Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Univasf divulga 1ª Convocação da Lista de Espera do Sisu 2019

(Foto: Arquivo)

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) divulgou hoje (11) a 1ª Convocação da Lista de Espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019 para os cursos de graduação presenciais. São 620 vagas  remanescentes nos 30 cursos ofertados nos sete campi da instituição, com entradas nos dois semestres letivos do ano. Todos os convocados precisam realizar a Confirmação da Permanência na Lista de Espera (CPLE) da Univasf, por meio de um formulário online, que deve ser preenchido até as 23h59 do dia 19 de fevereiro.

O formulário para Confirmação da Permanência na Lista de Espera (CPLE) da Univasf estará disponível para preenchimento no Sistema de Avaliação Socioeconômica (Sase) durante o período determinado na Portaria Nº 2/2019. Consulte Nota Oficial com orientações sobre este procedimento. A instituição está chamando nesta 1ª Convocação um número dez vezes maior que a quantidade de vagas remanescentes de cada curso, por modalidade de concorrência.

Todos os candidatos que integram esta primeira convocação deverão preencher o formulário da CPLE para confirmar a permanência na lista de espera. Após preencher o questionário, os candidatos devem clicar em ‘Finalizar’, e imprimir o protocolo, conforme determina a portaria de convocação. Esta confirmação é obrigatória para que o candidato continue concorrendo às vagas remanescentes. Aqueles que não o fizerem no prazo estipulado na Portaria Nº 2/2019 estarão automaticamente excluídos do Processo Seletivo 2019 para os cursos da Univasf.

Vagas Reservadas 

Os candidatos que concorreram às vagas reservadas para pessoas com renda per capita de até 1,5 salário mínimo (Grupos L1, L2, L9 e L10), além de preencher o questionário como todos os outros convocados, devem obrigatoriamente comprovar a renda, postando no Sase os documentos exigidos no Edital N° 1/2019 do Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos de Graduação (PS-ICG) 2019. E os candidatos classificados para as vagas reservadas às pessoas com deficiência também devem postar os documentos comprobatórios da deficiência pelo Sase e ficar atentos à convocação para perícia médica, a ser divulgada posteriormente. Em todos estes casos, o prazo para preencher o questionário e enviar os documentos é até as 23h59 do dia 19 de fevereiro.

LEIA MAIS

Sisu: convocação da lista de espera começa hoje

A partir dessa quinta-feira (7) as instituições de ensino superior estão convocando os alunos da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os estudantes deverão acompanhar as convocações nas universidades onde solicitaram uma vaga e apresentar a documentação exigida para matrícula no curso.

Nesse ano a lista de espera sofreu uma mudança. O estudante aprovado na primeira chamada ficou automaticamente de fora da lista de espera, o que era permitido até o Sisu de 2018.

Nesta edição 235.461 vagas em 129 instituições públicas foram ofertadas. Pode participar do Sisu quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2018 e obtive nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, mais de 1,8 milhão de candidatos se inscreveram. Com informações da Agência Brasil.

Candidatos têm até hoje para participar da lista de espera do Sisu

(Foto: Internet)

Hoje (5) é o último dia para participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O prazo vale para os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso.

A adesão deve ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro. Os candidatos deverão acompanhar as convocações.

Para integrar a lista, os candidatos devem acessar o sistema e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu. Ao finalizar a manifestação o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

LEIA MAIS

Sisu: termina hoje prazo de matrícula em instituições de ensino

O resultado do Sisu está disponível desde o dia 28, na página do programa. O período de matrícula começou no último dia 30. (Foto: Internet)

Esta segunda-feira (04) é o último dia para que os estudantes selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) façam matrícula nas instituições de ensino. Os estudantes devem verificar os horários e locais de atendimento definidos pelas instituição em edital próprio.

Quem tiver o interesse e preencher os requisitos pode pleitear assistência estudantil para cobrir custos como transporte e moradia. Segundo o Ministério da Educação (MEC), os programas de assistência estudantil são implementados diretamente pelas instituições, por isso, os candidatos devem buscar informações na própria instituição de ensino.

Lista de espera

Os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso podem integrar, até amanhã (5), a lista de espera do programa. A adesão pode ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

LEIA MAIS

Univasf: matrícula de aprovados no Sisu começa hoje

(Foto: Internet)

Os estudantes que foram aprovados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019 para ingressar na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) devem fazer a matrícula nos respectivos cursos dessa quinta-feira (31) até a próxima segunda-feira (4).

Antes de se dirigir ao campus selecionado, cabe ao aluno verificar a documentação completa exigida no edital de convocação. Nesse ano a Univasf disponibilizou 1.610 vagas para 30 cursos de graduação em Petrolina e Salgueiro (PE), Juazeiro, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso (BA) e São Raimundo Nonato (PI).

As matrículas são feitas presencialmente das 8h às 11h e das 14h às 17h, no campus onde é ofertado o curso selecionado pelo candidato. Os alunos convocados para os cursos ofertados em Petrolina e Juazeiro devem se dirigir ao campus central de Petrolina.

Todos os candidatos devem preencher o questionário no Sistema de Avaliação Socioeconômica (Sase), até as 16h do dia 4 de fevereiro. Após preencher o questionário, os candidatos devem clicar em ‘Finalizar’ e imprimir o protocolo, que será enviado para o e-mail do candidato, para ser entregue na matrícula, juntamente com a documentação exigida no Edital N° 1 do PS-ICG 2019.

Começa o prazo para participar da lista de espera do Sisu

(Foto: Internet)

Os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem, a partir de hoje (29), integrar a lista de espera do programa. O prazo para que isso seja feito vai até o dia 5 de fevereiro.

A adesão pode ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

A partir desta edição do Sisu, os estudantes que foram selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

LEIA MAIS

Resultado do Sisu já está disponível na internet

Desde às 12h, horário local, o Ministério da Educação (MEC) disponibilizou o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Os candidatos poderão consultar na internet se foram aprovados ou não. Nesse ano foram disponibilizadas 235.461 vagas em 129 instituições públicas do país.

A matrícula dos aprovados nas respectivas universidades começa na quarta-feira (30) e termina na próxima quarta-feira (4).

Quem não entrou de primeira pode se inscrever na lista de espera, a partir de amanhã (29), até terça-feira (5). Caso sejam remanejados, serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

MEC divulga hoje os resultados do Sisu

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. (Foto: Internet)

O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta segunda-feira (28) o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pela internet e pelo aplicativo do Sisu. Os estudantes que não foram selecionados podem participar da lista de espera a partir de amanhã (29).

Aqueles que foram selecionados devem fazer a matrícula nas instituições de ensino no período de 30 de janeiro a 4 de fevereiro. Os estudantes devem ficar atentos aos dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.

Quem não foi selecionado pode ainda participar da lista de espera. A adesão pode ser feita na página do Sisu, a partir desta quarta-feira, até o dia 5 de fevereiro. Esses alunos serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

LEIA MAIS

MEC prorroga inscrições do Sisu para dia 27

(Foto: Reprodução)

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) até as 23h59, no horário de Brasília, de domingo (27). As inscrições se encerrariam amanhã (25). O resultado da seleção está mantido para segunda-feira (28), conforme calendário divulgado anteriormente.

Desde o primeiro dia de inscrição, estudantes relatam dificuldade de acessar o site e problemas na hora de fazer a inscrição. “O sistema está funcionando de forma estável nesta quinta-feira (24) e a lentidão eventualmente registrada resulta do volume massivo de acessos simultâneos. O MEC continua realizando todos os procedimentos técnicos para que o sistema continue estável”, diz a pasta em nota. 

LEIA MAIS

Notas de corte do Sisu serão divulgadas em quatro horários

Se o estudante estiver com dificuldade em acessar, a recomendação é que atualize a página de inscrição antes de preencher os dados.

O Ministério da Educação informou em nota divulgada na noite dessa quarta-feira (22) que foram adotadas todas as medidas para resolver a lentidão no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O ministério comunicou ainda que as notas de corte de cada curso serão divulgadas em quatro horários.

Nesta tarde, o ministério divulgou as notas de corte de cada curso. No comunicado desta noite, pasta informou que está sendo testada nesta edição a divulgação da nota de corte para todos os cursos em quatro horários: 7h, 12h, 17h30 e 20h. Nas edições passadas, a divulgação ocorria à meia-noite do segundo dia de inscrição.

“A divulgação em quatro horários se repetirá até sexta-feira, dia 25. A divulgação da nota de corte à meia-noite será mantida até quinta-feira, dia 24”, diz a nota.

As inscrições no Sisu começaram hoje e podem ser feitas até sexta-feira, na página do Sisu. Durante o dia, estudantes reclamaram nas redes sociais da dificuldade em acessar o sistema. Segundo o MEC, a instabilidade foi causada por um grande “volume de acessos espontâneos na rede do MEC. O sistema, que nas edições anteriores, recebia de 25 a 30 mil acessos simultâneos, registrou hoje picos de até 350 mil acessos simultâneos”.

Univasf disponibiliza 1.610 vagas pelo Sisu

(Foto: Arquivo)

Estudantes que buscam ingressar nos cursos de graduação da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) podem concorrer a uma das 1.610 vagas pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu), em 30 cursos divididos nos campi Petrolina, Juazeiro, Salgueiro, Senhor do Bonfim, São Raimundo Nota e Salgueiro.

Para se candidatar a uma destas vagas pelo Sisu é necessário ter feito o Enem 2018 e não ter tirado nota zero na prova de Redação do exame. Segundo a Univasf, todas as vagas de 2019 – primeira e segunda chamada – serão preenchidas nesse momento.

A distribuição das vagas na Univasf segue a Lei de Cotas (Lei Nº 12.711/12), que determina a reserva de, no mínimo, 50% a candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. O restante é preenchido via Ampla Concorrência.

Confira a seguir as Modalidades de Concorrência:

LEIA MAIS

Sisu divulga notas de corte de cada curso

Ao todo, serão ofertadas 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país.

Os estudantes que acessaram a página do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na tarde dessa terça-feira (22) já puderam ver as notas de corte de cada curso. A informação geralmente é divulgada somente no segundo dia de inscrição, após meia-noite.

As notas de corte podem ser acessadas na parte pública do site, basta fazer uma busca pelo curso desejado. Estão disponíveis as notas para cada uma das modalidades de inscrição, ampla concorrência e ações afirmativas.

As inscrições começaram ontem (22) e podem ser feitas até sexta-feira (25), na página do Sisu. Ao todo, serão ofertadas 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação.

LEIA MAIS

Sisu abre inscrições para mais de 235 mil vagas

Uma vez por dia, o sistema do Sisu divulga as notas de corte de cada um dos cursos disponíveis.

Começam nesta terça-feira (22) as inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que vão até sexta-feira (25) na internet. Ao todo, serão ofertadas 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. O resultado será divulgado no dia 28 de janeiro. A matrícula dos selecionados deve ser feita de 30 de janeiro a 4 de fevereiro.

Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Os candidatos poderão se inscrever no processo seletivo em até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as suas opções em instituição de educação superior participante, com local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência.

Do dia 28 de janeiro ao dia 4 de fevereiro, os estudantes que não foram selecionados na chamada regular, em nenhuma das opções, podem manifestar o interesse em participar da lista de espera. Esses alunos serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

A principal novidade deste ano é que os estudantes que forem selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda opção podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Sisu abre inscrições nesta terça

As inscrições para o Sisu podem ser feitas de terça a sexta-feira (25). (Foto: Internet)

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre inscrições nesta terça-feira (22) e traz novidades. Pela plataforma, os estudantes usam a nota do Enem para ingressar em instituições públicas.

Nesta edição, são mais de 235,4 mil vagas distribuídas em 129 universidades públicas de todo o país. Logo na inscrição é possível escolher até duas opções de cursos. A lista das vagas pode ser consultada no site do programa.

A principal novidade deste ano é que os estudantes que forem selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda opção podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Uma vez por dia, o sistema do Sisu divulga as notas de corte de cada um dos cursos disponíveis. Trata-se de uma estimativa com base nos candidatos inscritos até o momento. Embora não seja uma garantia da vaga, é possível usar a informação para orientar a escolha.

LEIA MAIS

MEC lança programa para simular nota no Sisu

(Imagem: Reprodução/Sisu)

O Ministério da Educação (MEC) lançou um simulador que permite os estudantes saberem quanto precisam tirar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingressar no curso que desejam pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O simulador está disponível na internet. O programa foi desenvolvido pela equipe de Business Intelligence da Secretaria Executiva do MEC.

Ao entrar na página do simulador, o estudante coloca suas notas das disciplinas de ciências da natureza, ciências humanas, linguagem, matemática e redação de qualquer das edições do Enem que tenha participado. Depois, marca a alternativa ‘ampla concorrência’ ou ‘lei de cotas’ e, se desejar, usa os filtros disponíveis. Caso deseje uma simulação mais específica, pode ainda selecionar algumas das modalidades de concorrência, a região e a unidade da federação de sua preferência, além do curso e turno desejados.

O simulador faz um comparativo com todas as edições passadas do Enem, desde 2010, quando o Sisu foi implantado pela primeira vez, até 2018, mostrando a menor nota que ingressou em determinada graduação, por universidade e edição do Sisu.

LEIA MAIS
123