Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Estrutura da entrada de CMEI no N7 preocupa mãe de aluna, SEDU afirma que engenheiro fará vistoria amanhã (7)

(Foto: Arquivo Pessoal)

O Blog recebeu uma denúncia sobre a entrada do CMEI Joaquim Sebastião de Souza, no Projeto Senador Nilo Coelho – Núcleo 07, zona rural de Petrolina.

A mãe de uma estudante enviou fotos sobre a situação da parede onde se localiza o portão da unidade. É possível identificar problemas na estrutura e muitos pais têm ficado receosos, com medo de a parede cair.

Em resposta ao nosso questionamento, a Secretaria de Educação (SEDU) de Petrolina informou que nesta terça-feira (7) um engenheiro será enviado à unidade, para averiguar a situação e executar os danos.

Betão, motorista da SEDU de Petrolina morreu nessa segunda-feira (6)

Humberto José Lopes, mais conhecido como Betão morreu no começo da manhã dessa segunda-feira (6), em Petrolina. Ele era servidor público municipal e estava internado há 15 dias.

Funcionário de carreira do município, Betão era motorista prestador de serviços na Secretaria de Educação (SEDU). Ele tinha diabetes há alguns anos e isso agravou seu quadro.

A informação foi confirmada durante o programa Super Manhã com Waldiney Passos, de hoje. Estamos apurando as informações sobre o velório e sepultamento de Betão.

Moradores da região da Agrovila Massangano, em Petrolina, reclamam da falta de professores nas escolas do município

(Foto: Whatsapp)

Uma leitora do blog que preferiu não se identificar, entrou em contato com nossa redação para pedir uma providência em relação a falta de professores nas escolas das comunidades de Caatinguinha, Agrovila Massangano, Roçado, Ilha do Massangano e Tapera.

Segundo ela, algumas turmas ainda não iniciaram o ano letivo devido à falta de professores. A filha da leitora estuda no 3º ano do ensino fundamental e a mesma volta para casa mais cedo todos os dias porque ainda não tem professor para todas as disciplinas.

Nesta segunda-feira (19), por exemplo, a leitora informou que em uma das escolas, não houve nenhuma aula para o ensino fundamental um e os alunos foram liberados.

Em nota, A Secretaria de Educação de Petrolina (Sedu) disse estar ciente da situação pontual de falta de professores nas escolas do Setor Massangano. A Sedu espera ter normalizado essa situação até o final da semana com a localização dos professores convocados. A gestão escolar de cada unidade vai organizar o calendário para garantir a reposição das aulas.

Motoristas do transporte escolar em Petrolina recebem formação do município

(Foto: Ascom)

Mais de 150 motoristas em Petrolina participaram de um treinamento no auditório da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), sobre o trânsito seguro, antes do início do ano letivo de 2018.

A ação é uma iniciativa da secretaria Municipal de Educação (SEDU) foi realizada na quarta-feira (7) e propôs a discussão da aplicação de boas práticas no trânsito.

De acordo com o município, existem hoje em Petrolina 150 ônibus atuando em 180 rotas, contemplando estudantes da zona urbana e rural. Os profissionais receberam orientações de agentes da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) e da secretaria de Saúde. O ano letivo na rede municipal começa no dia 26 de fevereiro, com previsão de encerramento em dezembro, no dia 19.

Vereadores se reúnem com membros da Facape para tratar sobre Processo Seletivo da SEDU

(Foto: Internet)

Nesta segunda-feira (22) um grupo de vereadores da Câmara de Petrolina se reuniu com os diretores da Facape para esclarecimentos sobre a anulação do Processo Seletivo para Contratação de Profissionais da Secretaria de Educação do município. Entre os edis estava o membro da Comissão de Educação Gaturiano Cigano, além dos vereadores Aero Cruz, Junior Gás, Ronaldo Silva e Ruy Wanderley.

O presidente da Facape, Antonio Habib, acompanhado dos diretores José Alberto, Chirley Cordeiro e Vânia Lasalvia e do presidente da Comissão organizadora do Processo, Rinaldo Remígio, prestaram esclarecimentos acerca de todas as etapas que envolveram a realização do seletivo, desde as reuniões deliberativas com a Secretaria de Educação até a finalização do certame.

A direção da Facape reiterou toda a lisura e idoneidade do Processo e justificou aos vereadores que os erros que acarretaram na anulação do certame decorreram de uma falha de comunicação entre a comissão organizadora do Processo Simplificado de Seleção e a empresa responsável pela elaboração das questões da prova. O presidente, Antonio Habib, destacou a isenção do prefeito Miguel Coelho e de qualquer membro da gestão municipal na condução do Processo e nos equívocos identificados na aplicação das provas.

Para a nova data de realização do Processo, 28 de janeiro (domingo), a Facape convidou os vereadores para inspecionar a aplicação das provas, que acontecerão nos turnos manhã e tarde, nos prédio da Facape e UPE.