Leitora reclama de atendimento na UBS do Dom Avelar; Prefeitura esclarece situação

(Foto: ASCOM)

Chegou à Redação do Blog uma demanda do bairro Dom Avelar, em Petrolina. A queixa é quanto ao atendimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) Leonor Elisa. A esposa de um paciente afirmou à nossa produção que desde maio seu marido tenta agendar atendimento com a fisioterapeuta da unidade, sem sucesso.

“Ele fez uma cirurgia no ombro, colocou platina, passou por duas revisões no Hospital Universitário e ainda não conseguiu vaga para fisioterapia no postinho. São 40 sessões que ele precisa fazer e ainda não conseguimos marcar”, contou a leitora.

Problemas no atendimento

Ainda segundo a acompanhante do paciente, em maio a servidora responsável pelas marcações estava de licença. Em junho ela retornou e novamente se afastou para gozar férias. “Meu marido está precisando trabalhar, está parado e acho uma falta de respeito o que está acontecendo”, continuou.

Outro lado

Nossa produção entrou em contato com a Prefeitura de Petrolina. A secretaria de Saúde nos informou que a servidora mencionada na matéria “já foi substituída e o agendamento segue normalmente” na UBS do Dom Avelar. Quanto à situação do paciente, a pasta disse estar “verificando a situação e pedimos que ele compareça a unidade para mais informações”.

Salgueiro: caso suspeito de H1N1 deu resultado negativo, afirma secretaria de Saúde

(Foto: Miva Filho/SES/Divulgação)

A secretaria Municipal de Saúde de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, emitiu uma nota na terça-feira (18) sobre o caso suspeito de H1N1 registrado na cidade. Segundo a pasta, o resultado do exame laboratorial feito no Recife deu negativo.

“O caso suspeito de H1N1 constatado no mês de maio do corrente ano, teve como negativo o resultado laboratorial para H1N1. Deste modo, informamos ainda que, o município não contabiliza nenhum caso referente a doença“, informa a nota.

A Prefeitura, no entanto, não informou se o paciente havia viajado para outro município ou se adoeceu em Salgueiro. Em Petrolina também há casos sendo investigados, sob suspeita de H1N1, um deles que resultou em um óbito.

Cãominhada termina com 350 animais vacinados em Juazeiro

(Foto: Ascom)

A Prefeitura de Juazeiro participou da 2ª Cãominhada, evento realizado pela TV São Francisco em Juazeiro, no sábado (28). Através da Secretaria Municipal de Saúde, 350 animais foram imunizados contra a raiva, no estande montado pela pasta na Orla da cidade.

Os donos dos cães que participaram do evento aproveitaram o momento de reunião para garantir a saúde dos pets. “Ainda não tinha levado meu animalzinho para vacinar, aproveitei que estavam aqui e já vacinamos”, explicou Camila Duarte, estudante.

Em Juazeiro a campanha de vacinação antirrábica teve início no começo de julho e a meta é imunizar 40 mil animais, entre cães e gatos.

Quem não pôde participar da Cãominhada pode vacinar seu animal no Núcleo de Combate às Endemias, localizada na Rua Visconde do Rio Branco, nº 06 no Centro de Juazeiro.

A vacinação nos bairros da cidade está acontecendo nas associações de moradores onde uma equipe está apta a realizar a vacinação. Na zona rural, a vacinação acontece em domicílio. O horário de vacinação é de segunda à sexta, das 08h às 12h e das 14h às 17h.

Projeto leva atendimento bucal gratuito a estudantes do Cacheado

Estudantes da escola municipal do bairro Cacheado, em Petrolina estão participando de um projeto da Secretaria de Saúde. ‘Sorrisinho’ atua na prevenção e eliminação da cárie dentária nas crianças da comunidade.

A ação realizada no Cacheado é um projeto piloto e a Secretaria de Saúde já estuda ampliar o atendimento. Os alunos recebem os serviços gratuitamente e também são contemplados com a higienização e aplicação de flúor, como explica a profissional responsável pelo projeto, Tamires Coelho.

“Nós realizamos uma técnica conhecida como restauração traumática que é recomendada pela Organização Mundial de saúde para tratamento da cárie em locais onde não tem consultório odontológico. Existem diversos estudos que comprovam os benefícios aos pacientes”, frisou.

Mais de 50% da população está ausente nos atendimentos psicológicos de Petrolina

(Foto: ASCOM/PMP)

Uma iniciativa desenvolvida pela Secretaria de Saúde de Petrolina desde o ano passado é a realização de mutirões de atendimento psicológicos diretamente nas comunidades. Mesmo com a iniciativa, a população tem aderido pouco às consultas.

Segundo o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), mais de 50% dos pacientes agendados não comparecem aos atendimentos, o que acaba prejudicando o mutirão. “É importante conscientizar a população sobre a necessidade de ir para o procedimento, ou ceder a vaga para outra pessoa. Exemplo disso, foi o mutirão realizado na última quarta-feira (14), no KM 25, com 83 agendamentos e apenas 43 compareceram”, comenta a coordenadora do NASF, Iara Catarine.

O próximo mutirão será realizado no dia 14 de abril, em Izacolândia e estão previstos 64 atendimentos. E a coordenadora pede que a população compareça. “Reforçamos o pedido para que a comunidade não falte”, destaca.