Ana Amélia declara apoio a Bolsonaro e diz que PT no poder é ameaça à democracia

Vice de Alckmin diz que seguirá a orientação de seu partido, o PP

A senadora Ana Amélia (PP-RS), candidata a vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB) à presidência, que ficou em quarto lugar, declarou apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno. A senadora disse que o retorno do PT ao poder é uma ameaça à democracia.

“Nas grandes decisões, os gaúchos não admitem neutralidade! Fui uma das maiores defensoras do impeachment de Dilma Rousseff e uma das vozes mais fortes no Senado contra o desgoverno do PT no Brasil. Não quero que o país corra o risco da volta do PT ao poder”, postou no Twitter.

“Será uma ameaça à democracia e, especialmente, à Lava Jato! Por essas razões, seguirei a decisão do PP/RS, apoiando no segundo turno a candidatura de @jairbolsonaro à Presidência da República!”, completou.

Após recusas, Jair Bolsonaro prepara campanha sem apoio de partidos

(Foto: Reprodução/Internet)

Depois de receber a negativa de outro candidato a vice, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) se prepara para uma campanha solo ao Palácio do Planalto. Caso não consiga romper o isolamento, Bolsonaro terá apenas oito segundos na propaganda eleitoral obrigatória na televisão.

Segundo o Diário de Pernambuco, em menos de 48 horas Bolsonaro ouviu “não” do PR, comandado pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto (SP) e do PRP, sigla na qual o general da reserva Augusto Heleno Ribeiro faz parte. Heleno era o segundo nome mais cotado a vice na chapa de Bolsonaro.

Outro fator que preocupa o PSL é o fato de o partido já realizar sua convenção partidária neste domingo (22), sendo o pré-candidato obrigado a formar uma chapa pura caso não haja coligações.

Um nome que surgiu como opção é o de Janaina Paschoal, autora do pedido de impeachment da ex-presidente petista Dilma Rousseff, recém-filiada ao partido.

Nessa semana Bolsonaro passou a liderar as pesquisas de intenção de voto nos cenários sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Jarbas e Mendonça cogitados para vice de Alckmin

Em entrevista ao programa Super Manhã, na Rádio Jornal, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que pode disputar a presidência em 2018, falou sobre a possibilidade de ter como vice os nomes do ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), ou do ex-governador de Pernambuco Jarbas Vasconcelos (PMDB). “Os dois nomes podem ser candidatos até a presidente, quanto mais a vice. São preparadíssimos. Agora, como são de outros partidos, deve ter a delicadeza de não está fazendo especulações. Vamos aguardar”, ponderou.

Em nota, Jarbas Vasconcelos afirmou que não faz sentido comentar, nem especular, sobre possíveis composições de chapas envolvendo seu nome e as eleições presidenciais em 2018. No domingo, contudo, durante visita a Alckmin em sua casa, Jabas garantiu que apoiará a provável candidatura do tucano, independentemente da decisão do seu partido.

O ministro Mendonça Filho está cumprindo agenda nos Estados Unidos e, por isso, o JC não conseguiu localizá-lo para comentar o assunto.

Com informações do Jornal do Commercio.

Para minar a força de Lula no Nordeste, PMDB aposta em Renata Campos para vaga de vice em corrida presidencial

(Foto: Arquivo)

Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos, foi citada como uma possível vice para concorrer à presidência da República. O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) também é lembrado. A informação foi divulgada pelo Estadão nesta segunda-feira (17).

O objetivo é fortalecer a chapa para a briga contra Lula com um nome do Nordeste. Geraldo Alckmin e João Doria são os prováveis nomes para encabeçar a chapa. “No caso de Renata, o acordo ainda facilitaria uma aliança nacional com o PSB, sonho antigo de Alckmin e que também interessa a Doria”, diz a notícia.

Em conversa com o vereador e líder do PSDB na Câmara do Recife, André Regis, ele afirma que tudo não passa de especulação e, até o momento, nenhum nome foi confirmado.

Fernando Filho pode ser vice de Paulo Câmara

Fernando Filho, ministro de Minas e Energia

O jornalista político Edmar Lyra, editor de um dos blogs mais bem informados e conceituados de Pernambuco, revela, em sua Coluna, que o governador Paulo Câmara já sente as movimentações de Fernando Bezerra Coelho e de seu filho Fernandinho, na construção de uma candidatura alternativa à do governador, para 2018 (Leia AQUI). A movimentação dos Bezerra foi revelada, em primeira mão, por Edmar Lyra, em seu Blog, que agora nos conta que Paulo oferecerá a vice em sua própria chapa a Fernando Filho, para tentar impedir a chapa alternativa que contaria, ainda com Bruno Araújo, Mendoça Filho, Armando Monteiro e Augusto Coutinho em sua composição. Como costuma perguntar Edmar ao final de cada Coluna, inocente quer saber, acaso o convite seja aceito pelos Bezerra, como ficarão Armando, Bruno e Mendonça?

Caso deixe o PSB Fernando Filho deve se aproximar ainda mais de Armando Monteiro e viabilizar candidatura a vice-governador

Diante dos últimos acontecimentos e o que já vem sendo cogitado nos bastidores da política em Pernambuco, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, deixou o Ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, em uma situação bastante privilegiada. Muito antes dos mais recentes escândalos de Brasília envolvendo o nome Michel Temer, aliados do senador Armando Monteiro (PTB), pré-candidato ao governo de Pernambuco em 2018, falavam que o nome ideal para compor chapa com o petebista seria o de Fernando Filho.

Com a noticia de que o presidente do PSB teria aconselhado o ministro a sair do partido, isso o deixa mais confortável para uma eventual decisão de se aproximar do senador petebista. Segundo os defensores da pré-candidatura de Armando, o mesmo teria que buscar alianças com lideranças de peso no interior do estado. Nesse caso entraria em sena o peso político do senador Fernando Bezerra Coelho, pai do ministro e que não disputaria a próxima eleição uma vez que tem mandato até 2022. Se afastarem o ministro Fernando Filho do PSB, automaticamente vão aproximar todo o grupo político de FBC da futura campanha de Armando Monteiro.

UPE Petrolina publica edital das eleições para direção e vice

upe

A Comissão Eleitoral designada pelo Conselho de Gestão Acadêmica e Administrativa da Universidade de Pernambuco Campus Petrolina, publicou edital convocando alunos, docentes e técnicos administrativos para o pleito eleitoral que ocorrerá no dia 30 de setembro de corrente ano, no horário de 8 às 21 horas.

Segundo o calendário publicado no edital, as chapas deverão ser inscritas até o dia 26 de agosto e a campanha eleitoral ocorrerá entre os dias 05 a 27 de setembro. Poderão concorrer as eleições professores do quadro efetivo da Universidade de Pernambuco Campus Petrolina, desde que não estejam em estágio probatório e/ou licença sem vencimentos. O mandato da atual gestão se encerra em dezembro de 2016 e a chapa eleita terá um mandato de quatro anos, encerrando no final de 2020.

Edital.

Dulce Ribeiro é escolhida como vice para a chapa de Paulo Bomfim em Juazeiro (BA)

(Foto: Facebook)

O anúncio foi feito pelas redes sociais da própria candidata. (Foto: Facebook)

A médica Dulce Ribeiro será a candidata a vice-prefeita da cidade de Juazeiro (BA) junto com Paulo Bomfim (PCdoB). O deputado Roberto Carlos (PDT) confirmou o nome da médica nesta segunda-feira (8), antes do prazo para a escolha terminar.

O anúncio foi feito pelas redes sociais da própria candidata. “Amigos, estou assumindo a candidatura a vice-prefeita de Juazeiro. O convite é do PDT, partido do qual sou filiada e eu aceitei”, disse.

Após críticas por ter saído do grupo de Joseph Bandeira, Roberto Carlos foi claro. “Não estamos apostando o governo Isaac Carvalho, e sim o candidato Paulo Bomfim”

A indicação de Dulce Ribeiro animou o prefeito Isaac Carvalho, que elogiou a atitude do PDT. “Isso só fortalece a nossa chapa, os grupos em Juazeiro estão se fortalecendo, isso é raro acontecer e estamos realizados”, disse.

Pinzoh é escolhido para vice na chapa de Flambinho, em Curaçá

(Foto: ASCOM)

Os nomes dos pré-candidatos a prefeito e vice-prefeito serão confirmados na convenção do PTB na próxima sexta-feira (5). (Foto: ASCOM)

Há três dias da convenção do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), em Curaçá, o diretório municipal do partido divulgou o nome do pré-candidato a vice-prefeito que irá compor a chapa com pré-candidato a prefeito Flambinho. O nome escolhido é o do Professor Doutor Josemar Martins, popular Pinzoh. O nome é uma indicação do Partido dos Trabalhadores (PT) que declarou apoio ao Flambinho no último domingo (31).

Os nomes dos pré-candidatos a prefeito e vice-prefeito serão confirmados na convenção do PTB na próxima sexta-feira (5), das 16h às 21h, no Colégio Municipal Dr. Scipião Torres.

LEIA MAIS

Convenção lança candidatura de Wilson Cota em Casa Nova (BA)

(Foto: ASCOM)

Zé Eduardo, presidente da Câmara de Vereadores de Casa Nova (BA) foi escolhido para o cargo de vice. (Foto: ASCOM)

Na última semana houve a convenção que homologou a chapa do PMDB para concorrer à prefeitura da cidade de Casa Nova (BA). O atual prefeito, Wilson Cota, e os aliados aprovaram a escolha do presidente da Câmara de Vereadores, Zé Eduardo, do PPS, para compor o grupo como candidato à vice. Além do PMDB e PPS, a coligação conta com o apoio dos partidos PTN, PDT, PTdoB, PRP, PV, Solidariedade, PSDC e PSC.

Wilson Cota ressaltou a continuidade do seu trabalho na cidade e agradeceu aos aliados pela confiança depositada. “O trabalho não vai parar. Quero agradecer a todos os amigos, aos nossos candidatos a vereadores, aos partidos que continuam acreditando no nosso projeto de construir o futuro para nossa terra. Estamos juntos nessa luta”, pontuou.

O deputado federal Lúcio Vieira Lima esteve presente na convenção e falou sobre o pré-candidato Wilson Cota. “Wilson é um amigo que temos e sei do seu comprometimento por Casa Nova. Vamos continuar trabalhando para o povo dessa querida terra”.

Com informações da ASCOM

Luska Portela é a vice na chapa de Miguel Coelho

(Foto: Waldiney Filho)

Luska Portela é a escolhida para vice na chapa de Miguel Coelho/Foto: Waldiney Filho

Em coletiva de imprensa que aconteceu na cidade de Petrolina (PE), Luska Portela, que era coordenadora da Casa Geriátrica da cidade, foi anunciada como pré-candidata a vice na chapa encabeçada pelo deputado Miguel Coelho (PSB). Vários políticos que eram cotados para a vaga estiveram no encontro, como Dr. Pérsio Antunes (PV),  Maria Elena (PSB) e Osório Siqueira (PSB).

“Estamos aqui para fazer o anúncio da nossa chapa, que está fechada. Esse é o time que estamos escalando para poder devolver o crescimento, desenvolver o progresso, devolver um novo futuro para Petrolina. Quero cumprimentar todas as mulher em nome da próxima vice-prefeita de Petrolina, Lusca Portela”, disse Miguel citando Lusca como a escolhida para o cargo de vice da chapa.

Definido: Ex-vereadora Anatélia Porto é a vice na chapa de Adalberto Cavalcanti

Adalberto e Anatelia

Adalberto Cavalcanti (PTB) e Anatélia Porto (PTN)

No dia em que o PTB realiza sua convenção em Petrolina a grande novidade foi a definição do nome da ex-vereadora Anatélia Porto (PTN) como pré-candidata a vice-prefeita na chapa encabeçada pelo deputado Adalberto Cavalcanti. Em entrevista ao programa Bom Dia Vale, rádio Jornal, manhã de ontem (22), o pré-candidato a prefeito já havia sinalizado pela escolha do vice neste sábado (23).

Anatélia foi vereadora de Petrolina no período de 2009/2012, tendo exercido um mandato contundente em defesa do município e de oposição ao prefeito Julio Lossio. Ela fez parte da maior bancada feminina já eleita nesta cidade, onde as mulheres ocuparam seis cadeiras na Casa Plínio Amorim.

“Estou muito feliz com a escolha do nome dela, nós já vinhamos conversando nos últimos dias e agora batemos o martelo. É o que eu tenho dito se Deus e povo quiserem nós seremos eleitos para trabalhar muito mais por Petrolina”, comentou Adalberto.

A convenção do PTB acontece às 17 horas deste sábado (23), no Centro Cultural do Colégio Dom Bosco, centro, Petrolina.

Ex-vereador Ronaldo Silva deve ser indicado vice na chapa de Miguel Coelho

Ronaldo Silva e Guilherme Coelho

Após ser rifado do processo eleitoral de Petrolina, na indicação do candidato a prefeito, o vice-prefeito e hoje deputado federal Guilherme Coelho, ficou imensamente magoado com os rumores de que o prefeito Júlio Lossio  (PMDB) escolheu para vice na chapa de Edinaldo Lima outro ex-secretário, Newton Matsumoto.

Segundo uma fonte do Blog Pedro Caldas , Guilherme Coelho estará concedendo uma entrevista coletiva nesta sexta-feira(16) onde deverá indicar o vice na chapa do deputado Miguel Coelho (PSB).

A indicação do deputado é o ex-vereador Ronaldo Silva, aliado fiel do grupo de Dr. Osvaldo Coelho e um dos primeiros a acreditar na eleição de Júlio Lossio à prefeito de Petrolina.

Com essa iniciativa Guilherme Coelho fortalece o projeto do PSDB em Petrolina visando as eleições de 2018 e, claro, assegura a união e a história do grupo do deputado federal Osvaldo Coelho.

Ronaldo Silva é empresário na construção civil, ex-presidente do Clube Petrolina e ex-vereador tendo assumido na vaga deixada por Edinaldo Lima quando foi ser secretário de habitação, exercendo um bom mandato.

Com informações do Blog Pedro Caldas

Pérsio Antunes não descarta compor chapa com Adalberto Cavalcanti

Pérsio Antunes 04

Vereador Pérsio Antunes sai pela tangente em entrevista coletiva

Sempre polêmico e cheio de mistérios o vereador Pérsio Antunes, presidente do diretório municipal do PV em Petrolina, conseguiu confundir o eleitor mais uma vez ao não confirmar o apoio a pré-candidatura a prefeito de Miguel Coelho (PSB), o qual apoiou na última campanha para deputado estadual, após ter rompido com o prefeito Julio Lossio (PMDB), por não ter endossado seu projeto à Assembléia Legislativa.

Nos bastidores o comentário é que Pérsio está mesmo é de olho em uma vaga de vice-prefeito, provavelmente na chapa encabeçada pelo deputado Adalberto Cavalcanti (PTB). Ele não nega a possibilidade, mas também não confirma, adianta apenas ter sido procurado pelo colega Ronaldo Cancão para falar sobre política e que isso talvez tenha despertado na imprensa alguma dúvida, mas que não houve nenhuma conversa oficial neste sentido.“Isso é uma questão que vocês podem perguntar, mas eu não posso responder porque não há nada dialogado. Se tivesse eu poderia dizer, mas não tenho, então não posso responder”, assegurou.

O edil descarta, no entanto, qualquer chance de apoio a Edinaldo Lima (PMDB), pré-candidato do prefeito Julio Lossio. “Só não converso com o pré-candidato do prefeito, porque eu já sei como é o sistema de trabalho. Mas com os demais, a gente é democrático, respeita o direito de ir e vir. A gente concorda com as ações de um, ações de outros, cada um tem as suas qualidades, as suas dificuldades”, disse acrescentando também ter sido procurado pelo deputado Odacy Amorim (PT) através de sua assessoria e que está aberto ao diálogo com todos os pré-candidatos.

Aliança com FBC

Na entrevista que concedeu a imprensa local, o edil garantiu não ter assumido compromisso com o grupo liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). “Eu não tenho compromisso nenhum com Fernando Bezerra Coelho, nunca assumir o compromisso com ele para a chapa majoritária, até porque eu estava saindo para apoiar o meu partido e automaticamente apoiando o senador, porque não ia deixar de apoiar alguém da minha terra para votar em um de fora que eu não conhecia”, explicou.

Ramon de Raimundinho é o vice da chapa da pré-candidata a reeleição Lúcia Mariano

FullSizeRender

Ramon de Raimundinho foi escolhido para ser o vice.

O filho do ex-prefeito, Raimundinho Cavalcanti, o médico Ramon de Raimundinho foi escolhido para ser o vice e compor a chapa da pré-candidata a reeleição Lúcia Mariano. O anúncio foi feito no domingo (26) durante uma assembleia.

O anúncio vem para acabar com as especulações que circundavam a cidade de Afrânio. Os rumores apontavam vários nomes, porém a escolha de Ramon de Raimundinho vem para fortalecer a chapa e, consequentemente, aumentar a possibilidade de uma nova vitória da atual prefeita, Lúcia Mariano.