Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrolina lança sistema online para facilitar acesso aos serviços da Vigilância Sanitária 

(Foto: Divulgação)

A população de Petrolina não precisará sair mais de casa para utilizar os serviços da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS). A prefeitura implantou um novo sistema que permite o acesso online aos serviços ofertados pelo órgão. O objetivo é dar maior comodidade ao usuário, bem como facilitar o acesso rápido à informações e emissão de documentos.

De acordo com a diretora interina da AMVS, Islanne Soares, além de facilitar o acesso ao usuário, a nova ferramenta vem para agilizar os processos de trabalho realizados pela Agência. “Implantamos recentemente o sistema e já recebemos diversos elogios. As pessoas já estão conseguindo resolver suas demandas online, sem precisar comparecer à sede da Vigilância. Nossa intenção é chegar cada vez mais perto da população”, destacou.

Para ter acesso aos serviços online basta acessar o sistema pela internet. Na página inicial, o usuário terá o passo a passo para o cadastro e acesso às atividades que estão divididas em três etapas: recurso; consultas e requerimentos; denúncias e reclamações.

Vigilância Sanitária interdita açougue na Areia branca por infestação de baratas

(Foto: Ascom/PMP)

Após denúncia, a equipe da Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina interditou na manhã desta segunda-feira (1°), um estabelecimento de carnes, localizado na rua dos Jasmins, no bairro Areia Branca. Durante a inspeção, os profissionais da prefeitura apreenderam produtos irregulares para a comercialização e identificaram uma infestação de baratas.

Na ação, os fiscais apreenderam 16kg de frango e queijos sem o registro de Pernambuco. De acordo com o fiscal sanitário, Kahel Neves, foi lavrado um termo de notificação e, a partir de agora, o proprietário tem um prazo de 15 dias para apresentar a defesa administrativa.

LEIA MAIS

SAMU e Vigilância Sanitária divulgam balanço de atuação no São João de Petrolina

(Foto: Ascom)

Nesta quarta-feira (26), os órgãos de saúde divulgaram o balanço de atuação nos nove dias do São João de Petrolina. Durante todo o período de festa, as equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e da Agência Municipal de Vigilância Sanitária estiveram presentes no Pátio Ana das Carrancas, prestando assistência à população.

No Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, foram feitos 185 atendimentos, por ingestão demasiada de álcool, desmaios, dores em partes do corpo e cortes superficiais. Nenhuma ocorrência grave foi registrada. A prefeitura disponibilizou um stand com médico, enfermeiro e técnicos de enfermagem, realizando procedimentos em saúde, como administração de alguns tipos de medicação, aferição de pressão arterial e verificação de glicemia.

LEIA MAIS

Bar que funcionava como motel é interditado pela prefeitura de Petrolina

Para a realização de denúncias, a população pode entrar em contato com a Ouvidoria do Município, através do número 156.

Na tarde dessa quinta-feira (30), os fiscais da Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina (PE) interditaram um bar que funcionava como um motel na Avenida das Nações, no centro da cidade. O estabelecimento não tinha Licença Sanitária, além de não possuir as mínimas condições de higiene para nenhum dos dois seguimentos.

Durante a operação, os profissionais encontraram colchões sem nenhuma condição de utilização; quartos e banheiros com paredes com mofos; preservativos usados expostos; entre outras irregularidades.

“Nós realizamos essas fiscalizações diariamente, porém, é importantíssima a participação da população nesse processo de identificação e de denúncia de estabelecimentos que funcionam de maneira irregular”, reforçou o diretor da Vigilância, Marcelo Gama.

Ambulantes que vão trabalhar no São João de Petrolina passarão por treinamento da Vigilância Sanitária

(Foto: Jonas Santos)

O balanço da Agência Municipal de Vigilância Sanitária sobre as fiscalizações no São João dos bairros não poderia ser melhor. Com toucas nos cabelos, luvas e roupas adequadas, os ambulantes deram um show no quesito ‘condições higiênico-sanitárias’. A partir de agora, as preparações estão voltadas para os grandes shows no Pátio Ana das Carrancas. Por isso, na próxima segunda-feira (10) os profissionais que irão comercializar comidas e bebidas, receberão mais um treinamento que garantirá a segurança alimentar da população.

No encontro, que acontecerá, às 14h, no auditório do Sebrae, os profissionais da Vigilância Sanitária, vão reforçar as consequências do não cumprimento das normas de higienização  tanto para a saúde humana, como as medidas que serão tomadas pela equipe fiscalizadora caso constate alguma irregularidade.

LEIA MAIS

Estabelecimentos com licenças sanitárias vencidas são interditados em Petrolina

(Foto: Ascom PMP))

Dois restaurantes localizados na Vila Mocó, em Petrolina, foram interditados pela equipe de disciplinamento urbano, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Sedurbh) na última terça-feira (21). Os estabelecimentos apresentavam irregularidades nas documentações exigidas para funcionamento. Tanto o alvará municipal, quanto as licenças da vigilância sanitária e do Corpo de Bombeiros apresentados pelos proprietários da pizzaria e da pastelaria estavam vencidos. A ação ocorreu em conjunto com a Vigilância Sanitária do município e a Guarda Civil.

Além disso, mesas e cadeiras de um dos estabelecimentos estavam ocupando a calçada, o que não é permitido por lei, já que é um espaço público que serve para o trânsito de pedestres. A Sedurbh lembra que os estabelecimentos comerciais precisam deixar a calçada livre para o tráfego de pessoas.

Na ação, foram apreendidas 14 mesas e 28 cadeiras, que devem ser devolvidas quando a documentação for regularizada. O proprietário do estabelecimento foi notificado e deve regularizar os alvarás de imediato.

Comércio de pescado: Vigilância Sanitária intensifica fiscalização em estabelecimentos de Petrolina durante a quaresma

(Foto: Arquivo/SESAU)

Nos dias que antecedem a Semana Santa, a procura por peixe e outros frutos do mar aumenta nas feiras livres de Petrolina para a ceia da Sexta-Feira da Paixão (19). A prefeitura, através da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS), inicia uma fiscalização em estabelecimentos do município que comercializam pescado, com o objetivo de proporcionar à população produtos adequados ao consumo.

Além de fiscalizar, a Vigilância Sanitária avalia a qualidade dos alimentos, as condições de armazenamentos dos produtos, além de orientar o consumidor a identificar a qualidade do que está sendo vendido, como ficar atento às condições de higiene e organização dos funcionários e do local onde a compra é realizada; a aparência dos peixes, no caso do fresco, deve estar congelado, sem acúmulo de água ou pedras de gelo na embalagem; já o salgado deve estar embalado corretamente, sem manchas pretas ou rosadas.

“Essa fiscalização sempre é intensificada no período de Quaresma, por causa do aumento na procura por peixes em relação a outras épocas do ano. E preciso que a população esteja sempre em alerta para a qualidade do produto que se leva para casa, por se tratar de algo que estraga com facilidade. Peixes com olhos fundos e sem brilho, guelras pálidas, esverdeadas ou escuras, ou ainda o peixe sem guelras ou com cheiro desagradável são impróprios para o consumo. Denúncias podem ser feitas na Ouvidoria através do telefone 156”, explica o inspetor sanitário da AMVS, Carlos Eduardo.

Vigilância Sanitária notifica dois estabelecimentos durante fiscalização no distrito de Rajada

(Foto: Ascom)

Na última quarta-feira (27), a Prefeitura Municipal de Petrolina, através da Agência Municipal de Vigilância Sanitária, promoveu um mutirão de fiscalização em cerca de dez estabelecimentos, como farmácias, óticas, panificadoras, restaurantes e bares no distrito de Rajada, zona rural do município.

Durante a fiscalização, foram notificados dois estabelecimentos comerciais por pendências relacionadas à licença sanitária. A ação teve o objetivo de fiscalizar, regularizar e informar os estabelecimentos comerciais sobre a importância das orientações sanitárias, além de garantir um produto seguro e livre de contaminação para a população.

LEIA MAIS

Vigilância Sanitária apreende quase 1.500 quilos de carne em Petrolina

Após a apreensão, os quase 1.500 quilos de carne foram doados ao zoológico do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado de Petrolina.

A Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina realizou mais uma grande operação na cidade. Após uma solicitação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o órgão apreendeu cerca de 1.500 quilos de carne na BR-428, próximo à Serra da Santa.

De acordo com o diretor da Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, a PRF acionou a Vigilância Sanitária, que designou uma equipe para ir ao local. “Ao chegar no local, verificamos que a carne estava mal acondicionada em sacolas plásticas, com temperatura inadequada, o que pode causar a contaminação do alimento, por isso, todo o material foi apreendido”, explicou.

A Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina fica localizada na Rua das Camélias, Nº 73 A, no bairro Dom Malan (próximo à feira da Areia Branca). Para a realização de denúncias, a população pode entrar em contato com a Ouvidoria do Município, através do número 156, ou pelo site da prefeitura.

Carnaval: Vigilância Sanitária prepara ambulantes para trabalho durante a folia em Petrolina

(Foto: Arquivo/SESAU)

Os ambulantes que irão trabalhar no Carnaval de Petrolina (PE) têm um compromisso importante na próxima segunda-feira (25): a palestra “Boas práticas na manipulação de alimentos”, ministrada pela Agência Municipal de Vigilância Sanitária.

O encontro, obrigatório para quem vai trabalhar durante a folia momesca de Petrolina, que acontece entre os dias 2 e 5 de Março, será a partir das 10h, no auditório do Igeprev, e conta com a parceria da Associação dos Ambulantes de Petrolina.

Essa atividade é parte do trabalho que a Vigilância executa durante o Carnaval e outras festas populares que ocorrem na cidade. A outra etapa é a fiscalização durante os quatro dias no circuito da folia. “A Vigilância Sanitária passa todas as orientações, explica como deve ser a manipulação dos alimentos e bebidas, para garantir segurança alimentar e qualidade na oferta dos produtos. Então, esperamos que durante o Carnaval, os ambulantes não cometam erros. Teremos equipes de fiscalização em todos os dias de festa”, destaca a inspetora sanitária, Islane Soares.

Vigilância Sanitária de Petrolina alerta para cuidados com armazenamento de ovos

(Foto: Internet)

Em períodos com temperaturas mais elevadas no Vale do São Francisco, os cuidados ao armazenar produtos perecíveis precisam ser redobrados. Os riscos de contaminação dos alimentos são maiores e, consequentemente, os problemas de saúde, como intoxicações alimentares, também aumentam. Em Petrolina (PE), a Agência Municipal de Vigilância Sanitária, vem realizando um trabalho educativo sobre os cuidados na hora da compra e do armazenamento do ovo, alimento bastante consumido.

Pequeno, barato, rico em proteínas, vitaminas e sais minerais, o ovo é quase unanimidade na cozinha. Apesar da praticidade no preparo, os ovos não eliminam cuidados necessários de controle de qualidade.  Com relação ao consumidor, a atenção começa na hora da compra. “É importante sempre observar a data de validade e verificar se a embalagem não está danificada, além do armazenamento”, alerta o inspetor sanitário Kahel Neves.

LEIA MAIS

“Carro do ovo”: Vigilância Sanitária de Petrolina intensifica fiscalização

(Foto: ASCOM)

Para garantir a segurança alimentar dos petrolinenses, a Agência Municipal de Vigilância Sanitária, cumprindo uma solicitação do Ministério Público, está intensificando a fiscalização contra a venda irregular de ovos no município. Com a popularização do ‘carro do ovo’, é necessário ficar atento para a qualidade do produto e as normas que precisam ser seguidas.

De acordo com o diretor da Vigilância Sanitária, Marcelo Gama, as fiscalizações estão acontecendo não apenas nas vendas ambulantes, mas também em todos os estabelecimentos que comercializam ovos. “Nós já realizamos esse trabalho diariamente, porém, com o aumento dessa comercialização, principalmente, em carros, o Ministério Público recomendou para intensificarmos essas ações. Nossa intenção é garantir que as pessoas estejam consumindo um produto seguro”, destacou.

LEIA MAIS

Vigilância Sanitária de Juazeiro inicia Processo de Cadastramento em estabelecimentos comerciais

(Foto: ASCOM)

A Secretaria da Saúde de Juazeiro informou que neste mês de julho a Vigilância Sanitária do município deu início ao cadastramento em todo o comércio da cidade, que são sujeitos à fiscalização sanitária.

A ação tem como finalidade realizar o mapeamento dos estabelecimentos comerciais e certificar a regularização dos mesmos, através das inspeções para emissão do Alvará Sanitário.

A ideia da iniciativa é garantir que produtos, serviços e bens estejam adequados ao uso, com objetivo de proteger a saúde da população, de acordo com os padrões de qualidade. O cadastrado e as inspeções estão sendo realizados pela equipe de Fiscais Sanitários devidamente identificados.

Leitor denuncia criação de cavalos no meio da rua no bairro Pedra Linda em Petrolina

Um leitor do Blog Waldiney Passos, que prefere não se identificar com medo de represálias, enviou mensagem através do nosso whatsapp reclamando que uma família cria cavalos no meio da rua do bairro Pedra Linda, em Petrolina.

De acordo com a denúncia, os animais ficam especificamente na rua 12 nº 241. Os relatos informam também que a Vigilância Sanitária chegou a ir ao local, mas os proprietários dos cavalos alegaram que os animais são usados para trabalho, o que segundo os vizinhos, não é verdade porque os mesmo são comprados por encomenda.

Segundo o leitor, a situação perdura a cerca de 8 meses. Os moradores reclamam que, além do mal cheiro, em dia de coleta de lixo os animais rasgam os sacos e deixam a sujeira na rua. Uma nova denúncia foi feita na ouvidoria da Prefeitura de Petrolina, mas nenhuma providência foi tomada até o momento.

O Blog está em contato com a prefeitura e espera uma reposta sobre o assunto.

Petrolina: Vigilância Sanitária orienta sobre cuidados com a alimentação no período junino

Em 2017, além das orientações, os fiscais recolheram produtos sem registro.

A Agência Municipal de Vigilância Sanitária, após diversas capacitações com os ambulantes que devem atuar no São João de Petrolina, elaborou orientações para garantir a segurança alimentar dos consumidores durantes as festividades juninas.

A vigilância alertou para os aspectos a serem observados nos estabelecimentos que estarão comercializando comidas e bebidas durante os festejos que começam na próxima sexta-feira (15).

De acordo com a fiscal sanitária, Islanne Soares, é importante que a população fique atenta para as condições higiênico-sanitárias na hora de escolher um local para se alimentar.

“As pessoas devem dar preferência a comidas leves e saudáveis. Verificar se o local escolhido é limpo, se o manuseio dos alimentos é feito com luvas e se está com o fardamento completo. Lembrar que é proibida a utilização de colheres de pau e coadores de pano. Com relação a bebidas, não aceitar gelo-escama durante o fornecimento. Caso perceba que esses itens estão sendo descumpridos, procurar outro local e denunciar aos fiscais presentes”, ressaltou.

LEIA MAIS
12345