Petrolina: Dia ‘D’ da segunda fase de vacinação contra o sarampo acontece neste sábado

(Foto: Internet)

A Prefeitura de Petrolina realiza, neste sábado (30), o Dia ‘D’ da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Essa nova etapa começou no último dia 18 e a vacinação acontece em todas as unidades de saúde do município.

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, caxumba e rubéola. O público-alvo são adultos jovens, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade que não estejam com a caderneta de vacinação em dia.

As unidades de saúde da área urbana atendem das 8h às 17, enquanto na zona rural o atendimento acontece das 7h às 13h. Neste sábado, todas as unidades estarão abertas para o Dia ‘D’.

LEIA MAIS

Pernambuco: vacinação contra febre aftosa termina no dia 30 de novembro

Vacinação termina no sábado, 30/11 (Foto: Adagro)

Atenção criador. Os rebanhos em Pernambuco devem ser vacinados contra a febre aftosa até 30 de novembro. Devem ser imunizados todos os bovinos e bubalinos com até dois anos de idade. Essa é a segunda etapa da campanha, que teve início no dia 1º de novembro.

De acordo com a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro), os animais com mais de dois anos devem ser apenas declarados. O criador precisa comprar a vacina em uma loja e depois fazer a declaração da imunização. O órgão estima que 526.792 animais precisam ser protegidos.

“A atualização cadastral é de extrema importância para as atividades desenvolvidas pela Adagro, pois por meio dela podemos planejar melhor nossas atividades e agir com maior rapidez em caso de foco de alguma doença”, explicou o Presidente da Adagro, Paulo Roberto Lima.

A Adagro faz um alerta: quem deixar de declarar o rebanho pagará multa de R$ 300,00. No caso de não imunização, a penalidade é de R$ 60,00 por animal. Outra consequência é a proibição de tirar a Guia de Trânsito Animal (GTA).

Petrolina e Juazeiro começam segunda fase de vacinação contra sarampo

Vacinação segue até o dia 30 de novembro.

Seguindo a medida do Ministério da Saúde, Petrolina e Juazeiro deram início nessa segunda-feira (18) a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo. Esta fase vai até o dia 30 deste mês, quando acontecerá o dia D.

O público-alvo são adultos jovens, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade que não estejam com a caderneta de vacinação em dia. Crianças menores de 6 meses, pessoas com o sistema imunológico comprometido e grávidas não podem receber a vacina por causa de eventuais riscos à saúde.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina alerta sobre fake news e reforça eficácia de vacinação

Além de manter hábitos saudáveis, a melhor maneira de evitar doenças infecciosas é se vacinando contra elas. Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferta diversas vacinas que protegem contra mais de 40 doenças, entre elas, o sarampo.

Diante do surgimento de fake news, a Prefeitura de Petrolina reforça que vacinação é uma prioridade. “Basta ir ao Posto de Saúde mais perto de sua casa e pedir para atualizar o calendário de vacinação, que prevê vacinas para todas as idades, desde os recém-nascidos até os idosos. Por isso, se proteger contra doenças é uma questão de escolha, responsabilidade e deve ser tido como prioridade por todos”, destaca secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque.

A vacinação evita que os vírus de doenças graves circulem pelo país. Além disso, as vacinas evitam sequelas causadas por essas doenças, como surdez, cegueira, paralisia, problemas neurológicos e até a morte. As vacinas servem para estimular o sistema imunológico, ou seja, as células que protegem o nosso corpo.

LEIA MAIS

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo começa na próxima semana em Petrolina

(Foto: Jonas Santos)

A Prefeitura de Petrolina dará início à segunda etapa da campanha de vacinação contra o sarampo, na próxima segunda-feira (18). Nesta nova fase, por orientação do Ministério da Saúde, o público-alvo será os adultos de 20 a 29 anos.

“Quem não estiver com a caderneta de vacinação em dia terá a oportunidade de se vacinar até 30 de novembro, quando termina a campanha. As Unidades de Saúde da Família (USF) estarão abertas para fazer a imunização. Na área rural, com funcionamento das 7h às 13h, e das 8h às 16h45 na zona urbana”, explica a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a vacina tríplice viral que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba está disponível na rede pública por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBS) o ano todo. A faixa etária do público alvo são brasileiros de 1 até 49 anos, dentro ou fora de surtos. Com a situação de surto no país ampliou para crianças de 6 meses a menores de um ano como intensificação. O dia ‘D’ dessa segunda etapa ocorrerá no próximo dia 30.

LEIA MAIS

Com mais de 106% de cobertura vacinal Petrolina supera meta da campanha contra sarampo

(Foto: Alexandre Justino)

Petrolina superou a meta da campanha nacional contra o sarampo para a vacinação de rotina, ou seja, crianças de 12 e 15 meses, com o registro de 106,84% de imunização dessa faixa etária. A informação é de uma balanço parcial divulgado pela Secretária de Saúde.

Para crianças de 6 meses a menores de 1 ano, as equipes estão fazendo o levantamento que será divulgado em breve. “Estamos finalizando esses números, mas já estamos muito felizes com os nossos resultados parciais. Vale ressaltar que, mesmo com o fim da campanha para esse público, a vacinação continua nas unidades de saúde”, frisou a secretária interina de Saúde, Larisse Silva.

A segunda etapa da campanha de vacinação está prevista para começar em 18 de novembro com foco na população adulta. “Desta vez, adultos de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia terão a oportunidade de se vacinar até 30 de novembro”, destaca.

LEIA MAIS

MPPE recomenda reforço na campanha contra o sarampo em Cabrobó

(Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Cabrobó (PE) deve intensificar as ações para vacinar a população contra o surto de sarampo. A recomendação foi feita pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que entendeu ser necessária uma ação urgente da Secretaria Municipal de Saúde.

Por orientação do MPPE, a Prefeitura tem um prazo de cinco dias úteis para a implementação de medidas. O Ministério se baseou nas orientações repassadas pelos Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Saúde, da Educação e da Infância e Juventude (Caops Saúde, Educação e Infância e Juventude).

“Verificamos a necessidade do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) acompanhar a cobertura vacinal dos municípios, cobrando da gestão municipal medidas imediatas para o cumprimento do calendário vacinal, bem como trabalhar em parceria com os Conselhos Tutelares”, disse o coordenador do Caop Saúde, promotor de Justiça Édipo Soares.

LEIA MAIS

Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa segunda

Em 2020, o ministério dará continuidade à campanha.

Em parceria com os governos estaduais, distrital e municipais, o Ministério da Saúde inicia, na próxima segunda-feira (7), a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Na primeira fase, que vai até o dia 25 de outubro, o público-alvo serão as crianças com idade entre 6 meses e 4 anos e 29 dias.

A segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, terá foco na população com idade entre 20 e 29 anos. Em entrevista coletiva, o ministro titular da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a prioridade para este grupo justifica-se porque, como provavelmente não receberam a segunda dose da vacina, seus filhos acabam apresentando um sistema imunológico mais vulnerável à doença. Além dos dois períodos, a campanha também destaca o dia 19 de outubro como o Dia D, para mobilização nacional.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina orienta sobre vacinação contra o sarampo

(Foto: Ascom/PMP)

Diante de alguns registros de sarampo na região, a Prefeitura de Petrolina (PE) destaca a importância da imunização de crianças e adultos. O alerta é para que todos atualizem sua situação vacinal e garantam a imunização contra diversas doenças.

A vacina é disponibilizada pelo Ministério da Saúde a todos os municípios por meio das Gerências Regionais de Saúde (Geres). Nesta semana, Petrolina recebeu cerca de 3 mil doses. A tríplice viral, que evita, além do sarampo, a rubéola e a caxumba já está disponível nas Unidades de Saúde da Família (USF), nas áreas urbana e rural.

De acordo com o calendário nacional de vacinação, a tríplice viral deve ser aplicada em crianças a partir dos 12 meses de idade. Já aos 15 meses o reforço na imunização é feito com a vacina tetraviral ou a tríplice viral mais varicela. Porém, foi recomendado pelo Ministério da Saúde, que as crianças a partir dos seis meses de idade até 11 meses e 29 dias deverão tomar a “dose zero” para a proteção contra o sarampo.

LEIA MAIS

Vacinação de gestantes é fundamental para proteger bebês, dizem especialistas

(Foto: Internet

Tema que encerrou a Jornada Nacional de Imunizações na tarde de ontem (7), a vacinação de gestantes foi apontada por especialistas como fundamental para proteger bebês contra doenças que podem infectá-los antes de chegar o momento da imunização. As coberturas vacinais entre grávidas, apesar de terem se elevado ao longo dos últimos anos, continuam abaixo das metas estabelecidas.

O calendário nacional de vacinação do Ministério da Saúde recomenda que as gestantes estejam em dia com a vacina contra a hepatite B, que se vacinem nas campanhas anuais contra a gripe e que tomem também a vacina dTpa, que previne a difteria, o tétano e a coqueluche.

Dados apresentados no encontro pelo Programa Nacional de Imunizações mostram que a vacinação de grávidas contra o vírus influenza ficou em 84,6% na campanha de 2019 – abaixo da meta de 90%. No caso da a vacina dTpa, a cobertura em 2018 foi de 62,81%, também inferior aos 95% pretendidos.

A vacinação de gestantes com a dTpa no Brasil começou em 2014, como uma reação ao aumento de casos de coqueluche, que tem incidência considerável entre bebês menores de 2 meses – idade mínima para tomar a primeira dose contra a doença. A partir de 2017, a vacina passou a ser recomendada para gestantes a partir da 20ª semana como forma de proteger o recém-nascido.

A taxa de imunização de 2018 com a dTpa, apesar de baixa, é a maior desde 2014 e o presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, Juarez Cunha, defende que é preciso informar mais a população e capacitar os profissionais de saúde para que não sintam insegurança no momento de indicar as vacinas às gestantes.

“[A vacinação da gestante] É a principal forma de proteger o bebê nos primeiros meses de vida, quando há o maior risco. Temos muito a percorrer na cobertura vacinal da gestante e temos certeza que, a partir do momento em que a gestante souber que isso é uma forma de proteger o bebê, ela vai se vacinar. Mas, para isso, também precisamos que os nossos profissionais de saúde indiquem a vacinação”.

Com informações da Agência Brasil

Governo Federal distribui doses extras de vacina para imunização contra sarampo

O surto de sarampo no Brasil preocupa o Ministério da Saúde e as secretarias estaduais receberão ainda nessa semana doses extras da vacina tríplice viral, para garantir a imunização extra aos pacientes. O público prioritário são as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.

Segundo o Governo Federal, 1,6 milhão de doses serão distribuídas. Desse total, 960.907 mil doses foram enviadas para os 13 estados que estão em situação de surto ativo de sarampo. O estado de São Paulo, que concentra 99% dos casos e registra uma morte pela doença este ano, recebeu o maior número de doses (56%).

“A vítima foi um homem de 42 anos, que não tinha recebido nenhuma dose da vacina ao longo da vida, e tinha histórico de comorbidade, ou seja, com um quadro de várias doenças. Nessa faixa etária, a pessoa deve ter pelo menos uma dose da vacina”, informou o ministério.

A vacina tríplice viral está disponível nos mais de 36 mil postos de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Brasil. Ela previne também contra rubéola e caxumba. (Com informações da Folha de Pernambuco).

Ministro da Saúde anuncia campanha de multivacinação para outubro

(Foto: Internet)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse hoje (22), após participar da abertura de um congresso sobre saúde suplementar, que o governo está preparando para o mês de outubro uma campanha de multivacinação para que as pessoas possam colocar a carteira de vacinação em ordem. Os registros já serão feitos em uma carteira digital.

“Porque é muito difícil ter em memória qual vacina e quando tomou, se vai viajar para algum lugar que exige a vacina. O aplicativo de vacinas no meio eletrônico vem para facilitar muito o controle das famílias”, explicou Mandetta.

Sarampo

O ministro ressaltou estar alerta ao controle do sarampo em São Paulo, e que já foram aplicadas quase 8 milhões de doses no estado. “Aqui em São Paulo estamos medindo dia a dia, semana a semana, e já há uma tendência de estabilização e queda. Estamos monitorando para saber como isso vai se comportar”.

LEIA MAIS

Vacina contra Sarampo está disponível em todas as unidades básicas de saúde de Dormentes

Diante da alta incidência de sarampo no Brasil, a Prefeitura de Dormentes (PE) disponibilizou doses da vacina tríplice viral, que além do sarampo, protege contra caxumba e rubéola, em todas as unidades de saúde do município.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a população com idade entre 12 meses e 49 anos que ainda não se protegeu, deverá comparecer a uma dessas unidades munida do cartão de vacina e documento de identificação para atualização vacinal.

LEIA MAIS

Secretaria da Saúde vai intensificar vacinação antirrábica em Juazeiro no mês de agosto

(Foto: Ascom)

De 5 a 30 de agosto,  Secretaria da Saúde de Juazeiro (SESAU), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, irá intensificar as ações de vacinação antirrábica de cães e gatos no município, com um posto de vacinação fixo.

A SESAU esclarece que tal ação se torna importante devido à necessidade de medidas profiláticas, em prol destes animais, visto que recentemente o município registrou casos positivos de raiva animal.

LEIA MAIS

SESAU encerra campanha de vacinação contra a Influenza em Juazeiro

(Foto: Internet)

Na última segunda-feira (3), por orientação do Ministério da Saúde, a Secretaria Municipal da Saúde de Juazeiro (BA) estendeu a vacinação ao público em geral. Com a crescente procura pela imunização contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B, a secretaria encerrou nesta quarta-feira (5), a vacinação contra estes vírus ao público em geral. As doses que estão nas unidades de saúde estão reservadas para o público infantil que precisa da segunda dose para garantir efeitos de imunidade deste público específico.

LEIA MAIS
123