centro de Juazeiro (BA).

De acordo com a organização do evento, a oficina tem como objetivo, promover a qualidade de vida da pessoa com lúpus, que é uma doença crônica, de origem auto imune, não contagiosa, e prevalentemente feminina.

Tipo 1 de poliomielite ainda é ameaça com cobertura vacinal baixa

(Foto: Divulgação)

Prevenível por meio da vacinação, a poliomielite é uma doença causada pela infecção de diferentes poliovírus, que podem atingir o sistema nervoso central e a medula espinhal, provocando a paralisia, sendo mais comum a dos membros inferiores. Conhecida popularmente como “paralisia infantil”, é considerada  eliminada no Brasil desde 1989, quando o último caso foi registrado na cidade de Souza, na Paraíba. De lá para cá, pouco se ouviu a respeito da enfermidade, que fez 26 mil casos no País entre 1968 e 1989.

No entanto, esse quadro pode mudar se a cobertura vacinal continuar diminuindo. Por isso, é necessário educar e conscientizar as pessoas a respeito da importância da prevenção e, principalmente, pais, mães e avós, para levarem seus filhos e netos tomar a vacina, que é distribuída gratuitamente na rede pública.

Uma comissão independente de especialistas concluiu que o poliovírus selvagem tipo 3 (WPV3) foi erradicado em todo o mundo. Após a erradicação da varíola e do poliovírus selvagem tipo 2, essa notícia representa uma conquista histórica para a humanidade, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS). O tipo 3 não é detectado em nenhum lugar do mundo desde 2012, assim como o poliovírus 2, que foi considerado totalmente erradicado em 1999. Mas a luta para erradicar o tipo 1 continua.

LEIA MAIS

Jornada de Radiologia e Congresso de Saúde reuniram especialistas em Petrolina

(Foto: Divulgação)

Evento multidisciplinar que reuniu especialistas nas áreas de medicina, enfermagem, odontologia clínica e cirúrgica, neurologia, radiologia e intervenção vascular e guiada por imagem. Este foi o perfil da IV edição da Jornada de Radiologia e I Congresso de Saúde do Vale do São Francisco, realizados no último sábado (26), no Nobile Suítes del Rio, em Petrolina (PE).

Os encontros, promovidos pelo Instituto AMMO com apoio da Sociedade de Radiologia de Pernambuco e o Sicredi Vale do São Francisco, reuniram um público de mais de 400 participantes que puderam atualizar conhecimentos com 80 profissionais, entre palestrantes e moderadores, vindos de várias partes do País.

LEIA MAIS

Outubro rosa: Associação Brasileira de Nutrologia esclarece mitos e verdades sobre alimentação e câncer de mama

(Foto: Ilustração)

A disseminação de informações falsas pelas redes sociais, conhecidas pelo termo em inglês fake news, está diretamente ligada ao alarmismo e à falta de credibilidade no jornalismo. Muitas vezes, a oferta de conteúdo sobre saúde e os canais são tantos que a população fica à mercê de boatos e desinformação.

Os dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) demonstram que o câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, correspondendo a 25% e 29% dos casos novos a cada ano respectivamente.

O câncer de mama não tem uma causa única. Diversos fatores estão relacionados ao aumento do risco de desenvolver a doença. Pensando nisso e na importância da prevenção, a Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) esclarece as dúvidas mais frequentes que chegam aos consultórios dos médicos nutrólogos associados. Quem responde as indagações é o presidente da ABRAN, Dr. Durval Ribas Filho, esclarecendo as questões com evidências científicas. O especialista também reitera que, em ciência, é necessário avaliar com precisão os estudos, as metodologias empregadas para não incorrer em análises superficiais.

LEIA MAIS

Voluntários apresentam sintomas após contato com óleo no litoral de Pernambuco  

(Foto: Reprodução/Twitter)

A saúde das pessoas que se dispuseram a limpar as praias afetadas pelo óleo em Pernambuco foi afetada. Em São José da Coroa Grande, no Litoral Sul do Estado, 19 pessoas procuraram o hospital do município para relatar os sintomas.

Foram relatados sintomas como dor de cabeça e diarreia constante ardência e vermelhidão na pele. Além dos voluntários, o contato com o petróleo cru afetou também funcionários municipais. O coordenador da Defesa Civil de São José da Coroa Grande afirmou que cada organismo reage ao óleo de forma diferente. “No meu caso, eu tive cólica intestinal, mal estar e ânsia de vômito”, contou.

LEIA MAIS

Pacientes de Juazeiro que possuem indicação de catarata devem comparecer à Feira Cidadã para realização de exames

(Foto: Ilustração)

Os pacientes de Juazeiro (BA) que possuem indicação de catarata, devem comparecer, entre os dias 31/10 e 02/11, à Feira Cidadã, para realização de exames. A convocação é da Secretaria da Saúde de Juazeiro (SESAU).

A Feira é um realização da Associação Voluntárias da Bahia, em parceria com o Governo do Estado e Prefeitura Municipal de Juazeiro. O evento acontecerá na Orla Nova da cidade, a partir das 8h.

Os pacientes convocados deverão comparecer portando RG, CPF, Cartão do SUS Bahia e comprovante de endereço desta cidade. Após triagem, caso necessário, os pacientes serão encaminhados aos procedimentos cirúrgicos disponíveis.

UPAE e Hospital Dom Malan seguem desenvolvendo ações do Outubro Rosa em Petrolina

(Foto: Divulgação)

As atividades do Outubro Rosa continuam na Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada e no Hospital Dom Malan, ambos geridos pelo IMIP em Petrolina. A campanha, que começou no início do mês, conta com o engajamento dos dois serviços todos os anos, e costuma envolver pacientes, acompanhantes, funcionários e colaboradores.

Na UPAE, por exemplo, já foram feitas palestras, distribuição de laços e folders, e rodas de conversa e visando a conscientização. Nesta quarta-feira (23) mesmo, o serviço social preparou um momento para o pessoal do ambulatório. Antes disso, a equipe já havia passado pela fisioterapia e salas de emergência.

O Núcleo de Educação Permanente (NEP) e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) também participam das ações. “A gente tenta envolver a todos e trabalhar os temas ligados à saúde de forma leve e até lúdica. Acho que tem dado certo e a UPAE tem atuado bem na prevenção”, defende a assistente social, Cynthia Sousa.

No Dom Malan as ações têm sido diversificadas, inclusive com momentos de autocuidado para as mulheres. De acordo com a supervisora do Serviço Social, Kátia Silene, a intenção é sensibilizar. “A mulher precisa entender que necessita se cuidar e se amar, e isso passa primeiro pela saúde“, reflete.

Vale ressaltar que no Dom Malan as mulheres têm acesso a consultas e exames. Por mês, são disponibilizadas, em média, 200 mamografias, 70 ultrassons de mama e consultas com o mastologista. A porta de entrada do paciente na rede de assistência à saúde é a atenção básica. Então, ao primeiro sinal de problema procure o posto de saúde para os encaminhamentos necessários.

Ação da prefeitura voltada para o Outubro Rosa levará serviços de saúde para o bairro Cacheado

(Foto: Ascom)

O mês de outubro é marcado por diversas ações nas Unidades Saúde da Família (USF), em Petrolina. Neste sábado (19) é a vez da comunidade do Cacheado ser beneficiada com diversos serviços voltados, principalmente, para as mulheres do bairro. O objetivo da prefeitura é promover a sensibilização sobre a prevenção do câncer de mama, além da importância de cuidados com a saúde física, mental e autoestima.

Durante toda a manhã, serão ofertados exames de preventivos; orientações para autoexame da mama; solicitação de mamografia; aferição da pressão arterial e HGT; consulta saúde da mulher; palestras educativas, além da atualização da caderneta de vacinação. Para receber o atendimento é importante levar um documento de identificação, cartão SUS e, para as crianças, a caderneta de vacinação. O evento acontecerá das 8h às 12h.

De acordo com a coordenadora da área, Julianne Padilha, será um momento muito importante de cuidado da mulher. “Muitas dessas mulheres que moram na comunidade trabalham durante a semana e não têm tempo de vir até a unidade de saúde, então essa oferta de serviços em forma de mutirão foi a forma que encontramos para atender esse público”, destacou.

Feira Cidadã vai oferecer serviços de saúde e cidadania à população de Juazeiro

(Foto: Ilustração)

Entre os dias 31 de outubro e 5 de novembro o município de Juazeiro será contemplado com a Feira Cidadã, que acontecerá na Orla 2, das 8h às 17h. O evento realizado pela Secretaria de Saúde do Estado (SESAB), em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) e Prefeitura de Juazeiro, começou no início do ano e já realizou cerca de 200 mil atendimentos em 2019, em todas as regiões do Estado. De acordo com a secretária da saúde de Juazeiro, Fabíola Ribeiro, a Feira foi idealizada pela primeira-dama da Bahia e presidente da VSBA, Aline Peixoto, e tem a meta de atender quinze mil pessoas nesta edição.

Nos três primeiros dias, os pacientes passarão por uma triagem. Na área de procedimentos médicos, serão ofertadas consultas com especialistas (clínico geral, ginecologista e cardiologista), além de exames de mamografia para mulheres entre 50 e 69 anos, ultrassonografia – mama, abdômen total, tireoide, vias urinárias, próstata via abdominal e partes moles, que só será realizada com a apresentação da guia médica, com no máximo de um ano a contar da data emitida –, exames preventivos para mulheres entre 14 e 69 anos, como preconiza o Ministério da Saúde; realização de eletrocardiogramas e raios-X do tórax. A população terá a possibilidade ainda de aferir a pressão arterial, atualizar o cartão de vacina (tétano, febre amarela e hepatite), fazer a medição do índice glicêmico e obter orientação nutricional.

Nos seis dias serão disponibilizados também 1.200 atendimentos oftalmológicos para crianças e adultos, com distribuição de armações de óculos para os 250 primeiros pacientes que tiverem necessidades corretivas. Também serão feitos exames e rastreamento para cirurgias de catarata, em crianças a partir dos seis anos e agendamento de cirurgia de catarata para quem tiver indicação cirúrgica para pacientes acima de 60 anos. Os serviços odontológicos também serão realizados durante os seis dias. Além da entrega de 200 próteses dentárias, os pacientes terão acesso a todos os outros procedimentos, exceto clareamento.

LEIA MAIS

Baixa umidade do ar: prefeitura de Petrolina emite alerta sobre cuidados com a saúde

(Foto: Jonas Santos)

Devido à baixa umidade relativa do ar e às altas temperaturas registradas nos últimos dias, Petrolina está em ‘Estado de Atenção’, segundo a prefeitura municipal. Os efeitos negativos à saúde vão desde a ardência e ressecamento dos olhos, boca e nariz, por exemplo, até o agravamento de doenças respiratórias preexistentes.

Para evitar ou minimizar a ocorrência de agravos à saúde em razão do tempo seco, a Secretaria de Saúde de Petrolina dá dicas importantes. De acordo com o diretor médico, Diego Dourado, crianças, idosos e pessoas que já possuem histórico de problema respiratório são os grupos mais vulneráveis às doenças neste período e precisam redobrar os cuidados.

LEIA MAIS

Senac Petrolina abre inscrições para curso técnico em Enfermagem

(Foto: Internet)

Para aqueles que procuram qualificação profissional e desenvolvimento de competências para atuar na área técnica de Enfermagem, conhecida por sua empregabilidade, o Senac Petrolina abriu inscrições para uma nova turma do curso técnico em Enfermagem. A formação tem início previsto para o dia 15 deste mês, e terá duração aproximada de dois anos. As aulas serão ministradas de segunda a sexta, das 18h às 22h, na unidade do Senac, no bairro Maria Auxiliadora.

O curso é presencial, com carga-horária de 1.800 horas. Durante os encontros, os alunos terão acesso ao aporte teórico da formação e, também, a aulas realizadas em laboratório que simulam o ambiente hospitalar, com o objetivo de prepará-los para a vivência do mercado de trabalho. O investimento pode ser dividido em até 25 parcelas de R$ 320, no boleto. No valor, já estão inclusos os custos com material didático e estágio.

As inscrições podem ser realizadas, presencialmente, no Senac. Os interessados devem estar cursando, no mínimo, o 2º ano do Ensino Médio. No ato da matrícula, são solicitados cópias do RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento e comprovante de residência; comprovante de escolaridade original e foto 3×4. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (87) 39837602/7603/7604.

Anvisa emite alerta sobre uso de ondansetrona por grávidas

(Foto: Internet)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta para que profissionais prescritores tenham cautela ao indicar ondansetrona, medicamento indicado na prevenção e no tratamento de náuseas e vômitos em geral, a mulheres no primeiro trimestre de gravidez. A agência investiga se o medicamento causa malformação do bebê. Após a conclusão dos estudos, há a possibilidade de contraindicar o uso desse medicamento por mulheres grávidas.

O alerta da Anvisa cita um estudo que comparou 88.467 mulheres expostas à ondansetrona durante o primeiro trimestre de gravidez com 1.727.947 mulheres não expostas à substância. O resultado foi de três casos adicionais, 14 contra 11, de defeitos de fechamento orofacial identificados para cada 10 mil nascimentos de descendentes de mulheres expostas, principalmente relacionados à ocorrência de casos de fissura palatina.

LEIA MAIS
123