Plínio Amorim afirma que capacidade na gestão pública do prefeito Miguel Coelho é ‘digna de um estadista’

Plínio Amorim, Secretário de Planejamento e Finanças de Petrolina

O Secretário de Planejamento e Finanças de Petrolina nos enviou um texto enaltecendo a capacidade de gestão pública do prefeito Miguel Coelho que já no segundo ano de mandato conseguiu conveniar mais recursos do que os oito anos da gestão passada.

Confira a íntegra do texto:

Por que Miguel é, disparado, o melhor para Petrolina?

Não é segredo para ninguém que as prefeituras das cidades brasileiras amargam problemas imensos para custear e financiar suas obrigações legais. Investimento, às vezes, é apenas um plano de desejo, embora as necessidades surjam indefinidamente.

Em Petrolina é diferente. Enquanto a administração anterior conveniou 149 milhões ao longo dos seus oito anos, Miguel conquistou 159 milhões já no seu segundo ano. Ou seja, em apenas dois anos já se conveniou mais que todos os oito do antigo governo. Em números absolutos 10.107.180,25 (dez milhões, cento e sete mil, cento e oitenta reais e vinte cinco centavos).

Tais números revelam que o jovem prefeito expressa uma capacidade na gestão pública digna de um estadista. Com o apoio do Senador Fernando Bezerra, do Deputado Federal Fernando Filho e do Deputado Estadual Antônio Coelho, Miguel comprova que a população de Petrolina acertou muito em elegê-lo. Sua gestão apresenta marcas que encantam e comprovam que o trabalho comprometido, inteligente e com articulação política consegue entregar os avanços que a população tanto deseja, necessita e merece.

Mesmo com a economia nacional ainda em recuperação, a cidade já comemora a autoestima e a referência de desenvolvimento regional historicamente conquistada. Ao longo de 2019 as conquistas permanecem e mais recursos estão garantidos. Petrolina continuará experimentando um volume extraordinário de empreendimento público. Bem gerida, manterá sua vocação para ser uma ótima cidade para passear, morar e viver com qualidade.

Plínio Amorim

Secretário de Planejamento e Gestão

Novas normas trabalhistas vão gerar economia de R$ 68 bi em 10 anos

(Foto: Arquivo)

As novas normas de segurança e saúde do trabalho, sancionadas nessa terça-feira (30) pelo presidente Jair Bolsonaro, gerarão economia de pelo menos R$ 68 bilhões nos próximos dez anos. A estimativa foi divulgada pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia durante a solenidade de assinatura das novas regras.

As mudanças abrangem três das 36 normas reguladoras (NRs). A NR 1, que trata das disposições gerais sobre saúde e segurança no trabalho; e a NR 12, que dispõe sobre a segurança na operação de máquinas e equipamentos, tiveram a redação modernizada, com regras menos rígidas. A NR 2, que previa inspeções prévias, foi revogada.

LEIA MAIS

Abril tem a maior criação de emprego formal para o mês desde 2013

Todas as regiões brasileiras criaram empregos com carteira assinada em abril. (Foto: Arquivo)

Beneficiada pelos serviços e pela indústria, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em abril, o maior nível para o mês em seis anos. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, 129.601 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

A última vez em que a criação de empregos tinha superado esse nível foi em abril de 2013, quando as admissões superaram as dispensas em 196.913. A criação de empregos totaliza 313.835 de janeiro a abril e 477.896 nos últimos 12 meses.

Na divisão por ramos de atividade, todos os oito setores pesquisados criaram empregos formais em abril. O campeão foi o setor de serviços, com a abertura de 66.290 postos, seguido pela indústria de transformação (20.470 postos). Em terceiro lugar, vem a construção civil (14.067 postos).

LEIA MAIS

Moro pede que empresários deem oportunidade de trabalho a presos

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, defendeu, nessa segunda-feira (6), que as empresas brasileiras contratem pessoas que cumprem pena ou que deixaram o sistema prisional. Para o ministro, é importante que os empresários ofereçam oportunidades aos presos que buscam uma oportunidade de se reinserir na sociedade por meio do trabalho e do estudo.

“Temos que acreditar na ressocialização do preso. Este é um objetivo importante. Nunca podemos perder a fé e a esperança de que as pessoas podem se redimir. E uma das melhores maneiras é dar uma oportunidade para estas pessoas”, disse o ministro

O discurso foi feito durante a cerimônia de entrega do Selo Resgata a 198 empresas de 15 estados. Juntas, estas empresas contratam 5.603 pessoas. No primeiro ciclo de certificação das companhias, em 2017/2018, 112 instituições receberam o selo. A maioria delas, órgãos públicos. A expectativa do ministério é ampliar este número para mil empresas em 2020 e atrair mais empresas privadas.

LEIA MAIS

Univasf abre inscrições para o III Seminário O Trabalho no Vale do São Francisco

(Foto: Divulgação)

O Laboratório de Estudos em Educação, Trabalho e Cultura (ETC), vinculado ao Colegiado de Ciências Sociais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) promove, nos dias 25 e 26 de abril, o III Seminário O Trabalho no Vale do São Francisco (III SETRABVALE). O evento é gratuito, aberto a toda população e vai acontecer no auditório da biblioteca do Campus Sede da Univasf, em Petrolina (PE).

As inscrições são feitas através do Site de Gestão de Eventos (SGE) da Univasf. O evento terá como tema: “Novas perspectivas com a reforma trabalhista” e sua programação será composta por oficinas temáticas, conferências e palestras com a presença de representantes da Delegacia Regional do Trabalho, de instituições de ensino e de sindicatos.

LEIA MAIS

Carteira profissional poderá ser emitida pelas agências dos Correios sem custo

Um acordo, que está em discussão, entre o Ministério do Trabalho e Emprego e os Correios – que conta com agências em todos os 5.570 municípios brasileiros – poderá ampliar os pontos de emissão da carteira de trabalho em todo o país, sem custos para os cidadãos.

Segundo o ministério, a taxa de entrega da carteira expedida pelos Correios seria custeada pela pasta, dessa forma, a emissão do documento continuará gratuita. O custo do serviço ainda está sendo avaliado.

O principal objetivo do acordo é permitir que todos os trabalhadores brasileiros, em especial os que vivem nos municípios mais distantes dos grandes centros, tenham acesso ao documento, que é obrigatória para toda pessoa prestar algum tipo de serviço, seja na indústria, no comércio, na agricultura, na pecuária ou de natureza doméstica

Além disso, a pasta informou que a expedição da carteira de trabalho continuará ocorrendo normalmente em toda a rede de atendimento como postos do Sistema Nacional de Emprego (Sine), gerências regionais e superintendências do Trabalho nos estados.

Petrolina tem vagas de emprego para professor de educação física e vendedor pracista

A Agência do Trabalho de Petrolina disponibilizou a lista com as vagas de emprego na cidade nessa segunda-feira (3). Ao todo estão sendo oferecidas 12 oportunidades para quem está à procura de ingressar ou retornar ao mercado.

Há duas vagas para estágio em Técnico de Alimentos, sem exigência de comprovação na carteira de trabalho, mas com ensino médio completo. Além disso, há uma vaga para Professor de educação física no ensino médio, sendo necessária a comprovação de 6 meses de CTPS.

Confira a lista

Confira as vagas de emprego disponibilizadas pela Agência do Trabalho de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A Agência do Trabalho de Petrolina (PE) divulgou as oportunidades de trabalho disponíveis para esta quinta-feira (26). São sete vagas. Duas para profissionais com nível superior, uma para quem tem ensino fundamental completo, três vagas para nível médio e uma vaga que não exige escolaridade. A Agência não divulgou os valores das remunerações.

A Agência do Trabalho de Petrolina funciona no Centro de Convenções, das 7h à 13h. Mais informações através do número (87) 3866-6540.

 RELAÇÃO DAS VAGAS 26/07/2018

VAGAS FUNÇÃO ESCOLARIDADE EXPERIÊNCIA

OBSERVAÇÕES

01 Instrutor de nível médio no ensino profissionalizante SUPERIOR COMPLETO 6 meses CTPS Curso: Segurança do Trabalho
01 Professor de educação física SUPERIOR COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Operador de caldeira ENS. MÉDIO COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Fiscal de Packing house FUNDAMENTAL COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Técnico agrícola ENS. MÉDIO COMPLETO 6 meses CTPS  
01 Técnico de alimentos ENS. MÉDIO COMPLETO   Estágio
01 Vendedor pracista   6 meses CTPS  

Obs: vagas sujeitas a alterações no decorrer do dia.

Caravana do Trabalho oferece serviços gratuitos para a população de Juazeiro

Ação acontece hoje (19), das 8 às 17h, no bairro Malhada da Areia.

O Governo do Estado marca presença, nesta quinta-feira (19), na Caravana do Trabalho – Ação e Cidadania, que será realizada em Juazeiro (BA). Na oportunidade, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) realizará a emissão gratuita de Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e de Carteiras de Identidade.

Iniciativa da Prefeitura Municipal de Juazeiro, a caravana, acontece das 8 às 17h, na Praça da Juventude, no bairro Malhada da Areia, e vai oferecer também cadastro do Bolsa Família e do ID Jovem e serviços de saúde.

Para emissão da Carteira de Identidade é necessário apresentar original e cópia da certidão de nascimento ou casamento; uma foto 3×4 e CPF. Já os interessados em obter a CTPS, precisam levar CPF, Carteira de Identidade, Certidão de Nascimento ou Casamento; Título de Eleitor e comprovante de residência com CEP.

Juazeiro recebe nesta quinta-feira (19) a Caravana do Trabalho Ação Cidadania

(Foto: ASCOM)

A ‘Caravana do Trabalho Ação Cidadania’ na Praça da Juventude, bairro Antônio Conselheiro (em frente ao CAIC), em Juazeiro. Entre 8h e 17h serão oferecidos serviços de Saúde, emissão de Carteiras de Trabalho e Identidade (RG) gratuitamente, também vai oferecer atendimento do Bolsa Família e cadastramento do ID Jovem.

De acordo com a superintendente da Juventude Poliane Amorim, essa é uma ação conjunta da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (SETRE) e a prefeitura de Juazeiro, através da SEDUC, SEDES, SESAU, SECULTE, SESP e CSTT.

LEIA MAIS

Reeducandos trabalham no São João de Petrolina

Atualmente, 655 egressos do sistema prisional trabalham no estado. (Foto: Internet)

O São João de Petrolina tem contado com o reforço de reeducandos do livramento condicional e regime aberto atendidos pelo Patronato Penitenciário. Os apenados fazem parte da equipe de limpeza urbana e trabalham na varrição da cidade, limpeza dos focos do forró, manutenção das praças, decoração, paisagismo e pontos turísticos.

A iniciativa faz parte de um convênio assinado entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio do órgão de execuções penais, e a prefeitura do município.  A parceria de empregabilidade também é executada pelas prefeituras de Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Caruaru.

Os reeducandos trabalham oito horas por dia, de segunda a sexta-feira, e recebem remuneração de R$ 1.295 em Petrolina.

LEIA MAIS

TRT-PE promove seminário em Petrolina para debater saúde e segurança do trabalho

(Foto: Ilustração/Internet)

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), 2 milhões de pessoas morrem no mundo, a cada ano, devido a acidentes do trabalho. O Brasil é o 4º colocado no ranking de ocorrências fatais, com 700 mil acidentes anuais. Em Pernambuco, são mais de 20 mil casos por ano.

Além disso, a alta demanda e o assédio moral, que abrange humilhações e perseguições, são os principais fatores que prejudicam a saúde mental no ambiente laboral. Dados da Previdência Social indicam que o número de auxílios-doença, em razão de transtornos mentais e comportamentais, chega a 13 mil concessões anuais.

Preocupado com estes panoramas, o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) promove, às 14h desta quinta-feira (12), em Petrolina (PE), um seminário para debater a Saúde e a Segurança no Trabalho, com o tema “Um trabalho bem executado, tem a segurança como resultado”. O evento será realizado no Auditório da Justiça Federal, no Fórum Juiz Adaucto José de Melo, que fica na Praça Santos Dumont, 101, Centro.

LEIA MAIS

Presidente do STF suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

(Foto: Internet)

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, suspendeu, na madrugada de hoje (22), a posse da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. Ela analisou reclamação do Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Mati), que contestou decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizando a posse da deputada. A cerimônia estava prevista para esta segunda-feira de manhã.

No documento, o Mati, que reúne cerca de 300 advogados especializados em direito do trabalho, argumenta que a decisão do vice-presidente do STJ, ministro Humberto Martins, é inconstitucional, pois fere competência do STF. Na reclamação, os advogados reforçam o entendimento de que a eventual nomeação e posse da deputada como ministra do Trabalho representará afronta ao princípio da moralidade administrativa.

Em trecho de sua decisão, a ministra Cármen Lúcia diz que “pelo exposto, com base no poder geral de cautela (caput do Artigo 297 do Código de Processo Civil) e nos princípios constitucionais da segurança jurídica e da efetividade da jurisdição, que seriam comprometidos com o ato de posse antes de se poder examinar a suspensão das decisões de primeira e de segunda instâncias que a impediam neste momento, defiro parcialmente a providência liminar para a suspensão do ato de posse até que, juntadas as informações, incluído o inteiro teor do ato reclamado, seja possível a análise dos pedidos formulados na presente reclamação, sem prejuízo de reexame desta decisão precária e urgente”.

Moradores do residencial Nova Petrolina recebem curso gratuito para frentista

(Foto: ASCOM)

Os moradores do residencial Nova Petrolina receberam um curso gratuito da Prefeitura Municipal para frentista. A própria população do bairro foi quem escolheu, através de pesquisa, a modalidade do curso, já que, para os moradores, o setor está em expansão na cidade.

Durante a capacitação, os alunos aprendem sobre os tipos de óleos e combustíveis, classificação de lubrificantes, técnicas de lubrificação e lavagem, componentes e funcionamento da bomba de combustíveis, problemas ocasionados pela má utilização de produtos no motor e ainda comunicação e relacionamento interpessoal. A carga horária total do curso é de 40 horas teóricas e práticas e conta com 20 participantes.

Para o secretário, Coronel Leite, o curso de frentista serve para ampliar as expectativas de quem mora no residencial Nova Petrolina. “É uma forma de aumentar as possibilidades de inserção das pessoas no concorrido mercado de trabalho, trabalhando com a autoestima, a fim de proporcionar melhores condições de vida para quem busca a qualificação profissional”, destaca Leite

Projeto de Trabalho Social

O Projeto de Trabalho Social é executado através de parceria entre o Governo Federal e a Prefeitura de Petrolina, sob responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade (SEINFRAHM), através da empresa PROATEC.

STJ revoga pensão alimentícia de mulher após novo trabalho e relacionamento

O ex-marido recorreu da decisão e a pensão foi revogada. (Foto: STJ)

O Superior Tribunal de Justiça decidiu revogar o pagamento da pensão alimentícia que um homem fazia à ex-esposa. No texto, a Terceira Turma do STJ afirma que o “fim de uma relação amorosa deve estimular a independência de vidas”. A mudança de condição financeira da parceira e ela ter iniciado uma nova relação afetiva serviram como justificativas para a suspensão.

Como o processo corre em segredo de Justiça, não há muitos detalhes divulgados sobre os envolvidos na ação. Segundo as informações fornecidas no site do STJ e na página do órgão no Facebook, o homem foi obrigado a pagar, há 10 anos, o valor mensal de 4,7 salários mínimos, após o fim do relacionamento.

Três desses salários eram pagos em dinheiro e 1,7 salário mínimo correspondia à metade do valor do aluguel do imóvel utilizado pela mulher. O ex-marido recorreu da decisão e a pensão foi revogada.

O ministro Cueva, em sua decisão, indica que há a possibilidade da ex-mulher formular um novo pedido de pensão alimentícia direcionado a seus familiares, uma vez que “o ordenamento pátrio prevê o dever de solidariedade alimentar decorrente do parentesco (artigos 1.694 e 1.695 do Código Civil)”.

123