Aplicativo que indica previsão de chegada e partida de ônibus chega a Juazeiro

(Foto: Ilustração)

Aplicativo chega a Juazeiro com a proposta de indicar previsão de chegada e partida de ônibus coletivos. (Foto: Ilustração)

Nesta quinta-feira (29), chega a cidade de Juazeiro (BA), o primeiro aplicativo de telefone celular específico para indicar a chegada e partida dos ônibus. O CittaMobi, desenvolvido pela empresa Cittati em parceria com as Empresas de Transporte Coletivo e a Prefeitura Municipal, é gratuito e permite autonomia aos usuários.

O aplicativo também já indica os ônibus adaptados para portadores de deficiência física. É só digitar o endereço em que se está e escolher a linha de ônibus. Pronto, logo aparece a previsão da chegada dos veículos no ponto e as linhas de cada parada.

LEIA MAIS

Guichês de empresa de ônibus em Petrolina são interditados

Guichês sendo fechados em Petrolina. (Foto: Aracelly Romão/ TV Grande Rio)

Guichês sendo fechados em Petrolina. (Foto: Aracelly Romão/ TV Grande Rio)

Ontem (5) em Petrolina, quatro guichês de empresas de ônibus foram interditados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Polícia Militar de Pernambuco e Secretaria da Fazenda. A operação denominada ‘Ephisco’ busca combater a sonegação fiscal. As empresas que sofreram as penalidades foram São Luiz, Catedral, Itapemirim e Real Maia.

Márcio Carvalho, fiscal da ANTT na operação, disse que a operação tem o intuito de regularizar o transporte de passageiros no estado de Pernambuco e estados da região. “A gente encontrou o problema de sonegação fiscal e empresas que estão sonegando imposto dentro do estado de Pernambuco. Dentro disso, a gente acionou a Sefaz para fazer uma operação conjunta”.

LEIA MAIS

Em seminário, Gonzaga ressaltou a importância dos caminhoneiros para o crescimento do país

(Foto: Internet)

Gonzaga afirmou que os caminhoneiros são necessários ao crescimento econômico do país. (Foto: Internet)

Durante  XVI Seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas, que aconteceu ontem (31), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) cobrou maior incentivo do Governo no transporte rodoviário de cargas. Patriota é o autor do requerimento para realização do evento, assim como nas edições anteriores.

Gonzaga afirmou que os caminhoneiros são necessários ao crescimento econômico do país. “Parar o Brasil não é tão fácil, mas se os caminhoneiros pararem, o País certamente enfrentará uma série de dificuldades”, afirmou.

O parlamentar fez uma comparação com os últimos dois anos para evidenciar a necessidade e a importância desse serviço. Gonzaga citou a crise pela qual o País passa, que obrigou muita gente a comer menos. “Bastou isso para diminuir o número de caminhões nas estradas”, disse.

Com informações da ASCOM

Em nota, AMMPLA não aponta solução imediata sobre problemas em transporte público

As pessoas que pegam o transporte público na Zona Leste de Petrolina, em Pernambuco, mais especificamente a rota Monsenhor Bernardino/Loteamento Recife e Vivendas Petrolina/Vila Marcela vão ter que aguardar até que o Plano de Mobilidade Urbana seja aprovado pela Câmara e sancionado pelo prefeito Júlio Lóssio (PMDB). Isso porque segundo a Assessoria de Comunicação da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), o problema só deve ser resolvido após o projeto.

Enquanto isso, a população parece que vai ter que aguentar um coletivo apertado e de baixa qualidade.

Entenda o caso, aqui. 

Veja a Nota na íntegra:

LEIA MAIS

Juazeiro com passagem de ônibus mais cara a partir de amanhã

joafra

A partir desta sexta-feira (01), a passagem do transporte público coletivo da cidade baiana deve ficar mais cara. Na última quarta-feira (30) foi realizada reunião entre 1ª Vara da Fazenda Pública, entre Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) de Juazeiro e SETRANVASF sobre reajuste da tarifa de ônibus na área urbana e rural.

Foi realizada uma perícia no processo, atestando o valor de reajuste de R$ 3,30 na área urbana e R$ 5,99 no interior. De acordo a CSTT, não houve concordância com os números no primeiro momento, e apresentou a proposta com correção dos valores abaixo do índice da inflação dos últimos dois anos.

A proposta foi aceita pelo juízo e pela empresa. A partir de amanhã, a passagem na área urbana custará R$ 3,20 em dinheiro e R$ 3,00 em cartão. Já para quem usa o transporte para o interior irá pagar R$ 3,80 em dinheiro e R$ 3,50 em cartão.

Após reclamações de petrolinenses AMMPLA promete melhorias no transporte coletivo no interior

foto N7

Ainda é grande o número de reclamações sobre a qualidade do transporte público no município de Petrolina (PE), ônibus que quebram, transportes que atrasam, enumeram as reclamações dos usuários. Para dar uma resposta sobre a situação dos coletivos, nesta quinta-feira (10), Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) esteve reunida na Associação dos Moradores da Vila Nova do núcleo 7 do Projeto irrigado Nilo Coelho, Zona Rural do município para discutir possíveis melhorias no transporte coletivo.

O diretor presidente da AMMPLA, Paulo Valgueiro ouviu a reivindicação da Comunidade Vila Nova que argumentou a necessidade de implantar uma linha de transporte para interligar o Núcleo 6, Núcleo 7 e o Núcleo 8. De acordo com o gestor a decisão tomada é que o transporte sairá do Núcleo 6 e o itinerário será via o Núcleo 7.

Segundo Valgueiro a solicitação será atendida visto que a comunidade do Núcleo 8 desde a implantação da AME-Saúde passou a atender cerca de cinco mil pessoas. “Vamos garantir assim transporte adequado aos usuários da nova AME e qualidade da melhoria de vida da população”, prometeu o diretor.

Dilma teme que manifestações se alastrem pelo País

Manifestacao

Preocupada com o recrudescimento de manifestações, agora em São Paulo, por conta do aumento das tarifas de transportes, a presidente Dilma Rousseff pediu informações à sua assessoria sobre os últimos acontecimentos. Dilma teme que, em meio aos problemas econômicos e políticos que está enfrentando, este tipo de manifestação, que na sexta-feira passada atingiu Rio de Janeiro, Belo Horizonte e também São Paulo, se torne repetitivo e possa se alastrar para outras cidades, onde também houve aumento de tarifa de transportes urbanos.

A presidente quis saber em quais cidades as passagens haviam aumentado, qual o valor do aumento e como isso estava sendo recebido nos diferentes pontos do País. Não há ainda uma orientação do Planalto ou a tentativa de conversas com segmentos diferentes sobre este assunto. O que o governo federal não quer é que se espalhe pelo País um clima de turbulência por conta destes aumentos, em um momento em que a população começa a ser atingida pelo desemprego e alta dos preços e, consequentemente, da elevação da inflação.

O movimento desta terça­feira, em São Paulo, foi organizado pelo Movimento do Passe Livre. Os manifestantes pedem a revogação do reajuste das passagens cuja tarifa passou de R$ 3,50 para R$ 3,80 no sábado passado. Nos protestos de sexta-feira passada, mascarados quebraram ônibus, bancos e prédios públicos e privados. (Fonte: Estadão Conteúdo)

12345