Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Motorista de transporte coletivo de Petrolina interrompe viagem para socorrer passageira

Em meio a tantas notícias negativas nos últimos dias, um bom exemplo de um motorista de transporte coletivo de Petrolina chamou a atenção da leitora Grazy Carvalho, que registrou a ação e enviou o vídeo ao Blog Waldiney Passos.

Na tarde de quarta-feira (13), o condutor da empresa Viva Petrolina, na linha João de Deus/Centro via Avenida Honorato Viana, percebeu que uma passageira passou mal durante a viagem. De forma surpreendente, ele avisou aos demais ocupantes do veículo que faria uma parada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para encaminhar a mulher aos atendimentos médicos.

Preocupado com a saúde da passageira, o motorista a carregou no colo do ônibus até a UPA. Nossa produção não conseguiu identificar o condutor para citá-lo nominalmente na matéria. De volta ao veículo, ele recebeu elogios dos demais ocupantes.

Confira o vídeo

Após manifestação de ex-funcionários, Viva Petrolina afirma que está com suas obrigações em dia

(Foto: Arquivo)

Um grupo de ex-funcionários da empresa Viva Petrolina foi até a Casa Plínio Amorim na sessão de quinta-feira (27) cobrar dos vereadores apoio na luta pelo pagamento de direitos trabalhistas. Segundo a classe, há trabalhadores que somam três anos sem receber rescisão contratual e demais benefícios.

LEIA TAMBÉM:

Ex-funcionários da Viva Petrolina fazem manifestação na Casa Plínio Amorim, cobrando pagamento dos direitos trabalhistas

Através de uma nota enviada ao Blog Waldiney Passos, a Viva Petrolina informou que “suas obrigações cotidianas estão sendo adimplidas, em especial as trabalhistas”, depois do processo de recuperação iniciado na Justiça local. A nota informa ainda que a empresa “cumpre rigorosamente em dia suas obrigações legais e processuais”, não havendo desobediência legal.

Confira a seguir a resposta da Viva Petrolina:

LEIA MAIS

Ex-funcionários da Viva Petrolina fazem manifestação na Casa Plínio Amorim, cobrando pagamento dos direitos trabalhistas

Grupo se reuniu nessa quinta-feira na Casa Plínio Amorim (Foto: Blog Waldiney Passos)

No dia agendado para a realização da licitação do transporte coletivo de Petrolina, um grupo de ex-funcionários da empresa Viva Petrolina compareceram à Casa Plínio Amorim durante a sessão dessa quinta-feira (27). Com cartazes apresentando as demandas, o grupo chamou atenção dos edis e da comunidade sobre seus direitos trabalhistas nunca pagos.

Segundo Willian Márcio, ex-funcionário da Viva, cerca de 200 funcionários lutam na Justiça pelos direitos trabalhistas como pagamento do FGTS, rescisão salarial e seguro desemprego. “Já tem gente se arrastando há três anos nessa situação e a própria empresa aconselhava a gente buscar a Justiça porque eles não tinham dinheiro pra pagar, no começo tivemos êxito na Justiça Trabalhista, mas ele [proprietário da empresa] fez uma manobra e colocou na Justiça Comum”, afirmou.

Há motoristas e cobradores buscando seus direitos, já desacreditados no sistema Judiciário e Político, já que não há apoio dos políticos da cidade. “Continua pais de família sem receber, sem emprego e sem nenhuma esperança. Nós estamos hoje reunidos para chamar atenção dos vereadores, da Justiça e da imprensa porque existe uma tradição horrorosa na cidade das empresas virem aqui, demitir e não pagar os direitos”, desabafou Willian.

Um outro ex-funcionário questionou a situação de falência da Viva, que continua na atividade na cidade. Durante a sessão alguns edis se manifestaram a favor da classe, entre eles Osório Siqueira(PSB), Gilmar Santos (PT), Paulo Valgueiro (MDB) e Zenildo Nunes (PSB), mas segundo o grupo, somente o vereador Gabriel Menezes (PSL) havia se disposto a ajudar na luta dos funcionários.

Acidente na Transnordestina deixa motociclista ferido

(Foto: Reprodução)

Um acidente foi registrado no início da tarde de hoje (29) na Rodovia Transnordestina, no bairro Pedra Linda. Informações iniciais indicam que um ônibus da empresa Viva Petrolina colidiu na traseira de uma moto, deixando o motociclista ferido.

Segundo testemunhas, o motociclista foi atendido por uma equipe do Corpo de Bombeiros no local. Não há informações sobre seu estado de saúde.

“Petrolina não pode ficar refém de uma empresa”, diz Geraldo Miranda sobre a paralisação do transporte coletivo

(Blog Waldiney Passos)

A paralisação do transporte coletivo tem se tornado algo recorrente em Petrolina, durante a manhã de hoje (21) motoristas da empresa Viva Petrolina paralisaram as atividades novamente. Em entrevista ao programa “Super Manhã”, da Rádio Jornal, o gestor da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (Ammpla), Geraldo Miranda, falou sobre o assunto e apontou soluções.

Embora não tenha ligação com a paralisação, Geraldo Miranda pediu desculpas à população pelo o transtorno.

“Eu quero aproveitar o programa para pedir desculpas à população, apesar de que não é um problema diretamente relacionado com a AMMPLA ou com o município, nos também nos sentimos responsáveis a partir do momento que a empresa presta um serviço a nossa população e nós, enquanto órgão gestor do sistema, nos sentimos também de uma certa forma prejudicados com isso”, afirmou Miranda.

A paralisação desta terça (21), foi motivada por questões salariais dos funcionários da empresa Viva Petrolina. Geraldo Miranda, informou que já designou um diretor para intervir nesta situação para que não se repita.

“É uma questão de ordem interna, a Viva Petrolina, juntamente com os seus funcionários. Já designamos um diretor para procurar tanto a diretoria da Viva Petrolina, quanto outra empresa para que seja possível suprir de imediato essa falta de ônibus, para não deixar a população refém do serviço. Estou chamando a diretoria para conversar e ter um posicionamento da gravidade, intensidade e da abrangência desse movimento e saber o que de fato está acontecendo”, o gestou da AMMPLA ainda afirmou que existe a possibilidade de uma nova empresa atuar em Petrolina, “Vamos procurar outra empresa para assumir o que a gente não vai deixar é a população refém de um problema de ordem interna de uma empresa”, concluiu.

Ex-funcionários bloqueiam garagem da empresa Viva Petrolina e o serviço está suspenso na cidade

(Foto: Arquivo)

Os moradores, que dependem do transporte coletivo, tiveram uma surpresa na manhã de hoje (16), quando nenhum ônibus da empresa Viva Petrolina circulou pela cidade. O transtorno começou quando ex-funcionários bloquearam a porta da garagem da empresa.

Segundo informações dos ex-funcionários, eles não receberam o Fundo de Garantia e nem a rescisão desde o desligamento da empresa. O repórter Marco Aurélio, esteve com os manifestantes, que justificaram a necessidade de paralisar o serviço.

“Nossa situação é precária, por não termos recebido nada! Tem funcionário aqui, que já tá com dois anos que saiu da empresa e não deram baixa na carteira. Eu fiquei dois anos nessa empresa e não recebi nem as férias, nem décimo e nem nada”, afirmou a manifestante Ana Cláudia.

A polícia foi acionada e os proprietários da empresa estão em negociação com os manifestantes.

Em breve outras informações.

Fiscalização da PRF apreende nove ônibus da empresa Viva Petrolina

Ônibus apreendidos da empresa Viva Petrolina (Foto: Aracelly Romão/ TV Grande Rio)

Ônibus apreendidos da empresa Viva Petrolina (Foto: Aracelly Romão/ TV Grande Rio)

Nesta quarta-feira (23), após fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nove ônibus da empresa de transporte público Viva Petrolina foram apreendidos. O Ministério Público do Trabalho (MPT) havia requisitado a realização da operação que resultou nas apreensões.

Ao todo, 19 ônibus foram fiscalizados. Segundo Paulo Varjal, policial rodoviário federal que participou da operação, os veículos apresentavam diversas irregularidades como, extintor de incêndio vencido, parabrisa quebrado, veículos sem tacógrafo e ainda Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) vencido.

Os veículos foram encaminhados ao pátio da PRF e só serão liberados após a regularização. A operação, que tem duração de 60 dias, aconteceu nas rodovias BR-407 e BR-428.

Viva Petrolina

A empresa Viva Petrolina informou, por meio de nota, que “todas as providências legais cabíveis estão sendo tomadas para que não se crie ainda mais transtorno para os usuários.”

Petrolinenses reclamam atraso de ônibus da Viva Petrolina nesta quarta-feira

Viva Petrolina 03

Vários ouvintes participaram do programa Bom Dia Vale, da Rádio Jornal, na manhã desta quarta-feira (17), informando que os funcionários da empresa Viva Petrolina teriam paralisado as atividades na cidade.

Eles chegaram a esta conclusão devido ao atraso dos ônibus em várias linhas da cidade. Muitos, inclusive, tiveram que recorrer aos mototáxis para poder chegar aos postos de trabalho.

Em contato com a direção da empresa, fomos informados que não se trata de uma greve e sim de um atraso  de cerca de 30 minutos ocorrido em alguma linhas nesta manhã, mas que o problema teria sido contornado e os coletivos estariam circulando normalmente.

Funcionários da Viva Petrolina param neste sábado

greve viva petrolina

Funcionários param atividades por falta de cumprimento de acordo com funcionários. / Foto: Cláudio Farias

A os funcionários da empresa que faz transporte coletivo em Petrolina, Sertão de Pernambuco, Viva Petrolina, está com as atividades paralisadas neste sábado. Desde o meio da manhã ônibus e funcionários da empresa encontram-se no antigo pátio de eventos da cidade, ao lado do Centro de Convenções Nilo Coelho.

Segundo informações, os funcionários estão com as atividades suspensas por falta de cumprimento de acordo entre a empresa e os funcionários. Ainda não temos notícia de quanto tempo deve durar a suspensão do serviço.

Viva Petrolina: “Eu gostaria que entrasse um prefeito daquilo roxo para tirar essas empresas que prestam um mal serviço a Petrolina”, dispara Zé Batista

Ze Batista

Vereador José Batista da Gama (PDT) / Foto: Waldiney Passos

Conhecido por fazer discursos eloquentes na Câmara Municipal de Petrolina, o vereador José Batista da Gama (PDT), foi mais uma vez contundente em sua fala, na sessão desta terça-feira (19), ao criticar o tratamento dado pela empresa de transporte coletivo Viva Petrolina, a quem ele apelidou de morta Petrolina, aos seus funcionários e, sobretudo, a população desta cidade. “A morta Petrolina está devendo 2 meses de salário a seus funcionários e fica naquela enganação, paga uma quinzena do mês posterior e deixando atrasados os meses anteriores”, observou.

Zé Batista informou também que o proprietário dessa mesma empresa (Viva Petrolina) teve o contrato reincidido recentemente na cidade de Blumenau-SC, devido aos maus serviços prestados ao povo daquele município e desafiou entrar em Petrolina um prefeito que tenha a coragem de fazer o mesmo. “Eu gostaria que entrasse em Petrolina um prefeito daquilo roxo para tirar essas empresas que mal prestam serviço ao povo petrolinense e abrisse uma licitação, seja ele Adalberto, seja ele Miguel Coelho, seja ele Odacy Amorim, seja ele do PSOL, mas que entre com aquilo roxo para tirar essas empresas que estão prestando um desserviço ao povo de Petrolina”, disse.

Representantes e funcionários da Viva Petrolina têm audiência no Ministério do Trabalho nesta quarta (20)

AMMPLA logomarca

A AMMPLA(Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina) informa que a frota de ônibus que havia parado hoje pela manhã, em Petrolina, já voltou a cumprir o horário das rotas estabelecidas.

Após audiência no Ministério do Trabalho, representantes  e funcionários da Empresa Viva Petrolina entraram em acordo, possibilitando o retorno à operação dos veículos que se encontravam estacionados no pátio do Centro de Convenções.

Os motoristas e os cobradores da empresa Viva Petrolina efetuaram a paralisação alegando salários atrasados. Após a audiência, os trabalhadores retornaram aos serviços.

Segundo a assessoria da AMMPLA, uma nova reunião no Ministério do Trabalho já está agendada para esta quarta (20), às 14h.

Funcionários da Viva Petrolina fazem parada de advertência

Viva Petrolina 01

Com salários atrasados motoristas e cobradores da Viva Petrolina realizam parada de advertência / Foto: Waldiney Passos

Neste momento os motoristas da empresa de transporte coletivo Viva Petrolina estão realizando uma parada de advertência no pátio do Centro de Convenções em Petrolina-PE. Eles estão reivindicando o pagamento do salário atrasado há mais de dois meses.

Viva Petrolina 03

Procurados por nossa reportagem ninguém quis se pronunciar, formos informados apenas que a paralisação é devido uma audiência que estaria acontecendo simultaneamente a parada no Ministério do Trabalho com o Sindicato das Empresas de Transportes do Vale do São Francisco (Setranvasf), para definir o impasse.

Mais um ônibus da Viva Petrolina quebra e deixa passageiros na mão no Centro da cidade

ônibus viva 1

Moradores do Bairro Cohab 6 que utilizam o transporte público em Petrolina (PE) ficaram no meio do caminho por volta das 8h da manhã desta segunda-feira, de acordo com informação de funcionários, o ônibus 7081 da empresa Viva Petrolina, teve sua lona de freio danificada e por conta disso o veículo travou no ponto de ônibus no Contorno do Viaduto Barranqueiro e deixou os passageiros constrangidos.

A vendedora, Paula Pereira, 25 anos, trabalha em uma loja no Centro da cidade, ela demonstra sua insatisfação de ter que chegar atrasada no trabalho em plena segunda, “realmente essas pessoas, assim como eu, têm horário para chegar no trabalho, na faculdade e ou curso e isso acaba prejudicando os passageiros, tem que haver a manutenção com frequência (dos ônibus) para que isso não aconteça mais”, destacou.

ônibus quebrado viva José de Souza

O aposentado José de Souza, que iria ao médico às 9h, disse que não esperava ficar no meio do caminho, ele completa 68 anos hoje (7), mas confessa que não gostou nem um pouco do presente inesperado “ Eu não estou enxergando direito trouxe minha esposa para me acompanhar, tenho horário certo de chegar ao médico e talvez não seja mais atendido por causa disso aí, o governo nosso aqui não faz nada para fazer uma população trabalhar direito, acho que precisa ter uma pessoa que tomasse conta dessa empresa para fazer funcionar, em outros lugares como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife os ônibus funcionam por que aqui não funciona?”, questiona o aposentado.

A reportagem entrou em contato com a Viva Petrolina, mas até o final dessa matéria não obtivemos sucesso na resposta, tentamos a AMMPLA que fiscaliza o transporte público em Petrolina e aguardamos a resposta da autarquia.

Por Jean Brito, Radialista e Graduando em Comunicação Social pela Uneb

Transporte coletivo: Diretor da Viva Petrolina cobra do Estado mesmo tratamento dado as empresas do Recife

Rafael Teles

O tratamento diferenciado que o Governo do Estado concede ao transporte coletivo na cidade de Petrolina contribui para que o preço da passagem aqui seja mais caro como questiona parte da população. O esclarecimento foi feito por um dos diretores da empresa Viva Petrolina, Rafael Teles, ao cobrar o mesmo tratamento tributário do transporte em Pernambuco. “A prefeitura já encaminhou isso ao Governo do Estado cobrando essa isonomia para que o transporte de Petrolina receba a mesma tributação que é aplicada no Recife que é zero”, informou.

A política adotada pelo governo no Recife isenta as empresas de recolherem ICMS na aquisição de ônibus novos, no combustível e subsidia a tarifa com um custo de R$ 150 milhões/ano, tratamento que não é dado ao Sertão do Estado.

Para Rafael se o Estado concedesse a mesma isenção as empresas em Petrolina o preço da passagem poderia ser reduzido em até R$ 0,05. “A gente entende que este tipo de coisa funciona tanto mais quanto a sociedade demonstrar interesse, que quer ser tratada como no Recife”, alertou.

Sobre o projeto da prefeitura de Petrolina que isenta as empresas do pagamento do Imposto Sobre serviço (ISS) Rafael disse que a Lei está vencida e que o benefício precisa ser renovado para manter a redução no preço da passagem.

Em nota EPTTC afirma que novos ônibus começam a circular em janeiro na cidade

epttc

Após a reportagem do nosso blog mostrar o flagrante de mais um ônibus quebrado da Viva Petrolina que deixou os passageiros do bairro Cohab VI, zona oeste da cidade, no meio do caminho, a prefeitura diz que está investindo na melhoria do transporte coletivo da cidade.

Para isso, o município por meio da EPTTC, afirma que nesta segunda feira (28) acompanhou a entrega de novos veículos coletivos que irão trafegar na cidade. Os novos veículos entrarão em circulação a partir da próxima segunda-feira (4 ) de janeiro de 2016.

O diretor-presidente da EPTTC, Paulo Valgueiro detalha que a empresa Joalina é responsável pela aquisição de seis veículos, sendo quatro deles zero Km e dois seminovos, já a Viva Petrolina trás para a cidade 16 veículos – todos ano 2013. “Ainda há muito a ser feito, mas estamos no caminho, trabalhando muito para atender aos anseios dos petrolinenses e nós esperamos com isso dar um ano de 2016 de maior qualidade a população” conclui o diretor.

12